Com o sucesso da atual edição, a prefeitura de Petrópolis prorrogou até a próxima sexta-feira (25) a Campanha do Agasalho de 2021. Com o lema “Não podemos abraçar, mas podemos aquecer”, a ação é promovida pela Coordenadoria Especial de Articulação Institucional, por meio do Gabinete de Cidadania, também conta com o apoio da Secretaria de Assistência Social, CPTrans e Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias.

“Estamos felizes com a quantidade de agasalhos que recolhemos até o momento. O inverno em nossa cidade costuma ser rigoroso e ações como essas são importantes para que possamos ajudar quem mais precisa”, relatou a coordenadora do Gabinete da Cidadania, que ainda complementou afirmando que a intenção da extensão do prazo final da campanha foi para ampliar o número de beneficiados. “Estamos com um número muito legal de roupas recolhidas, seja para crianças, jovens ou adultos. A nova data vai possibilitar a ampliação dessa quantidade e a possibilidade de recebermos novas doações. Nossa maior demanda é com cobertores. Até o momento já recebemos 15, mas queremos aumentar com ajuda da população petropolitana”, disse.

Todo material recolhido será entregue a quatro núcleos: Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua, o Centro POP, no Núcleo de Integração Social (NIS) e Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos (APPO). As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, de 10h às 17h.

Confira os endereços dos pontos de arrecadação:

- Gabinete da Cidadania (AV Koeler, 260, Centro)
- CPTrans (Rua Alberto Torres, 115, Centro)
- Centro de Cidadania (Estrada União e Indústria, 11860, Itaipava)
- Defesa Civil (Rua Buarque de Macedo, 128, Morin)

Cadastro deve ser realizado nas unidades de saúde da família da região

O governo municipal confirmou que a prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria de Vigilância Ambiental do Departamento de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Saúde, vai realizar a castração de 1.200 animais entre os dias 12 e 17 de julho, na Escola Municipal Santa Maria Goretti, no Capela. As cirurgias serão realizadas por uma empresa contratada, que estará com um castramóvel no local, atendendo a população dos bairros Castrioto, Dias de Oliveira, Duarte da Silveira, Manoel Torres e a própria região do Capela. O horário de funcionamento da unidade será de 08h às 16h.

Para serem castrados, os cães e gatos precisam ser inscritos nas unidades de saúde da família escolhidas da região: ESF São João Batista, ESF Bairro Castrioto e ESF Com. Menino Jesus de Praga. Entidades protetoras da causa animal terão uma percentagem de 10% da quantidade total de cirurgias, por meio da coordenadoria de Bem-Estar Animal (Cobea), que possui 120 vagas para serem distribuídas. Os protetores devem fazer o cadastro junto a Cobea pelo telefone: (24) 2291-1505, ou e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

É importante ressaltar que esta ação não será com o castramóvel da prefeitura. A unidade do governo municipal aguarda as últimas etapas do processo de compra de insumos e equipamentos para o início das atividades. Foi realizado um estudo quantitativo de animais a serem castrados na cidade, e foi constatada a a necessidade de realizar uma nova campanha.

A região que será atendida agora foi selecionada por fatores socioeconômicos, como o aumento no número de animais com doenças transmissíveis, em uma região que ainda não foi trabalhada no Projeto de controle populacional de cães e gatos com Unidade Móvel. Além disso, a região apresenta alto quantitativo de animais vacinados contra raiva.

A coordenadora da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, Alessandra Cardoso, destaca que não será possível realizar a castração sem cadastro prévio: “Todos precisam fazer o cadastro para a castração. Isso é importante para termos um controle das ações e facilitar o trabalho nos dias do atendimento. Os agentes comunitários conhecem as comunidades, e já estão atuando e recebendo treinamento específico em educação, saúde, bem-estar animal e guarda responsável”.

No cadastramento dos animais, os tutores receberão cartilhas e folders informativos sobre a importância do jejum para o ato cirúrgico, informações sobre o procedimento que será realizado e dos riscos da operação. Eles também serão conscientizados da importância no controle da reprodução e de algumas doenças relativas à reprodução animal.

A equipe da unidade contará com nove médicos veterinários, sete auxiliares, além do acompanhamento das veterinárias da equipe da Coordenadoria de Vigilância Ambiental. Após o ato cirúrgico, o tutor receberá nova orientação sobre pós-operatório, com reforço sobre o bem-estar animal.

Para mais informações o contato com a Coordenadoria de Vigilância Ambiental pode ser feito pelo telefone: (24) 2291-1594.


