Quarta, 22 Setembro 2021 10:51

Boletim vacinação – 21/09/2021 (terça)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na terça (21/09) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 3.603 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 837 receberam a primeira dose, 2.669 receberam a segunda dose e 97 receberam a dose de reforço. Até o momento 219.396 pessoas receberam a primeira dose, 118.397 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 1.204 idosos institucionalizados maiores de 70 anos, idosos com mais de 90 anos, e pacientes imunossuprimidos receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização 29 idosos foram vacinados, sendo um com a primeira dose e 28 com a segunda dose. Receberam a dose de reforço também 91 idosos institucionalizados e seis pacientes imunossuprimidos.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em 286 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 2.191 pessoas também receberam a segunda dose.
Foram vacinadas ainda com a segunda dose, 158 pessoas com comorbidades. Além destes, um deficiente também recebeu a segunda dose.
Equipes vacinaram ainda 18 gestantes e 101 puérperas com a segunda dose.

Também foram vacinados com a segunda dose 74 profissionais de Saúde, 48 profissionais de Educação, 46 trabalhadores do setor se transportes e um profissional de limpeza.

Equipes aplicaram ainda a segunda dose em três pessoas em situação de rua.

A vacinação contra a covid-19 segue nesta quarta-feira em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta terça (21/09), em 30% em leitos clínicos e 33,33% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 96 pacientes internados, sendo 51 em UTIs e 45 em leitos clínicos. Um óbito foi confirmado e incluído na base de dados da Secretaria de Saúde nesta terça.

Até agora foram realizados no município 194.988 testes para Covid-19, com 47.748 resultados positivos e 146.654 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.503 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Óbito:

1 – Mulher, 58 anos, moradora de Itaipava. Internada em 08.09.21 na UPA Itaipava. Óbito registrado em 11.09.21. Paciente imunossuprimido e com hipertensão arterial.

O encontro contou com visita ao canil da Guarda, ao CIMOP e ao Pátio do Morin.

Nesta terça-feira (21), a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública - SSOP recebeu o secretário de Trânsito do município de Nilópolis, Ricardo Galego, e o vereador da cidade da região metropolitana, Leandro Hungria, para apresentar a experiência de serviços públicos como o Grupamento de Operações com Cães da Guarda Civil Municipal, o Centro Integrado de Monitoramento e Operações de Petrópolis - CIMOP e o pátio de remoções de veículos do Morin.

O tour começou no canil Rufus Von Kru Gdorf da Guarda, onde os visitantes de Nilópolis foram recebidos pelo cinotécnico Leandro Lopes e pelo superintendente geral da Guarda Civil. A eles foi apresentado o Chico, a Jujuba e a Bia que, junto com os demais cães da Guarda vem atuando em trabalhos como a cinoterapia no Centro de Tratamento Oncológico - CTO e nas ações de combate ao tráfico de drogas que ocorrem em apoio ao trabalho das polícias civil, militar e rodoviária federal. “O mais importante desse trabalho é que ele ocorre com total respeito aos nossos cães, que recebem tratamento veterinário regular e passam constantemente por uma bateria de exames. Um custo operacional relativamente baixo diante do benefício que eles trazem para a sociedade”, destacou o cinotécnico do canil da guarda.

Militante da causa animal, o vereador Leandro Hungria ficou animado com o trabalho e acredita que a experiência pode ser replicada também em Nilópolis. “É importante essa troca de experiência e Petrópolis tem um trabalho modelo com a Guarda e o uso dos cães, que prestam um papel social importante. Esse trabalho tem grande impacto, reduzindo a circulação de drogas não só em Petrópolis, porque a BR-040 é uma rota importante para várias cidades do Estado, nas ações conjuntas com a PRF. A gente precisa implementar políticas públicas que permitam integrar os animais e esse é um bom exemplo”, destaca o parlamentar.

