já estão abertas as inscrições para as oficinas de capoeira da Casa da Educação Visconde Mauá. As atividades retornam nesta sexta-feira (19), depois de terem sido suspensas em 2020, quando começou a pandemia da covid-19. Agora, as oficinas, que são gratuitas, estão sendo retomadas gradativamente. Os cadastros devem ser feitos na própria Casa da Educação, de segunda a sexta, das 7h às 17h ou pelo telefone (24) 2246-8661.

Nesta retomada, as oficinas de capoeira acontecem nos períodos da manhã e da tarde para crianças acima de quatro anos. No turno da manhã serão três turmas com início às 8h30 e seguem até 11h20. À tarde as atividades começam às 13h30 e vão até 16h20. As oficinas da Casa da Educação Visconde de Mauá são destinadas a alunos da rede municipal de ensino.
Alunos que já estavam matriculados antes da pandemia estão sendo contatados pela equipe da Casa da Educação para a renovação da matrícula. Para os alunos novos as inscrições estão abertas.

Devido aos protocolos sanitários neste momento de pandemia, as outras oficinas oferecidas pela Casa da Educação serão retomadas em 2022. As inscrições para essas oficinas serão abertas em fevereiro do ano que vem.

Serviço:

Oficina de Capoeira
Casa da Educação Visconde de Mauá

Turmas:

Manhã
08h30 às 09h20 de 4 a 6 anos
09h30 às 10h20 de 7 a 10 anos
10h30 às 11h20 de 11 anos em diante

Tarde

13h30 às 14h20 de 4 a 6 anos
14h20 às 15h20 de 7 a 10 anos
15h30 às 16h20 de 11 anos em diante

Programação faz parte do Festival das Comunidades, programa itinerante de promoção da saúde através do esporte

Atividades esportivas e de lazer movimentaram o Conjunto Habitacional Oswaldo Santarsiérie Médici, na Posse, no feriado de segunda-feira (15/11). A prefeitura, através da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), promoveu mais uma edição do Festival das Comunidades, programa itinerante de promoção da saúde através do esporte. Foram realizadas aulas de ginástica, dança, futebol e recreação. A ação seguiu os protocolos vigentes de segurança contra a Covid-19.

Apesar do espaço não contar com uma quadra comunitária, a equipe de profissionais de Educação Física realizou as atividades em uma área de lazer que pertence ao Conjunto Habitacional. “A criançada aproveitou para brincar, dançar e jogar futebol. Temos uma equipe de professores muito competente, que soube usar o espaço da melhor maneira possível”, destacou o secretário da SEPJIL.

"Criamos o programa em 2017, quando fui Secretário de Esportes. É uma atividade itinerante e que abre espaço para pessoas de todas as idades participarem", explica o governo interino. No próximo sábado (20), Dia da Consciência Negra, o Festival das Comunidades será realizado na E.M. Alto Independência. A prefeitura também vai promover um “aulão” com os professores do Agita Petrópolis para a comunidade.

“Vamos ter atividades para os adultos e também para a criançada no próximo sábado”, disse o governo interino. Em 2021, o Festival das Comunidades já foi realizado nas quadras comunitárias do Atílio Marotti, Moinho Preto (Vila São Francisco), Vila Rica, Bela Vista, 24 de Maio, Parque Cremerie e no Duques. Em Cascatinha, em virtude da chuva, a realização do programa precisou ser adiada. É uma atividade itinerante e que acontece por toda a cidade.

“Vamos agraciar todas as regiões da cidade até o fim do ano com muito esporte e lazer, promovendo saúde e qualidade de vida", completou

Atividades serão realizadas no Conjunto Habitacional Oswaldo Santarsiérie Médici

A prefeitura, através da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), promove na próxima segunda-feira, dia 15 de novembro – feriado da Proclamação da República – uma edição do Festival das Comunidades na Posse. As atividades acontecem no Conjunto Habitacional Oswaldo Santarsiérie Médici, de 9h às 12h. Serão realizadas aulas de ginástica e dança para adultos e recreação para crianças. A ação será realizada seguindo todos os protocolos vigentes de segurança contra a Covid-19.

