O primeiro do Dia D da campanha Novembro Azul, de conscientização ao câncer de próstata, acontece neste sábado (19), em oito postos de saúde do município. Na ação, realizada pela Prefeitura, através do Programa de Saúde do Homem da Secretaria de Saúde, palestras abordando diferentes temas relacionados ao público masculino, assim como realização de testes rápidos, como de ISTs estarão sendo ofertados.

Nesta primeira mobilização estarão incluídos os PSFs do Vale do Carangola, Secretário, Nova Cascatinha, São João Batista, Brejal, Alto da Serra, Vale das Videiras e Posse. O horário de funcionamento será de 8h às 16h e envolve ainda as equipes da Doenças e Agravos Não Transmissíveis (Dant) e Núcleo de Apoio a Saúde da Família – Nasf. Durante todo o sábado, serão oferecidos ainda testes rápidos de Hepatites B e C, HIV e Sífilis, atendimento odontológico, atualização do cartão de vacina do homem e passadas orientações sobre planejamento familiar.

“Nossa intenção é que no próximo ano a campanha seja ainda maior, pois, só assim conseguiremos alcançar o maior número de homens, que nesta ação são o nosso público alvo. É fundamental levar informação, orientação e conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata e dos cuidados com a saúde de uma maneira geral”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Desde o início da campanha, em 4 de novembro, já foram realizados 140 atendimentos do público masculino, principalmente em mobilizações realizadas ao longo da última semana, em empresas privadas, onde os homens eram a maioria. Porém, o secretário de saúde Marcus Curvelo, destaca que durante todo o ano as equipes da Secretaria de Saúde realizam uma série de ações que contribuem de forma direta ou indireta para a saúde do homem.

“Nesse momento, elas estão sendo intensificadas, com uma mobilização maior nas Unidades de Estratégia de Saúde da Família, onde os profissionais estão preparados e mostram a importância dos cuidados preventivos, que, inclusive, vão além do câncer de próstata”, frisa o secretário de Saúde, Marcus Curvelo.

O próximo Dia D da campanha acontece em 26 de novembro e irá envolver 32 unidades, entre PSFs, UBSs e os Centro de Saúde Coletiva, na Rua Santos Dumont e o Centro de Saúde do Itamarati. Já no dia 27, será realizada a caminhada do Novembro Azul.

Para garantir o acesso da população as vacinas contra a covid-19, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, vai manter abertas, neste sábado (19), as principais salas de imunização do município. Centro de Saúde Coletiva, Centro de Saúde do Itamarati e UBS de Quitandinha e Itaipava vão funcionar das 8h30 às 16h30 e além do imunizante, os exames para detecção do vírus estarão acontecendo por livre demanda, neste mesmo horário.


A medida foi determinada pelo prefeito Rubens Bomtempo. Isso porque, a procura pelos imunizantes aumentou em mais de 500%, após o anúncio da circulação de uma nova subvariante da ômicron e elevação do número de contaminações no país, inclusive em Petrópolis.

"Nesta sexta-feira (18) estamos recebendo mais um lote de 5.112 vacinas da Pfizer, destinadas aos públicos adultos, pediátricos e para bebês dos seis meses a menores de três anos com comorbidades. Embora Petrópolis esteja com uma taxa de cobertura vacinal considerável, ainda é necessário a conscientização de toda a população sobre a importância de completar os ciclos com as quatro doses. Só assim estaremos nos protegendo e protegendo nossos familiares, amigos, enfim, toda a cidade", disse Bomtempo.


Entre as 5.112 doses de vacinas, estão 410 Pfizer Baby, para bebês de seis meses a dois anos, onze meses e 29 dias com comorbidades. "Estas estarão disponíveis a partir de segunda-feira (21) bebês de seis meses a dois anos 11 meses e 29 dias com comorbidades. O atendimento desse público será feito mediante agendamento em uma das sete salas de imunização do município.
O novo público receberá três doses. Porém, será necessário realizar um intervalo de quatro semanas da primeira para a segunda dose e de oito semanas para a terceira", explica o secretário de Saúde, Marcus Curvelo.

Os agendamentos devem ser feitos através dos telefones: (24) 2233-2674 ou pelo whatsapp: (24) 99220-2104. Para receber o imunizante, pais e responsáveis precisam comprovar a comorbidade da criança. As informações serão solicitadas pela equipe da Divisão de Imunização no momento dos agendamentos e os comprovantes apresentados na hora da aplicação da vacina.


