Sete empresas participaram nesta quinta-feira do processo de licitação, feito por meio de ata de registro de preços, para a iluminação e decoração de Natal

Concorrência garantiu redução de R$ 1,5 milhão no teto do investimento

A edição 2021 do Natal Imperial está garantida. Após licitações finalizadas nesta quarta e quinta-feira (26 e 27/10) para definir as empresas que farão a organização da programação (realizada dia 26) e registro de preços para iluminação e decoração de Natal (realizada nesta quinta, dia 27), a Prefeitura de Petrópolis confirmou a realização, que terá o apoio da iniciativa privada e do governo do Estado do Rio de Janeiro. A empresa para a organização da programação foi contratada por R$ 14 mil e a iluminação, que poderá até ser totalmente custeada por parceiros, tem como teto (valor máximo) de investimentos R$ 2,394 milhões. A redução em relação ao teto inicial é de R$ 1,5 milhão.

Nesta quinta-feira, pregão realizado no modelo de ata de registro de preços pelo Instituto Municipal de Cultura (IMC) teve como vencedora a empresa Vasconcellos e Santos LTDA, que registrou o melhor preço nos dois lotes da licitação – um para a decoração e iluminação e outro, específico, para a instalação do Túnel de Luz. Sete empresas participaram do certame, que tinha valor máximo de R$ 3,978 milhões. A concorrência terminou com registro dos serviços pelo valor total de R$ 2,394.

“O Natal está confirmado. Entendemos que é importante para a população, marcando o momento de esperança que vivemos, e também para movimentar a economia, estimulando especialmente os setores de comércio e serviços", disse o governo interino.

Com esta ata de preços, todas as informações ficam previamente registradas e, no momento em que a Prefeitura desejar, num prazo de 12 meses, poderá contratar o todo ou parte destes elementos registrados, garantindo efetividade ao processo e respeitando as normas licitatórias. “Ou seja, agora temos um valor final, mas que não será, necessariamente, contratado em sua totalidade”, reforça o procurador geral do município.

Programação de Natal

Ontem (26), a Dell'Arte Soluções Culturais ganhou a licitação para organização da programação cultural do Natal. A empresa – responsável pela realização de diversos eventos culturais, como o Festival de Inverno, por exemplo – se tornou a responsável por captar recursos e por executar a festa neste ano. O Natal Imperial será realizado de 25 de novembro a 6 de janeiro de 2022.

"Todo o processo está sendo muito transparente. Com os preços registrados e separados por lotes, vamos conseguir realizar parcerias e convênios com outros órgãos públicos e até mesmo com a iniciativa privada, que já serão sabedores dos valores necessários para tais aportes. Estamos muito felizes e acreditamos em uma edição do Natal Imperial cheia de esperança", disse o presidente do IMC.

O CEO da Dell'Arte, Steffen Dauelsberg, destacou a importância da festa para o município. Ele conta que a empresa deve apresentar a programação do Natal Imperial em um prazo de sete a 10 dias. O objetivo é equiparar a festa de Petrópolis aquela que ocorre há mais de 35 anos em Gramado, no Rio Grande do Sul. “Estamos muito entusiasmados. Nosso pensamento está alinhado ao do governo interino, que é o de criar uma dinâmica para fazer uma festa com um brilho muito especial”, disse, ressaltando ainda que, através da Sociedade Artística Villa Lobos, o investimento na cultura da cidade acontece há mais de 50 anos.

A Fecomércio também já confirmou que vai participar do Natal da cidade, com programação tanto no Quitandinha quanto no Parque Municipal, em Itaipava.

Atividades fazem parte da programação em homenagem ao Dia da Consciência Negra

Estão abertas as inscrições para dois concursos artísticos lembrando o Dia da Consciência Negra em Petrópolis. Com o tema “Diga não ao racismo”, a Prefeitura de Petrópolis realiza o Prêmio Literário de Poesia e o de Desenho, Ilustração e Pintura. Os interessados podem garantir a sua participação até o dia quatro de novembro. Os dois regulamentos prevem premiação para os três primeiros colocados em cada concurso, que serão entregues no Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, na Praça da Liberdade, em horário a ser informado pela organização.

O Prêmio Literário de Poesia será realizado em três categorias: infantil (até 12 anos), juvenil (de 13 aos 18 anos) e adulto (petropolitanos, moradores ou não de Petrópolis, ou moradores de Petrópolis nascidos em qualquer cidade). Os poemas devem ser enviados para o e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , com assunto PRÊMIO LITERÁRIO – UBUNTU. Serão selecionados 10 trabalhos de cada categoria para serem apresentados em varal poético durante o evento.

