Prova de seis quilômetros acontece no dia 8 de março para 300 pessoas

A Corrida das Mulheres 2020 segue com inscrições abertas. São 300 vagas para a prova que será realizada no dia 8 de março, começando às 8h, na Rua Alfredo Pachá, no Centro.  O valor dos kits varia de R$ 55 até R$ 115. As interessadas podem garantir sua vaga pela internet no site: www.peixelersonal.site. O evento conta com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer e da CPTrans.

A premiação com troféu será para as cinco primeiras colocadas no geral e nas três melhores corredoras por categoria. O objetivo do circuito é incentivar a presença das mulheres nas corridas de rua realizadas no município. A prática da modalidade ajuda na melhora da resistência física, circulação sanguínea, fortalece o sistema imunológico e ajuda a emagrecer. 

Os benefícios da corrida de rua para a saúde são diversos e proporcionam mais saúde e qualidade de vida. “Quando pensamos nos benefícios para as mulheres, vale destacar o aumento do metabolismo, mais lento se comparado ao dos homens”, explica o professor de educação física responsável pela prova, Alexandre Jerônimo. “Será um evento para toda a família, de incentivo ao esporte. Agradeço o empenho e o apoio da prefeitura para a realização do evento. Buscamos incentivar as mulheres a praticar a corrida de rua”, ressalta.

Além desta prova, até o momento, outros 48 eventos estão previstos para 2020. A programação completa está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Competição será realizada nos dias 14 e 15 de março no CIE de Petrópolis

A Taça Guanabara do Campeonato Carioca de futsal para surdos será disputada no município nos dias 14 e 15 de março. A competição irá reunir 12 equipes masculinas e quatro femininas no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, no bairro Caxambu. O evento é organizado pela Federação Desportiva dos Surdos do Estado do Rio de Janeiro em parceria com a prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer. A cidade será representada por uma equipe da Associação Petropolitana de Surdos (APES).

No sábado (14), os jogos serão disputados das 8h às 18h. Já no domingo (15), as partidas acontecem das 9h às 12h. Os organizadores estimam a participação de mais de 150 atletas nos dois dias. O apoio da prefeitura ao evento é mais uma incentiva da prefeitura pela inclusão social.

Além da Taça Guanabara, outras competições também fizeram parte do calendário esportivo do município desde 2017, como o Municipal de Surdos e uma edição da Taça Rio.

Aulas de ritmos, step e de zumba estão na programação da Praça Dom Pedro II

O Circuito Imperial de Lazer na Rua do Imperador terá programação especial de Carnaval no próximo domingo (09.02). Serão oferecidas gratuitamente aulas de ritmos, step e de zumba, das 9h às 14h, na Praça Dom Pedro II. Os primeiros 140 participantes receberão um abadá do evento. Promovido pela prefeitura, o circuito neste fim de semana contará com o apoio da Universidade Cruzeiro do Sul.

O trecho entre a Praça Dom Pedro e o início da Rua Marechal Deodoro funciona aos domingos com atividades esportivas e de lazer. "Importante para o desenvolvimento motor, cognitivo, físico e social dos jovens, o esporte ganha cada vez mais espaço em todos os bairros da cidade", destacou o prefeito Bernardo Rossi, relembrando os avanços na gestão dele.

Além das atividades na Rua do Imperador, o novo percurso do Circuito Imperial de Lazer da Av. Barão do Rio Branco - começando na Av. Ipiranga, também vai funcionar das 7h às 12h. Também são opções de lazer o Parque Municipal, em Itaipava, e o Parque Natural, no Centro, para quem gosta de correr, andar de bicicleta ou de andar de skate. Também são parceiros da iniciativa o Sesc Rio, a Unopar, a academia Korper e a Estácio de Sá, que disponibilizam professores e estagiários para o espaço.

