As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na quarta-feira  (08/09) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 3.903 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 837 receberam a primeira dose, 3.050 receberam a segunda dose e 16 idosos receberam a dose de reforço do imunizante. Até o momento 211.971 pessoas receberam a primeira dose, 103.320 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 189 idosos institucionalizados maiores de 70 anos receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização 111 idosos foram vacinados, sendo um com a primeira dose e 110 com a segunda dose. Outros 16 idosos com mais de 70 anos que vivem em ILPIs receberam a dose de reforço do imunizante. 

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em 795 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 827 pessoas também receberam a segunda dose.  

Também receberam a vacina seis deficientes e 1.385 pessoas com comorbidades. Destas, 16 receberam a primeira dose e 1.369 receberam a segunda dose. Foram vacinados também 18 adolescentes  com idade entre 12 e 17 anos com comorbidades.

Equipes vacinaram ainda seis gestantes e três puérperas com a segunda dose. 

Também foram vacinados com a segunda dose 176 profissionais de Saúde, 536 profissionais de Educação cinco integrantes de Forças de Segurança e 18 trabalhadores do setor de transportes.

A vacinação contra a covid-19 segue nesta quinta-feira (09.09) em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Estão sendo vacinadas atualmente pessoas acima de 18 anos sem comorbidades, adolescentes com comorbidades na faixa etária entre 12 e 17 anos e todos os demais grupos que fazem parte do Plano Nacional de Imunização. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). 

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta quarta (08/09), em 47,92% em leitos clínicos e 58,82% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 137 pacientes internados, sendo 74 em UTIs e 63 em leitos clínicos. Dois óbitos foram confirmados e inseridos na base estatística.

Até agora foram realizados no município 191.778 testes para Covid-19, com 46.807 resultados positivos e 144.086 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.464 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Homem, 82 anos, morador em Nogueira. Internado em 22.12.2020 no SMH. Óbito registrado em 26.12.2020 no SMH. Paciente com hipertensão arterial, diabetes e tumor pulmonar.

Homem, 85 anos, morador em Nogueira. Internado em 02.08.2021 no Hospital Unimed. Óbito registrado em 08.09.2021 no Hospital Unimed. Paciente com doença neurológica crônica e hipertensão arterial.

Mais de 170 pontos do parque de iluminação foram recuperados no último fim de semana, a maior parte deles em Araras.

O governo municipal confirmou nesta quarta-feira (8) o início da operação integral da empresa Vasconcelos e Santos LTDA, vencedora da licitação feita pela Prefeitura para o serviço de iluminação pública. O novo contrato garantiu economia de 30% aos cofres públicos, em relação ao contrato anterior, além de ampliação dos serviço. Neste primeiro momento, o atendimento está sendo organizado por bairros, em um cronograma que será cumprido pela empresa. Desde a última quinta-feira, quando as primeiras equipes da empresa fora às ruas, 175 pontos de iluminação foram recuperados, a maior parte (112) em Araras. Também houve atendimento Corrêas, Alto da Serra, Bonsucesso, Carangola, Cascatinha, Floresta e Nogueira, além do Centro Histórico. A maior parte dos problemas identificados foi de lâmpadas queimadas (145). As ações de manutenção neste início de operação da nova empresa se darão em forma de mutirão nos bairros, começando por onde é maior a demanda de pedidos de manutenção.

"Teremos, agora, equipes trabalhando 24 horas. Neste momento as equipes atuarão para atender a demanda já verificada, em uma organização por bairros", detalhou o governo municipal. No levantamento feito pelo departamento de Iluminação Pública, durante o período de transição da nova empresa que assume o serviço, o bairro onde havia a maior demanda era Araras. Só na Estrada Bernardo Coutinho foram iluminados 47 pontos. Outros 30 foram recuperados na Estradas das Perobas e 25 na Estrada de Araras. Trabalho que aconteceu também na Mombaça e Manoel Marques. O serviço, para a Ana Cláudia Ferreira, já está mudando a cara do bairro. “Uma rua bem iluminada é muito importante. Traz segurança não só para o trânsito, mas também para quem caminha à noite”, avalia.

A empresa, agora, trabalha para zerar a demanda de pedidos de manutenção em diferentes locais da cidade, que conta com cerca de 40 mil pontos de iluminação. “Antecipamos o início da operação na última quinta-feira e começamos hoje (8) com todo o efetivo da empresa. Vamos trabalhar, neste momento, para zerar a demanda existente e, depois, organizar a manutenção periódica. Já vimos que as luminárias não estão sucateadas como encontramos em outras cidades, e verificamos que o município conta com um parque de iluminação bem eficiente”, avalia o coordenador de iluminação da da Vasconcelos e Santos LTDA.