“É importante a identificação do autor, trazendo ainda informações complementares como a categoria, nome completo, data de nascimento, endereço com CEP, telefone, e-mail, e, tratando-se das inscrições escolares, ainda nome da escola, telefone do aluno e dados do professor responsável”, explica o presidente do IMC.

Já o Prêmio de Desenho, Ilustração e Pintura será realizado na categoria infantil (de oito até 12 anos) e cada participante somente poderá se inscrever com um trabalho. O mesmo deverá ser entregue na recepção do Centro de Cultura Raul de Leoni, em envelope fechado, contendo no exterior o texto: Prêmio de desenho ilustração e pintura – Semana da Consciência Negra. Também serão selecionados 10 trabalhos para serem apresentados em exposição durante o evento.

“As obras deverão ser feitas em papel tamanho A4, carta ou similar, de qualquer gramatura, podendo ser utilizadas técnicas diversas de desenho, ilustração, inclusive colagens”, afirma o presidente do IMC.

A iniciativa é do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (COMPIR) em parceria com a Coordenadoria da Promoção da Igualdade Racial (COPIR), Conselho Municipal de Cultura (CMC), além do apoio do Instituto Municipal de Cultura (IMC), Turispetro, Secretaria de Educação, Câmara Municipal de Petrópolis, através da Comissão de Direitos Humanos e o Movimento Negro Unificado (MNU).

O primeiro Famtur organizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em julho, com a participação de empresas organizadoras de congressos, treinamentos empresariais e ações corporativas, somada ao avanço da vacinação contra covid-19 na cidade, estão começando a gerar resultados ao município. No último fim de semana, um curso presencial dedicado a médicos neurocirurgiões e ortopedistas, realizado no auditório da Faculdade de Medicina de Petrópolis (Fase), reuniu cerca de 30 pessoas, que vieram à cidade trazendo familiares, movimentando a economia local.

Para Bruno Pereira, um dos coordenadores do curso, Petrópolis atende de forma excepcional os requisitos para a realização de eventos. “A cidade possui condições necessárias para cursos como esse que coordeno. O clima, a rede hoteleira, a segurança e a gastronomia, sem contar com as belezas naturais, são perfeitos para os participantes. Estou muito satisfeito”, afirma.

O governo interino lembra que Petrópolis tem grande potencial para o turismo de negócios. “Estamos pensando em Petrópolis para o futuro. É um nicho de mercado que pode gerar recursos para toda a cidade, incluindo hotéis, restaurantes e o comércio em geral”, aponta.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, a empresa que organizou o evento foi uma das participantes do Famtur e todos os inscritos ficaram hospedados ao longo do final de semana na cidade. Para ele o Famtur, como esperado e programado, começa a render frutos. “O objetivo principal do Famtur era exatamente esse, trazer para Petrópolis eventos corporativos que movimentem a rede hoteleira, gastronômica e turística de forma geral. Com isso a economia se recupera, os empregos são gerados, uma cadeia positiva se forma no município. Tenho certeza que muitos outros serão organizados e essa cadeia terá um aquecimento grande, o que é bom para o município de forma geral”, explica.

O Famtur em Petrópolis, realizado em julho deste ano e que teve a participação da Turispetro, Fecomércio e Petrópolis Convention & Visitors Bureau, reuniu 15 empresas interessadas no potencial de Petrópolis para receber eventos de 100, 300, até 1 mil pessoas. A cidade também é uma das mais seguras do Estado e do país, com boa logística, infraestrutura, atrativos culturais e ecológicos.

Para o secretário da Turispetro, o Famtur tem uma importância muito grande, pois mostrou que Petrópolis está preparada para atender e receber a todos tipos de evento. “Hoje, com muito otimismo, vejo que o esforço para o sucesso do Famtur está ligado diretamente a esse retorno gradual das atividades. O exemplo que tivemos com o evento na Fase, que gerou uma importante movimentação econômica, foi muito positivo”.

Corais de Petrópolis é o assunto de amanhã (27/10) no "IMC nas Redes – Conversas Culturais". O encontro virtual será transmitido nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Marcelo Vizani, Marco Aurélio Lischt, Paulo Afonso e Gláucia de Souza Kobi Rangel. A mediadora da roda de conversa on-line será a gerente do Centro de Cultura Raul de Leoni.