Programa oferece atividades esportivas gratuitas para crianças e adolescentes

O Festival das Comunidades será realizado no Morro Florido, na Estrada da Saudade, no dia 15 de fevereiro. Na quadra comunitária serão organizadas partidas de futebol society para crianças e adolescentes, de 8 até 13 anos. Os jogos começam às 9h e seguem até 12h. O programa foi criado com o objetivo de estimular a prática esportiva nas comunidades.

Em março, no dia 21, o Festival das Comunidades será realizado no Alto da Derrubada, na Fazenda Inglesa. Em abril, no dia 4, o programa acontece na Vila São José. A programação completa está disponível no calendário esportivo municipal, no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

O Festival das Comunidades faz parte de um conjunto de ações criadas pela atual gestão buscando o fomento ao esporte. O Agita Petrópolis, por exemplo, atendeu a cerca de 2,5 mil pessoas no ano passado. 

Além dos programas regulares, o governo municipal também mantém parcerias com projetos sociais e trabalha de maneira integrada entre as pastas, oferecendo diversas modalidades esportivas nos PSFs, nas Academias da Saúde e nas Escolas Municipais.

Os interessados em participar podem procurar a sede da Superintendência de Esportes e Lazer da cidade, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, no Centro ou fazer contato com a unidade pelo telefone: 2233-1218.

Evento reúne representantes das escolas no dia 12 de fevereiro

Apresentação do regulamento das três novas modalidades - pump track, taekwondo e e-sports - além do calendário dos jogos e as regras gerais da competição. Estes são os objetivos do congresso técnico dos Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis, que será realizado no dia 12 de fevereiro, às 15h, no Centro de Cultura Raul de Leoni. Também será a oportunidade para os representantes das unidades escolares opinarem sobre a organização do torneio estudantil.

As mudanças para 2020 buscam superar o número de escolas participantes do ano passado, quando 50 unidades escolares se inscreveram – o maior número da história do Jeups. São 12 modalidades esportivas garantidas no torneio estudantil. As inscrições para as escolas começam no dia 13 de fevereiro e no mês seguinte começam os jogos.

Essa é uma maneira de aperfeiçoar a organização dos jogos estudantis, abrindo espaço para que todos opinem para que a competição seja ainda melhor neste ano. Este é um encontro técnico, com a participação de professores e diretores que representam as escolas.

Os jogos estudantis são uma ferramenta de fomento ao esporte. A prefeitura trabalha pelo aumento do número de alunos participantes. Em 2016, só 19 escolas participaram dos jogos. Em 2017 foram 41 e em 2018 foram 44. No ano passado, os jogos tiveram um número histórico com a inscrição de 50 escolas.

Em 2019, o governo municipal entregou 57 troféus e 3,1 mil medalhas na cerimônia de encerramento da competição, realizada no Palácio Quitandinha. As modalidades em disputa foram oito, sendo cinco coletivas: futebol de campo, futsal, handebol, basquete e vôlei; e três individuais: tênis de mesa, xadrez e judô. O atletismo não foi realizado por causa da chuva na semana em que a competição seria disputada.

Com as novidades para este ano, a prefeitura quer estimular a participação de ainda mais alunos.

Sábado, 01 Fevereiro 2020 - 06:36

Inscrições abertas para o Agita Petrópolis

Estão abertas as inscrições para o Agita Petrópolis. O programa oferece atividades gratuitas nos bairros, com aulas de ginástica, alongamento e dança para o público adulto e de iniciação esportiva para crianças e adolescentes. Os interessados devem entrar em contato com a Superintendência de Esportes e Lazer, por intermédio do telefone (24) 2233-1218, para realizar o cadastro. No ano passado, mais de 2,5 mil pessoas foram atendidas em 17 localidades.

Após o recesso de fim de ano, as atividades regulares do Agita Petrópolis retornaram nesta semana.

Quem participa do programa comemora os resultados da prática esportiva regular. "Além dos benefícios para a saúde, também tem o aspecto social, já que muitas amigas participam e eu convido outras pessoas a virem para o programa", contou Sibélia de Lourdes Arruda Pereira, de 68 anos, aluna do núcleo de Cascatinha, que funciona na Igreja Matriz.

