Representantes municipais indicaram as demandas necessárias para o pós-crise

Nesta quarta-feira (23.02), a Secretaria de Turismo de Petrópolis (Turispetro) e o Instituto Municipal de Cultura (IMC) receberam a visita de representantes do Ministério do Turismo, Embratur, Iphan e TurisRio para ciência dos danos que foram causados ao patrimônio artístico e cultural em Petrópolis. Entre os pontos visitados pelas autoridades estava o Palácio de Cristal, importante aparelho cultural do município.

“O Palácio é um ponto emblemático para petropolitanos e visitantes. É um local que faz parte da história e da memória de cada um. Precisamos, nesse momento, avaliar os danos e buscar recursos para finalizarmos a obra e devolver o local aos petropolitanos”, pontua Silvia Guedon, secretária da Turispetro.

Os representantes dos órgãos oficiais foram sinalizados da necessidade municipal para auxiliar o setor turístico que movimenta outros 53 setores da economia local.

“Qualquer intervenção nos aparelhos culturais tombados deve ser autorizada pelos órgãos que preservam o conjunto arquitetônico. A vinda deles aqui permitiu uma visão mais de perto o que foi afetado e se sensibilizem para juntos revertermos essa situação”, enfatiza Diana Iliescu, presidente do IMC.

Um levantamento feito pelo IMC apontou que dos imóveis administrados pela Prefeitura o que sofreu mais danos ao acervo foi o Centro de Cultura Raul de Leoni. Alguns livros, incluindo exemplares em braile ficaram na área alagada. Eletroeletrônicos, móveis e alguns documentos também foram danificados. Diante do cenário de crise em que o município se encontra em consequência da chuva, as secretarias municipais agora se articulam e trabalham juntas para recuperação da cidade em suas diferentes frentes.

“Todos os secretários caminham juntos atuando cada um na sua área. É o momento de olhar para todos os lados e agir. Assistência Social prestando atendimento às famílias afetadas diretamente, Fazenda organizando recursos e a Cultura e Turismo pensando no pós-tragédia”, destaca Thiago Damaceno, coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica.

O grupo acessou os jardins do Palácio de Cristal que ficaram alagados na terça-feira (15.02). A parte interna da estrutura também foi atingida pela água, mas não apresentou dano aparente. A presidente do Instituto do Patrimônio e Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Larissa Peixoto, sinalizou que “entende e se solidariza com a situação de Petrópolis”. O diretor do escritório local da instituição, Thiago Fonseca, pontuou que “o Iphan atua na preservação da história local e vai trabalhar em harmonia com o governo municipal em benefício do patrimônio arquitetônico e cultural da cidade.”

Objetivo era conhecer a dinâmica de funcionamento do local

Desde sábado (19.02) que as doações destinadas à Petrópolis estão sendo armazenadas em um galpão localizado na rodovia BR-040, Km 62, em Itaipava. A mudança do local foi necessária para melhorar a logística de distribuição e mobilidade nas ruas de Petrópolis. Nesta quarta-feira (23.02), o local recebeu a visita da procurado de Justiça Denise Tardin e dos juízes Marcelo Machado e José Cláudio Macedo.

“Nossa Central está funcionando diariamente das 8h às 18h. Somos cerca de 40 pessoas trabalhando para atender a demanda dos abrigos municipais e daqueles que sinalizam alguma necessidade. Trabalho sério, responsável e comprometido com a população petropolitana afetada pela chuva”, enfatizou Marcelo Soares, secretário de Desenvolvimento Econômico e coordenador da Central.

Na pauta da visita estava a verificação da dinâmica de funcionamento do espaço que centraliza as doações vindas em grande quantidade e oriundas de outras regiões do país. Até o momento, mais de um milhão de litros de água chegaram ao depósito, por exemplo. “Fornecemos informações sobre o recebimento das doações, estocagem e distribuição. Nosso trabalho está sendo feito de maneira transparente e com muita dedicação”, pontua Marcelo.

