A Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, promove nesta quinta-feira (16) o Fórum das Eleições dos conselhos consultivos de unidades de conservação municipais. O evento acontecerá de maneira híbrida (presencial e online), às 14h. Na pauta da reunião, estão pontos como a indicação de suplentes, proposta de calendário, regimento interno e apresentação dos conselheiros.

Um dos objetivos dos conselhos é discutir políticas públicas e estratégias de conservação entre a sociedade civil e o governo. Em Petrópolis, são três unidades sob a gestão municipal: Parque Natural Municipal Padre Quinha (Avenida Ipiranga), a Floresta Municipal do Quarteirão Italiano e o Monumento Natural (Mona) da Pedra do Elefante (Taquaril).

Presencialmente, os interessados podem participar na sede da secretaria, na Avenida Koeler, 87. Já de forma remota, a participação é possível através de um dos links abaixo:

1: Para participar da reunião do Fórum das Unidades de Conservação Municipais, no Google Meet, clique neste link:
https://meet.google.com/axa-juhw-doe

Ou abra o Meet e digite este código: axa-juhw-doe

2: Clique neste link 2 - Fórum das Unidades de Conservação Municipais:
https://meet.google.com/oeq-speu-zgp

Ou abra o Meet e digite este código: oeq-speu-zgp

3: Clique neste link 3 - Fórum das Unidades de Conservação Municipais
https://meet.google.com/hbw-hzkv-iku

Ou abra o Meet e digite este código: hbw-hzkv-iku

Unidade de conservação é uma das três sob gestão do município

O Parque Natural Municipal Padre Quinha, na Avenida Ipiranga, recebeu 4.500 visitantes desde março. O local é uma das três unidades de conservação (UC) administradas pela Prefeitura de Petrópolis, através da Secretaria de Meio Ambiente, e estava fechado devido a pandemia. Além disso, a UC está com edital aberto para a composição de um conselho consultivo, onde a sociedade civil poderá auxiliar na gestão da reserva ambiental.

Os dados foram levantados a partir de uma pesquisa do perfil do visitante realizado pela Secretaria de Meio Ambiente. “Este levantamento é importante para que consigamos entender qual tem sido o público que mais procura pelo Parque. Quem chega no local, pode acessar um QR Code com uma pesquisa”, explicou o governo interino.

“Temos percebido que o Parque também se tornou um atrativo turístico, com a procura de visitantes de diversos lugares. No entanto, é importante lembrar que os frequentadores do espaço precisam cumprir as regras de uso do espaço, já que é uma unidade de conservação”, disse o secretário de Meio Ambiente.

A inauguração ocorreu em 2007, mas a preocupação com o avanço imobiliário vem da década de 1980. Na ocasião, sociedade civil e governo, liderados pela família de Raphael Born, procuravam formas de preservar o “pano de fundo” verde e natural da Catedral São Pedro de Alcântara. Desde então, se tornou um ambiente de contemplação da natureza. “Lá no parque, é possível ter uma ideia de como era a Mata Atlântica antes da colonização”, explica o historiador e educador ambiental.

O Parque Natural Municipal Padre Quinha funciona de terça-feira a domingo, das 8h30 às 17h30. Na recepção, os visitantes devem observar as regras de funcionamento da unidade de conservação, como em relação ao lixo e acesso de pets, por exemplo.

Outras unidades

Além do Parque, a Prefeitura também administra outras duas unidades de conservação: a Floresta Municipal do Quarteirão Italiano e o Monumento Natural (Mona) da Pedra do Elefante, no Taquaril. O último foi inaugurado em 2009 e conta com uma trilha de acesso para uma montanha com o formato que lembra um elefante.

Uma equipe visitou o Mona na quinta-feira (25) para entender as demandas locais. “É uma área que, nas épocas de seca, costuma sofrer com queimadas. Para essa UC, também estamos com as inscrições para os conselhos consultivos. Um dos objetivos dos conselhos é discutir políticas públicas e estratégias de conservação entre a sociedade civil e o governo”, afirmou a técnica em análise e recuperação ambiental, Julia Horta.

A unidade mais recente é a Floresta do Quarteirão Italiano, no Independência. O espaço foi criado em outubro de 2020. A ideia é que seja um espaço de discussão de temas ambientais. “Com o conselho consultivo, estamos chamando a população para, juntos, escrevermos a história da floresta”, disse o secretário de Meio Ambiente.

