Com a previsão de ocorrência de chuva forte sobre o município, a Secretaria de Defesa Civil realizou o primeiro toque das sirenes do primeiro distrito para comunicar a população sobre a chegada de chuva forte nas próximas horas. Nessas condições, o município passa a operar em estágio de Atenção. A previsão é de pancadas de chuva moderada a forte, de forma isolada, podendo vir acompanhadas por descargas elétricas e rajadas de vento forte.

A instabilidade no tempo que deu início à semana nesta segunda-feira (7) pode permanecer até a próxima quarta (9). Nesse período, de acordo com o serviço de monitoramento meteorológico da Defesa Civil, o predomínio é de céu parcialmente nublado a encoberto. Essas condições são causadas pela aproximação de frente fria pela Região Sudeste. Em aviso emitido hoje (7), o órgão informa a previsão de chuva moderada a forte, acompanhada por descargas elétricas e rajadas de vento forte, a partir da tarde.

Com essa previsão, a Prefeitura aciona equipes de diferentes setores para o suporte em caso de ocorrências em função da chuva. “Seguimos com a estrutura de diferentes setores para oferecer os suporte necessário em caso de ocorrências e garantir o rápido atendimento à população”, destacou o prefeito Rubens Bomtempo. Para amanhã, terça-feira (8), ainda por conta da passagem da frente fria, há previsão de chuva em caráter contínuo para o dia, principalmente entre a manhã e tarde, quando a chuva pode ser moderada a forte.

A tendência de instabilidade no tempo permanece até quarta (9), quando a previsão ainda é de que a cidade apresente céu nublado a encoberto, com pancadas de chuva moderada a forte durante a tarde. “Nesse período, a aproximação de uma frente fria, em conjunto com as temperaturas elevadas e a disponibilidade de umidade, favorecem a ocorrência de pancadas de chuva moderada a forte, no período da tarde”, pontua a meteorologista da Defesa Civil, Hana Carolina Silveira.

Ao longo de todo o período, a Defesa Civil atualizará as informações sobre as condições do tempo por meio do Boletim Meteorológico emitido diariamente, que pode ser acessado pelo link https://bit.ly/3vmRgZ2 e por meio do site https://www.petropolis.rj.gov.br/dfc/. Em caso de necessidade, os informes são reforçados com os avisos e alertas enviados por SMS, grupos de comunicação por aplicativo, além dos canais oficiais do órgão, como site e páginas na rede social.

De acordo com o Sistema de Alertas de Cheias, do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), a partir desta segunda (7), os volumes de chuva esperados podem provocar a elevação do nível dos rios da cidade. “Nossas equipes seguem em monitoramento constante da meteorologia e estamos com o efetivo de sobreaviso para o acionamento, caso haja necessidade de reforço”, conta o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers, que destaca ainda o trabalho realizado pelos agentes por meio do Centro Integrado de Monitoramento e Operações de Petrópolis (CIMOP).

Através do CIMOP, que tem a gestão da Defesa Civil, as equipes monitoram, por 24 horas, o funcionamento da cidade através das 56 câmeras instaladas em diversos pontos e realizam um trabalho integrado com demais setores, como CPTrans, Guarda Municipal e SAMU. Em dias de chuva, o serviço garante ainda agilidade no atendimento a ocorrências, como os casos de acidentes, obstrução de vias por alagamento, inundações ou quedas de árvores. “Nesses casos, nossas equipes conseguem atuar de forma célere na sinalização e bloqueio dos trechos afetados, além de orientação para maior segurança da população”, reforça o secretário, lembrando que o CIMOP interage ainda com a ENEL, Águas do Imperador, Corpo de Bombeiros, polícias Militar, Civil e Federais.

A Defesa Civil orienta que a população fique atenta às atualizações dos informes e em caso de emergência, liguem para o 199.

Segunda, 07 Fevereiro 2022 10:25

06.02.2022 – Boletim Covid-19: vacinação

Neste domingo (06), as equipes da Secretaria de Saúde aplicaram 657 doses da vacina contra a covid-19. Foram 611 doses de reforço, 13 aplicações de segunda dose e 33 de primeira.

No total, a cidade conta com 250.230 vacinados com a primeira dose, 226.923 com a segunda dose e 98.673 com a dose de reforço (terceira aplicação para o público em geral e quarta para imunossuprimidos). A dose única chegou a 6.805 pessoas desde o início da campanha de vacinação e a dose adicional a 1.300 imunossuprimidos.

Detalhamento dos números de domingo

No domingo, 95 idosos foram vacinados com a dose de reforço. As equipes também aplicaram a primeira dose em 14 adolescentes e a segunda em três indivíduos de 12 a 17 anos.

