O pedido é uma forma de minimizar os impactos sofridos pelos motoristas no trânsito, no momento em que as intervenções chegam ao distrito de Itaipava.

O governo interino de Petrópolis formalizou nesta quarta-feira (14), em Brasília, um pedido ao diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT, Antônio Leite dos Santos Filho, para que as obras de revitalização executadas pelo órgão federal na Estrada União e Indústria sejam realizadas no período noturno, a fim de minimizar os impactos que os trabalhos vêm causando no trânsito, especialmente neste momento em que alcançou o distrito de Itaipava.

“As intervenções na Estrada União e Indústria são fundamentais para melhorar essa importante ligação entre o Centro e os distritos. A cidade precisa e muito dessas melhorias. No entanto, elas têm impactado duramente na rotina de milhares de petropolitanos”, destacou o governo.

A reunião em Brasília, que contou com a participação dos deputados federais Hugo Leal e Dr. Luizinho, é um desdobramento de um encontro anterior com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, realizado juntamente com o deputado Vinícius Farah e o vereador Maurinho Branco. O município agora aguarda uma resposta do DNIT. “Estamos otimistas quanto a essa mudança no horário de execução”, afirmou o governo interino, lembrando que amanhã (16) a Secretaria de Obras libera a passagem de veículos pela Rua Joaquim Agante Moço (via que passa por trás do Parque Municipal de Itaipava e liga a Rua Des. Antônio Severo da Costa e a Rua Braz Rossi - Vila Epitácio - ao trecho da Estrada União e Indústria próximo ao Shopping Tarrafas). A medida deve atenuar o impacto das obras no trânsito, já que a via pode ser utilizada como rota alternativa à União e Indústria.

Na segunda-feira (12), a secretaria de Obras iniciou a recuperação da via, que estava interditada desde o início do ano passado, quando um trecho cedeu em função de uma obra realizada no local. “Vamos viabilizar já para este fim de semana a passagem de veículos leves. No início da próxima semana, começamos a pavimentação com raspa de asfalto, para melhorar a passagem pelo trecho”, informou o secretário de Obras, acrescentando que o município vai utilizar, com autorização do proprietário, parte de um terreno privado para fazer um desvio de cerca de três metros em relação à via original, em uma área de 150m². A Comdep já está fazendo também a limpeza da rua”.

Ações para minimizar os impactos no trânsito

Com a chegada das obras feitas pelo DNIT no trecho da rotatória de Bonsucesso, em Itaipava, a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans reforçou na última semana o efetivo de controladores e agentes de trânsito na região, bem como o apelo para que os motoristas evitem o trecho, sempre que possível, usando a BR-040 como rota alternativa.

“Agora, com a liberação da Rua Joaquim Agante Moço, ganhamos mais uma alternativa, com a possibilidade de que os motoristas de carros leves evitem o siga e pare no trecho onde acontece a pavimentação”, pontua o diretor-presidente da CPTrans, que lembra que, além do reforço de agentes de trânsito, houve ainda a instalação de um desvio para veículos leves por Nogueira, bem como a mudança para sentido único na Vila Epitácio.


Obra, que utiliza recursos do Finisa, vai se estender a outras ruas, totalizando o asfaltamento de 42 quilômetros de vias públicas.

O governo interino acompanhou, nesta terça-feira (13), o início das obras para asfaltamento da Rua João Xavier, no Bingen. Os trabalhos fazem parte do programa Acelera Petrópolis, que leva diferentes serviços aos quatro cantos da cidade, e se estenderão, nesta via, por 3 km. Além desta, outras 58 ruas pela cidade receberão novo asfalto, totalizando 42km. As obras de asfaltamento serão garantidas com recursos do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (FINISA), da Caixa Econômica Federal (CEF), e recursos próprios do município.

“Trabalhamos muito para garantir o início das obras. O pacote completo inclui 59 ruas, o que sem dúvida é um ganho enorme para a cidade. Ver as máquinas em operação na Rua João Xavier nos deixa satisfeitos. Era algo que os moradores esperavam há muito tempo”, destacou o governo interino, ao lado do secretário de Obras, Maurício Veiga, e do subsecretário de Obras.