O intuito da prefeitura é atender não apenas os moradores do Conjunto Habitacional, mas de toda a população daquela região. Apesar do espaço não contar com uma quadra comunitária, a equipe vai realizar as atividades em uma área de lazer que pertence ao Conjunto. “Será uma manhã de diversão e muito esporte para toda a comunidade do entorno”, garante o secretário da SEPJIL.

O Festival das Comunidades foi criado para estimular a prática esportiva nos bairros. Até o fim do ano, todas as regiões de Petrópolis serão atendidas. "Criamos o programa em 2017, quando fui Secretário de Esportes do município. Desde aquela época, o festival é muito bem aceito nos bairros. É uma atividade itinerante e que abre espaço para pessoas de todas as idades participarem", ressaltou o governo interino.

Em 2021, o Festival das Comunidades já foi realizado nas quadras comunitárias do Atílio Marotti, Moinho Preto (Vila São Francisco), Vila Rica, Bela Vista, 24 de Maio, Parque Cremerie e no Duques. Em Cascatinha, em virtude da chuva, a realização do programa precisou ser adiada. É uma atividade itinerante e que acontece por toda a cidade. “Vamos agraciar todas as regiões da cidade até o fim do ano com muito esporte e lazer, promovendo saúde e qualidade de vida", completou o secretário da SEPJIL.

Por meio de uma parceria entre a Prefeitura e o Governo do Estado, o Centro de Referência da Juventude (CRJ), está aberto para a realização de inscrições para oficinas de aulas experimentais de ginástica, capoeira, teatro, entre outras. O cadastro deve ser feito das 9h às 17h, de segunda a sexta, de forma presencial na unidade, que fica localizada na Rua Santo Antônio, número 248, no Alto da Serra. As aulas serão realizadas quando as turmas alcançarem pelo menos 20 alunos matriculados. O objetivo do espaço é permitir a apresentação de novas perspectivas de futuro para a juventude através de inclusão social de jovens de comunidades em situação de risco social e pessoal.
 
“Estamos na fase final de adaptação do espaço para reinauguração. As aulas experimentais aproximarão a comunidade do novo CRJ. É muito importante o retorno desse equipamento sabendo que a juventude foi um dos grupos mais afetados neste período da pandemia”, disse o governo interino.
 
"A cultura tem o papel de ajudar a suportar e superar dificuldades, produzindo novas maneiras de pensar e enxergar a vida", completou o presidente do Instituto Municipal de Cultura (IMC).
 
"Estamos muito felizes de estar de volta ao nosso Centro de Referência da Juventude depois de quase dois anos fechado. Nesse momento, vamos disponibilizar para matrículas e aulas experimentais, com horários e turmas reduzidas ainda por conta do distanciamento social", destacou a Coordenadora de Políticas Públicas para Juventude.
 
O Centro de Referência da Juventude é um programa criado pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, coordenado pela Superintendência de Políticas para a Juventude (SUPJUV). A ação acontece no município por realização da Coordenadoria Especial de Articulação Institucional (CEAI), por meio da Coordenadoria da Juventude, e conta com o apoio do Instituto Municipal de Cultura (IMC) e da Secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL).

Em caso de dúvidas, a população pode realizar o contato pelo telefone (24) 2246-9153 ou e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

 

O governo interino anunciou a ampliação do Agita Petrópolis para mais um local: Santa Isabel, no Caxambu. A partir do dia 9 de novembro, a prefeitura vai oferecer o programa – primeiro próprio do município para estimular a prática de atividade física – na sede da Associação de Moradores, que fica na Estrada José Almeida Amado, s/n, às 17h30, sempre as terças-feiras. Os interessados em participar das atividades podem entrar em contato pelo telefone (24) 2233-1218 para mais informações.

