O "IMC nas Redes – Conversas Culturais" terá como tema o edital Maria Luisa, que vai contemplar até 77 projetos de apresentações culturais no município. O objetivo é usar a live para esclarecer as dúvidas dos interessados em participar através do bate-papo das plataformas. O encontro virtual será transmitido nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), na próxima quarta-feira (15/09), às 19h, com a participação de Sandro Gomes, Isis Jader e de Diana Iliescu. O mediador será roda de conversa on-line será Leonardo Cerqueira, servidor público do município formado em Direito e pós graduado em Gestão Pública Municipal pela Escola de Contas e Gestão do TCE-RJ. Atualmente responde pelo Departamento Orçamentário do Instituto Municipal de Cultura (IMC).

“A live será uma oportunidade do artista petropolitano esclarecer suas dúvidas sobre o edital. Será um investimento de R$ 270 mil feito através do Fundo Municipal de Cultura. Realizando o edital, abrimos espaço para que os artistas da cidade possam expor seus talentos. Além disso, terá o nome da Maria Luisa, que foi bibliotecária do município por mais de 25 anos e era uma pessoa muito querida, além de muito profissional" disse o governo interino.

Sandro Gomes é artista petropolitano e Bacharel em Direito - especialista em Direito Autoral, Direito da Propriedade Industrial e Marcas, Direito Empresarial e Direito Público Administrativo. Atualmente ocupa o cargo de Diretor Administrativo e Financeiro do IMC, além de ser vocalista da banda Concreto Humano, compositor, orquestrador, produtor fonográfico, produtor musical e cultural.

Isis Jader é advogada e assessora jurídica do IMC. Já Diana Iliescu é formada em Cinema pela UFF e mestranda em Memória Social na UNIRIO. Diretora de filmes e performances, curadora, produtora e professora. Conselheira representante da Região Serrana no Conselho Estadual de Políticas Culturais RJ e presidenta do Conselho Municipal de Cultura de Petrópolis.

Sobre o edital Maria Luisa

Para concorrer, os interessados podem se inscrever nas seguintes categorias: 1 – Projetos para realização de atividade cultural individual, a ser remunerado no valor de R$1.500,00, com realização do mesmo por pessoa física, mediante CPF; 2 – Projetos para realização de atividade cultural com mínimo de dois representantes, a ser remunerado no valor de R$5.000,00, com realização por MEI ou pessoa jurídica, mediante CNPJ; 3 – Projetos para realização de atividade cultural com mínimo de cinco participantes, a ser remunerado no valor de R$10.000,00, com realização por MEI ou pessoa jurídica, mediante CNPJ.

Os projetos deverão ser enquadrados em uma das seguintes áreas: Artesanato; Artes Plásticas/Visuais; Audiovisual; Bandas Marciais; Canto Coral; Cultura Germânica; Cultura Urbana; Culturas Afro-brasileiras, Quilombolas e de Matrizes Africanas; Culturas Populares e Indígenas; Dança; Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos; Literatura; Moda e Design; Museus e Patrimônio Histórico-Cultural; Música; Produção Cultural; Artes Cênicas/Teatro; Pontos de Cultura; Multissegmentos (projetos com dois ou mais segmentos onde não haja a predominância de um sobre o outro).

O nome do edital é uma homenagem a bibliotecária Maria Luísa Rocha Melo, que faleceu em maio deste ano vítima da Covid-19. Ela ficou à frente da Biblioteca Municipal Gabriela Mistral por mais de 25 anos. Nascida em Leopoldina-MG, a bibliotecária foi criada em Niterói-RJ, mas se considerava petropolitana de coração, pois morou e trabalhou na cidade por mais de 30 anos.

"A Alfabetização no contexto do Programa Rio + Alfabetizado"

Petrópolis aderiu ao programa Rio + Alfabetizado, da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc-RJ) através da Secretaria de Educação. Com a ação, docentes alfabetizadores e coordenadores pedagógicos das turmas dos anos iniciais da rede municipal de Petrópolis podem se inscrever para o processo seletivo de participação no curso de extensão "A Alfabetização no contexto do Programa Rio + Alfabetizado". O prazo é até o dia 20 de setembro.

O objetivo do curso é o de promover a compreensão e a discussão acerca da alfabetização no Estado do Rio de Janeiro em diálogo com o Plano Nacional de Educação e com o programa "Rio + Alfabetizado" de modo a ampliar conhecimentos, habilidades e técnicas. O curso de extensão contempla um total de 180 horas, distribuídas em 8 módulos.

“Mais uma oportunidade de atualização para os docentes. Importantíssima a participação dos servidores municipais em uma parceria com o Estado que garantirá bons frutos para a nossa rede de educação”, garante o governo municipal.

