No mês de julho, 696 usuários foram atendidos, com 43 formalizações de MEIs

O Espaço Empreendedor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico atendeu 4.344 pessoas procurando informações sobre o registro de Microempreendedor Individual (MEI) desde janeiro de 2021 no formato online (whatsapp). O espaço formalizou 220 novos MEIs ao longo destes meses nesta modalidade, além de realizar 696 atendimentos pelo sistema remoto. Para a pessoa que quer se registrar como MEI basta entrar em contato pelo telefone (24) 2242-8750, que funciona como whatsapp, apesar de ser um número fixo.

“O Espaço Empreendedor é a porta de entrada do micro e pequeno empresário na cidade. Local onde ele pode tirar todas as suas dúvidas sobre o que deve ser feito para abrir um novo negócio. A retomada da economia está diretamente ligada aos novos negócios e a cidade está totalmente preparada para dar suporte aos empreendedores individuais”, afirma o governo interino.

Durante a pandemia, o Espaço Empreendedor está fornecendo atendimento apenas pelo sistema de whatsapp. Casos muito específicos, como os dedicados à idosos e pessoas que tenham alguma dificuldade ou não possuam acesso ao aplicativo, estão sendo feitos no formato presencial.

“Quem quer empreender tem pressa e precisa ter acesso rápido aos serviços prestados pelo poder público. Essa modalidade de registro do MEI feito pelo sistema online facilita muito a vida de quem precisa. Precisamos oferecer o melhor para a população e temos uma equipe gabaritada para oferecer o melhor serviço”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico.

Candidatos devem manter dados atualizados e recadastrar currículo no site da prefeitura

Se você está em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho, atenção: o Balcão de Empregos de Prefeitura, que é administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, está com vagas 60 vagas sendo oferecidas durante esta semana. Há oportunidades em diversos setores, como serviço, comércio, indústria e saúde.

"Estamos reforçando o contato com as empresas, para que utilizem o Balcão de Empregos. O serviço une que precisa de mão de obra, nas mais diferentes áreas, e quem busca uma oportunidade de emprego", lembra o governo interino, lembrando que empresários interessados em oferecer vagas de emprego podem disponibilizar as vagas, de forma gratuita, diretamente no site da prefeitura www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sde/balcao_de_empregos/empresas/index. Basta fazer o cadastro e informar a vaga.

Para que o candidato possa pleitear uma das vagas é necessário que o cadastro e o currículo também estejam atualizados, para que as empresas possam fazer o contato correto com aquelas pessoas que possuam o perfil para a oportunidade ofertada. Essa atualização é feita diretamente no site da prefeitura www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sde/balcao_de_empregos/candidatos/add/. Caso o candidato tenha alguma dúvida ou interesse pode procurar o atendimento presencial no Detra, que fica na Dr. Porciúncula 75, Centro. O telefone para contato é o 2246-8942.

“A grande quantidade de vagas que estão disponíveis demonstra que o município tem retomado, de forma gradual e contínua, a geração de emprego. Essa é uma tendência que vem se apresentando, com ações propositivas provenientes do governo municipal. Vale lembrar que temos uma nova Lei de Incentivos Fiscais que, com certeza, vai gerar um impacto positivo na vinda de novos empreendimentos e mais vagas de trabalho para os petropolitanos”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico.

Vale ressaltar que a prefeitura é responsável apenas pela divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo. Sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. As 60 vagas disponíveis desta semana são essas:

1. Eletricista / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 25 a 50 anos / Experiência em CTPS

1. Açougueiro / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 25 a 55 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

2. Ajudante de Motorista / Masculino / Duas vagas / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos

3. Motorista de Caminhão / Masculino / Dez vagas / Ensino Médio / Faixa Etária de 30 a 50 anos / Experiência em CTPS / CNH D

4. Arrematadeira / Ambos os sexos / Quatro vagas / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 18 a 60 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

5. Costureiro / Ambos os sexos / 18 vagas / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 18 a 60 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

6. Auxiliar de Corte / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos

7. Estampador de Tecido / Ambos os sexos / Cinco vagas / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 18 a 60 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

8. Soldador / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 25 a 55 anos / Experiência em CTPS de 2 anos

9. Encanador / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 25 a 55 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