Fonte: Águas do Imperador

Águas do Imperador informa que as sete Estações de Tratamento de Água (ETAs) continuam operando normalmente, o que garante a qualidade da água distribuída e a regularização do abastecimento da cidade, exceto em algumas regiões atingidas, onde o abastecimento está em fase de normalização.

QUALIDADE DA ÁGUA
Águas do Imperador informa que o controle de qualidade da água distribuída, feito diariamente, foi intensificado desde quarta-feira (16/02) quando foram aumentados os pontos de coleta e o número de análises realizadas. Toda água distribuída atende rigorosamente aos padrões de qualidade e potabilidade.

ABASTECIMENTO
Atualização da situação do abastecimento hoje (24/02):

• Parque São Vicente Quitandinha – normalizado ontem (23/02), mas, em virtude de uma manutenção na rede elétrica do Valparaíso, o sistema ficou intermitente durante a noite e deverá se normalizar plenamente ao longo do dia (24/02).
• Caxambu – equipes no local reparando redes avariadas. Região continua sem energia elétrica. Nas áreas que não foram atingidas, o abastecimento está normal.
• Sargento Boening, Chácara Flora e Vila Felipe – equipes no local substituindo redes e reparando vazamentos. Abastecimento em normalização nas áreas não atingidas.
• Estrada da Saudade - parte baixa abastecida. A principal rede que abastece a região do Florido, que estava rompida, foi reparada e equipes continuam no local consertando vazamentos secundários. Abastecimento em recuperação nessa região (Florido).
• Floresta – parte baixa abastecida e equipes reparam vazamentos. Abastecimento em recuperação.
• São Sebastião – abastecimento está em fase de normalização.

CAMINHÕES-PIPA
Os 10 caminhões-pipa disponibilizados por Águas do Imperador, hoje (24/02), estão distribuídos da seguinte forma:
• Um caminhão-pipa reforça o abastecimento da região sul da cidade (Quitandinha e bairros adjacentes).
• Um caminhão-pipa continua abastecendo o ADRA, ponto de apoio instalado no Quitandinha.
• Dois caminhões-pipa apoiam a COMLURB na limpeza de ruas.
• Três caminhões-pipa apoiam os bombeiros no Morro da Oficina.
• Um caminhão abastece a UCP, onde está montado o Centro de Crise.
• Um caminhão-pipa apoia a prefeitura na limpeza de ruas nos distritos.

ATENDIMENTO PRESENCIAL
A loja comercial, localizada na Rua Irmãos D’Angelo, 52, Centro, está funcionando normalmente das 9h às 17h.

APOIO
Águas do Imperador está apoiando a Prefeitura de Petrópolis, disponibilizando pessoal e equipamentos como retroescavadeiras, caminhões Basculante, Munck e Sewerjet, compactadores, compressores e geradores, entre outros.

DOAÇÕES
As oito concessionárias do Grupo Águas do Brasil, incluindo Águas do Imperador, situadas no Estado do Rio estão arrecadando ajuda para os desabrigados pela tragédia.

CONTATOS
Em caso de dúvida, entre em contato por um dos canais de relacionamento: WhatsApp (21) 972118064, site www.aguasdoimperador.com.br, aplicativo Cliente Águas, Chat Interativo (disponível no site e no aplicativo), ou pelo 0800 742 0422 (ligações gratuitas de telefones fixos, celulares e longa distância). Facebook: Águas do Imperador.
https://www.grupoaguasdobrasil.com.br/aguas-imperador/comunicado-importante/

Quinta, 24 Fevereiro 2022 10:47

23.02.2022 – Boletim Covid-19: vacinação

Nesta quarta-feira (23), as equipes da Secretaria de Saúde aplicaram 1.064 doses da vacina contra a covid-19. Foram 681 doses de reforço, 130 aplicações de segunda dose e 253 de primeira.

No total, a cidade conta com 256.361 vacinados com a primeira dose, 228.053 com a segunda dose e 109.454 com a dose de reforço (terceira aplicação para o público em geral e quarta para imunossuprimidos). A dose única chegou a 6.805 pessoas desde o início da campanha de vacinação e a dose adicional a 1.312 imunossuprimidos.

