Aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Município de Petrópolis (Inpas) puderam tirar dúvidas sobre o Censo Previdenciário 2020 nesta sexta-feira (28.02). O assunto foi o tema de uma palestra ministrada pela equipe técnica responsável pela pesquisa na Casa dos Conselhos. O encontro faz parte das atividades do Café com Sabedoria que acontece mensalmente com palestras sobre os mais variados assuntos.

Durante o encontro, os participantes acompanharam o passo a passo do preenchimento do formulário, que acontece de forma inédita: a coleta dos dados é feita através da plataforma online, ou seja, sem a necessidade presencial do usuário. A atualização dos dados cadastrais funcionais e financeiros é obrigatório pelos servidores públicos efetivos ativos, aposentados e seus dependentes e pensionistas. O recolhimento dos dados acontece até o mês de maio.

Segundo a aposentada Maria Aparecida Baldes Bastos, a palestra foi bem esclarecedora. “Eu já vou tentar fazer o meu cadastro e fiquei bem mais tranquila, pois se eu não conseguir, ainda tenho o suporte da equipe do Inpas. Foi muito bom o encontro para eu ter noção de como proceder”, contou.

Com o levantamento, a cidade poderá qualificar seus planejamentos administrativos e financeiros e até mesmo identificar se há alguma distorção dentro do regime. Todo o Censo Previdenciário é uma realização do Inpas, com recursos próprios sem nenhum custo para o município.

A participação dos servidores é obrigatória, até os afastados ou licenciados, por qualquer motivo, licença sem vencimentos, férias e servidores cedidos. Aquele que não atender o prazo estabelecido, sem justificativa terá seu pagamento bloqueado a partir do mês da conclusão do levantamento dos dados, ficando assim o seu restabelecimento condicionado à realização de seu recenseamento.

Aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Município de Petrópolis (INPAS), participaram nesta segunda-feira (30.09), da palestra sobre “Uso racional de medicamentos na melhor idade”, ministrada pela farmacêutica e professora acadêmica, Luciana Rodrigues Lessa. O encontro faz parte das atividades do Café com Sabedoria que acontece mensalmente no INPAS.

Durante a palestra os aposentados puderam saber mais sobre a forma correta de armazenar e descartar um remédio, a diferença entre os medicamentos genéricos, consumo de chás integrados a medicações, envelhecimento, qualidade de vida entre outros temas.

“As questões levantadas são fundamentais para a pessoa na melhor idade, principalmente porque geralmente eles tomam vários remédios ao mesmo tempo. Abordamos também as consequências do envelhecimento e o estilo de vida que pode ser adotado para uma maior qualidade no dia a dia”, destacou a palestrante Luciana Rodrigues Lessa.

Segundo a aposentada, Lygia Maria Hannickel Wayand, as palestras são muito informativas e ela já frequenta as atividades oferecidas pelo INPAS há cerca de três anos. “As palestras nos ajudam a entender sobre diversos assuntos. A palestra de hoje foi muito importante para saber dos cuidados que devemos ter com os remédios. Sem falar que aqui encontramos com velhos amigos de trabalho, é uma grande reunião”, frisou a aposentada.

O trabalho de prevenção desenvolvido pela Defesa Civil será o tema da palestra ministrada este mês para os idosos e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público de Petrópolis (Inpas). O encontro está marcado para às 10h da próxima sexta-feira (29.03), no auditório do Inpas, localizado no Edifício Cinda. O palestrante é o secretário de Defesa Civil e ações voluntárias, o coronel Paulo Renato Vaz.

O foco da palestra será o Defesa Civil nas Escolas. Inédito no país, o programa atende toda rede municipal de ensino, além de escolas particulares e estaduais que desejam aderir a proposta de maneira voluntária. Para os inativos do Inpas, será a oportunidade de conhecer como o programa funciona efetivamente, reforçando a iniciativa para seus familiares.