10. Repositor de mercadoria / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

11. Churrasqueiro / Masculino / Duas vagas / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

12. Copeiro / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

13. Garçom / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

14. Garçom / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

15. Cozinheira Geral / Feminino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

16. Recepcionista / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Médio / Faixa Etária de 18 a 45 anos / Experiência em CTPS de 1 ano

17. Técnico de Enfermagem / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Médio / Tecnólogo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

18. Médico Clínico / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 30 a 50 anos

19. Médico Neurologista / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 30 a 50 anos

20. Terapeuta Ocupacional / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

21. Fonoaudiólogo em Linguagem /Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

22. Nutricionista / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

23. Fisioterapeuta Geral / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

24. Enfermeiro / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 25 a 55 anos


O Balcão de Empregos administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, oferece esta semana 20 vagas de emprego. Os candidatos que tiverem interesse devem cadastrar os seus currículos pelo site www.petropolis.rj.gov.br.

O Balcão de Empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Dr. Porciúncula 75, Centro. O telefone para contato é o 2246-8942. Confira as oportunidades:

1. Eletricista / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 25 a 50 anos / Experiência em CTPS

2. Açougueiro / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 25 a 55 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

3. Ajudante de Motorista / Masculino / Duas vagas / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos

4. Auxiliar de Corte / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos

5. Soldador / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 25 a 55 anos / Experiência em CTPS de 2 anos

6. Encanador / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 25 a 55 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

7. Repositor / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

8. Churrasqueiro / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

9. Copeiro / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

10. Garçom / Masculino / Uma vaga / Ensino Fundamental / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Experiência em CTPS de 6 meses

11. Recepcionista / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Médio / Faixa Etária de 18 a 45 anos / Experiência em CTPS de 1 ano

12. Técnico de Enfermagem / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Médio / Tecnólogo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

13. Médico Clínico / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 30 a 50 anos

14. Médico Neurologista / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 30 a 50 anos

15. Terapeuta Ocupacional / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

16. Fonoaudiólogo em Linguagem /Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

17. Nutricionista / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

18. Fisioterapeuta Geral / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

19. Enfermeiro / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Superior Completo / Faixa Etária de 25 a 55 anos

O governo interino liberou hoje (28.07) o primeiro incentivo fiscal da nova legislação, para a empresa Mattheis Borg/Mustad. O benefício já seguirá as regras estipuladas na nova Lei de Incentivo Fiscais - que não era revisada há 18 anos - e foi criada para substituir a lei 6.018/2003. O novo texto é mais adequado à realidade atual, com foco principal na atração de novos empreendimentos para o município, fortalecimento da economia e geração de empregos.

“Fico muito feliz por estar aqui e liberar o incentivo fiscal para uma empresa tão renomada. Estamos trabalhando para criar um ambiente positivo e atrativo para novos negócios e empreendimentos, gerando empregos e aquecendo a economia, mesmo dentro de um cenário ainda instável devido a pandemia”, avalia o governo interino.

A nova legislação foi estruturada a partir de estudos e pesquisas de leis similares de outros municípios, como Maringá, São José dos Campos e Juiz de Fora, entre outras. O texto é baseado em uma pontuação de incentivo fiscal que vai analisar critérios técnicos, financeiros e estratégicos. A tabela foi desenvolvida por um grupo de trabalho formado por representantes das secretarias de Desenvolvimento Econômico, Fazenda, Planejamento, Obras e Procuradoria.

Os critérios inseridos na tabela de pontuação para a liberação dos incentivos (redução do ISS, isenção de IPTU e isenção de licenças e taxas municipais) são mais diversificados do que na legislação anterior. Levam em conta o alinhamento com as principais vocações do município - com setores de turismo, tecnologia e têxtil - e critérios de geração de empregos diretos, compra de produtos locais, localização, soma de investimentos, capacitação, entre outros. Quanto mais critérios a empresa atender, maior será a pontuação.

A nova Lei de Incentivos Fiscais também apresenta uma outra novidade. Agora será adotada a dosimetria para os critérios de análise de prestação de contas das empresas. Esse fator oferecerá mais flexibilidade para a empresa na hora da prestação de contas, com a proporcionalidade do cumprimento do que for acordado em contrato. O secretário Marcelo Soares exemplifica que, se uma empresa cumprir 80% das exigências, receberá 80% dos incentivos fiscais previstos.