"Não tenho nenhum problema grave de saúde, mas isso só acontece por causa dos esportes que sempre pratiquei", afirma Maria Tereza Rocha de Moura, de 78 anos, garantindo que adora as atividades do Agita. Ela é uma das alunas do núcleo no Centro, no Centro de Cultura. "É uma forma também de distração e de fazer novas amizades. Volto para as aulas sempre feliz e animada. Adoro as professoras e a animação de todas”, disse.

Além do Agita, o governo municipal mantém parcerias com projetos sociais e também oferece diversas modalidades esportivas nos PSFs, nas Academias da Saúde e nas Escolas Municipais. Também voltou a ser realizado neste ano o Festival das Comunidades - projeto itinerante pelas quadras comunitárias nos bairros da cidade.

O taekwondo está confirmado na programação dos Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups) deste ano. Com mais essa novidade, são 12 modalidades esportivas garantidas na competição estudantil – o pumptrack e o e-sports também fazem parte da programação de 2020. As mudanças têm como objetivo superar o número de escolas participantes de 2019, quando 50 unidades escolares se inscreveram no Jeups – o maior número da história da competição.

A forma de disputa das três modalidades que estão sendo incluídas neste ano serão apresentadas no congresso técnico do Jeups, que será realizado no dia 12 de fevereiro, às 15h, no Centro de Cultura Raul de Leoni. Na ocasião, cada instituição de ensino poderá opinar sobre a disputa dos jogos, assim como as datas em que cada modalidade será realizada.

O prefeito destaca que o Jeups é uma ferramenta de fomento ao esporte e que a participação dos alunos tem aumentado. Em 2016, só 19 escolas participaram dos jogos. Em 2017 foram 41 e em 2018 foram 44. No ano passado,  foi um número histórico com a inscrição de 50 escolas.

No ano passado, o governo municipal entregou 57 troféus e 3,1 mil medalhas na cerimônia de encerramento da competição, realizada no Palácio Quitandinha. As modalidades em disputa foram oito, sendo cinco coletivas: futebol de campo, futsal, handebol, basquete e vôlei; e três individuais: tênis de mesa, xadrez e judô. O atletismo não foi realizado por causa da chuva na semana em que a competição seria disputada.

Com as novidades para 2020, a prefeitura quer estimular a participação de ainda mais alunos.

Os locais voltam a ser fechados para a prática esportiva a partir do próximo domingo (02.02)

O Circuito Imperial de Lazer volta a funcionar na Rua do Imperador e na Av. Ipiranga a partir do próximo domingo (02.02). No trecho entre a Praça Dom Pedro e o início da Rua Marechal Deodoro, no Centro, o espaço para as atividades esportivas funciona de 9h às 14h. Já na Av. Barão do Rio Branco, o circuito estendido - que abrange a Rua 13 de Maio e a Av. Ipiranga - permanecerá montado de 7h até 12h. Equipes da Guarda Civil, da CPTrans e da Superintendência de Esportes e Lazer estarão disponíveis nos dois locais para dar suporte aos praticantes.

Além destas opções, ainda tem o Parque Municipal, em Itaipava, e o Parque Natural, no Centro, que são outras alternativas para quem gosta de correr, andar de bicicleta ou de skate. A extensão do Circuito na Barão, que começou no ano passado, era um pedido antigo dos corredores. Apenas durante o Natal Imperial o percurso foi suspenso. 

Sucesso de público desde o ano passado, o Circuito na Rua do Imperador funciona aos domingos, de 9h às 14h, no trecho entre a Praça Dom Pedro e o início da Rua Marechal Deodoro com atividades esportivas e de lazer. A iniciativa da prefeitura conta com o apoio do Sesc Rio, Unopar, Universidade Cruzeiro do Sul, Estácio de Sá e a academia Korper, que disponibilizam professores e estagiários para o espaço. A ideia é envolver ainda mais a população nas ações realizadas.