Com 234 áreas de risco alto ou muito alto, a política pública é mais uma ação da prefeitura de prevenção aos desastres de origem natural. A iniciativa reforça todas as ações que trabalham a importância da percepção de riscos não só no ambiente escolar, mas também na comunidade. A expectativa é que cerca de 50 pessoas entre aposentados e pensionistas estejam presentes na palestra.

A História do Museu Imperial será contado pelo seu diretor, Maurício Vicente Ferreira Júnior, aos aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência Social dos Servidores do Município de Petrópolis (INPAS). A palestra será na sexta-feira (28.04), a partir das 10h e ocorrerá na sala multimídia do Palácio. O objetivo mostrar a importância do local para o município, ressaltando seu aspecto histórico e turístico.

A atividade faz parte das ações do Café com Sabedoria que acontece mensalmente com palestras sobre os mais variados assuntos. Este ano já foram esclarecidas dúvidas sobre a importância da vacinação na terceira idade e da realidade dos idosos no dia de hoje.

“Estamos sempre levando em conta os anseios dos idosos, vendo os assuntos que eles têm dúvidas ou curiosidades e, por isso, escolhemos o Museu Imperial como tema desta palestra. Este é um dos mais importantes pontos turísticos de Petrópolis e é importante que eles entendam sua relevância para a cidade”, destaca o diretor-presidente do Inpas, Fernando Fortes.

O diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente, explica que a história do Palácio é anterior a da própria cidade. “Existe uma relação umbilical entre o município e o Palácio. Vamos falar sobre esse vínculo e trazer algumas curiosidades que às vezes são desconhecidas de muita gente”, afirma.

 

Gerente da Caixa Econômica, Petrônio Garcia, vai se reunir com o público do Inpas na segunda-feira

 

            Aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Município de Petrópolis (Inpas) irão receber uma palestra sobre educação financeira. O tema será abordado pelo gerente geral da Caixa Econômica Federal em Petrópolis, Petrônio Garcia. O objetivo é dar dicas para que o público aprenda a usar seus recursos de forma consciente, equilibrada e sustentável. O encontro está marcado na segunda-feira (31.07), às 9h30, no auditório do Inpas. A palestra é gratuita.


A atividade faz parte do projeto Café com Sabedoria que leva mensalmente palestras sobre os mais variados assuntos inerentes ao dia a dia dos aposentados e pensionistas. No próximo encontro, Petrônio vai abordar questões relativas a real importância do empréstimo consignado, esclarecer dúvidas sobre tema e destacar maneiras para o uso consciente dos recursos.


“É importante ter em mente qual a real necessidade do crédito consignado. Qual o benefício que a pessoa terá e buscar direcionar esse recurso para esta causa. Também falaremos sobre como o pagamento à vista pode ser um diferencial na hora de negociação”, explica o gerente da agência Serrana da Caixa, no Centro.


       
Segundo o diretor-presidente do Inpas o tema é de grande representatividade para os aposentados e pensionistas. “Levamos sempre em conta os anseios para definição do tema. Isso torna os encontros mais atrativas e fazem do Inpas um espaço de socialização. Nossa proposta é exatamente essa, tornar esse uma referência para os idosos e
 
pensionistas”, destaca.
 


Com o tema “Meio Ambiente: oportunidades e desafios”, aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Município de Petrópolis (Inpas) irão receber uma palestra da especialista Diane Mara Ferreira Varanda Rangel. O encontro está marcado para às 10h, na próxima terça-feira (30.05), na sala multimídia do Museu Imperial. A atividade faz parte do projeto Café com Sabedoria, que reúne uma série de ações voltadas ao servidor público inativo.

Diane é ex-secretária de Estado de Meio Ambiente do Espírito Santo, mestre em Gestão Ambiental e Políticas Públicas pela Universidade de Brasília (UNB) e especialista em relação ambiental e sanitária pela Oxford University. No encontro, ela vai abordar aspectos importantes do cuidado no meio ambiente e a importância do cuidado com planeta, além de informações sobre como cada pessoa pode contribuir para tornar o ambiente sustentável. A palestra é gratuita e aberta aos quase 3 mil aposentados e pensionista do instituto.