Marcelo Vizani é mestre em Educação e Tecnologias Digitais pela Universidade de Lisboa; graduado em regência pelo Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro, na classe do Maestro Marco Maceri; e pós-graduado em Teologia pela Universidade Católica de Petrópolis. Atualmente é vice-reitor da Universidade Católica de Petrópolis; diretor geral da Rádio UCP FM; professor do curso de Licenciatura em Música na Universidade Católica de Petrópolis; maestro do Coral das Meninas do Canarinhos de Petrópolis; maestro do Coral Laus Deo, do Colégio de Aplicação da UCP; diretor artístico do Espaço Artístico e Musical Monsenhor Paulo Daher; idealizador e diretor da Escola de Música UCP e da Orquestra-Escola Petrópolis.

Marco Aurélio Lischt é petropolitano e foi membro do Coral dos Canarinhos de Petrópolis. É formado em piano e órgão pela Escola de Música da UFRJ com mestrado em órgão em 1993. Na Escola Superior de Música de Frankfurt, na Alemanha, se formou no curso de Música Sacra em 1998. Atualmente é o maestro e diretor artístico do Coral dos Canarinhos de Petrópolis, organista voluntário da Catedral São Pedro de Alcântara em Petrópolis e diretor artístico da série Concertos de Órgão na Catedral (desde 2011).

Paulo Afonso é formado pela Escolas de Música Santa Cecília, Conservatório Brasileiro de Música e em Pedagogia, é Diretor Artístico dos Corais Pró Tempore e Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora de Lurdes e regente do Coral Municipal até a temporada de 2016. Atua no meio artístico desde 1996. Já Gláucia de Souza Kobi Rangel, nascida em Miracema, mas que mora em Petrópolis desde 1985, fez bacharel em Música Sacra na FABAT –RJ, com especialização em canto e regência coral. Atualmente é bachaleranda em Regência Orquestral pela UFRJ e pós-graduanda em Regência pela Alpha-FACEC. Ela também é ministra de música na PIB de Petrópolis.

Em pregão realizado na tarde de hoje (26/10) pelo Instituto Municipal de Cultura (IMC), a Dell'Arte Soluções Culturais ganhou a licitação para organização da programação cultural do Natal Imperial 2021. Desta maneira, a empresa – responsável pela realização de diversos eventos culturais, como o Festival de Inverno, por exemplo – será a responsável por captar recursos e por executar a festa neste ano. O Natal Imperial será realizado de 25 de novembro a 6 de janeiro de 2022.

"Essa é uma ótima notícia para a nossa cidade. Queremos que o Natal deste ano marque o momento de esperança que estamos vivendo, sobretudo com o avanço na vacinação", destacou o governo interino.

"Dessa maneira, vamos conseguir realizar uma programação cultural como a cidade merece e espera. Estamos muito felizes e acreditamos em uma edição do Natal Imperial cheia de esperança", disse o presidente do IMC, ressaltando que a Dell'Arte é uma empresa de renome internacional.

Segundo o CEO da Dell'Arte, Steffen Dauelsberg, a empresa deve apresentar a programação do Natal Imperial em um prazo de sete a 10 dias. O objetivo é equiparar a festa de Petrópolis aquela que ocorre há mais de 35 anos em Gramado, no Rio Grande do Sul. “Estamos muito entusiasmados. Nosso pensamento está alinhado ao do governo interino, que é o de criar uma dinâmica para fazer uma festa com um brilho muito especial”, disse, ressaltando ainda que, através da Sociedade Artística Villa Lobos, o investimento na cultura da cidade acontece há mais de 50 anos.

Programação terá desfiles, mesas redondas, talk shows e expositores para tirar dúvidas de quem está prestes a subir ao altar

Petrópolis vai estar oficialmente representada no IC Week, evento híbrido realizado pela Revista Inesquecível Casamento, que acontecerá de forma presencial nos dias três e quatro de novembro no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. A convite da Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ) e da TurisRio, que terá um lounge na exposição, a Turispetro - ao lado do Petrópolis Convention & Visitors Bureau (PC&VB) e da AssociEventos - levará o nome da cidade como um dos principais "Destination Wedding" no Estado, neste que é o mais elegante evento voltado a noivas de cunho nacional.

No IC Week, que já possui mais de 40 edições realizadas com enorme sucesso em cidades como Rio, São Paulo, Curitiba, Goiânia, Niterói e Gramado, além de exposições, acontecem mesas redondas, desfiles, palestras e talk shows, sempre com os melhores profissionais nacionais e internacionais. Lá as noivas se inspiram e conhecem as melhores tendências para o casamento, os profissionais lançam produtos e serviços novos e se relacionam com o mercado.