Nova identificação nos postes e uso de aplicativo para pedidos

A próxima etapa da operação contará com o lançamento de um novo aplicativo e canais de atendimento da empresa, que atuará dia e noite. “Com o trabalho de georreferenciamento de todos os pontos conseguimos atuar tanto de dia, quanto à noite. Pelo código de identificação do poste, que pode ser lido por meio do QR Code, no nosso aplicativo, conseguimos saber: local onde se encontra, a estrutura, qual a potência da lâmpada, qual o tipo da luminária. Inclusive nosso sistema indica para o eletricista a melhor rota para o local, com menos tráfego”, informa o coordenador de iluminação.

Contrato novo gera economia para o município

“O novo contrato do serviço de iluminação pública traz benefícios para o município. Fizemos um novo processo licitatório e conseguimos fazer com que o valor pago caísse de 6,5 milhões por ano para R$ 4,6 milhões. Garantimos uma economia de 30%, além de incluir nesse novo contrato a expansão do trabalho de eficientização com luminárias de LED por toda a cidade”, ressalta o governo municipal.

No processo licitatório, que conseguiu a redução de cerca de 30% no valor pago pelo município, concorreram 16 empresas. A vencedora da disputa foi da Vasconcelos e Santos LTDA. “Essa mesma empresa tem contrato com a prefeitura de Maceió, Recife e outras cinco cidades, com valores muito próximos aos que foram apresentados à Petrópolis”, informou a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública - SSOP (pasta que faz a gestão do Departamento de Iluminação Pública).

Além de mais barato para os cofres públicos, o novo contrato prevê a melhoria na prestação do serviço. “Um dos fatores fundamentais desse novo contrato é o aumento do número de equipes em relação ao contrato anterior. Nós vamos ter mais equipes trabalhando, em três turnos ininterruptos. Ou seja, manutenção 24 horas por dia, equipes de plantão nos fins de semana, o que é novidade em relação ao contrato anterior. Nós vamos ter mais celeridade no atendimento à população, com redução do tempo de espera nas demandas de iluminação pública”, destaca o diretor do departamento de Iluminação Pública, que atuou como fiscal do contrato de manutenção de iluminação pública.

 

 


O coordenador do Procon Petrópolis precisou pedir o auxílio da Polícia Militar para conseguir entrar em uma agência do Banco Itaú, na tarde desta quarta-feira (08), no centro. Ele estava no local para verificar denúncias de clientes que estariam há mais de três horas aguardando atendimento na instituição financeira. Somente após a chegada dos policiais, o acesso foi permitido e a irregularidade confirmada. A agência foi multada em R$29 mil reais. Clientes que estavam nas filas confirmaram as queixas.

"O Itaú foi autuado por não disponibilizar senha aos consumidores no exterior da agência. Tinha clientes aguardando do lado de fora há mais de três horas. Embora seja um dia de grande movimento, a espera pelo atendimento superou em muito os 30 minutos previstos, tanto na legislação municipal, como na legislação estadual", explicou o coordenador do Procon Petrópolis.

O coordenador do Procon lembra que o cliente tem o direito de receber o comprovante de ingresso na fila, ainda que seja do lado de fora da agência. "Até porque, o atendimento é considerado iniciado no momento em que ele chega na porta da agência, ingressando no seu interior ou não", finalizou. O Itaú tem até 10 dias para apresentar sua defesa ao Procon.

O Procon Petrópolis funciona de segunda a sexta-feira, de 11h às 17h, na Rua Moreira da Fonseca, 33. Informações pelos telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477.

Cadastro para receber a vacina deve ser preenchido no site da prefeitura

Com 217.346 pessoas que já receberam ao menos uma dose do imunizante contra a Covid-19, a Secretaria de Saúde está convocando jovens com mais de 18 anos e responsáveis por adolescentes na faixa etária de 12 a 17 anos com comorbidades que ainda não tomaram a vacina a se cadastrarem para a vacinação. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). No site também é possível encontrar a relação de comorbidades que fazem parte do Plano Nacional de Operacionalização de Vacinação contra a Covid-19.