As palestras ministradas mensalmente acontecem dentro das atividades do Conviver. Além dessa ação há dança de salão, oficina da memória, terapia floral, aula de biscuit, de tricot, massoterapia, drenagem linfática, alongamento, massagem e hidroginástica. Tudo isso a preços populares: as aulas de pintura, por exemplo, saem a R$ 30 quatro vezes ao mês; a massoterapia custa R$ 20 a sessão, as de dança de salão também custam R$ 30 mensais. Os valores, muito abaixo da tabela de mercado, são destinados, apenas, para arcar com os custos dos professores e são pagos diretamente a cada um deles. Ao INPAS cabe, apenas, firmar as parcerias.

 

Auditoria realizada pela Secretaria Previdenciária do Ministério da Fazenda no INPAS, apontou avanços na gestão. O relatório considerou o período de 2013 a 2018 e destacou melhorias somente a partir do ano passado, com a redução de custos de R$ 300 mil. O avanço na situação do Inpas foi possível graças ao trabalho de compensação previdenciária aliada à força tarefa definida pelo governo para garantir a aposentadoria dos servidores no futuro.

A auditoria analisou todas as receitas e despesas do Inpas. De acordo com o demonstrativo anual de fluxo financeiro apresentado no relatório, essa diferença era de 113,77% em 2014 e este número reduziu expressivamente em 2018 sendo 88,18% - um avanço considerável, visto que quanto menor este número melhores são os resultados financeiros do instituto.

A preocupação é diretamente com o futuro do servidor contribuinte. Então, a ordem é fazer tudo o que o tiver ao alcance para corrigir erros que há anos acometem o Inpas e que acabaria com os servidores arcando com esses problemas no futuro. Isso não vai acontecer porque estamos avançando e nossas equipes estão trabalhando para corrigir essas distorções.
A compensação previdenciária está sendo levada a sério na atual administração. Uma equipe do Comprev conseguiu resgatar R$ 7 milhões – recurso de pessoas que contribuíram com o INSS antes de se tornarem servidores da prefeitura e que deve ser compensado, conforme determina a legislação vigente.

A gestão tem sido tratada com seriedade. E, um passo importante que estamos prestes a dar diz respeito à questão da aposentadoria dos idosos. Temos um déficit atuarial superior a R$ 2 bilhões e a ordem do prefeito é resolver essa questão. Proposta para essa resolução já foi enviada ao Ministério da Fazenda e estamos avançando, também, nesse aspecto.

Ao mesmo tempo em que o instituto reduz custo, mantém em dia as aposentadorias e pensões de cerca de 3 mil servidores. O direito à aposentadoria também está sendo garantido pela administração: em 22 meses, a partir de janeiro 2017, houve 384 aposentadorias concedidas pelo Inpas aos servidores – muitas delas represadas por anos. Esse número é maior que o que foi dado no dobro do tempo, em 44 meses, entre 2013 e 2016, quando foram concedidas 375.

Segunda, 16 Outubro 2017 - 19:55

Banda Serenata Imperial encerra Semana do Idoso

A música e a nostalgia tomaram conta da Casa Cláudio de Souza nesta segunda-feira (16.10), na programação que encerrou a Semana do Idoso. Ao som das serestas do grupo Serenata Imperial o público foi alçado a uma atmosfera de paz e tranquilidade, revivendo memórias do passado e confraternizando com as músicas entoadas pelos seresteiros.       

Organizado pelo Instituto de Previdência e Assistência Social dos Servidores do Município de Petrópolis (Inpas), a atividade foi marcada por muita alegria.  A professora aposentada, Heloísa Helena Lisboa, marcou presença no evento e se emocionou com as canções entoadas. “Também sou musicista e é lindo vê-los tocando. Estou muito feliz em participar e poder admirar essas canções”, elogiou. 