“Demonstramos que esse critério é mais justo e correto para todas as partes. Anteriormente, se faltasse na prestação de contas 2% do exigido, eram cobradas todos as taxas pelo período todo do incentivo. Com a nova lei, tudo vai ser feito de acordo com a dosimetria. A Mattheis Borg/Mustad será a primeira beneficiada pelo novo regramento”, aponta o secretário de Desenvolvimento Econômico.

A Mattheis Borg/Mustad está instalada em Petrópolis há 126 anos, gera mais de 170 empregos diretos e é a maior empresa de ferraduras do mundo. Para o gerente de produção e responsável pela sede no município, o governo atual tem se aproximado de forma mais contunde das empresas petropolitanas.

“Existe um novo espírito, uma maior transparência e um cuidado maior com que é responsável pela cadeia produtiva da cidade, quem gera emprego. Estamos felizes por estarmos aqui hoje assinando esse termo de incentivo fiscal”, disse ele, acompanhado pelo controller da empresa.

O Balcão de Empregos, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, está oferecendo nesta terça-feira (27.07) vagas para início imediato. O interessado pode comparecer na sede da Casa do Trabalhador na Rua Doutor Porciúncula, 75 - Centro (Antiga rodoviária) até às 16h30 com currículo em mãos para participar da entrevista.

Vale lembrar que o Balcão de Empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O telefone para contato é o 2246-8942. Confira as oportunidades:

- Encarregado de Obras – Salário + Alimentação + Plano de Celular + Transporte (carro da empresa)

- Eletricista - Salário + 30% (Periculosidade) NR-10 e CNH B. Ensino Médio Completo, com mínimo de 6 meses de experiência em manutenção predial - Curso NR10 - Conhecimento em elétrica

- Oficial de Manutenção Predial – Salário e o candidato deve possuir CNH B

- Instalador de Rede - Ensino Médio Completo, com mínimo de 6 meses de experiência

- Auxiliar de Obras Predial - Ensino Médio Completo, com mínimo de 6 meses de experiência

O Balcão de Empregos administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, oferece esta semana 35 vagas de emprego. Os candidatos que tiverem interesse devem cadastrar os seus currículos pelo site www.petropolis.rj.gov.br.

O Balcão de Empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Dr. Porciúncula 75, Centro. O telefone para contato é o 2246-8942. Confira as oportunidades:

1. Cozinheiro / Ambos os sexos / Ensino Médio Completo / Uma vaga / Experiência em CTPS / Faixa Etária de 18 a 50 anos

2. Copeiro / Ambos os sexos / Três vagas / Ensino Médio Completo / Experiência em CTPS / Faixa Etária de 18 a 50 anos

3. Costureiro / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Médio Incompleto / Experiência em CTPS acima de 6 meses/ Faixa Etária de 18 a 50 anos

4. Eletricista de Manutenção Industrial / Masculino / Cinco vagas / Ensino Superior ou Técnico / Experiência em CTPS acima de 1 ano/ Faixa Etária de 20 a 50 anos

5. Mecânico de Manutenção Industrial / Masculino / Oito vagas / Ensino Superior ou Técnico / Experiência em CTPS acima de 1 ano/ Faixa Etária de 20 a 50 anos

6. Oficial de Manutenção / Masculino / Ensino Médio ou Técnico / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 25 a 50 anos

7. Encarregado de Obras / Masculino / Ensino Médio / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 30 a 50 anos

8. Auxiliar de Obras / Masculino / Ensino Médio / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 20 a 50 anos

9. Instalador de Redes / Masculino / Ensino Médio / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 25 a 50 anos

10. Eletricista / Masculino / Ensino Médio ou Técnico / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 25 a 55 anos

11. Soldador Industrial / Ambos os sexos / Ensino Fundamental / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 4 anos

12. Soldador Industrial / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Fundamental / Experiência em CTPS acima de 4 anos

13. Eletricista Industrial / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Fundamental / Experiência em CTPS acima de 4 anos

14. Técnico de garantia da qualidade / Masculino / Quatro vagas / Ensino Médio / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 20 a 50 anos