Inscrição para os Conselhos

As inscrições para a composição dos conselhos consultivos das unidades de conservação estarão abertas até segunda-feira (29). As vagas são para setores da sociedade civil, governo e Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comdema). Para conferir os editais e obter maiores informações, os interessados podem acessar o site da Secretaria de Meio Ambiente: https://www.petropolis.rj.gov.br/sma/.

Com o apoio da Guarda Civil e da Polícia Militar, agentes desmontaram as estruturas que estavam em meio a mata

O setor de fiscalização da Secretaria Meio Ambiente, com o apoio da Guarda Civil e da Polícia Militar, realizou uma ação conjunta para coibir o desmatamento, a movimentação irregular de terra e a expansão desordenada na Rua Lopes Trovão, no Meio da Serra, na localidade conhecida como Vila União, na tarde de ontem (24/11). No local, os agentes encontraram construções irregulares que estavam sendo erguidas em meio a mata. Todas foram demolidas.

As equipes chegaram ao local para cumprir com uma determinação do Ministério Público Federal (MPF) e também atendendo a inúmeras denúncias de moradores da região. Durante a ação, os agentes ainda lavraram uma notificação para que o proprietário apresente, no prazo de 12 dias, as licenças relativas ao imóvel, sob pena de multa e demolição da estrutura.

“Geralmente, as ocupações irregulares iniciam com pequenas estruturas de madeira e, após se fixarem no local por um tempo, começam a investir em material para consolidar a construção e, assim, permanecer na área”, afirma o chefe do setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente.

“Trata-se de uma operação permanente que irá ocorrer na localidade sentido de coibir as infrações para garantir o cumprimento da legislação ambiental e a ajuda da população é muito importante para o êxito das nossas ações”, concluiu o secretário de Meio Ambiente.

Desde o início do ano, o Meio Ambiente atendeu 668 denúncias de infrações no município, entre casos de supressão de vegetação, poluição de curso hídrico, contaminação de solo, empresas exercendo atividade sem licença ambiental e queimadas.

As denúncias podem ser realizadas de forma anônima através do telefone (24) 2246-9241, ou pessoalmente na Secretaria de Meio Ambiente, que fica localizada na Avenida Koeler nº 87 – Centro.


Meio Ambiente abre novo prazo para preenchimento das vagas, que visam atender a unidades de conservação municipais

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, prorrogou o período de inscrições para a composição de Conselhos Consultivos em unidades de conservação. Os interessados, agora, terão até o dia 29 de novembro para realizarem a inscrição e entrega de documentos na sede da secretaria, na Avenida Koeler, 87 ou pelo email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

O objetivo dos conselhos consultivos é auxiliar na gestão dos espaços das seguintes unidades: Parque Natural Municipal Padre Quinha (Centro), o Monumento Natural Pedra do Elefante (Taquaril) e a Floresta Municipal Quarteirão Italiano (Independência). Com isso, é possível fortalecer políticas ambientais, através do diálogo com representantes da sociedade civil e governo, além do estabelecimento de parcerias.

“Com os conselhos, agregamos apoio político e institucional à gestão das Unidades de Conservação do município. É importantíssimo que tenhamos a participação da sociedade civil nestes grupos, para que possamos alinhar estratégias de conservação”, disse o governo interino.

“Quando conseguimos alcançar um conselho consultivo maduro e atuante, colhemos frutos de uma gestão que está em sintonia com a sociedade civil, melhorando nossos resultados através de decisões mais assertivas de acordo com os objetivos da unidade”, completou o secretário de Meio Ambiente.

Nesta nova etapa, são três vagas para o Parque Natural Municipal Padre Quinha direcionadas a representantes de organizações da sociedade civil, que tenham atuação na área ambiental. Além disso, há inscrições também para representantes do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdema) e de entidades de ensino e pesquisa com atuação em Petrópolis.

Para o Monumento Natural da Pedra do Elefante, são duas vagas para proprietários de imóveis dentro dos limites da unidade. As demais inscrições são direcionadas a representantes de organizações da sociedade civil com atuação ambiental e do setor empresarial.

Já na Floresta Municipal do Quarteirão Italiano, são duas inscrições para representantes de organizações da sociedade civil. As demais são divididas para entidade de ensino e pesquisa, setor empresarial, concessionária de água e esgoto e Comdema.