Na Rua João Xavier, as estrias (processo de raspagem da pavimentação antiga) começaram a ser feitas na terça-feira. “Depois será instalada uma camada de 5 a 8 cm de asfalto, dependendo do trecho”, informou o Veiga, lembrando que o trabalho seguirá para as ruas Paulo Hervê e Henrique Cunha, além da Av. Lúcio Meira, no Bingen. “Serão 4,6km de ruas asfaltadas apenas aqui no Bingen. Depois o trabalho segue para a Nogueira, onde serão asfaltados 4,4km das Ruas Promenade, Dr. Bina e Padre Correa Lima, além da Estrada do Calembe”, informou o secretário de Obras.

Também haverá asfaltamento de vias no Centro, Morin, Siméria, Quitandinha, Itaipava, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Alto da Serra, Sargento Boening (trecho de acesso, Praça Pasteur e Saldanha Marinho) e Valparaíso.


A prefeitura inicia esta semana obras para melhorias na Unidade Básica de Saúde do bairro Mosela. Serão realizadas intervenções no telhado, pintura, além de revisão nas partes hidráulica e elétrica da unidade, que há anos não recebe reformas significativas. Por conta das obras, a partir desta terça-feira (13/07) a UBS da Mosela estará fechada. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos em 90 dias. Com as intervenções os atendimentos e vacinas estão sendo redirecionados para outras unidades de Saúde. A retirada dos equipamentos, mudança e reestruturação de um dos pontos de atendimento, na Escola Municipal Salvador Kling, está sendo feita nesta terça-feira. O atendimento na Escola começa nesta quarta-feira (14/07).

Durante as obras o atendimento das equipes acontece na Escola Municipal Salvador Kling, que estará funcionando das 8h às 17h. Usuários que precisem de atendimento no terceiro turno (das 17h às 20h), podem buscar ainda o posto de Saúde do Pedras Brancas.

“A Secretaria de Saúde reorganizou as equipes e redirecionou os atendimentos para unidades dentro do próprio bairro, para facilitar o acesso para os pacientes. Já as vacinas estão sendo centralizadas no Centro de Saúde. Tudo está sendo organizado para que os moradores continuem sendo assistidos da melhor forma durante o período de obras, que irão melhorar a estrutura da UBS”, explica o secretário de Saúde.

No Centro de Saúde Coletiva Professor Manoel José Ferreira, a vacinação de rotina será feita das 9h às 19h30.

A sala especial de vacinas do PSF da Mosela também foi redirecionada durante a obra para o Centro de Saúde Coletiva. A orientação é para que pessoas com comorbidades que precisam retirar vacinas especiais, compareçam ao Centro de Saúde para fazer a retirada dos imunizantes, que serão entregues das 9h às 16h30.

Confira os novos locais para atendimento e vacinas:

Atendimentos
Escola Municipal Salvador Kling (Mosela)
Horário: das 8h às 17h - (a partir de 14/07).
End: Rua Mosela, 995 - Mosela
Posto de Saúde da Família do Pedras Brancas
Horário: das 17h às 20h (terceiro turno).
End: Rua Pedras Brancas, 1.190 - Mosela

Vacinas
Vacinação - Centro de Saúde Coletiva Professor Manoel José Ferreira
Horário: das 9h às 19h30
End: Rua Santos Dumont, 100 - Centro.

Sala Especial de vacinas - Centro de Saúde Coletiva Professor Manoel José Ferreira
Horário: 9h às 16h30
End: Rua Santos Dumont,100 - Centro.
*Ponto destinado a pessoas com comorbidades que precisam retirar vacinas especiais.

A via pode ser alternativa para motoristas evitarem o trecho que passa por intervenções na obra de recuperação da Estrada União e Indústria, feita pelo DNIT.

A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Obras, vai viabilizar, até sexta-feira (16) a passagem de veículos de passeio (ou seja, veículos leves) pela Rua Joaquim Agante Moço. A via alternativa liga a Vila Epitácio, em Nogueira, (por meio da Avenida Leopoldina) com a Estrada União e Indústria, no trecho localizado próximo ao Shopping Tarrafas, em Itaipava. A passagem pelo local estava interditada desde o início do ano passado e a recuperação do trecho vai ajudar a desafogar o trânsito, no momento em que as obras do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT chega ao distrito.