A campanha teve intenção de incentivar a adoção de animais por meio de um tema festivo

A prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), realizou o primeiro ‘Arraiá de adoção de animais’ no último sábado (19), na Praça Dom Pedro II. O evento teve a intenção de promover a posse responsável de cães e gatos. Nesta edição, 15 cachorros ganharam um novo lar.

Ao todo, a coordenadoria de Bem-estar Animal viabilizou cinco campanhas de adoção de animais desde fevereiro deste ano e, até o momento, 51 pets já foram acolhidos. Esta última etapa, contou com o maior número de adoções desde o início do ano. Foram 15 animais que receberam um novo lar com muito amor. No próximo dia 03/07 haverá mais uma edição da campanha, agora voltada aos animais idosos. 

Vale destacar que, para adotar, o interessado precisa ser maior de 18 anos, apresentar um comprovante de residência fixa, além do RG e CPF. O último ‘Arraiá de adoção’ contou com o apoio do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (COMUPA), Comdep, Secretaria de Meio Ambiente, Loja Rospauth e as ONG’s Dog’s Heaven (@dogsheaven), Cão Amor (@protecaocaoamor) e Amigo Vira-lata, que em suas barracas disponibilizaram os animais para acolhimento.


Criada com a finalidade de sensibilizar os empresários e profissionais contadores a incentivarem seus clientes a fazerem doações ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FMDCA, a Campanha Multiplicando Sorrisos, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA que tem o apoio da Prefeitura, foi oficialmente lançada na última quarta-feira (16), durante uma reunião online do Conselho Empresarial da Firjan Serrana.

“Em Petrópolis, temos 41 instituições registradas no CMDCA e, mesmo no momento mais restritivo da pandemia, garantiram o atendimento de crianças e adolescentes, demonstrando ainda mais o comprometimento com a causa. O envolvimento da iniciativa privada e toda a sociedade civil é fundamental para que estas instituições continuam exercendo esse importante papel que, sem dúvida, faz grande diferença na vida dos assistidos”, frisa o governo interino.

As doações podem ser direcionadas a algum projeto específico das instituições ou diretamente ao FMDCA até o fim de dezembro, quando as empresas fazem a apuração do lucro real e podem destinar até 1% do Imposto de Renda a projetos sociais. Já as pessoas físicas podem conceder até 6%. A concessionária Águas do Imperador é uma das empresas que já fazem doações anuais.

“Com a campanha, queremos sensibilizar os contribuintes e mostrar que todos podem colaborar. É um imposto que já pagariam ao Governo Federal e com essa doação, esses recursos rodam na economia e na geração de emprego no próprio município”, explica a coordenadora Especial de Articulações Institucionais.

“A campanha vem colaborar diretamente com as instituições registradas no CMDCA, pois o funcionamento da maioria delas depende dessa ajuda. Nossas crianças e adolescentes precisam de apoio e ajuda para perceberem que é possível vencer na vida. É importante que todos colaborem”, disse Carmem Lúcia Gonçalves da Silva, diretora da Associação Espaço Educativo São Charbel.

Durante a reunião, Júlio Talon, presidente da Firjan Serrana, se comprometeu a encaminhar o material de divulgação da Multiplicando Sorrisos, junto com uma relação com os nomes e localização de cada uma das instituições registradas no CMDCA para as indústrias do município.

"É uma forma de garantir que os impostos sejam investidos em Petrópolis. já que esses valores terão que ser pagos de uma forma ou de outra pela empresa. Os projetos apoiados atuam com crianças e adolescentes da nossa cidade e são de fundamental importância para criarmos oportunidades de desenvolvimento e inclusão social para comunidades mais carentes de nossa sociedade.

Tive a oportunidade de visitar vários projetos, entre eles a Fundação Educandário Princesa Isabel no Alto da Serra, que desenvolve um projeto fantástico. Posso afirmar que apoiar estes projetos é um motivo de muito orgulho e satisfação para nossa empresa”, disse Talon

Uma live com o tema “Vulnerabilidade do Idoso em tempos de Pandemia” e panfletagens no Centro da cidade com material de conscientização e locais de denúncias estão na programação da campanha “Junho Violeta”, de alerta para a violência contra a pessoa idosa. As ações estão sendo desenvolvidas pela Coordenadoria Especial de Articulações Institucionais – CEAI.