15. Atendente de Lanchonete / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Médio / Faixa Etária de 18 a 40 anos

16. Ajudante de Motorista / Masculino / Uma vaga / Ensino Médio / Experiência em CTPS acima de 2 ano / Faixa Etária de 18 a 50 anos / CNH D

17. Churrasqueiro / Masculino / Uma vaga / Ensino Médio / Experiência em CTPS acima de 6 meses / Faixa Etária de 20 a 50 anos

18. Garçom / Masculino / Ensino Médio / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 6 meses / Faixa Etária de 20 a 50 anos

19. Açougueiro / Ambos os sexos / Ensino Médio Incompleto / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 6 meses/ Faixa Etária de 25 a 55 anos

Estão disponíveis 23 vagas de emprego no Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Os candidatos que tiverem interesse devem cadastrar os seus currículos pelo site www.petropolis.rj.gov.br.

O Balcão de Empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Dr. Porciúncula 75, Centro. O telefone para contato é o 2246-8942. Confira as oportunidades:

1. Cozinheiro / Ambos os sexos / Ensino Médio Completo / Uma vaga / Experiência em CTPS / Faixa Etária de 18 a 50 anos

2. Copeiro / Ambos os sexos / Duas vagas / Ensino Médio Completo / Experiência em CTPS / Faixa Etária de 18 a 50 anos

3. Costureiro / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Médio Incompleto / Experiência em CTPS acima de 6 meses/ Faixa Etária de 18 a 50 anos

4. Eletricista de Manutenção Industrial / Masculino / Cinco vagas / Ensino Superior ou Técnico / Experiência em CTPS acima de 1 ano/ Faixa Etária de 20 a 50 anos

5. Mecânico de Manutenção Industrial / Masculino / Oito vagas / Ensino Superior ou Técnico / Experiência em CTPS acima de 1 ano/ Faixa Etária de 20 a 50 anos

6. Oficial de Manutenção / Masculino / Ensino Médio ou Técnico / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 25 a 50 anos

7. Encarregado de Obras / Masculino / Ensino Médio / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 30 a 50 anos

8. Auxiliar de Obras / Masculino / Ensino Médio / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 20 a 50 anos

9. Instalador de Redes / Masculino / Ensino Médio / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 25 a 50 anos

10. Eletricista / Masculino / Ensino Médio ou Técnico / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 25 a 55 anos

11. Açougueiro / Ambos os sexos / Ensino Médio Incompleto / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 6 meses/ Faixa Etária de 25 a 55 anos

O beneficio também pode ser requisitado na sede do Detra em Itaipava

Quem precisa dar entrada no seguro desemprego já pode requisitar o serviço na Casa do Trabalhador, que funciona no espaço que abrigava o antigo posto do Detran, no Terminal Centro. Para dar encaminhamento a pessoa deve levar identidade, CPF, Carteira de Trabalho, Comprovante de Residência, Rescisão de Contrato, Requerimento do Seguro Desemprego e o Extrato de Saque do FGTS. A liberação dessa ferramenta foi possível em uma parceria com o governo federal, por meio da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia.

“Este é mais um serviço importante que estamos oferecendo neste equipamento, que a Casa do Trabalhador. São vários serviços em um único espaço", aponta o governo interino.

Para os moradores de Itaipava e locais próximos, o seguro desemprego pode ser solicitado no posto do Detra que funciona no Centro de Cidadania Desembargador Jorge Loretti. O secretário de Desenvolvimento Econômico lembra que o braço do Detra em Itaipava também vai realizar o encaminhamento para o acesso do benefício.

“Também é um local de atendimento e funciona para facilitar a vida de quem mora mas distante do Centro da cidade. Além do seguro desemprego, existe o Balcão de Empregos, que oferece novas oportunidades. Vale salientar que os empresários que têm vagas para serem preenchidas nas suas empresas podem usar a ferramenta para o cadastro das oportunidades. O balcão faz uma triagem dos currículos de acordo com as necessidades das vagas e os encaminha para as empresas”, destaca.

O diretor da Casa do Trabalhador também ratifica a importância da oferta do serviço de seguro desemprego. “Muita gente, por falta de uma orientação mais técnica, não consegue ter acesso a vários benefícios aos quais tem direito. Na Casa do Trabalhador damos orientações e conseguimos ajudar esse público”.