Os petropolitanos também podem usar espaços públicos para a prática esportiva. O Parque Municipal, em Itaipava, conta com uma pista de corrida de 1,2 quilômetros e vai estar aberto para os atletas, que podem usufruir também de quadras poliesportivas, ciclovia, pista de skate e a pump track. O espaço é utilizado pelos frequentadores para caminhadas e piqueniques e funciona de 7h às 18h.

Outra opção é o Parque Natural, que fica na Avenida Ipiranga, com uma área de 16,7 hectares com estágio avançado de Mata Atlântica e pode ser utilizado para trilhas e caminhadas e passeio com toda a família e amigos. O espaço funciona diariamente, de 7h às 17h.

Primeira prova que vale pontos acontece no dia 5 de abril

Dez provas contam pontos para o ranking municipal de corrida de rua neste ano. A primeira será o Circuito de Corrida e Caminhada Energia em Movimento, que será realizado no dia 5 de abril. O Circuito Bike Trail, em agosto, e o Desafio do Castelo, em novembro, são as outras novidades. A divulgação ocorreu na última sexta-feira (24.01) durante a premiação da pontuação referente ao ano de 2019. A programação está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

A Petrópolis Night Run, que acontece no dia 26 de setembro, voltará a contar pontos, mas dessa vez, no percurso de 10 quilômetros. As outras provas do ranking municipal são: Corrida do Trabalhador, Petrópolis-Itaipava, Love Run, Fire Run, Corrida Master e a WTR Serra do Mar. Criado pela atual gestão municipal e com a aprovação do Conselho Municipal de Esportes e Lazer (CMEL), a pontuação dos esportistas incentiva a prática da modalidade.

O anúncio das provas aconteceu durante a premiação do ranking referente ao ano passado, realizada na última sexta-feira (24.01). A entrega aconteceu no Centro de Cultura Raul de Leoni, para os 95 atletas mais bem colocados. Foram contempladas 24 faixas etárias diferentes, mais os cinco primeiros na classificação geral, tanto no masculino quanto no feminino.

O vencedor geral entre os homens foi Arthur da Silva Souza, da Panthers, com 127 pontos. No feminino, quem levou a melhor foi Isis da Costa e Silva, da Jotaefe, com 160.

"O desempenho da nossa equipe foi bastante positivo. Além do título no masculino, conseguimos outros prêmios dentro das faixas etárias. É mais um incentivo não só para os nossos atletas, mas de outras equipes também", disse Roberto Pantaleão, treinador da Panthers.

Prefeitura também estuda incluir o taekwondo na competição estudantil

O pump track e o e-sports estão confirmados na programação dos Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups) deste ano. Com mais essas duas novidades, são 11 modalidades esportivas em disputa na competição estudantil até o momento – o governo municipal estuda incluir também o taekwondo. As mudanças têm como objetivo superar o número de escolas participantes de 2019, quando 50 unidades escolares se inscreveram no Jeups – o maior número da história da competição.

Para apresentar as novidades, a prefeitura está convidando as escolas municipais, estaduais, federais e particulares para o congresso técnico do Jeups, que será realizado no dia 16 de fevereiro, às 15h, no Centro de Cultura Raul de Leoni.  O evento permite que os responsáveis por cada instituição de ensino opinem sobre o regulamento e a fórmula de disputa dos jogos, assim como as datas em que cada modalidade será realizada.

No ano passado, a prefeitura entregou 57 troféus e 3,1 mil medalhas na cerimônia de encerramento da competição. As modalidades em disputa foram oito, sendo cinco coletivas: futebol de campo, futsal, handebol, basquete e vôlei; e três individuais: tênis de mesa, xadrez e judô. O atletismo não foi realizado por causa da chuva na semana em que a competição seria disputada.

Com as novidades para 2020, a prefeitura quer estimular a participação de ainda mais alunos. “Com a inclusão de outras modalidades, queremos que mais estudantes estejam interessados em participar. O Jeups é uma ferramenta importante no fomento ao esporte no município. Quanto mais alunos participando, melhor”, garante o superintendente.

Pagina 14 de 115