            Assim como ela, a também professora aposentada Marlene Rodrigues não deixou o tempo chuvoso desanimá-la. “Não conhecia o grupo e gostei muito. É tão lindo poder ouvir e recordar de bons momentos vividos no passado. Estou muito emocionada”, contou.

A Semana do Idoso começou na terça-feira (03.10) e foi marcada por uma série de atrações com muita música, dança, festa, esportes e confraternização. As atividades foram organizadas pelo Conselho Municipal de Defesa da Pessoa Idoso em parceria com a prefeitura. 

Encontro acontece nesta sexta-feira (27.04), às 10h, no auditório do Inpas

Os benefícios assistenciais oferecidos no município voltado aos idosos serão apresentados nesta sexta-feira (27.04) em palestra proferida pela secretária da pasta, Denise Quintella, sobre o tema. O encontro é voltado aos aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público de Petrópolis e será realizado às 10h no auditório do Inpas. A expectativa é que, pelo menos, 50 pessoas participem da palestra.

Além de Denise Quintella, também irão palestrar a coordenadora do CadÚnico, Denize Militão, e a assistente social do Centro de Referência de Atendimento Social, Débora Bertholdo. Elas irão falar sobre o Benefício de Prestação Continuada do Idoso, as oficinas oferecidas pelo órgão, além do CadÚnico. A intenção é propagar as informações sobre os assuntos garantindo que a população tenha acesso aos serviços na cidade.

“A palestra pretende abranger esses assuntos, esclarecer as dúvidas dos aposentados e pensionistas sobre os programas que o município oferece. O tema é “Serviços e Programas Socioassistenciais”, que são o conjunto de serviços destinados à superação de situação de vulnerabilidade social e dos direitos sociais. Vamos divulgar além dos serviços, os locais onde cada um desses serviços pode ser encontrado”, explica a secretária de Assistente Social, Denise Quintella.

A palestra acontece como parte da programação do Projeto Conviver, desenvolvido pelo Inpas com o intuito de ampliar a oferta de atividades voltadas aos aposentados e pensionista. Dentro deste programa também há atividades como dança de salão, oficina da memória, terapia floral, aula de biscuit, de tricot, massoterapia, drenagem linfática, alongamento, massagem e hidroginástica.

“Amplias o acesso aos serviços oferecidos pelo governo é fundamental para que idosos e pensionistas do Inpas saibam se têm ou não direito, além de agirem como propagadores dessas informações, ao levar o conhecimento adquirido na palestra para dentro de suas casas. Buscamos sempre trazer um assunto que seja pertinente e que atendam os anseios do público e esse assunto é um deles. A expectativa é de, mais uma vez, termos o auditório lotado”, destaca o diretor-presidente do Instituto, Fernando Fortes.

Os aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Município de Petrópolis (INPAS) participaram, nesta sexta-feira (31.01), da homenagem pelo Dia do Aposentado, que é comemorado no dia 24. O evento aconteceu no Palácio de Cristal e agraciou 10 servidores aposentados com placas de homenagem e flores, além da apresentação da banda Voz do Brasil. A atividade faz parte do Projeto Conviver – Café com Sabedoria.

Durante o evento, foram homenageados: Sebastião Garcia Sampaio, Marilu Cruzick Maciel, Neusa da Silva Carvalho, Odete Odalia Tavares Costa, Sonia Regina de Carvalho Hillen, Maria Dulce Viard, Sandra Maria Baltor, Darcy José Pereira, Iovanildo dos Santos e Devaci Cordeiro Magrani.

“Estou muito feliz com a homenagem, é uma iniciativa muito boa da prefeitura em valorizar nós aposentados. Durante o café acontece a integração dos grupos e não fica saudade, porque isso envelhece, fica a lembrança maravilhosa de tudo o que já vivemos”, contou a aposentada da Secretaria de Educação, Marilu Cruzick Maciel.

Pagina 2 de 8