Com mais esse núcleo, são 22 locais atendidos com atividades físicas regulares no Agita Petrópolis - seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19. O programa busca combater o sedentarismo com atividades gratuitas nos bairros do município. Em uma hora de aula, são promovidas atividades que desenvolvem a elasticidade e melhoram a habilidade articular, além de retirar as tensões dos músculos e a sobrecarga nas articulações.

Criado em 2017, o programa conquistou ainda mais espaço nesse ano. São mais de 800 pessoas atendidas pelas aulas de ginástica, dança, alongamento e hiit. "Esporte promove saúde e qualidade de vida. O Agita Petrópolis é um grande marco, um divisor de águas do município", destacou o governo municipal.

O programa conta com núcleos no Alto da Serra, Bataillard, Benfica (dois núcleos), Cascatinha, Caxambu, Centro, Corrêas, Contorno, Madame Machado, Oswaldo Cruz, Pedro do Rio, Posse, Quitandinha, São Sebastião, Vale do Cuiabá, Vicenzo Rivetti e Vila Rica. Os interessados em participar podem entrar em contato com a secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) para se cadastrar. “Estamos muito felizes em atender mais uma localidade”, disse o secretário da SEPJIL.

Também como forma de prevenção ao coronavírus, são usados tapetes sanitizantes, termômetros e também é disponibilizado o álcool em gel para os alunos em cada núcleo. "Ainda é fundamental que a população mantenha os cuidados, respeitando as regras sanitárias e o uso de máscara, por exemplo. Precisamos praticar esporte, mas de forma segura, respeitando os protocolos determinados", completou o secretário.

Jódia Melo, secretária de Esportes e Lazer de Natal (RN), visitou Petrópolis para entender o funcionamento do espaço

O plano de gestão do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, que fica no Caxambu, está servindo de exemplo para outros municípios do país. Nesta quinta-feira (28), a secretária de Esportes e Lazer de Natal (RN), Jódia Melo, esteve no ginásio acompanhada pelo secretário de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL). O objetivo da visita foi conhecer o modelo de atendimento implementado pelo município no CIE.

"Lá em Natal ainda estamos implementando nosso plano de gestão. Viemos aqui para conhecer a estrutura mesmo, como funciona, quantas modalidades são oferecidas, enfim, buscamos essa troca de conhecimentos, que eu acho que isso é o mais importante, fazer esse intercâmbio cultural, intermunicipal e interestadual", explicou Jódia Melo.

Segundo o secretário da SEPJIL, o objetivo do município é agregar ao ginásio mais modalidades a partir do ano que vem. "Estamos sempre ouvindo a população para atender da melhor maneira possível os beneficiados. Isso é fundamental. Acreditamos nesse trabalho em conjunto. Após um período fechado por causa da pandemia, já estamos retornando com as atividades atendendo a todas as idades", disse.

O CIE de Petrópolis oferece aulas gratuitas para crianças e adolescentes em quatro modalidades; dança e ginástica para o público adulto; além de ser usado pelos moradores da região para a disputa de campeonatos amadores. O ginásio ocupa uma área de 1,6 mil m² ao lado da Escola Municipal Senador Mário Martins. O local também é adaptado para pessoas com deficiência com um elevador, que dá acesso ao mezanino, e a arquibancada tem espaço destinado para os cadeirantes.

Além disso, em cada lado do ginásio, há banheiros comuns e adaptados. Para os atletas, há quatro vestiários, sendo dois comuns e dois adaptados - um para cada sexo. O espaço conta também com salas administrativa, de professor e da médica, além de uma copa e um almoxarifado para guardar os equipamentos esportivos. "É uma estrutura fantástica, que promove saúde, bem-estar. Além de ser perfeito para a iniciação esportiva", completa o governo interino.

Neste momento, estão abertas as inscrições para novos alunos em quatro modalidades no CIE. Estão formadas turmas divididos por gênero, entre 14 e 17 anos, no vôlei, basquete, handebol e futsal - apenas o feminino, já que no masculino a região é atendida pelo projeto Transformando Vidas Pelo Esporte, da Liga Petropolitana de Desportos (LDP). Também tem espaço nas turmas de ginástica e dança do Agita Petrópolis, que acontecem à noite. Os interessados podem se cadastrar pelo telefone 2233-1218.