As atividades do curso serão desenvolvidas no Ambiente virtual de Apoio Tecnológico da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura através da plataforma Moodle. O curso é desenvolvido por material didático (texto e videos), além de atividades interativas entre os participantes, com acompanhamento de equipe de apoio. Quanto ao critério de seleção, será realizada com reserva de vagas ao grupo prioritário por ordem de inscrição e dos professores regentes nas vagas restantes.

As inscrições devem ser feitas através do formulário:

https://www7.cepuerj.uerj.br/cepuerj.web2/login.do?method=login&projeto=E11000&ano=2021

O comprovante de inscrição deverá ser encaminhado para o Departamento de Ensino Fundamental para o email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Os participantes do curso receberão um certificado de conclusão desde que cumpram um percentual de tarefas solicitadas, bem como obtenham um grau mínimo a serem explicitados nas instruções fornecidas no início do curso e que constarão no Ambiente Virtual de Desenvolvimento.

“Os cursos de extensão visam a aquisição de habilidades e competências que desenvolvem habilidades e conhecimentos específicos que auxiliam muito na rotina pedagógica, por isso, é imperdível esse curso”, explicou a secretária de Educação.


Terça, 14 Setembro 2021 11:24

Boletim vacinação – 13/09/2021 (segunda)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na segunda (13/09) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 1.918 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 186 receberam a primeira dose, 1.563 receberam a segunda dose. Até o momento 214.304 pessoas receberam a primeira dose, 109.962 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 383 idosos institucionalizados maiores de 70 anos e idosos com mais de 90 anos receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização 45 idosos foram vacinados, sendo oito com a primeira dose e  37 com a segunda dose. Receberam a dose de reforço também 137 idosos, entre institucionalizados e pessoas com mais de 90 anos. Também receberam a dose de reforço 32 pessoas imunossuprimidas.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda  em  157 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 770 pessoas também receberam a segunda dose.  

Foram vacinadas com a segunda dose dois deficientes e 187 pessoas com comorbidades. Receberam a primeira dose ainda 16 adolescentes  com idade entre 12 e 17 anos com comorbidades. 

Equipes vacinaram ainda cinco gestantes. Destas, uma  recebeu a primeira dose e quatro receberam a segunda dose. Além destas, uma puérpera também recebeu  a segunda dose. 

Também foram vacinados com a segunda dose 77 profissionais de Saúde, 50 profissionais de Educação, 61 trabalhadores do setor se transportes e 359 profissionais de limpeza urbana.

Também foram vacinadas 19 pessoas em situação de rua, sendo três com a primeira dose e 16 com a segunda.

A vacinação contra a covid-19 segue na terça-feira (13.09) em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

A partir desta segunda, idosos com mais dr 90 anos que receberam a segunda dose da vacina há 6 meses podem receber a dose de reforço, que estará disponível nos pontos da UCP Benjamim Constant (Centro) e do Parque Municipal em Itaipava.

Estão sendo vacinadas atualmente pessoas acima de 18 anos sem comorbidades, adolescentes com comorbidades na faixa etária entre 12 e 17 anos e todos os demais grupos que fazem parte do Plano Nacional de Imunização.  O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). 

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta segunda-feira (13/09), em 44% em leitos clínicos e 48,53% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 117 pacientes internados, sendo 64 em UTIs e 53 em leitos clínicos. Seis óbitos foram confirmados em incluídos na base de dados da Secretaria de Saúde nesta segunda.

Até agora foram realizados no município 192.517 testes para Covid-19, com 47.048 resultados positivos e 144.679 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.474 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos:

1 - Mulher, 56 anos, moradora de Correas. Internada em 10.11.20 no SMH. Óbito registrado em 15.11.20 no SMH. Paciente com doença cardiovascular crônica e obesidade.

2 – Mulher, 85 anos, moradora do Estrada da Saudade. Internada em 04.08.21 no HCC. Óbito registrado dia 04.08.21 no HCC. Paciente com Doença Cardiovascular crônica.

3 – Homem, 66 anos, morador da Mosela. Internado em 15.08.21 na UPA Cascatinha e transferido para o SMH. Óbito registrado no dia 04.09.21 no SMH. Paciente com hipertensão e diabetes.

4- Homem, 51 anos, morador do Estrada da Saudade. Internado em 30.08.21 no HAC. Óbito registrado em 06.09.21 no HAC. Paciente com neoplasia metastática.

5 – Homem, 48 anos, morador de Itaipava. Internado em 23.08.21 no HST. Óbito em 08.09.21 no HST. Paciente com hipertensão, obesidade e diabetes

6 – Homem, 48 anos, morador do Moinho Preto. Internado em 07.09.21 no HAC. Óbito registrado em 08.09.21 no HAC. Paciente com Linfoma de Burkitt.