A Casa do Trabalhador funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Outras informações podem ser consultadas pelo telefone 2246-8942.


O texto foi aprovado com 14 votos

Depois de 18 anos, Petrópolis tem uma nova Lei de Incentivos Fiscais. O novo texto foi aprovado em primeira e segunda discussão na Câmara de Vereadores nesta quarta-feira (14.07). Com 14 votos, o projeto com a nova lei tem como principal objetivo atrair novos empreendimentos para o município e fortalecer a economia. Mais moderno, o texto amplia o prazo do benefício para até 15 anos e cria novas regras, baseadas em pontuações, para definir como será o incentivo. Quanto mais pontos, maior o benefício.

A nova legislação foi estruturada a partir de estudos e pesquisas de leis similares de outros municípios, como Maringá, São José dos Campos e Juiz de Fora, entre outras. Será baseada em uma pontuação de incentivo fiscal que vai analisar critérios técnicos, financeiros e estratégicos. A tabela foi desenvolvida por um grupo de trabalho formado por representantes das secretarias de Desenvolvimento Econômico, Fazenda, Planejamento, Obras e Procuradoria.

“A nova lei torna a cidade mais atrativa para novos empreendimentos e também novos investimentos das que já estão instaladas na cidade. O texto foi atualizado e agora está mais adequado ao momento que vivemos. Vamos criar novos postos de trabalho, valorizar nossa produção local e envolver todos os negócios com a realidade da cidade”, aponta o governo interino.

Os critérios inseridos na tabela de pontuação para a liberação dos incentivos (redução do ISS, isenção de IPTU e isenção de licenças e taxas municipais) são mais diversificados do que na legislação anterior. Levam em conta o alinhamento com as principais vocações do município - com setores de turismo, tecnologia e têxtil - e critérios de geração de empregos diretos, compra de produtos locais, localização, soma de investimentos, capacitação, entre outros. Quanto mais critérios a empresa atender, maior será a pontuação.

“A lei anterior gerava dificuldade para a instalação e permanência dos empreendimentos, sem diferenciar empresas de maior porte de um empreendimento de menor porte. Observamos que era necessário mudar esse conjunto para estruturar uma lei mais atrativa e que atenda as demandas da cidade. Os empreendimentos devem estar incorporados à realidade do município” explica o secretário de Desenvolvimento Econômico.

O secretário de Desenvolvimento Econômico destaca ainda que o governo municipal vai promover um movimento para que as empresas possam se instalar no 3º distrito. “Vamos promover uma descentralização, com incentivos para instalações de empresas no 3º distrito. Lembro que a cidade também tem 60 galpões privados disponíveis para a instalação de empresas e indústrias. São aproximadamente 250 mil metros quadrados de área disponível. A nova lei possui objetivos claros e bem mais justos para as empresas.

Nova lei terá critério de dosimetria para cumprimento de critérios de fiscalização

A nova Lei de Incentivos Fiscais também apresenta uma outra novidade. Agora será adotada a dosimetria para os critérios de análise de prestação de contas das empresas. Esse fator oferecerá mais flexibilidade para a empresa na hora da prestação de contas, com a proporcionalidade do cumprimento do que for acordado em contrato. O secretário exemplifica que, se uma empresa cumprir 80% das exigências, receberá 80% dos incentivos fiscais previstos.

“Mais uma modernização do texto, um formato justo para a empresa e para o governo. Anteriormente, se faltasse na prestação de contas 2% do exigido, eram cobradas todas as taxas pelo período todo do incentivo. Com a nova lei, tudo será feito de acordo com a dosimetria, com critérios corretos e justos”, afirma o secretário, que destaca que o município hoje tem 20 empresas querendo se instalar na cidade. “Destas, oito já protocolaram a intenção de ir para o Condomínio Industrial da Posse, que hoje tem um projeto concreto, com a edificação das ruas, lotes, tudo em processo adiantado”.