A visita seguiu para o CIMOP, onde o trabalho integrado entre forças de segurança pública como a Defesa Civil, Samu, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, CPTrans (Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes) e Guarda foi apresentado pelo secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, que destacou que o trabalho, que conta com 56 câmeras atualmente - e previsão de novas 20 câmeras em breve - permite que Petrópolis opere como uma smart city. “A gente monitora todos os ônibus por GPS. Assim, se chove e o agente da Defesa Civil identifica o alagamento da Rua Coronel Veiga, o agente da CPTrans consegue organizar o desvio das linhas de ônibus pelo trecho, o que tem impacto direto na mobilidade urbana. O serviço também ajudou recentemente à polícia a identificar e prender um suspeito que entrava em Araras com um carro roubado”, afirmou secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias.

O ponto final da visita foi o pátio de remoção de veículos da CPTrans, no Morin. No espaço, além dos carros abandonados recolhidos das ruas, funciona ainda o armazenamento das placas de sinalização viária, do material para sinalização horizontal e do material para manutenção dos pontos de ônibus.

“Nilópolis tem um centro de monitoramento que está desativado. E quando ele for ativado ele pode ajudar a melhorar o funcionamento dos serviços públicos, como o transporte e a coleta de lixo. Ter um pátio para apreensão de veículos irregular é fundamental para ter uma mobilidade urbana mais eficiente. São pontos que pretendo levar para Nilópolis e discutir com legislativo e executivo a possibilidade de implementação dessas ideias excelentes que foram aplicadas em Petrópolis”, ressaltou o secretário de trânsito do município da região metropolitana.

“Como natural de Nilópolis e, já há alguns anos, petropolitana, coordenando esses serviços públicos que hoje são referências para outros municípios, inclusive Nilópolis, fico orgulhosa do trabalho que estamos desenvolvendo aqui e ansiosa para que essas experiências possam alcançar mais cidades. Esse encontro serve para trocar experiências e contatos”, destaca a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública - SSOP.


Doações serão distribuídas entre as comunidades por meio do NUDEC

Um brinquedo por um sorriso! Essa é a campanha da Prefeitura, por meio da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, para a arrecadação de brinquedos para o Dia das Crianças. Foram instalados pontos de arrecadação de doações que poderão ser feitas até o dia 7 de outubro na sede da Defesa Civil, no 15° Grupamento do Corpo de Bombeiros, na Barão do Rio Branco e no destacamento de Itaipava, no 26° Batalhão da Polícia Militar. A ação conta ainda com o apoio da Legião da Boa Vontade (LBV) e a entrega dos brinquedos será feita aos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDEC).

Os brinquedos, que podem ser novos e usados, vão atender as crianças das comunidades onde há o funcionamento dos NUDEC. "Iniciativas como esta reforçam a importância da união de forças em prol de um objetivo comum, de fazer o bem ao próximo", lembrou o governo interino.

“Depois do sucesso que foi a campanha de arrecadação de agasalhos, estamos com ótima expectativa de conseguir um grande número de parceiros para esse ato humanitário de grande importância”, destacou o secretário de Defesa Civil. As doações serão entregues nos NUDEC, até o dia 8 de outubro.

Essa será mais uma campanha que visa beneficiar a população em maior vulnerabilidade. Durante o inverno, a Defesa Civil montou a Parede Solidária, que gerou grande mobilização. “Percebemos o engajamento da população na campanha anterior e esperamos que as pessoas tenham a mesma motivação em nos ajudar a tornar esse dia mais feliz”, explicou a diretora de projetos da Defesa Civil.

As doações podem ser entregues nos pontos de arrecadação instalados nos endereços abaixo:

Sede da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias
- Rua Buarque de Macedo, 128 – Centro

15° Grupamento do Corpo de Bombeiros
- Avenida Barão do Rio Branco, 1957 – Centro
- Estr. União e Indústria, 9998 – Itaipava

26° Batalhão de Polícia Militar
- R. Domingos Silvério – Quitandinha


A prefeitura de Petrópolis, através da secretaria de Meio Ambiente, promoveu hoje (21/9) o plantio de araucárias no Parque Natural, na Avenida Ipiranga, em homenagem ao Dia da Árvore – comemorado nesta terça-feira. Além disso, a pasta fez a doação de mudas para o Centro Educacional Terra Santa, no Centro, e para a Escola Criativa Idade, no Bingen, que farão atividades educacionais com seus alunos. O objetivo do governo municipal é contribuir no desenvolvimento continuado do assunto nas escolas promovendo hábitos de produção e de consumo em sintonia com o ecossistema de Petrópolis.