“É uma medida importante nesse momento em que as obras do DNIT alcançaram justamente a ponte e a rotatória do trevo de Bonsucesso. A via alternativa será de grande importância para que os motoristas que trafegam na região possam evitar a Estrada União e Indústria”, destacou o secretário de Obras.

Para viabilizar a passagem de veículos no local, as equipes da secretaria iniciou hoje (12) os trabalhos de recuperação da Rua Joaquim Agante Moço. “As máquinas já estão nivelando o piso, onde será feita a aplicação de raspa de asfalto. Já temos também as autorizações necessárias, inclusive do proprietário de um terreno na região, onde será feito um desvio de cerca de três metros em relação à via original, em uma área de 50 metros quadrados. A Comdep já está fazendo também a limpeza da rua”, informou.

O objetivo é liberar a passagem dos veículos até o fim da semana. “Será uma alternativa importante para o trânsito na região, que vem sofrendo os impactos da intervenção do DNIT na Estrada União e Indústria. O objetivo é fazer com que o motorista (de veículo leve) possa seguir de Nogueira até Itaipava, sem passar pelo trecho de obras”, ressaltou o diretor-presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans.


A prefeitura deu início às melhorias estruturais na quadra comunitária do Açude, no Meio da Serra. Uma parte do alambrado foi instalado, além da reforma das balizas. Nas próximas semanas, o serviço será concluído com o restante da tela e com melhorias no piso. Além dessa, também passam por reformas as quadras do Bela Vista e Oswaldo Cruz.

"Esta é uma obra esperada pela comunidade há muitos anos. Como profissional da área do Esporte, sei bem a importância destes espaços para os moradores. Das quadras, saem atletas, mas, mais do que isso, saem cidadãos", disse o governo interino. "A gente quer investir nos bairros e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Neste ano, já entregamos duas grandes reformas em quadras: na Comunidade do Alemão e Vila São José", lembrou.

A ideia da prefeitura é transformar o local em um espaço de lazer para os moradores. "Essa é uma luta de mais de 20 anos para os moradores do Açude", garante Daniela Souza, de 37 anos, moradora do local. "Aos poucos esse sonho se torna realidade. Para as nossas crianças esse espaço será ótimo. Acredito que até os mais velhos poderão usufruir desse espaço para o futebol", disse.

A reforma das quadras esportivas envolve equipes das secretarias de Obras; Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer e da Comdep. “Estamos elaborando um cronograma para a reforma desses locais. Mapeamos as quadras e já iniciamos os serviços. A ideia é que a população possa usar as quadras como local de promoção da saúde e de lazer”, explica o secretário de Esportes.

A companhia reforçou as ações no local, com mais controladores coordenando o sistema “siga e pare”. O objetivo é minimizar os congestionamentos.

Com a chegada das obras feitas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT, na Estrada União e Indústria, à rotatória do “Trevo de Bonsucesso”, em Itaipava, a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans reforçou o efetivo de controladores e agentes de trânsito na região. A ação, realizada nesta terça-feira (6), terá continuidade. O objetivo é minimizar os transtornos provocados pelos trabalhos. A orientação é que os motoristas tentem evitar o trecho nos próximos dias.

“É uma etapa sensível da intervenção, tendo em vista que, agora, a obra está sobre o trecho da ponte e amanhã chega à rotatória que dá acesso à BR-040. Isso pode gerar mais congestionamentos neste trecho nos próximos dias. Por isso, é fundamental que os motoristas evitem esta área, optando, por exemplo, pela BR-040”, ressalta o diretor-presidente da CPTrans, que na manhã e tarde de hoje (6) coordenou as ações de organização do tráfego no trecho.

Desde o mês passado, quando a obra alcançou o trecho de Bonsucesso, a CPTrans vem direcionando o tráfego dos veículos, que seguem em direção ao distrito de Itaipava, pelo acesso à Nogueira, onde os motoristas (de veículos leves) devem seguir pela Avenida Leopoldina e Vila Epitácio e retornar para a Estrada União e Indústria. “Veículos pesados, como ônibus e caminhões, apenas, estão autorizados a trafegar pela União e Indústria até o trecho”, lembra o diretor-presidente.

Os motoristas que seguem direção ao centro, hoje, encontraram um sistema de siga e pare, organizado a partir da rotatória de acesso à BR-040, que amanhã também recebe o trabalho de raspagem e criação de estrias longitudinais para o novo asfalto.