"Não há dúvida que a nossa cidade vem conquistando os noivos há algum tempo, como uma ótima opção para um destination wedding de fácil acesso. Os profissionais da cidade já desenvolveram uma infraestrutura completa para receber casamentos, com qualidade e profissionalismo. Além disso, temos a nosso favor excelente locais para casamentos ao ar livre, com jardins exuberantes, uma tendência cada vez mais forte entre os noivos", destaca o governo interino.

O secretário de Turismo ressalta que "Petrópolis possui os locais mais agradáveis para receber este tipo de eventos, além de profissionais altamente qualificados. É uma estrutura que está sendo amplamente divulgado nas feiras que o município e toda a sua cadeia produtiva está sendo representada, como aconteceu recentemente na ação O Rio Continua Lindo. E perto!, que apresentou um pouco dos atrativos turísticos em vários estados".

“Petrópolis é um cenário incomparável para casamentos com opções para todos os tipos de festas desde as cinematográficas até as intimistas. Fora a qualidade dos profissionais que atuam no setor. A Cidade Imperial por todo esse conjunto virou uma referência para o setor e é importante que Petrópolis esteja representada em eventos que divulgam esse potencial”, afirma o presidente do Petrópolis Convention & Visitors Bureau.

O presidente da AssociEventos lembra que este será o primeiro grande evento do setor após a flexibilização das medidas sanitárias. "Fomos um dos segmentos mais afetados durante a pandemia, agora com a retomada, a IC Week é uma oportunidade ímpar para Petrópolis apresentar seu portfólio de atrativos, produtos e serviços em uma feira de renome nacional", completa.

O público vai conhecer as tendências da moda, gastronomia, decoração, maquiagem, fotografia, cerimonial, entre outras, que antecipam o que estará em alta nos casamentos realizados no próximo ano. Por causa da pandemia, a edição deste ano acontece de forma presencial e terá programação on-line do dia três ao dia 13 de novembro.

Com mais de 90% da população com mais de 12 anos vacinada, cidade está em risco baixo de contaminação da covid-19, com queda sustentada de casos e internações

O governo interino e o secretário de Saúde anunciaram nesta sexta-feira (22) o protocolo para liberação de eventos para até 3 mil pessoas no município, em ambiente ao ar livre. O protocolo vinha sendo discutido junto à equipe técnica da saúde, que apontou a possibilidade deste novo passo na flexibilização.

A retomada será gradativa e deverá seguir recomendações que incluem a obrigatoriedade do uso de máscara (exceto durante o consumo) e comprovação do esquema vacinal completo contra a covid-19 ou, no caso de vacinação incompleta (com apenas a primeira dose), apresentação de teste negativo para o vírus.

O documento completo será disponibilizado ainda nesta sexta-feira (22) no site da Prefeitura, o www.petropolis.rj.gov.br.

A liberação de eventos ao ar livre seguindo os protocolos acontece no momento em que a cidade tem mais de 90% da população com mais de 12 anos vacinada. O município está em risco baixo de contaminação da covid-19, com queda sustentada de casos e internações.

A Prefeitura prorrogou as inscrições do edital Maria Luísa até o dia cinco de novembro. A data anterior era a próxima segunda-feira, dia 25 de outubro. Com o novo prazo, os artistas petropolitanos ganharam mais tempo para se cadastrarem no edital, que vai contemplar até 77 projetos de apresentações culturais on-line no município. Os interessados devem acessar a aba de licitações no site da prefeitura (https://www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sad/licitacoes_contratos/?modalidades_id=13&secretarias_id=&numero=&ano=2021&situacoes_id=). O investimento será de mais de R$ 270 mil, através do Fundo Municipal de Cultura (FMC).

Os projetos deverão ser enquadrados em uma das seguintes áreas: Artesanato; Artes Plásticas/Visuais; Audiovisual; Bandas Marciais; Canto Coral; Cultura Germânica; Cultura Urbana; Culturas Afro-brasileiras, Quilombolas e de Matrizes Africanas; Culturas Populares e Indígenas; Dança; Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos; Literatura; Moda e Design; Museus e Patrimônio Histórico-Cultural; Música; Produção Cultural; Artes Cênicas/Teatro; Pontos de Cultura; Multissegmentos (projetos com dois ou mais segmentos onde não haja a predominância de um sobre o outro).