"São ações simples, mas que contribuem bastante com a educação ambiental do nosso município. Realizar o plantio com as crianças é um marco na vida delas, que passam a cuidar mais daquela árvore e do meio ambiente como um todo. Ainda temos um cronograma dentro do ProMEA com as escolas da rede", destacou o secretário de Meio Ambiente, que participou das atividades em homenagem ao Dia da Árvore.

Levantamento aponta que a saúde mental dos jovens brasileiros entre 18 e 24 anos foi a mais afetada durante a pandemia

Com o objetivo de abordar a saúde mental do jovem durante a pandemia, a Prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria de Juventude, irá promover uma live nesta quarta-feira (22), às 10 horas. A transmissão acontecerá nas redes sociais oficiais da Prefeitura no Facebook e no YouTube, e é aberta ao público. A conversa faz parte da campanha do “Setembro Amarelo” do município, que busca a conscientização para a valorização da vida.

“A pandemia afetou a vida de cada pessoa de maneira diferente. Vemos que, entre os jovens, este impacto foi enorme. Buscamos levar a informação para eles e mostrar que não estão sozinhos”, disse o governo interino.

A live contará com a participação da Coordenadora de Políticas Públicas para Juventude de Petrópolis, o diretor do Departamento de Saúde Mental da Secretaria de Saúde, a Coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) AD Fênix e da psicóloga Lívia Maciel.

A Coordenadora de Políticas Públicas para Juventude de Petrópolis aponta que um levantamento inédito feito pelo Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria), constatou que entre os brasileiros, a saúde mental dos jovens entre 18 e 24 anos foi a mais afetada durante a pandemia da Covid-19. “Com a chegada da pandemia, sintomas de ansiedade, tristeza e quadros relacionados à saúde mental foram intensificados. Nosso objetivo com essa live é chamar a atenção para esse tema e assim esclarecer algumas dúvidas sobre como lidar com os efeitos desse isolamento social e como o jovem pode se prevenir das consequências negativas da pandemia, em sua saúde mental”.

O diretor do Departamento de Saúde Mental da Secretaria de Saúde atua há 33 anos na rede pública. Ele destaca a forma de atendimento para as pessoas nos equipamentos do município: “Disponibilizamos todo o acompanhamento e atendimento para pessoas que precisam de suporte psicológico em nossa rede de saúde. Para ser atendido por um psicólogo, basta ir até a unidade de saúde mais próxima, que os médicos irão fazer o encaminhamento para os Ambulatórios de Saúde Mental. Em casos mais graves, as pessoas podem se encaminhar diretamente para os Centro de Atenção Psicossocial (Caps)”.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) “a saúde mental é caracterizada por um estado de bem-estar no qual uma pessoa é capaz de apreciar a vida, trabalhar e contribuir para o meio em que vive, ao mesmo tempo em que administra suas próprias emoções”. A saúde mental e todos os sentimentos merecem carinho e cuidado.

Se algo acontecer e modificar a dinâmica deste conceito, o Centro de Valorização da Vida (CVV), uma ONG filantrópica de utilidade pública, oferece serviço gratuito, 24 horas por dia, para quem desejar falar sobre o que está acontecendo. Fazendo o contato pelo número 188, as pessoas são acolhidas e são ouvidas de forma humanizada e sigilosa.


A chegada da primavera é marcada com mudança de tempo e passagem de frente fria que vai deixar o primeiro dia da estação das flores um pouco mais frio. Essa é a previsão do tempo divulgada pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias nesta terça-feira (21).

A chegada de uma massa de ar frio afetará o município de Petrópolis, provocando o declínio das temperaturas para esta quarta-feira (22), que pode ter a máxima de 18°C, e chuva fraca a moderada ao longo do dia.

Hoje, último dia do inverno, há previsão de chuva moderada no período da tarde e noite, e, além disso, em aviso meteorológico divulgado hoje, há previsão de ventos moderados a fortes, que podem provocar ocorrências, como queda de árvores e destelhamento de edificações.

A Defesa Civil orienta a população que fique atenta aos avisos e alertas emitidos e em caso de qualquer emergência ligue 199. As atualizações sobre a previsão meteorológica podem ser acompanhadas pelo site da Defesa Civil e pelos canais oficiais nas redes oficiais.