Ainda foram vacinados 516 adultos com o reforço, 10 com a segunda dose e 19 com a primeira dose.

O acompanhamento da situação da covid-19 na cidade e o cadastro para a vacinação estão disponíveis no site da Prefeitura: https://petropolis.rj.gov.br/pmp/

Petrópolis terminou o domingo (06) com a taxa de ocupação dos leitos clínicos destinados para o tratamento da covid-19 no sistema público de saúde em 55,74%. Já em UTIs do SUS, a taxa foi de 55,36%. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, 73 pacientes permanecem internados, sendo 37 em leitos clínicos e 36 em leitos de UTI.

As equipes da Secretaria de Saúde realizaram, até ontem, 235.712 testes, dos quais 55.477 tiveram resultados positivos e 178.190 negativos (considerando swab e rápidos).

Desde o início da pandemia, foram 1.599 óbitos registrados. Este número é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. É uma medida de segurança da Secretaria de Saúde, para evitar erros nos registros.

O Procon participou, nesta sexta-feira (4), de ação voltada à orientação dos consumidores na Praça Dom Pedro. O trabalho foi feito em parceria com a Comissão de Defesa do Consumidor (Codecon) da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), que também realiza atendimentos com uma van no local. A Casa Legislativa realiza as atividades de forma itinerante no Estado do Rio de Janeiro.

“Tanto o Procon como a Codecon possuem as mesmas competências. Essas ações aqui na praça são importantíssimas para que possamos garantir o direito do consumidor”, afirmou Badia.

As equipes atenderam a população das 10h às 17h desta sexta-feira e retornam neste sábado (5), das 10h às 15h. Além de tirar dúvidas, o órgão também registrou reclamações, que foram inseridas posteriormente no sistema do órgão.

"Neste primeiro dia, já realizamos cerca de 30 atendimentos. A maioria foi relacionada a uma empresa de telefonia, concessionária de energia e cartões de crédito. O objetivo é estar perto da população e atender as dúvidas", explicou o coordenador do Procon Petrópolis, Fafá Badia.

Além da ação externa, o Procon mantém o atendimento na sede do órgão, na Rua Doutor Moreira da Fonseca, nº 33, das 9h às 17h. O contato também pode ser feito por email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. e pelos telefones: 2246-8469, 2246-8470, 2246-8471, 2246-8472, 2246-8473, 2246-8474, 2246-8475, 2246-8476 e 2246-8477.

Intervenções artísticas tomaram a cidade e lembraram a população sobre a importância de usar máscaras, álcool em gel e completar o esquema vacinal

Com criatividade e responsabilidade, artistas percorreram pontos do Centro nesta sexta (4) para chamar a atenção dos petropolitanos sobre a importância dos cuidados contra a covid-19. As ações fazem parte da campanha idealizada pela Prefeitura de Petrópolis para despertar um sentimento de cuidado coletivo no combate ao vírus.

“Estas atividades são um reforço para sensibilizar a população sobre a importância dos cuidados contra o coronavírus. Todos nós queremos ter a liberdade de antes e voltar às atividades normalmente. Mas isso só será possível quando a pandemia for controlada. Até lá devemos fazer a nossa parte para evitar a disseminação da covid. É a população e o poder público juntos contra a crise sanitária”, reforça o prefeito Rubens Bomtempo.

A campanha usa linguagem leve e direta. O apelo é sensibilizar para motivar cada um a manter os hábitos que evitam a propagação do vírus. Com frases como “Eu quero sair da pandemia, por isso me vacino”, “Eu quero sair da pandemia por isso uso máscara”, ou ainda “Eu quero sair da pandemia por isso uso álcool em gel”, foi pensado um apelo gráfico para alcance do público em diferentes pontos da cidade.

Os grupos de artistas elaboraram performances criativas para criar o chamariz necessário para a abordagem das equipes de políticas públicas da Secretaria de Saúde que tiravam dúvidas pertinentes à covid e conscientizavam sobre as medidas de higiene e cuidado pessoal. Na Praça Dom Pedro, no centro, a coreógrafa Sulamita Costa, o dançarino e Hip-Hop, Vinicius Francisco de Souza e a atriz, Soninha Maracanã se apresentaram para o público.

Entre as pessoas que foram conquistadas pela performance estava a senhora Ana Beatriz e a afilhada de oito anos. Ela parabenizou a campanha e reforçou que todos devem seguir os protocolos e se protegerem. “Na minha casa todo mundo se vacinou. Eu continuo usando álcool em gel e evito lugares muito cheios. É o melhor que podemos fazer até tudo isso passar”, disse.