As inscrições poderão ser nas seguintes categorias: 1 – Projetos para realização de atividade cultural individual, a ser remunerado no valor de R$1.500,00, com realização do mesmo por pessoa física, mediante CPF; 2 – Projetos para realização de atividade cultural com mínimo de dois, a ser remunerado no valor de R$5.000,00, com realização por MEI ou pessoa jurídica, ambas mediante CNPJ; 3 – Projetos para realização de atividade cultural com mínimo de cinco participantes, a ser remunerado no valor de R$10.000,00, com realização por MEI ou pessoa jurídica, ambas mediante CNPJ.

Cada proponente poderá inscrever somente um projeto no concurso. A medida visa envolver o máximo de artistas e agentes culturais e promover a democratização, com maior descentralização das verbas do FMC. “O edital é uma maneira de contemplarmos a todos os segmentos artísticos. O nosso objetivo é incentivar a produção cultural no município como um todo”, explica o presidente do Instituto Municipal de Cultura (IMC).

Homenagem a Maria Luísa

O nome do edital é uma homenagem a bibliotecária Maria Luísa Rocha Melo, que morreu em maio deste ano vítima da covid-19. Ela ficou à frente da Biblioteca Municipal Gabriela Mistral por mais de 25 anos. Nascida em Leopoldina (MG), a bibliotecária foi criada em Niterói, na cidade do Rio de Janeiro, mas se considerava petropolitana de coração, pois morou e trabalhou na cidade por mais de 30 anos.

Em homenagem ao Dia do Aviador - 23 de outubro - o Museu Casa de Santos Dumont terá meia-entrada neste sábado, no valor de R$ 4. Nesta data, há 115 anos, Santos Dumont fez um voo em torno da Torre Eiffel, em Paris, na França, e tornou-se o primeiro homem a voar. Por conta disto, a data foi escolhida para celebrar a classe. Neste dia também é comemorado o Dia da Força Aérea Brasileira.

No fim de agosto, a prefeitura promoveu melhorias no Museu Casa Santos Dumont. Foram realizadas pequenas manutenções na parte administrativa e a pintura da casa chamada de "A Encantada". Outra novidade foi a implementação de uma máquina de cartão de débito e crédito, trazendo mais comodidade aos visitantes.

Sobre o Museu Casa de Santos Dumont

Construído em 1918, poucos imaginavam que o terreno íngreme que ficava bem na entrada da Rua do Encanto, no Centro da cidade, poderia abrigar uma moradia. Considerado um grande visionário, Santos Dumont desenhou e planejou, com a ajuda do engenheiro Eduardo Pederneiras, seu chalé.

Quem sobe as escadarias e entra na imóvel consegue notar de cara que se trata de uma casa especial. Para entrar, só é possível com o pé direito, em função do formato das escadas criadas por Santos Dumont. O museu conta com acervo de objetos, livros, cartas e mobiliário que pertenceram ao inventor.

No Centro Cultural 14 Bis, anexo à Casa, o visitante pode assistir um curta metragem sobre Santos Dumont. O espaço tem acessibilidade e maquetes táteis para atender às necessidades das pessoas com deficiências ou com restrição de mobilidade.

Profissional petropolitano foi destaque em premiação internacional com duas fotografias

O governo interino entregou, na manhã desta quarta-feira (20/10), uma homenagem ao fotógrafo Giovani Garcia. O profissional é referência no ramo de fotografias de casamentos e foi destaque com duas imagens na One Eyeland, sendo eleito o melhor do Brasil no ranking 2021, com o registro de uma noiva entrando na Igreja Sagrado Coração de Jesus debaixo de chuva. Também conquistou o quarto lugar na categoria fotojornalismo e o nono em pré-wedding, ambas colocações na classificação mundial da premiação.

“Temos em nossa cidade diversos fotógrafos que possuem muito talento e precisamos valorizá-los. O Giovani tem levado o nome de Petrópolis a diversos locais e conquistado prêmios importantes. Ficamos orgulhosos em recebê-lo para entregar esta homenagem, reconhecendo sua contribuição para o município”, disse o governo interino.

Giovani Garcia trabalha com fotografia há 20 anos e destacou que foi a primeira vez que teve o reconhecimento da Prefeitura. “Tinha recebido alguns prêmios, mas vindo da Prefeitura, este foi o primeiro. É gratificante saber que a minha cidade está atenta à arte do nosso ramo da fotografia”, afirmou.

Pagina 10 de 253