“Essas três unidades de conservação, por regra do sistema nacional de unidade de conservação, precisam ter, além do seu plano de manejo, conselhos que são consultivos que envolvem a sociedade civil, a comunidade e o governo. Participar de um Conselho é a oportunidade que o cidadão tem de participar das decisões da esfera pública, da vida social e ambiental”, explicou a técnica em análise e recuperação ambiental.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato pelo telefone: (24) 2246-9233.

Para fortalecer as políticas públicas em defesa da causa animal, a prefeitura de Petrópolis e a Universidade Estácio de Sá estudam uma parceria com objetivo de promover conteúdos sobre o cuidado e defesa dos animais, através de ações intersetoriais nas Secretarias Municipais. A ação prevê, ainda, a elaboração de um termo de cooperação técnica apontando as possibilidades de atuação dos estudantes de veterinária em ações da causa na cidade. A iniciativa colaborará com um reforço importante para a rede de proteção e resgate de animais: a universidade vai abrir uma clínica/escola de veterinária em Petrópolis no segundo semestre do próximo ano.

Os assuntos foram abordados em uma reunião realizada na quinta-feira (11/11) com o secretário-Chefe de Gabinete, o coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica, o vereador Domingos Protetor, a gestora da universidade em Petrópolis, Patrícia Bach, a coordenadora do curso de veterinária, Julianna Ferreira de Azevedo e o supervisor financeiro da instituição de ensino, Rômulo Bastos.

“Essa foi a primeira reunião e o pontapé inicial para elaboração de um termo de cooperação técnica que vai fortalecer as políticas públicas municipais, a elaboração de ações em conjunto com as secretarias de Educação e Meio Ambiente, além da Cobea, sempre com a intenção de promover a conscientização da população com relação à causa animal e também para o auxílio da rede de proteção e resgate. Atendendo a um pedido do governo interino, vamos continuar estreitando os laços com a universidade para avançar ainda mais nessa questão”, disse o secretário-Chefe de Gabinete.

Os primeiros alunos do curso de veterinária da Estácio de Sá já estão cursando o 4º período. “O curso já é referência, a universidade vai ter uma clínica/escola para atuação dos estudantes em conjunto com os professores e acreditamos que isso pode ser um ganho importante para o município. A intenção é colaborar com nas demandas no que envolve a causa animal”, conformou Patrícia Bach.

Outros encontros serão marcados para fortalecer a parceria. “Maravilhosa iniciativa, uma conquista para a cidade. Esse é apenas o primeiro passo, acredito que outras ações positivas em parceria surgirão em favor da causa animal”, completou o vereador Domingos Galante.

As inscrições para a composição dos conselhos consultivos em unidades de conservação, organizados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, se encerram nesta segunda (08). O objetivo dos grupos é auxiliar na gestão dos espaços das seguintes unidades: Parque Natural Municipal Padre Quinha (Centro), o Monumento Natural Pedra do Elefante (Taquaril) e a Floresta Municipal Quarteirão Italiano (Independência). Para realizar a inscrição, basta comparecer à sede da secretaria, na Avenida Koeler, 87.

“Nos conselhos podemos fortalecer políticas ambientais, através do diálogo com os representantes da sociedade civil e do governo, estabelecendo parcerias. Com isso, agregamos apoio político e institucional à gestão das Unidades de Conservação do município”, disse o governo interino.

O secretário executivo do Comdema e responsável do setor de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente destacou a importância da participação popular .“Essa participação é um fator estratégico na conservação e proteção das Áreas Protegidas, da defesa da Educação Ambiental para as gerações e uma opção de manutenção da qualidade do ar, água e temperatura de Petrópolis”, disse.

“Quando conseguimos alcançar um conselho consultivo maduro e atuante, colhemos frutos de uma gestão que está em sintonia com a sociedade civil, melhorando nossos resultados através de decisões mais assertivas de acordo com os objetivos da unidade”, destacou o secretário de Meio Ambiente.

No Parque Natural são três vagas para representantes da sociedade civil com atuação em área ambiental. Serão disponibilizadas também vagas para o Conselho Municipal de Meio Ambiente (COMDEMA), para entidades de ensino e pesquisa e para o setor comercial. No Taquaril, as inscrições são para proprietários de imóveis dentro da unidade de conservação, representantes da organização civil e para o setor empresarial.