Empresas também poderão ter incentivo fiscal mediante adoção de uma praça ou jardim

Dentro da revisão o empresário também encontrará mais uma contrapartida para conseguir o incentivo fiscal. Empresas de menor porte poderão adotar uma praça ou um jardim na cidade e ficarão responsáveis pelo espaço ao longo da duração do incentivo fiscal, que pode ser de um a 15 anos. O grupo de trabalho do governo municipal realizou um levantamento que o município possui 31 praças, com total de 42 mil metros quadrados. O secretário de Desenvolvimento Econômico destaca que “esse será um modo de beneficiar e inserir o empresariado com o município, além de esquentar mercado de jardinagem e paisagismo, que é bem grande na cidade”, completa.


Primeiro segmento a ser atendido será o de tecnologia

Na próxima quinta-feira (15.07), a partir das 9h, o Mercoserra vai realizar, com a participação do governo municipal por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a primeira Rodada de Negócios Virtual. As inscrições das empresas interessadas em participar do evento terminam quarta-feira (14.07) e devem ser feitas por meio do link https://www.sympla.com.br/rodada-de-negocios-virtual__1256545. No momento da inscrição, o participante receberá o endereço da sala virtual com a devida confirmação. Cada empresa participante terá cerca de dois minutos para a apresentação no dia do evento.

O segmento a ser atendido nessa primeira rodada será o de tecnologia. Cada município apresenta uma empresa âncora, que receberá propostas de até 15 outras empresas fornecedoras de produtos e serviços por cidade. Estarão representando seus respectivos municípios o Serratec (Petrópolis), Gigalink (Nova Friburgo) e Alterdata (Teresópolis).

As demandas definidas pelo Serratec como demanda são para suprir serviços de conectividade / fornecimento de internet, marketing digital, material de escritório, mobiliário de escritório, seleção de prestadores de serviços terceirizados, equipamentos (principalmente notebook), empresas de brindes/material promocional, curso de idiomas e gympass.

“Empresas locais devem participar, será uma ótima oportunidade para gerarem negócios. Temos muitas empresas em Petrópolis capacitadas na cidade para atender as demandas que surgirem. Essa rodada virtual vai ajudar a impulsionar essa relação comercial dentro de Petrópolis”, destaca o governo interino.

“As empresas precisam aproveitar a oportunidade e se inscreverem nesse modelo de negócios que estamos oferecendo, para atender uma demanda grande de serviços e produtos. Essa rodada virtual gerará uma mobilização forte para que negócios diversificados possam ser concretizados, ajudando fortalecer a economia local e oportunizando a algumas empresas um bom volume de vendas. Espero que haja uma adesão do empresariado do município e das cidades que estão incluídas no Mercoserra”, aponta o secretário de Desenvolvimento Econômico.

Um mês após a realização do evento será enviado um formulário para cada empresa participante, para que possam apontar se foi gerado algum negócio por meio da Rodada de Negócios Virtual. Com essa pesquisa, os organizadores poderão mensurar os resultados, com a finalidade de aprimorar o sistema para novas rodadas para outros setores econômicos.

Programação do evento

No dia 15/07, às 9hrs, será promovida uma "Rodada de Negócios Virtual", organizada por estas Instituições, de forma a promover o desenvolvimento econômico e integração da Região. Confira a programação:

9h - Abertura sala virtual

9h15 - Presidente do Mercoserra (anfitrião) falará sobre a rodada.

9h20 - O prefeito de cada município da Região Serrana explicará um pouco sobre os negócios locais.

9h35 - Silvia Guedon (Mercoserra) explicará quais são os objetivos da agência, resumindo todo trabalho que já foi desenvolvido ao longo destes três anos.

9h45- Apresentação do Presidente do Conselho Deliberativo do Mercoserra e Presidente da ACIANF (Júlio Cordeiro) que falará da importância do associativismo na atividade empresarial e de sua experiência à frente da Associação Industrial, Comercial e Agrícola de Nova Friburgo.

10h - Início da Rodada de Negócios com apresentação de 10 minutos por empresa âncora. Cada uma falará de suas áreas de interesse com relação a fornecedores de diferentes setores.

10h30 - Apresentação de cada empresa inscrita. Cada uma terá dois minutos. Depois do evento, será disponibilizado por e-mail ou WhatsApp, uma listagem com todos contatos dos participantes.

12h30 - Encerramento, com participação do Mercoserra e secretários.


Pagina 6 de 39