Os funcionários e servidores do Centro Administrativo da Prefeitura de Petrópolis tiveram uma sexta-feira (22) bem agitada. O diretor das academias de Saúde promoveu um aulão com diversas atividades físicas no hall de entrada do prédio, encerrando a programação de atividades da campanha do Outubro Rosa na unidade. Foram realizados exercícios de força, resistência e alongamento.

“Manter o hábito de atividades físicas ajuda a prevenir diversas doenças, inclusive o câncer. Esse foi um evento fundamental para conscientizar as pessoas sobre a importância de manter uma rotina saudável. Manter um comportamento ativo ajuda na resistência, força e alongamento do corpo”, disse o secretário de saúde.

Os servidores e funcionários do Centro Administrativo participaram também na quarta (20) e quinta (21), de uma testagem contra Sífilis e Hepatites A e B. Além disso, durante a semana foram realizadas palestras com representantes da Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos (APPO) e das Áreas Técnicas da Secretaria de Saúde.

“É importante que todos estejam atentos aos cuidados com a saúde. Com isso, em qualquer sinal, é possível estabelecer um diagnóstico prévio. A informação é tão importante quanto os cuidados”, ressaltou o secretário.

Dia D da campanha Outubro Rosa acontece neste sábado

Neste sábado (23) acontece o Dia D da campanha Outubro Rosa em Petrópolis. Nas unidades de saúde do município serão realizadas educação em saúde, exames ginecológicos com coleta de preventivo, solicitação de mamografia, realização de testes rápidos de Sífilis, HIV e Hepatites B e C e atividades com as mulheres. A ação começa às 9h e segue até 16h, em mais de 40 unidades de saúde da cidade.

No dia 26, a equipe da Secretaria de Saúde fará um “pit stop” com educação em saúde, orientações sobre o câncer de colo de útero e mama, realização de testes rápidos e arrecadação de fraldas para os pacientes atendidos pela Frente Nacional de Combate ao Câncer (FNCC). A ação acontece na Praça Dom Pedro, no Centro da Cidade, das 9h às 16 horas.

Segunda, 25 Outubro 2021 - 10:38

Jeups será realizado em novembro

A prefeitura, através da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), vai realizar os Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups) no mês de novembro. As datas escolhidas para os jogos são 24, 25, 26 e 27, em três categorias: sub-13, 15 e 18, com as disputas sendo realizadas no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, no Caxambu. A reunião geral, com a presença dos representantes das escolas, será no dia 27 de outubro, às 15h, na sede da SEPJIL. Neste encontro, serão apresentadas as modalidades do torneio estudantil.

As escolas poderão se inscrever nas modalidades até o dia 5 de novembro, a partir da reunião. Já para os atletas, os cadastros terminam no dia 12 do mesmo mês. A ideia do governo municipal é realizar o Jeups em menor escala neste ano para que, em 2021, os jogos ganhem um proporção maior. "Esporte promove saúde e qualidade de vida. Vamos retornando aos poucos com as atividades e realizando os jogos com os protocolos de saúde vigentes", destacou o governo interino.

Por causa da pandemia, em 2020, o Jeups não foi realizado. Em 2019, último ano em que ocorreu a competição, 54 unidades escolares se inscreveram – o maior número da história dos jogos. "Foi um grande sucesso a última edição do Jeups. Nossa ideia é bater essa quantidade de escolas em 2022", afirma o secretário da SEPJIL, e, na época, Superintendente de Esportes e Lazer do município.

Evento ocorrerá no dia 4 de dezembro, na sede do 32º Batalhão

Cento e vinte alunos já estão com a participação confirmada no Festival Paralímpico Loterias Caixa 2021, segundo o Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação. Atletismo, bocha e vôlei sentado são as modalidades que farão parte da ação, que será realizada na sede do 32º Batalhão, no dia 4 de dezembro.