O trabalho inclui 25 pontos de iluminação e começou nesta quinta-feira (24).

O programa de eficientização energética do governo municipal, que busca padronizar e uniformizar a iluminação pública, teve mais uma etapa iniciada nesta quinta-feira (24). A Vila São José, localizada no centro, com acesso pela Rua Paulino Afonso, receberá 25 luminárias de LED. O trabalho que teve início às 9h e é executado pelo Departamento de Iluminação Pública.

“Avançamos no Cascatinha com mais duas ruas e agora é a vez da Vila São José. Seguimos com esse importante projeto que leva uma iluminação melhorada aos bairros por toda a cidade, gerando economia e sustentabilidade”, salientou o governo interino.

Além da Vila São José, o trabalho de eficientização já passou recentemente pelas ruas Bernardo Tosta e Gonçalves Vieira Júnior. Recentemente, a melhoria foi implementada também em Secretário, no distrito de Pedro do Rio, nos bairros Fazenda Inglesa, Castelânea, Bingen, Alto da Serra, Duarte da Silveira, Secretário, Retiro, Araras e Pedro do Rio. O estudo levou em consideração os índices de iluminação estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para cada tipo de rua.

"O LED gera menor necessidade de manutenção, fora que a durabilidade das lâmpadas é maior. Isso significa economia para o município. Enquanto a lâmpada de vapor de sódio de 250W tem vida útil de 32 mil horas e demanda um reator que dura 20 mil horas, em média, a luminária de LED com 180W dura 50 mil hora”, explicou a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública, secretaria que coordena o Departamento de Iluminação Pública.


Espaço atende 70 crianças de até 5 anos

A nova pintura é como um cartaz de boas-vindas a quem entra no CEI Irmã Silvana, na Comunidade do Neylor. O espaço, agora reformado, ganhou brinquedos e mobiliário, cozinha remodelada e despensa, garantindo um espaço melhor tanto para os alunos quanto para os funcionários. O Centro de Educação Infantil atende 70 crianças com até 5 anos.

No CEI Irmã Silvana foi construída uma brinquedoteca, uma nova sala para a direção, foi feita a reforma do telhado e do muro, pintura de todas as salas e pintura interna e externa, reforma completa da cozinha, construção da área de material de limpeza e área externa e pintura artística interna e externa, com auxílio do profissional Rodrigo CB. Além disso, a unidade passou por adaptações para atender o projeto de Incêndio e Pânico do Corpo de Bombeiros, tendo o projeto aprovado com laudo de exigência e certificado de aprovação emitido.

A diretora do CEI Irmã Silvana, Sonia Damico, relembrou, emocionada, o quanto o CEI precisava da reforma.

“Três palavras definem esse dia: sonho, persistência e semeadura. Essa reforma era um sonho e às vezes nem acredito que se tornou realidade. As crianças amam o CEI. Mesmo distantes, elas sabem que, quando voltarem, encontrarão todo o amor e carinho aqui e é isso que me deixa ainda mais feliz, saber que elas encontrarão um CEI novo, todo lindo só para elas. O CEI precisava muito desse carinho e só tenho a agradecer todo apoio que recebemos para chegar nesse dia”, contou Sonia Damico.

O presidente da Associação de Moradores, Gilmar Moura, também agradeceu o carinho do poder público com o CEI. “O trabalho feito aqui foi uma demonstração de amor. Todos juntos sempre pensando no melhor para as crianças. Meus parabéns para a diretora e o poder público, que se fez presente na nossa comunidade”.


O trabalho contará com 36 pontos de iluminação na Estrada de Secretário.

A prefeitura de Petrópolis, por meio do Departamento de Iluminação Pública, começa, a partir desta sexta-feira (18) mais uma etapa do trabalho de eficientização energética que já passou por diversos bairros da cidade neste ano. Desta vez o local que recebe as luminárias de LED é Secretário, no distrito de Pedro do Rio. Serão instaladas 36 luminárias na Estrada de Secretário.

O trabalho acontecerá em duas etapas. Entre as 9h e às 16h e depois entre as 23h e as 4h30 da madrugada de sábado (19). A eficientização acontece entre o Mercadinho Lidório e a sede do Campestre. “É mais uma etapa desse processo de melhoria da iluminação dos bairros por toda a cidade. Além da questão econômica e de sustentabilidade, o LED também é importante para a segurança pública”, explicou o governo interino.