A live está marcada para a próxima quinta-feira (24) e será transmitida pela página da Prefeitura pelo Facebook e, além da coordenadora da CEAI, terá a participação do coordenador do Procon Petrópolis – advogado especialista em direito do consumidor – da presidente do Conselho Municipal e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, e da representante do Fórum Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa.

O coordenador do Procon Petrópolis explica que além do Código de Proteção e Defesa do Consumido – CDC, a proteção deste público também está prevista no Estatuto do Idoso. Segundo ele, com a intensificação das transações virtuais, sobretudo, em tempos de pandemia, os idosos têm encontrado dificuldades em acessar serviços e produtos.

“Além disso, temos atendido muitos idosos vítimas de fraudes e outro grande problema está com as instituições financeiras que, à revelia do idoso, implantam “empréstimo consignado” junto a conta corrente onde ele recebe seu benefício”, explica.

Em Petrópolis, outra preocupação é com o acolhimento dos idosos. Apenas no ano passado, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS realizou 246 atendimentos de idosos que sofreram negligencia ou abandono por parte de suas famílias.

“Por isso estamos buscando divulgar de forma maciça os números dos telefones para denúncias. Queremos sensibilizar a população e incentiva-la a denunciar. Mostrar que esse contato pode salvar a vida de um idoso ou retirá-lo de uma situação de maus tratos”, destaca a coordenadora da CEAI.

Ela lembra que são vários os tipos de violência contra pessoas da terceira idade, como por exemplo, agressão física, abuso psicológico (com agressões verbais e tratamento que cause sofrimento emocional), negligência (recusa ou omissão de cuidados), abandono (ausência de amparo ou assistência pelos responsáveis), violência institucional (dentro do ambiente institucional), abuso financeiro (apropriação indevida de dinheiro ou cartões bancários), violência sexual, discriminação e violência patrimonial (prática ilícita que comprometa o patrimônio do idoso).

A prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), promove neste sábado (19) o primeiro Arraiá de Adoção de cães e gatos. Com o lema “Não compre, adote”, o evento acontecerá na Praça Dom Pedro II, de 10 às 15h, e busca incentivar a posse responsável dos pets. Todos os animais disponíveis estarão vacinados, castrados e vermifugados. Para adotar, o interessado precisa apresentar um comprovante de residência fixa, RG, CPF, além de ser maior de 18 anos.

A iniciativa conta com o apoio do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (COMUPA), Comdep, Secretaria de Meio Ambiente, as ONG’s Dog’s Heaven (@dogsheaven), Cão Amor (@protecaocaoamor) e Amigo Vira-lata, que disponibilizarão em suas barracas os cães e gatos para adoção. Além disso, a loja de ração Rospauth também estará no evento e vai garantir 10% de desconto a quem acolher um ‘pet’ neste sábado.

O coordenador de Bem-estar Animal ressaltou a importância da atuação dos parceiros junto a campanha junina e afirmou estar confiante para o dia do evento. “É um trabalho feito em conjunto. Fico satisfeito de saber que temos apoiadores da nossa causa buscando apoiar a nossa realização. Confesso estar esperançoso para darmos novos lares a esses animais que merecem todo carinho e amor”, declarou.

Vale destacar que a campanha poderá ter uma nova data para realização em caso de chuva. A coordenadoria também disponibiliza os contatos por e-mail e telefone para esclarecimento de dúvidas aos interessados em acolher algum animal.
Telefone: (24) 2291-1505;
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), promove neste sábado (19) o primeiro Arraiá de Adoção de cães e gatos. Com o lema “Não compre, adote”, o evento acontecerá na Praça Dom Pedro II, de 10 às 15h, e busca incentivar a posse responsável dos pets. Todos os animais disponíveis estarão vacinados, castrados e vermifugados. Para adotar, o interessado precisa apresentar um comprovante de residência fixa, RG, CPF, além de ser maior de 18 anos.

A iniciativa conta com o apoio do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (COMUPA), Comdep, Secretaria de Meio Ambiente, as ONG’s Dog’s Heaven (@dogsheaven), Cão Amor (@protecaocaoamor) e Amigo Vira-lata, que disponibilizarão em suas barracas os cães e gatos para adoção. Além disso, a loja de ração Rospauth também estará no evento e vai garantir 10% de desconto a quem acolher um ‘pet’ neste sábado.

Vale destacar que a campanha poderá ter uma nova data para realização em caso de chuva. A coordenadoria também disponibiliza os contatos por e-mail e telefone para esclarecimento de dúvidas aos interessados em acolher algum animal.