A campanha já está no ar nas redes sociais da Prefeitura (@petropolis_pmp) e ocupa diversos espaços pela cidade. Os artistas percorrerão o centro e distritos pelos próximos dias junto com as equipes de panfletagem. “Essa campanha mostra a união dos setores do governo municipal com um objetivo comum que é o bem-estar da população. A Cultura e a Saúde estão juntas nessa ação tão essencial nesse momento”, destacou a presidente do Instituto Municipal de Cultura, Diana Iliescu.

Prazo foi adiado em uma semana por conta do adiamento do início das aulas

Pais, mães e alunos da rede municipal de ensino poderão entregar a documentação física para a matrícula até o dia 11 de fevereiro nas escolas. Inicialmente, essa etapa da matrícula estava prevista para os dias 2, 3 e 4 de fevereiro. No entanto, com o adiamento do retorno das aulas em uma semana (do dia 7 para o 14), essa entrega também pôde ser adiada em uma semana.

Essa etapa da matrícula vale para alunos novos (que não eram da rede municipal), transferências internas (entre unidades da rede municipal) e terminantes (alunos que concluíram a educação infantil na rede municipal e vão ingressar no ensino fundamental, também na rede municipal).

Para todos esses casos (alunos novos, transferências internas e terminantes), a Prefeitura divulgou, no fim de janeiro, os resultados da pré-matrícula para o ano letivo de 2022. Agora, é preciso confirmar a matrícula na escola. Para isso, é preciso, até o dia 11 de fevereiro, entrar em contato com a unidade escolar na qual foi o estudante foi alocado. Esse contato poderá ser presencialmente ou por telefone.

Em caso de dúvidas, procurar o Setor de Matrícula

Para acessar as listas com os resultados da pré-matrícula, basta entrar na página da Prefeitura e clicar no banner “Matrícula 2022”, que aparece no centro da página em um “carrossel” com outros banners da Prefeitura.

Se o nome do estudante não estiver nas listas divulgadas, ou se a escola de alocação do estudante não tiver sido a de escolha no ato da solicitação, ou, ainda, para qualquer outra dúvida ou reclamação, deve-se entrar em contato com o Setor de Matrícula da Secretaria de Educação (telefones: 2246-8683 e 2246-8685).

Ao telefonar para o setor, deve-se agendar um horário para atendimento. Para evitar aglomerações neste período de pandemia, o Setor de Matrícula somente realiza atendimentos com agendamento prévio.

Petrópolis terminou a sexta-feira (04) com a taxa de ocupação dos leitos clínicos destinados para o tratamento da covid-19 no sistema público de saúde em 47,54%. Já em UTIs do SUS, a taxa foi de 55,36%. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, 78 pacientes permanecem internados, sendo 42 em leitos clínicos e 36 em leitos de UTI.

As equipes da Secretaria de Saúde realizaram, até ontem, 235.712 testes, dos quais 55.477 tiveram resultados positivos e 178.190 negativos (considerando swab e rápidos).

Desde o início da pandemia, foram 1.599 óbitos registrados. Este número é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. É uma medida de segurança da Secretaria de Saúde, para evitar erros nos registros.

Óbitos registrados:

Mulher, 42 anos, morador no Valparaíso. Internada em 17.01.2022 na UPA Cascatinha e transferida para o HCC. Óbito registrado em 05.01.2022 no HCC. Paciente com doença renal crônica.

Mulher, 82 anos, no Alto da Serra. Internada em 23.01.2022 no PSLS e transferida para o HCC. Óbito registrado em 28.01.2022 no HCC. Paciente com diabetes, doença cardiovascular crônica e doença neurológica crônica.

Mulher, 76 anos, moradora na Mosela. Internada na UPA Cascatinha e transferida para o HNSA. Óbito registrado em 31.01.2022 no HNSA. Paciente com doença neurológica crônica e doença cardiovascular crônica.

Mulher, 87 anos, morador na Castelânea. Internada em 21.01.2022 no HNSA. Óbito registrado em 01.02.2022 no HNSA. Paciente com doença cardiovascular crônica e hipotireoidismo.

Homem, 50 anos, morador no Quitandinha. Internado em 02.02.2022 no PSLS. Paciente com doença cardiovascular crônica, doença neurológica crônica e diabetes.

Homem, 71 anos, morador no Quissamã. Internado em 27.01.2022 na UPA Centro e transferido para o HAC. Internado em 02.02.2022 no HAC. Paciente com diabetes e neoplasia.