Detalhamento dos números de quarta-feira

Na quarta-feira, 49 idosos foram vacinados, sendo 45 com a dose de reforço, três com a segunda dose e um com a primeira. Nove pessoas com comorbidade também receberam o reforço.

As equipes também aplicaram a primeira dose em 11 adolescentes e a segunda em nove indivíduos de 12 a 17 anos. Também foram vacinadas 224 crianças de 5 a 11 anos com a primeira aplicação e 95 com a segunda.

Ainda foram vacinados 627 adultos com o reforço, 23 com a segunda dose e 17 com a primeira dose.

O acompanhamento da situação da covid-19 na cidade e o cadastro para a vacinação estão disponíveis no site da Prefeitura: https://petropolis.rj.gov.br/pmp/

A Polícia Civil confirmou na manhã desta quinta-feira (24) 208 vítimas dos desastres das fortes chuvas que afetaram o município no último dia 15/2. Desse total, 124 são mulheres, 84 homens e 40 menores de idade. Até o momento 191 foram identificados, 181 foram liberados para as funerárias e os demais, aguardam o comparecimento dos familiares no Instituto Médico Legal (IML). Durante as buscas, o Corpo de Bombeiros também encontrou despojos, que passam por análise de DNA pelos peritos. Hoje, as buscas continuam nas áreas onde há suspeita de desaparecidos, como Morro da Oficina, Vila Felipe, Sargento Boening e Vila Itália.

O Governo Municipal segue com o trabalho prioritário de atendimento à população e recuperação da cidade com o empenho do efetivo de todas as secretarias. Além da Defesa Civil, também estão em atuação profissionais de Obras, Serviço, Segurança e Ordem Pública, Assistência Social, Meio Ambiente, Saúde, Educação, Administração, Planejamento, além de COMDEP e CPTrans.

A Secretaria de Assistência Social segue com o atendimento a 905 pessoas que estão acolhidas em 14 pontos de apoio mantidos pela Prefeitura. Os profissionais de Assistência Social ainda dão suporte aos abrigos alternativos, estabelecidos pelas comunidades. Todas as pessoas estão recebendo suporte para o suprimento de itens essenciais e orientações quanto aos serviços sociais que podem ser direcionados.

O município segue com o suporte dos agentes da Defesa Civil do Estado e diariamente agentes de unidades do interior do Estado oferecem apoio. O Exército e a Marinha empenham quase mil militares que dão suporte em ações de resgate, controle de trânsito, reforço na segurança, logística de donativos entre outras ações de apoio que forem necessárias. Da mesma forma, agentes das polícias Militar e Rodoviária Federal atuam em conjunto com o Gabinete Integrado de Gestão de Desastres.

Petrópolis terminou a quarta-feira (23) com a taxa de ocupação dos leitos clínicos destinados para o tratamento da covid-19 no sistema público de saúde em 13,11%. Já em UTIs do SUS, a taxa foi de 17,86%. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, 28 pacientes permanecem internados, sendo 10 em leitos clínicos e 18 em leitos de UTI.

As equipes da Secretaria de Saúde realizaram, até ontem, 250.733 testes, dos quais 63.562 tiveram resultados positivos e 186.092 negativos (considerando swab e rápidos).

Desde o início da pandemia, foram 1.621 óbitos registrados. Este número é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. É uma medida de segurança da Secretaria de Saúde, para evitar erros nos registros.

Óbitos registrados:

Homem, 62 anos, morador em Nogueira. Internado em 15.01.2022 no HST. Óbito registrado em 10.02.2022 no HST. Paciente com pneumonia crônica.

Homem, 71 anos, morador no Fazenda Inglesa. Internado em 22.01.2022 no HST. Óbito registrado em 12.02.2022 no HST. Paciente com doença renal crônica, doença cardiovascular crônica, doença neorológica.

Mulher, 93 anos, moradora no Itamarati. Internada em 21.01.2022 na UPA Itaipava e transferida para o HNSA. Óbito registrado em 12.02.2022 no HNSA. Paciente com doença cardiovascular crônica e hipotireoidismo.