Postos de vacinação covid-19 de segunda-feira a sexta-feira

Centro de Saúde Coletiva (adulto e pediátrico)
Segunda e quarta – 8h30 às 19h30
Terça, quinta e sexta – 8h às 16h30

Centro de Saúde do Itamarati (adulto e pediátrico)
Quarta e sexta – 8h30 às 19h30
Segunda-feira, terça-feira e quinta-feira – 8h30 às 16h30

UBS Quitandinha e UBS Itaipava (adulto e pediátrico)
Terça e quinta – 8h30 às 19h30
Segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira – 8h30 às 16h30
PSF Posse e PSF Menino Jesus de Praga (adulto e pediátrico)
Segunda a sexta – 8h às 16h

UBS Morin (adulto)
Segunda a sexta – 8h às 16h

Vacinação aos sábados – 8h30 às 16h30

19/11 UBSs Quitandinha e Itaipava e Centros de Saúde Coletiva (Rua Santos Dumont) e Itamarati.

26/11 Centro de Saúde do Itamarati.

Companhia recebe iluminação especial e chama atenção para a campanha

Novembro é o mês de conscientização com a tradicional campanha “Novembro Azul”, que reforça o alerta para a prevenção do câncer de próstata. Nesta segunda-feira (21), a Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (COMDEP) vai promover o “Dia D” do Novembro Azul, que faz parte do cronograma de eventos e atividades da Prefeitura de Petrópolis, por meio da Área Técnica de Saúde do Homem da Secretaria de Saúde.

Durante o evento, a força de trabalho da Companhia terá acesso a ações voltadas a prevenção e ao diagnóstico precoce da doença, além de palestras, sorteios e diversas atividades, com o intuito de informar e promover a discussão sobre o tema.

Além disso, para chamar atenção para a campanha, a fachada da Comdep recebeu uma iluminação especial cor de azul.

“É uma campanha fundamental que repercute muito positivamente na procura pelo atendimento médico preventivo. Nossa intenção é que no próximo ano a campanha seja ainda maior, pois, só assim conseguiremos alcançar o maior número de homens”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

O presidente da Comdep, Cedenyr Vieira, falou sobre a importância da data. “Esse momento é muito importante, pois é quando juntamos forças para poder informar e conscientizar nossos profissionais em relação ao câncer de próstata”, enfatizou.

Prefeitura lança Disque Antirracista durante Festa Afro Ubuntu

Petrópolis passa a contar agora com o serviço de Disque Antirracista, um número direto para denúncias da população. O telefone 0800-024-1000 foi lançado durante a abertura da Festa Afro Ubuntu, promovida pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal de Proteção à Igualdade Racial (Compir), na noite de quinta-feira (17), na Praça da Liberdade. Além desse serviço, a cidade também ganha um Núcleo de Atendimento Antirracista, que vai prestar serviço psicológica, assistencial e jurídica.

“Toda vez que o país precisou do povo preto, das mulheres, dos mais pobres, eles sempre estiveram do lado certo. Essa celebração de hoje veio para ficar, com o compromisso de ser ainda maior e mais representativa”, disse o prefeito Rubens Bomtempo, acrescentando que a luta pela democracia também passa pelo aumento da consciência de cada um. “Cada um de nós precisa saber qual o seu papel e o que representa para a construção de Brasil melhor”.

O Núcleo de Atendimento Antirracismo vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na sede da Coordenadoria da Promoção da Igualdade Racial (Copir), na Avenida Koeler, no Centro da Cidade – prédio anexo a Prefeitura. “A nossa luta antirracista tem que ser diária e constante, e ela não vai parar por aqui”, disse o presidente do Compir e coordenador de Igualdade Racial, Filipe Graciano. “Agradeço ao prefeito Rubens Bomtempo pelo apoio e pelo suporte na realização das nossas ações”.

Durante o lançamento, o vice-prefeito Paulo Mustrangi lembrou que Petrópolis foi uma das três primeiras cidades do Estado a aderirem ao feriado da Consciência Negra. Ele lembrou também da instalação do busto de Zumbi, na Praça da Liberdade. “Ninguém vai calar o povo preto”, ressaltou Mustrangi.

A solenidade contou ainda com a presença do vice-presidente do Compir, professor José Luiz; da secretária de Turismo, Silvia Guedon; do presidente do Conselho Municipal de Cultura e presidente do Segmento de Culturas Afro-brasileiras, quilombolas e matrizes africanas, Felipe Laureano; secretários municipais e o vereador Yuri Moura. A programação contou ainda com o cortejo dos Guerreiros da Vinte e os shows de Janaina Bessa (Samba de Mulher) e Felipe Monteiro e Jahir Soares (reggae).