Já para a Floresta Municipal, são, ao todo, sete vagas. Duas destas são para representantes da sociedade civil e as demais são divididas para instituições de ensino e pesquisa, COMDEMA, setor empresarial, associação de moradores e representante da companhia de água e esgoto.

“Essas três unidades de conservação, por regra do sistema nacional de unidade de conservação, precisam ter, além do seu plano de manejo, conselhos que são consultivos que envolvem a sociedade civil, a comunidade e o governo. Participar de um Conselho é a oportunidade que o cidadão tem de participar das decisões da esfera pública, da vida social e ambiental”, explicou a técnica em análise e recuperação ambiental.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato pelo telefone: (24) 2246-9233.

Inscrições podem ser realizadas até o dia oito de novembro

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, divulgou, na última semana, três editais no Diário Oficial para a composição de conselhos consultivos em relação às unidades de conservação do município. As inscrições foram abertas na segunda-feira (25) e vão até o dia oito de novembro. O objetivo é que sejam atendidos o Parque Natural Municipal Padre Quinha (Centro), o Monumento Natural Pedra do Elefante (Taquaril) e a Floresta Municipal (Quarteirão Italiano), com o objetivo de auxiliar na gestão dos espaços. Para se inscrever, o interessado deve comparecer à sede da secretaria, na Avenida Koeler, 87.

“O propósito é que os conselhos auxiliem na gestão dos espaços. É uma regra do Sistema Nacional de Unidade de Conservação da Natureza para que haja participação de todos os envolvidos”, explicou o governo interino.

“Ao todo, são 17 unidades de conservação no município. Essas três, com os editais abertos, são de administração municipal. Cada local terá vagas específicas para o conselho e esperamos ter uma boa participação dos envolvidos, para que a gestão dos espaços possa ter grandes avanços”, disse o secretário de Meio Ambiente.

No Parque Natural são três vagas para representantes da sociedade civil com atuação em área ambiental. Serão disponibilizadas também vagas para o Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdema), para entidades de ensino e pesquisa e para o setor comercial. No Taquaril, as inscrições são para proprietários de imóveis dentro da unidade de conservação, representantes da organização civil e para o setor empresarial.

Já para a Floresta Municipal, são, ao todo, sete vagas. Duas destas são para representantes da sociedade civil e as demais são divididas para instituições de ensino e pesquisa, Comdema, setor empresarial, associação de moradores e representante da companhia de água e esgoto.

“Essas três unidades de conservação, por regra do sistema nacional de unidade de conservação, precisam ter, além do seu plano de manejo, conselhos que são consultivos que envolvem a sociedade civil, a comunidade e o governo”, explicou o chefe do setor de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e secretário executivo do Comdema.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato pelo telefone: (24) 2246-9233.

A equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente, com o apoio do Grupamento de Operações com Cães da Guarda Civil (K-9) da Guarda Civil Municipal (GCM) e a Polícia Militar (PM), realizou uma operação para coibir o desmatamento e a construção irregular de lotes em um terreno no Quarteirão Brasileiro. Os agentes não encontraram os responsáveis pelas intervenções, mas demoliram as construções irregulares.

As equipes chegaram ao local para cumprir com uma determinação do Ministério Público Federal (MPF) e também em atenção a inúmeras denúncias de moradores que informavam o início de construções irregulares em meio a mata.

Após os agentes seguirem por uma trilha no mato, constataram uma área já demarcada com uma construção precária que servia, aparentemente, como baia de cavalo. “Em 2019 já havíamos realizado uma primeira ação no bairro com remoção de toda estrutura e apreensão de um cavalo, mas desta vez eles construíram em outro local, de difícil acesso para equipe, justamente para evitar serem denunciados pelos moradores e sofrerem uma ação da fiscalização”, afirma o chefe do setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente.

“Geralmente, essas ocupações iniciam com pequenas estruturas de madeira e, após se fixarem no local, começam a investir em material para consolidar a construção”, conclui o chefe do setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente. “Nós vamos continuar trabalhando no sentido de coibir as infrações na localidade para garantir o cumprimento da legislação ambiental e a ajuda da população é muito importante para o êxito das nossas ações”, finalizou o secretário de Meio Ambiente.