Vale destacar que o município foi um dos 70 selecionados, através de inscrição feita pela Secretaria de Educação no edital do Festival Paralímpico Loterias Caixa 2021 que foi lançado com o objetivo de promover a experimentação esportiva a crianças com e sem deficiência. Simultaneamente, em todos os 70 locais do Brasil, as atividades físicas serão realizadas das 8h30 às 12h.

“É um marco. Desde que o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), por meio do departamento Desporto Escolar, divulgou os nomes dos municípios que participarão da terceira edição do Festival Paralímpico Loterias Caixa, estamos empenhados em planejar o evento da melhor forma possível. Importante destacar que Petrópolis foi um dos três municípios do Estado selecionados, outro fato importante para a história do esporte e da educação na nossa cidade”, explicou o governo interino.

O Festival é destinado a crianças de 8 a 17 anos e as 120 que já estão com a presença confirmada são da rede municipal, participantes dos atendimentos realizados nas salas de recursos multifuncionais em funcionamento nas escolas. Estudantes estagiários de Educação Física também participarão do evento, dando suporte na logística e a equipe técnica do festival supervisionará todos os trâmites.

“Além de exaltar o espírito paraolímpico, a participação dos alunos da rede no festival mostrará, através do esporte o talento de crianças e adolescentes que estão nas nossas escolas”, confirmou o secretário de Educação.

A primeira edição do Festival, em 2018, foi realizada em 48 cidades. Em 2019, o evento teve 70 sedes. Não houve edição em 2020. Vale salientar que, no Rio de Janeiro, também foram selecionadas as seguintes sedes: Volta Redonda, Engenheiro Paulo de Frontin (Rio) e Clube Regatas Vasco Da Gama (Rio).

O Parque Cremerie recebe o Festival das Comunidades no próximo sábado, dia 23 de outubro. A partir das 9h, a equipe de profissionais de Educação Física da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) vai realizar atividades para crianças e adultos até as 12h. A ação será realizada seguindo todos os protocolos vigentes de segurança contra a Covid-19.

O intuito da prefeitura é agraciar os moradores dos bairros Quitandinha, Valparaíso, Siméria e Independência. A iniciativa é da SEPJIL em parceria com a Turispetro, que administra o Parque Cremerie. “A localização do Parque é privilegiada. Além disso, conta com uma estrutura em que será possível realizar atividades diversas para crianças e adultos”, garante o secretário da SEPJIL.

O Festival das Comunidades foi criado para estimular a prática esportiva nos bairros. "Criamos o programa em 2017, quando eu fui Secretário de Esportes do município, e foi muito bem aceito nos locais em que realizamos na época. É uma atividade itinerante e que abre espaço para pessoas de todas as idades participarem", ressaltou o governo interino.

O secretário da Turispetro, falou da satisfação em ver o espaço público novamente sendo utilizado pelas famílias petropolitanas, principalmente em atividades relacionadas ao esporte. "Desde o início do ano a Prefeitura vem implementando uma série de melhorias estruturais no Cremerie e, graças a isso, o local voltou a ser um dos mais procurados pelas famílias para o lazer, a prática de esportes e a integração social, principalmente nos finais de semana. Temos uma infraestrutura pronta para receber o festival", disse o secretário, lembrando que no local já vêm sendo realizadas regularmente atividades esportivas e recreativas.

Em 2021, o Festival das Comunidades já foi realizado nas quadras comunitárias do Atílio Marotti, Moinho Preto (Vila São Francisco), Vila Rica, Bela Vista, 24 de Maio e no Duques. Em Cascatinha, em virtude da chuva, a realização do programa precisou ser adiada. É uma atividade itinerante e que acontece por toda a cidade. “Vamos agraciar todas as regiões da cidade até o fim do ano com muito esporte e lazer, promovendo saúde e qualidade de vida", completou o secretário da SEPJIL.

Pagina 3 de 114