O Núcleo de Atendimento Antirracismo e o Disque Antirracismo começam a funcionar na segunda-feira, dia 21.

Personalidades Negras 2022

A abertura da Festa Afro Ubuntu, promovida pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal de Proteção à Igualdade Racial (Compir), também contou com a premiação das Personalidades Negras 2022. O prêmio é entregue aqueles que se destacaram no enfrentamento ao racismo, na promoção da igualdade racial e na preservação e disseminação da cultura Afro-brasileira.

A curadoria dos indicados para o prêmio foi realizada por meio do Compir e da comissão organizadora da Festa Afro Ubuntu. São ao todo oito categorias.

Conheça os premiados:

Enfrentamento ao Racismo
- Silvana Silva, procuradora do Ministério Público do Trabalho

Educadores e professores
- Marcelo Ferreira, professor de geografia da rede municipal de ensino

Gastronomia
- Flávio Silva, chef de cozinha

Protagonismo Preto
- Pamela Mércia, ativista social

Performance Artística
- Vinicius Francisco (Tropei), dançarino, ator, poeta e raper

Profissional
- Paulo Afonso, maestro

Comunicadora e influenciadora digital
- Priscila Torquato

- Categoria Especial Homenagem Ubuntu
- Deoclécio Damasceno de Freitas (in memorian), maestro, multi-instrumentista e educador
o prêmio foi recebido pela neta Lilian Regina Marcilio Nogueira.

Festa Afro Ubuntu vai até domingo

A programação da 10ª Festa Afro Ubuntu, promovida pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal de Proteção à Igualdade Racial (Compir), vai até domingo (20) – Dia da Consciência Negra, com atrações nas praças da Liberdade e Inconfidência; no Centro de Cultura Raul de Leoni e no Clube Petropolitano.

“É uma honra e uma grande alegria realizar uma festa tão bonita de exaltação da colonização africana. Durante muitos anos brigamos para que esta festa tivesse a importância que merece, e somente com o prefeito Rubens Bomtempo conseguimos garantir que a Ubuntu tenha o tamanho que merece, valorizando nossos artistas e o povo preto da nossa cidade”, ressaltou a secretária de Cultura, Diana Iliescu.

O rapper MVBill, a sambista Leci Brandão e o Baile Charme de Madureira fazem parte da programação, que também conta oficinas; concursos; premiações; Marcha do Povo do Santo; revitalização e ampliação dos painéis de Zumbi, Dandara e Tereza de Benguela; exposição; teatro e mostra de cinema. A programação completa está disponível no site: https://web2.petropolis.rj.gov.br/festaubuntu/a-festa/.

Ações acontecem nos terminais do Centro e de Corrêas; estação de Itaipava também será contemplada

Os terminais rodoviários do Centro e Corrêas estão passando por intervenções da Prefeitura, por meio da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans). Reforma dos banheiros, instalação de calhas, pintura e restauro dos telhados são alguns dos serviços que estão sendo executados. As intervenções também vão acontecer no terminal de Itaipava.

Em Corrêas, a reforma do banheiro masculino já foi concluída. O trabalho segue agora para o banheiro feminino e na recuperação de outros pontos do terminal. No Centro, a Prefeitura fez a retirada do forro de gesso em algumas áreas (que devido as infiltrações colocava em risco os usuários) e na próxima semana inicia a instalação das calhas no telhado, a troca de telhas e a restauro de algumas salas, que apresentam mofo e infiltrações. Em Itaipava, os banheiros também serão reformados.

“Esses serviços são emergenciais, de prevenção e de manutenção dos terminais para garantir a segurança dos usuários do transporte público. Milhares de passageiros passam diariamente pelos três terminais e o nosso compromisso é deixá-los em melhores condições para a população”, ressaltou o diretor-presidente da CPTrans, Fernando Badia.

Exibições, gratuitas, começam sábado, dia 19

Começa sábado (19), a exibição de curtas metragens que fazem parte da mostra de cinema da 10º edição da Festa Afro Ubuntu, promovida pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal de Proteção à Igualdade Racial (Compir). A programação tem o apoio do Sesc RJ com o Cine Sesc. As exibições, gratuitas, acontecem no Sala de Cinema Humberto Mauro, no Centro de Cultura Raul de Leoni.