O programa de eficientização do governo municipal busca padronizar e uniformizar a iluminação pública em todo o município. Neste ano, além desses locais, o executivo fez esse trabalho nos bairros Fazenda Inglesa, Castelânea, Bingen, Alto da Serra, Duarte da Silveira, Secretário, Retiro, Araras e Pedro do Rio. O estudo levou em consideração os índices de iluminação estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para cada tipo de rua.

"A tecnologia de luz de LED possibilita menor necessidade de manutenção - as lâmpadas possuem mais durabilidade. Uma lâmpada de vapor de sódio de 250W, por exemplo, tem vida útil de 32 mil horas e demanda um reator que dura 20 mil horas em média. Já uma luminária de LED com 180W dura 50 mil hora”, explicou a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública.


Ao todo, 30 luminárias serão instaladas até o dia 16. Nove delas em Nogueira.

A partir desta sexta-feira (11) até a próxima quarta-feira (16) dez bairros de Petrópolis contarão com melhorias na iluminação pública. Serão instaladas 30 novas luminárias distribuídas entre Araras, Secretário, Nogueira, Cascatinha, Caxambú, Itaipava, Pedras Brancas, Samambaia, Castelânea e Fagundes. Só em Nogueira serão nove equipamentos. A maior parte deles para atender aos moradores da Servidão Adelírio de Souza Lima.

Recebem a intervenção, nesta sexta-feira, a Estrada do Maquiné, a Rua Dr. Guilherme de Albuquerque e a Estrada José Xavier - todas em Secretário, no distrito de Pedro do Rio. Na segunda-feira (14) é a vez da Estrada da Cachoeira, em Araras, da Rua Maria Rosa Cardoso Vieira, em Itaipava, e a Estrada do Ribeirão Grande, também em Itaipava. Na terça-feira (15) é a vez da Servidão Adelírio de Souza Lima que receberá nove equipamentos. Já na quarta-feira (16) serão cinco localidades: Rua Bernardo Proença, Cascatinha; Estrada José Almeida Amado, Caxambú; Ladeira Guilherme Wilbert, Pedras Brancas, Mosela; Humberto Rovigatti, Samambaia; e Estrada do Caminho do Paraíso, Castelânea.

Ruas do Fazenda Inglesa ganham nova iluminação de LED

O governo municipal iniciou nesta quinta-feira (10) a instalação de lâmpadas de LED na comunidade Vila São Francisco, localizada na Rua Stefan Zweig, no Fazendo Inglesa. As intervenções tiveram início no trecho de acesso da BR-040 e terminam próximo à esquina com o Bar do Levino. O trabalho de substituição das lâmpadas de vapor de sódio por lâmpadas de LED - que possuem maior eficiência energética - começou às 9h. Ao todo, dez pontos de iluminação contarão com a melhoria.

Recentemente, a mudança foi realizada pelo Departamento de Iluminação Pública da prefeitura, ligado à Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública - SSOP, na rua João Xavier, no Bingen, onde 81 lâmpadas foram substituídas. No fim de maio, a prefeitura já havia instalado a iluminação de LED na Vila Francisco, que fica na Estrada da Serra Velha, no Meio da Serra. Foram colocadas 34 luminárias em substituição às lâmpadas de vapor de sódio. Ainda em maio, 24 luminárias foram trocadas na rua Álvaro Machado, no São Sebastião.

O programa de eficientização do governo municipal busca padronizar e uniformizar a iluminação pública em todo o município. Neste ano, além desses locais, o executivo fez esse trabalho na Castelânea, Bingen, Alto da Serra, Duarte da Silveira, Secretário, Retiro, Araras e Pedro do Rio. O estudo levou em consideração os índices de iluminação estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para cada tipo de rua. "A tecnologia de luz de LED possibilita menor necessidade de manutenção - as lâmpadas possuem possuem mais durabilidade. Uma lâmpada de vapor de sódio de 250W, por exemplo, tem vida útil de 32 mil horas e demanda um reator que dura 20 mil horas em média. Já uma luminária de LED com 180W dura 50 mil hora”, explicou a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública.


Pagina 7 de 87