Desde o início do ano, a Secretaria de Meio Ambiente já atendeu 416 denúncias de infrações ambientais no município, entre casos de supressão de vegetação, poluição de curso hídrico, contaminação de solo e queimadas, entre outras.

As denúncias podem ser realizadas de forma anônima através do telefone (24) 2246-9241, ou pessoalmente na Secretaria de Meio Ambiente, que fica localizada na Avenida Koeler, nº 87 – Centro.

A iniciativa já acontece desde fevereiro, no Centro, e proporcionou 102 acolhimentos responsáveis

A campanha de Adoção de Animais realizada pela Prefeitura, por meio da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), chega aos distritos neste sábado (30), com ação na Posse. A etapa vai acontecer das 10h às 15h, na Praça CEU Corta Rio. O evento estava agendado para o último dia 16 de outubro, mas diante da chuva que atingiu a região, precisou ser remarcado. Nesta edição, os pets serão disponibilizados por protetores independentes, que garantem, previamente, a castração, vacinação e vermifugação dos cães e gatos. Os interessados em ganhar um novo amigo precisam atender aos pré-requisitos exigidos pela Coordenadoria para garantir que os animais estarão seguros de seus direitos básicos, além da carteira de identidade, CPF, comprovante de residência fixa e ser maior de 18 anos.

O governo interino foi quem propôs a campanha também nos distritos, de forma a estimular a guarda responsável e trazer conscientização aos moradores da região sobre os cuidados com os animais. “Com os excelentes resultados das edições realizadas no Centro, enxergamos a chance de levarmos o trabalho também para os distritos. Acreditamos que é uma oportunidade para alcançarmos mais pessoas e garantir novos lares aos animais. Através do incentivo à guarda responsável, estamos conseguindo orientar e conscientizar a população”, afirma o prefeito.

A campanha deste fim de semana contará com o apoio da Rospauth, que vai ceder um cupom de 10% de desconto em produtos da sua loja aos novos tutores, e com a presença do Grupamento de Operações com cães do canil Rufus Von Kru Gdorf, da Guarda Civil Municipal (GCM).

“A expectativa é grande para sábado. A ida dos cães da Guarda Civil vai acrescentar muito ao evento. Ultrapassamos a marca dos 102 acolhimentos em 13 etapas realizadas apenas no Centro. Agora, vamos em busca de expandir esse número com realizações também nos distritos”, conta a coordenadora de Bem-estar Animal.

Em caso de chuva, a realização da campanha pode ser remarcada. Para esclarecimento de dúvidas, a Coordenadoria disponibiliza o e-mail, Whatsapp e telefone para atendimento da população. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ; telefone: (24) 2291-1505; whatsapp (24) 98839-7243.

Na manhã desta terça-feira (26), o secretário de Meio Ambiente se reuniu com integrantes da Associação de Produtores Rurais do Caxambu. O encontro teve como objetivo debater melhorias na área de saneamento da região. Ficou determinado que, em novembro, a Prefeitura dará prosseguimento às ações, iniciando a instalação de fossas sépticas na localidade conhecida como Três Pedras.

"Atualmente, nós temos cinco kits de fossas sépticas à disposição para serem instalados. É um recurso para a área rural que permite a realização de saneamento básico em locais que não são atendidos por sistemas de esgotamento. Vamos nos reunir novamente para debater em quais casas serão”, disse o secretário de Meio Ambiente.

O presidente da Associação de Produtores Rurais da região elogiou a escolha das fossas sépticas e reforçou a importância das novas instalações: “A utilização desse tipo de fossa torna muito mais fácil o processo de limpeza. No Caxambu, o saneamento é algo que precisava de melhorias, que estão sendo realizadas aos poucos. Com a instalação de algumas fossas no mês passado e vindo mais essas agora houve uma melhora nessa parte”, disse.

Em setembro, a Prefeitura de Petrópolis instalou quatro kits de fossas sépticas na localidade conhecida como Morro dos Anjos. A ação garantiu o tratamento de esgoto residencial para cerca de 50 pessoas, beneficiando aproximadamente 15 famílias na região.

“São ações com foco no saneamento básico. Os moradores dessas localidades aguardavam isso há bastante tempo. Essa ação proporciona diversos benefícios para os moradores e garante a preservação dos recursos naturais das áreas atendidas. A nossa intenção é expandir cada vez mais esses trabalhos para outras regiões”, finalizou o secretário de Meio Ambiente.

Pagina 2 de 47