“Temos 90% da população com mais de 18 anos com pelo menos uma dose da vacina, mas é muito importante que quem ainda não se vacinou faça o cadastro e, principalmente, que compareça na data agendada para receber a vacina”, destaca o governo municipal. No município, 107.075 pessoas concluíram o esquema de vacinação, o que significa que 44,23%, receberam as duas doses ou a vacina em dose única. A vacinação está sendo feita em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

O reforço na chamada do público com mais de 18 anos e também de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades (além de gestantes, puérperas e lactantes) ocorre no momento em que o município percebe redução na procura pelo agendamento. “Observamos uma redução na demanda para o cadastro nos últimos dias, por isso estamos reforçando o chamado para este público” destaca o secretário de Saúde, lembrando que a vacinação – independente do tipo de imunizante – é fundamental para o controle da pandemia.

“A vacinação ainda é o melhor instrumento que temos hoje para controle da pandemia. É muito importante que os jovens se cadastrem e compareçam para se vacinar. A orientação é a mesma para os responsáveis por adolescentes com comorbidades. A vacina salva vidas. É fundamental que todos aqueles que por algum motivo ainda não se vacinaram, façam o cadastro e se vacinem”, orienta o secretário de Saúde.

Estão sendo vacinadas atualmente pessoas acima de 18 anos sem comorbidades, adolescentes com comorbidades na faixa etária entre 12 e 17 anos e todos os demais grupos que fazem parte do Plano Nacional de Imunização. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

Vacinados em mutirão realizado em junho devem retornar ao ponto de vacinação no Hipershopping até este sábado, dia 11, ou na próxima semana, de 13 a 18 de setembro

A Divisão de Imunização da Secretaria de Saúde iniciou nesta quarta-feira (08/09) a aplicação de segunda dose da vacina contra a covid-19 em profissionais da área de transportes que foram vacinados no mutirão de imunização realizado em junho - um total de 1.850 pessoas. A vacinação deste grupo está sendo realizada no mesmo local em que os profissionais receberam a primeira dose: o HiperShopping, no Alto da Serra. Para que a vacinação ocorra de forma organizada e sem tumultos, a aplicação da segunda dose deste grupo será realizada ao longo de 10 dias: de 8 a 11/9 e de 13 a 18/09.

“Conseguimos agilizar a vacinação deste grupo com o mutirão em junho e, agora, é fundamental que estes profissionais retornem para receber a segunda dose e concluam o esquema de vacinação. É importante lembrar que a vacina é o principal instrumento que temos para frear a covid-19”, destaca o governo municipal.

Serão quatro dias de vacinação para profissionais de transportes esta semana (de 8 a 11/09) e mais seis dias na semana que vem (de 13 a 18/09). A aplicação da vacina é feita diariamente das 9h às 16h.

“Distribuímos a aplicação das segundas doses para os rodoviários e demais profissionais da área de transportes ao longo de 10 dias para facilitar o acesso. Desta forma, todos podem se organizar e comparecer para receber a segunda dose. Reforçamos que é fundamental que as pessoas retornem, pois a imunização só está completa quando a pessoa conclui o esquema de vacinação. A vacina é o principal instrumento para evitarmos os casos graves de covid-19 e para o controle da pandemia”, destaca o secretário de Saúde.

Para receber a segunda dose, não é preciso agendamento, basta apresentar o cartão de vacinação e o documento pessoal com foto.

Edital Maria Luisa terá um investimento total de R$ 270 mil através do Fundo Municipal de Cultura

Artistas petropolitanos já podem se inscrever no edital Maria Luisa, lançado pelo governo municipal através do Instituto Municipal Cultura (IMC), que vai contemplar até 77 projetos de apresentações culturais on-line no município. Os cadastros, que começaram na última sexta-feira (03), serão realizados até o dia 25 de outubro. Os interessados devem acessar a aba de licitações no site da prefeitura (https://www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sad/licitacoes_contratos/?modalidades_id=13&secretarias_id=&numero=&ano=2021&situacoes_id=). O investimento total será de R$ 270 mil, através do Fundo Municipal de Cultura (FMC).

“O edital é uma forma de valorizarmos o artista petropolitano. Abre espaço para que possam expor seus talentos. Além disso, terá o nome da Maria Luisa, que foi bibliotecária do município por mais de 25 anos e era uma pessoa muito querida, além de muito profissional" disse o governo interino.