Mulher, 88 anos, moradora no Centro. Internada em 01.02.2022 no HSM e transferida para o HNSA. Óbito registrado em 12.02.2022. Paciente com doença cardiovascular crônica, diabetes e pneumonia crônica.

Mulher, 51 anos, moradora na Posse. Internada em 31.01.2022 na UPA Cascatinha e transferida para o HNSA. Paciente com doença cardiovascular crônica e diabetes.

Mulher, 77 anos, moradora no Chácara Flora. Internada em 05.02.2022 no Hospital Unimed. Óbito registrado em 14.02.2022 no Hospital Unimed. Paciente com doença cardiovascular crônica.

Mulher, 74 anos, morador no Quitandinha. Internado em 01.02.2022 no HAC. Óbito registrado em 15.02.2022 no HAC. Paciente com doença cardiovascular crônica e imunossupressão.

Nesta quarta-feira (23) a Secretaria de Defesa Civil fez o encaminhamento de quase 800 ocorrências em imóveis e áreas afetadas pelas chuvas do dia 15/2. Com reforço das equipes do Estado e das regiões de Blumenau, Nova Friburgo e Niterói, os agentes atuaram por diferentes localidades do primeiro distrito, área com mais registro de ocorrências na cidade. O município soma 2199 ocorrências, dessas 1764 são por deslizamentos, os demais atendimentos são por avaliações estruturais e geológicas de residências e regiões, infiltração, quedas de árvores e postes, vistorias preventivas, alagamentos e inundações, entre outras.

“Atuamos com um grande efetivo para que a cidade retome o seu funcionamento e passados oito dias da chuva que abalou o nosso município, podemos ver os avanços que esse apoio dos governos Estadual e Federal, nos oferece. Nossa prioridade continua sendo o atendimento da população afetada”, destacou o prefeito Rubens Bomtempo, que mantém o efetivo de todos os setores do governo – Obras, Serviço, Segurança e Ordem Pública, Assistência Social, Saúde, Educação, Administração, Planejamento, além de COMDEP e CPTrans, empenhado em ações pela cidade.

A Polícia Civil atua em conjunto com o Gabinete Integrado de Gestão de Desastres, que funciona do Colégio Estadual D. Pedro II, com o trabalho de identificação das vítimas fatais em função dos casos de deslizamentos, desabamentos e inundações. Até o momento, o município soma 204 óbitos, sendo 124 mulheres, 80 homens e 39 menores de idade. Desse total, 188 foram identificados e 180 foram liberados para as funerárias. As equipes técnicas trabalham também na análise de DNA dos despojos encontrados pelo Corpo de Bombeiros durante as buscas.

Os moradores de área de risco que tiveram que sair de suas casas durante a chuva, estão sendo atendidos pela Secretaria de Assistência Social em 13 pontos de apoio, mantidos pelo Governo Municipal. No momento, 820 pessoas recebem o suporte com serviços essenciais e orientações sobre benefícios sociais que podem ser direcionados.

Militares atuam pela cidade, em conjunto com todos os setores do Governo Municipal, no apoio para a recuperação das áreas afetadas. Os 600 homens do Exército, além de suporte para as vistorias da Defesa Civil, também trabalharam com o Corpo de Bombeiros nas buscas por desaparecidos nas regiões da Vila Militar, Morro da Oficina e Vila Felipe. Também atuaram na desobstrução de vias e na logística de donativos. Os cerca de 300 oficiais da Marinha deram suporte em pontos de apoio, realizaram o controle de trânsito para organizar o acesso nos arredores do Morro da Oficina e liberaram vias.

As equipes do Serviço Geológico do Brasil, 4 geólogos e 2 cartógrafos, se juntaram ao Gabinete Integrado e reforçam as equipes da Defesa Civil na elaboração de relatórios de avaliação de risco das áreas afetadas. Todo o trabalho é feito também em parceria com o Departamento de Recursos Minerais do Estado (DRM). Hoje as equipes percorreram as regiões da Rua Teresa, Meio da Serra, Rua General Rondon, Saldanha Marinho, Rua Edmundo Lacerda, Castelânea, Coronel Veiga, Siméria, Serrinha, Quarteirão Italiano, Rua Treze de Maio e Pedro do Rio.