Telefone: (24) 2291-1505;
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Mulheres de Madame Machado, em Itaipava, receberão o atendimento do Ônibus Lilás, do Centro de Referência em Atendimento à Mulher – CRAM, nesta quarta-feira (16). O equipamento estará estacionado em frente ao Centro de Referência em Atendimento Social – CRAS da comunidade, das 9h às 14h.

O objetivo é divulgar a Lei Maria da Penha, suas formas de prevenção e mecanismos para romper com a situação de violência. Para a coordenadora do CRAM, o deslocamento até as comunidades é de extrema importância para garantir o atendimento a mulheres que moram nas áreas mais distantes.

Na estrutura, as equipes oferecem serviços multidisciplinares, psicólogos e auxílio jurídico. A ideia é acolher e orientar as mulheres, especialmente as vítimas de violência doméstica. As equipes também orientam sobre outros atendimentos, por exemplo, dúvidas relacionadas a pensão alimentícia, entre outras.

No Dia Mundial da Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa comemorado no dia 15 de junho, a prefeitura de Petrópolis, por meio da área técnica da Saúde do Idoso da Secretaria de Saúde promove de forma online, um evento para abordar da importância da conscientização sobre o tema. A palestra acontece às 17h, com transmissão pelo YouTube e pela plataforma Zoom, em parceria com a Unifase e o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa.

O evento contará com palestras da médica geriatra e gerontóloga Rita Cássia Ravaglia Campos, Coordenadora da Atenção da Saúde do Idoso de Petrópolis, o advogado Fábio Alves, Procurador Geral do município, e da tenente-coronel. Simone de Almeida Silva, comandante do 26° Batalhão de Polícia Militar de Petrópolis.

A médica Rita Cássia cita que idosos com idade superior a 80 anos, do gênero feminino, com identificação de violência familiar anterior, conflitos ou crises recentes na família, Isolamento físico e social, representam alguns dos fatores de risco para a violência contra a pessoa idosa. Os sinais de alerta são o medo ou ansiedade do idoso na presença do cuidador ou de um familiar, aspecto de desnutrição, falta de cuidado com os problemas de saúde, busca tardia por assistência, entre outros.

Quando constatada sinais de abuso contra a pessoa idosa, o indicado é a denúncia. Em caso de violência financeira, o indicado é o encaminhamento à delegacia para abertura de um boletim de ocorrência. Violência sexual, a pessoa deve ser encaminhada até a UPA em até 72 horas. Após 72 horas da violentação, o ideal é o encaminhamento até o departamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), que funciona no Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE). O Disque 100 é o número para atender denúncias de violência contra as pessoas idosas.

O “Ônibus Lilás”, do Centro de Referência em Atendimento a Mulher – CRAM esteve no Alto Independência, nesta sexta-feira (11), acolhendo as mulheres da comunidade. Ao todo, entre às 9h e 14h, foram realizados 12 atendimentos na estrutura. Essa foi mais uma ação do mutirão de serviços do programa Acelera Petrópolis, na localidade.

A equipe, composta por psicólogo, assistente social e uma advogada, esclareceu dúvidas e deu orientações as moradoras sobre diferentes assuntos relacionados ou não a casos de violência doméstica. 

A coordenadora do CRAM destacou que o ônibus lilás é um meio importante de aproximação do poder público com as mulheres que estão em regiões mais afastadas do centro da cidade. “Essa visita do ônibus lilás, que já esteve nesta comunidade em anos anteriores, é importante. Isso porque, desde janeiro de 2021, o Alto Independência foi o local que mais apresentou ocorrências de violência. Estamos felizes em poder retornar e, com a equipe completa, trazer diversos serviços, assim como orientação adequada e humanizada”, disse.

Dentro das ações do mutirão de serviços do programa Acelera Petrópolis, lançado na segunda-feira (07), foram realizadas a substituição de lixeiras, recolhimento de entulho, troca de lâmpadas convencionais por equipamentos de led, capina, roçada, revitalização de sinalização viária, entre outra série de ações.

Nesta primeira edição do programa, estão sendo contempladas as comunidades do Independência, São Sebastião, Siméria, Quitandinha, Taquara, Bairro Mauá, Cremerie, Dr. Thouzet, e Valparaíso.

O programa reúne Comdep, CPTrans, assim como todas as secretarias municipais. As próximas comunidades atendidas pelo mutirão de serviços serão Carangola, Jardim Salvador, Roseiral e Retiro.

Pagina 10 de 30