Para concorrer, os interessados podem se inscrever nas seguintes categorias: 1 – Projetos para realização de atividade cultural individual, a ser remunerado no valor de R$1.500,00, com realização do mesmo por pessoa física, mediante CPF; 2 – Projetos para realização de atividade cultural com mínimo de dois, a ser remunerado no valor de R$5.000,00, com realização por MEI ou pessoa jurídica, ambas mediante CNPJ; 3 – Projetos para realização de atividade cultural com mínimo de cinco participantes, a ser remunerado no valor de R$10.000,00, com realização por MEI ou pessoa jurídica, ambas mediante CNPJ.

Os projetos deverão ser enquadrados em uma das seguintes áreas: Artesanato; Artes Plásticas/Visuais; Audiovisual; Bandas Marciais; Canto Coral; Cultura Germânica; Cultura Urbana; Culturas Afro-brasileiras, Quilombolas e de Matrizes Africanas; Culturas Populares e Indígenas; Dança; Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos; Literatura; Moda e Design; Museus e Patrimônio Histórico-Cultural; Música; Produção Cultural; Artes Cênicas/Teatro; Pontos de Cultura; Multissegmentos (projetos com dois ou mais segmentos onde não haja a predominância de um sobre o outro).

Cada proponente poderá inscrever somente um projeto no concurso. A medida visa envolver o máximo de artistas e agentes culturais e a promover a democratização, com maior descentralização das verbas do FMC. “Vamos aceitar projetos dos diversos segmentos culturais”, reforça o presidente do IMC.

O nome do edital é uma homenagem a bibliotecária Maria Luísa Rocha Melo, que morreu em maio deste ano vítima da Covid-19. Ela ficou à frente da Biblioteca Municipal Gabriela Mistral por mais de 25 anos. Nascida em Leopoldina-MG, a bibliotecária foi criada em Niterói-RJ, mas se considerava petropolitana de coração, pois morou e trabalhou na cidade por mais de 30 anos.


Parceria com Elos Clube Petrópolis

10 trabalhos serão premiados

Gonçalves Dias. Esse é o tema do projeto Literatura da Escola que teve início nesse mês na rede municipal de Educação, graças a uma parceria com o Elos Clube Petrópolis. As escolas interessadas em participar devem se inscrever no Departamento de Educação Infantil pelo email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. até o dia 30 de setembro.

Serão cinco categorias: A - Educação Infantil; B - 1º ao 5º ano; C - 6º ano ao 9º ano; D - Ensino Médio e E - Educação de Jovens e Adultos e a proposta é que sejam feitas releituras de poemas de Gonçalves Dias. Na Educação Infantil o professor pode ser o escriva na medida em que os alunos vão ditando. Os trabalhos podem ser ilustrados.

As instituições de ensino da rede municipal devem, até o dia 10 de outubro, entregar os trabalhos na Secretaria de Educação, aos cuidados do Departamento de Educação Infantil. A premiação ocorrerá no dia 29 de outubro, na Casa da Portugal durante a 1ª Feira de Literatura de Língua Portuguesa do Elos Clube de Petrópolis. Serão selecionados dois de cada categoria, num total de dez trabalhos que serão premiados. A comissão julgadora será formada por integrantes do Elos Clube e da Secretaria de Educação.

“O objetivo é o de promover a literatura na escola e a escrita redacional, ampliando os horizontes e fortalecendo a geração de alunos-leitores. Agradecemos ao Elos Clube pela parceria”, disse a secretária de Educação.


O "IMC nas Redes – Conversas Culturais" da próxima quarta-feira (08/09) terá como tema Cultura de Montanhas. O encontro virtual será transmitido nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Anderson Campos, Márcia Garcia, Letícia Fliess e Luiz Henrique Almeida. A mediadora da roda de conversa on-line será Ana Castro, produtora cultural e funcionária do Instituto Municipal de Cultura (IMC).

Anderson Campos é historiador, guia nacional e regional de turismo, além de educador ambiental. Atualmente trabalha na Secretaria de Meio Ambiente como assessor do Parque Natural. Já Letícia Fliess é advogada de profissão e montanhista de coração, como ela descreve. Praticante de trekking há mais de 10 anos e escaladora formada em 2018 pelo Centro Excursionista Petropolitano, do qual é a atual presidente.

Márcia Garcia é guia de atrativos naturais credenciada pelo Ministério do Turismo, além de ser formada em turismo e hotelaria. Luiz Henrique Almeida, professor de educação física, é treinador de corridas de rua/trail, trilhas e montanhas. Atleta federado pela CBAT (Confederação Brasileira de Atletismo) e ultramaratonista.