Sessão de Curtas:
19 de novembro, sábado, 19h

Pattaki de Everlane Moraes. SE / Brasil. 2018. 21 min. Documentário. 12 anos.
Os peixes agonizam à beira-mar à medida que a água invade a cidade e forma espelhos que distorcem sua imagem. Na noite densa, quando a Lua sobe a maré, esses seres, que vivem uma vida diária monótona sem água, são hipnotizados pelos poderes de Iemanjá, a deusa do mar.

Meus santos saúdam teus santos de Rodrigo Antonio. PA / Brasil. 2021. 14 min. Documentário. Livre.
Em uma viagem de regresso à ilha do Marajó, terra de seus avós, Rodrigo conhece a pajé Roxita e recebe a notícia de que têm guias espirituais de herança. Rodrigo vive sua iniciação na pajelança marajoara e registra sua relação com Roxita, que será sua guia num encontro com seus ancestrais.

Ser feliz no vão de Lucas H. Rossi dos Santos. RJ / Brasil. 2020. 13 min. Documentário. 14 anos. Um ensaio preto sobre trens, praias e ocupação de espaço.

24 de novembro, quinta-feira, 19h
Orin - Música para os Orixás de Henrique Duarte. BA / Brasil. 2018. 74 min. Documentário. Livre.
A música popular brasileira foi muito influenciada, ao longo do tempo, por terreiros de Candomblé, que foram precursores de gêneros que deram origem ao samba, ao baião, e até mesmo ao funk carioca. Para entender melhor como funciona a resistência musical e espiritualista dos Orixás, diversos sociólogos, artistas e etnomusicólogos analisam as cantigas sagradas chamadas de Orin na linguagem iorubá.

26 de novembro, sábado, 19h
A tradicional família brasileira Katu de Rodrigo Sena. RN / Brasil. 2020. 25 min. Documentário. Livre.
Em 2007, é produzido um ensaio fotográfico em reconhecimento aos povos originários Potiguaras, em que são retratados doze adolescentes pertencentes ao Eleutério do Katu, Rio Grande do Norte. Doze anos depois, o fotógrafo volta ao Katu em busca desses protagonistas, hoje já adultos, para saber sobre suas trajetórias pessoais e suas visões de mundo.

Curica! de Thiago José de Carvalho Furtado. PI / Brasil. 2021. 20 min. Documentário. 12 anos.
Uma leitura audiovisual das memórias de cinco mulheres, de várias gerações, vítimas de trabalho doméstico infantil/trabalho análogo à escravidão.

Maikan: a terra da raposa, de Éder Rodrigues dos Santos / Enoque Raposo. RR / Brasil. 2019. 13 min. Documentário. Livre.
Maikan, na língua indígena Macuxi, significa raposa. No documentário, são tratadas a memória e a cultura do povo Macuxi da comunidade Raposa, na Terra Indígena Raposa Serra do Sol, estado de Roraima, com seu modo de vida e processo milenar de ocupação nômade das serras e campos do entorno do Monte Roraima, berço de Makunaima. A comunidade da Raposa está situada atualmente nos campos, fundada a partir da narrativa mítica da fuga da Raposa nas serras, que foi perseguida pelos seus donos Anikê e Insikiran, filhos de Makunaima, o que define a morfologia e as narrativas dos lugares de afeto. Uma cultura forte, que resiste e dialoga com a sociedade do entorno.

Medida, adotada tradicionalmente por conta da grande mobilização popular, segue parâmetro já adotado pelo Estado e outros municípios

A Prefeitura de Petrópolis publicou decreto, no Diário Oficial, estabelecendo horário especial de funcionamento das repartições públicas nos dias de jogos da Seleção Brasileira na fase de grupos da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. A medida segue tradição de décadas, em função da grande mobilização popular que as partidas geram.

O decreto segue diretriz já publicada pelo Governo do Estado e por outras prefeituras. É importante lembrar que estão excluídos do documento órgãos cujos serviços não admitam paralisação. A Secretaria de Saúde, por sua vez, fará resolução própria para o expediente nas unidades.

Saiba como será o funcionamento nos dias de jogos na primeira fase:

24 de novembro – Brasil x Sérvia (jogo às 16h): 8h às 12h;
28 de novembro – Brasil x Suíça (jogo às 13h): 8h às 11h;
2 de dezembro – Brasil x Camarões (jogo às 16h): 8h às 12h.