“O suporte no trabalho técnico é um importante avanço para as nossas equipes para que consigamos acelerar a realização das vistorias e entregar os laudos das áreas de forma célere”, pontuou o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers.

A COMDEP ganha o reforço da Comlurb para a limpeza da cidade. Hoje, 110 homens se concentraram na Rua Visconde de Souza Franco, na Visconde do Bom Retiro e Rua Teresa para a limpeza de vias e retirada de árvores caídas. Mais de 300 toneladas de resíduos foram recolhidos na cidade pelas equipes.

A ENEL, que também atua em conjunto no gabinete, normalizou o serviço de energia elétrica para 64 residências na Duarte da Silveira e Rua São Paulo. O funcionamento de cerca de 70 postes foi restabelecido por toda a cidade.

Oficiais das polícias Militar e Rodoviária Federal também dão suporte em ações por toda a cidade. Foi reforçado o apoio nas áreas de buscas com o Corpo de Bombeiros, a segurança em pontos de apoio e arrecadação de donativos.

Para amanhã, todo o efetivo se mantém com os mesmos esforços para agilizar a conclusão de serviços para que a cidade volte à normalidade.

Quinta, 24 Fevereiro 2022 10:38

Prefeitura remove mais de 400 carros das ruas

A Prefeitura já retirou mais de 400 carros dos rios e das ruas de Petrópolis até está quarta-feira (23). São veículos que foram arrastados pelas fortes chuvas de terça-feira (15) e que estavam espalhados pela cidade: obstruindo as vias, em cima das calçadas ou dentro dos rios.

Para a operação, promovida pela Prefeitura, por meio da CPTrans, foram utilizados 35 reboques e quatro guinchos. Esse maquinário foi contratado pelo município em função do estado de calamidade pública em Petrópolis.

Os veículos rebocados foram levados para o pátio do Morin. Todos os carros foram catalogados, para possibilitar a identificação e a retirada pelo proprietário. Para isso, o dono deve telefonar para o pátio (24 99204-0647).

“Vale lembrar que não será cobrado nenhum valor do proprietário. Nenhuma taxa sobre o serviço ou para a utilização do pátio, nenhuma multa. Que isso fique claro”, disse o diretor-presidente da CPTrans, Jamil Sabrá.

A remoção dos veículos vem sendo realizada desde quarta-feira (16) e seguirá pelos próximos dias.
“A demanda ainda é muito grande. Existe uma grande quantidade de veículos para serem retirados”, explicou Jamil.

Atividades na sede do órgão foram prejudicadas pelo alagamento, mas devem retornar na próxima semana

O Procon Petrópolis terá atendimento especial com a van da autarquia nesta sexta-feira (25) na Praça Dom Pedro, das 12h às 16h. O serviço visa atender aos consumidores neste período de paralisação dos atendimentos na sede do órgão, que foi atingida pelos alagamentos do último dia 15. As atividades no imóvel retornam na próxima semana.

“Além de pessoas físicas, a equipe também prestará orientações a pequenos empresários, quanto a negociação junto às concessionárias de serviços públicos e aos bancos. Esperamos a limpeza da via e a orientação da CPTrans e demais órgãos em relação a liberação das vias, para que as equipes de resgate não tivessem problemas”, explicou o coordenador do Procon, Fafá Badia.

Já na próxima semana, o Procon pretende retornar com os atendimentos na sede, localizada na Rua Doutor Moreira da Fonseca, nº 33. Por lá, as atividades foram paralisadas após alagamentos no primeiro andar, que resultaram na perda de equipamentos.

“No mais, estamos atendendo e recebemos denúncias pela nossa página, principalmente em relação a aumentos abusivos de preços. Essas denúncias, no entanto, não foram confirmadas até o momento, até porque não há crise de abastecimento”, disse Badia.


Com os telefones fixos indisponíveis, os consumidores podem entrar em contato com o Procon pela página no Facebook: https://www.facebook.com/ProconPetropolis/