Cadastro para agendamento deve ser preenchido no site da prefeitura

Com 2.055 adolescentes que já receberam a vacina contra a covid-19, entre jovens com e sem comorbidades, e 92% da população adulta já vacinada com pelo menos uma dose, o governo interino e o secretário de Saúde anunciaram mais uma ampliação da campanha: adolescentes com 15 anos já podem se cadastrar a partir desta terça-feira (21/9), para vacinação nesta quarta-feira (22/9). O cadastro está aberto no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

“Tínhamos até ontem, 92,25% da população adulta vacinada e 50,62% com o esquema de vacinação completo. Com o início da vacinação de adolescentes com 15 anos, seguimos avançando em direção à meta de o quanto antes, termos a vacina no braço de todas as pessoas aptas a receberem o imunizante. A Secretaria de Saúde está organizada para que a vacinação seja realizada de forma simultânea para diferentes públicos neste momento”, destaca o governo interino.

Até segunda-feira, 225.559 pessoas tinham recebido a primeira dose da vacina e 122.533 destes concluíram o esquema de vacinação recebendo a segunda dose ou a dose de reforço da vacina.

“Estamos avançando com a vacinação dos adolescentes, da mesma forma adotada nas demais faixas etárias, com planejamento e disponibilização de vagas a partir do estoque de vacinas que temos hoje. Seguiremos ampliando a vacinação, sempre conforme a chegada de novos lotes de vacinas”, explica o secretário de Saúde, lembrando que todos os demais grupos aptos a receber a vacina continuam sendo vacinados.

“Seguimos vacinando pessoas com mais de 18 anos com ou sem comorbidades, aplicando a segunda dose nos grupos já vacinados e também a dose de reforço em idosos com mais de 80 anos, idosos que vivem em ILPIs, e em pacientes imunossuprimidos. É muito importante que todos que ainda não se vacinaram e estão dentro dos grupos aptos a receberem a vacina não deixem de se vacinar”, pontua o secretário de Saúde, lembrando que idosos aptos a receberem a dose de reforço não precisam de cadastro para serem vacinados.

A aplicação da dose de reforço em idosos com mais de 80 anos está sendo feita no ponto de vacinação da UCP na Rua Benjamin Constant, no Centro ou no Parque municipal em Itaipava. Lembrando que nestes casos o reforço deve ser aplicado a partir de seis meses após a segunda dose do imunizante.
Número do CPF

Pais e responsáveis por crianças e adolescentes devem ficar atentos: no ato do cadastramento é preciso informar o número do CPF da pessoa a ser vacinada. O dado é exigido pelo Ministério da Saúde para inclusão da informação sobre todos os vacinados, de todas as idades, no sistema nacional, evitando fraudes ou erros que possam prejudicar a identificação dos vacinados posteriormente.

Quem não tem o CPF pode emitir o documento gratuitamente pela internet, no site da Receita Federal, no link https://www.gov.br/pt-br/servicos/inscrever-no-cpf. Basta clicar no tópico “Etapas para a realização deste serviço” e seguir o passo a passo. O link seguinte é o “inscrição de cidadão brasileiro residente no país”. O link para acesso direto ao formulário da Receita Federal é o https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/InscricaoPublica/inscricao.asp. O número do novo CPF sai na hora.


Um convênio firmado entre a prefeitura de Petrópolis e o Instituto Rio Metrópole pode render avanços na infraestrutura do município. Nesta terça-feira (21/9), o governo municipal esteve com o presidente do IRM, Bernardo Santoro, estudando algumas possibilidades de investimentos que possam contribuir para o progresso e evolução da cidade. 

"Petrópolis ganha com mais essa parceria. É importante que a gente tenha como objetivo trabalhar em conjunto pelo bem do nosso município. Agradeço a presença do presidente do IRM, Bernardo Santoro, que trouxe algumas propostas que serão debatidas", disse o governo interino.

Bernardo Santoro disse que a ideia é trabalhar em conjunto com a Cidade Imperial em projetos na área de impacto metropolitano. "Nosso objetivo é promover a interlocução e articulação com os municípios e sempre fortalecer essa importante cidade que é, ao mesmo tempo, serrana e metropolitana", explica.