A Secretaria de Obras já retirou o muro que servirá para ampliar o trecho onde será construída a infraestrutura no acesso ao bairro, na Estrada União e Indústria.

A Prefeitura deu início nesta semana a mais uma etapa da construção da Rotatória do Carangola. Depois que a Companhia Petropolitana de Desenvolvimento - Comdep realizou a limpeza do terreno por onde será ampliada a Estrada União e Indústria no trecho, a secretaria de Obras faz agora a remoção do muro e nivelamento do piso para que, em breve, possa ser aplicada a nova camada de asfalto e a sinalização horizontal e vertical por parte da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans.

“As obras do DNIT na Estrada União e Indústria deveriam incluir a construção de rotatórias ao longo da via, de forma a melhor o fluxo de veículos no trecho, mas essas estruturas acabaram não entrando no projeto final. Estamos fazendo a rotatória do Carangola e cobrando que o DNIT faça as demais, utilizando recursos que a bancada de deputados do Rio já destinaram ao órgão, conforme já acordado. É um passo importante que estamos dando para melhorar a mobilidade urbana na cidade", disse o governo municipal. Com a rotatória, os motoristas conseguirão fazer a manobra de acesso e saída do bairro ou ainda de acesso à Estrada da Saudade, sem que a manobra cause retenção nos dois sentidos da via principal.

Entenda

Considerado um dos pontos mais críticos do trânsito na cidade, o acesso ao bairro Carangola, na Estrada União e Indústria, começou a passar pelas obras, que vão reduzir significativamente os congestionamentos no trecho, no início de agosto. O objetivo é garantir mais fluidez no trânsito. A intervenção na infraestrutura viária é um projeto da atual gestão da prefeitura de Petrópolis e está sendo executada com recursos próprios do município.

“É uma intervenção simples, mas com grande impacto na mobilidade urbana. A ampliação da pista sobre o terreno, que fica no acesso ao bairro, vai permitir a criação de novos recuos para ônibus, onde serão instalados três abrigos na área de parada para os coletivos. O avanço pelo terreno permitirá ainda a criação de um ponto de parada de coletivos também na pista sentido distritos, sem que cause a retenção da faixa de rolamento”, destacou o diretor-presidente da CPTrans, que pontua ainda que, além dos recuos para os ônibus, “a ampliação das pistas no trecho vai permitir que o posicionamento dos veículos para a espera pela conversão de pista não interrompa o tráfego. A rotatória vai minimizar o impacto do retorno ou acesso ao Carangola e Estrada da Saudade sobre a União e Indústria”, ressalta.


A via, que dá acesso à BR-040, é uma alternativa importante para os motoristas que trafegam pela estrada União e Indústria.

A Prefeitura concluiu nesta segunda-feira (13) mais uma etapa do programa Acelera Petrópolis, que levou o asfalto novo para a estrada do Catobira, que conecta a estrada União e Indústria, em Itaipava, à BR-040. O trabalho de recuperação viária, que conta verbas do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento - Finisa, da Caixa Econômica Federal - CEF, além de recursos próprios do município, faz parte de um trabalho de recuperação de mais de 60 vias públicas por toda a cidade, para melhorar a mobilidade urbana.

“Seguimos avançando com esse trabalho importante de recuperação viária. Começamos no Bingen, com mais de 5km de ruas recuperadas, como a João Xavier e a Dr. Paulo Hervê. Temos trabalhos em várias frentes neste momento. Serão outros 5km em Nogueira, em vias como a Estrada do Calembe, também na Rua Teresa, no Alto da Serra e na avenida Koeller no centro. Com o Acelera Petrópolis estamos levando melhorias para diferentes áreas da cidade. São intervenções que melhoram o dia a dia dos moradores. Também teremos asfalto novo no Morin, Siméria, Quitandinha, Itaipava, Nogueira, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Sargento Boening e Valparaíso”, destacou o governo municipal.

Desde o início de julho, o governo municipal tem atuado na recuperação viária de mais de 44km de vias públicas por toda a cidade. A Secretaria de Obras iniciou o trabalho no dia 13, no Bingen, e vem aplicando piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente) nas vias que estão sendo recuperadas. “É um calendário extenso de intervenções, que têm sido executado de forma bastante eficaz. No caso da avenida Koeller, por exemplo, concluímos o serviço em poucos dias. A próxima etapa nessas vias já recuperadas é o trabalho de sinalização”, pontuou o secretário de Obras.


Governo interino acompanhou as atividades no local e anunciou melhorias na quadra do bairro

O núcleo do Vila Rica do programa Agita Petrópolis está com vagas abertas para novos alunos. As aulas acontecem às segundas e quartas-feiras, de 8h às 9h, na quadra da Escola Municipalizada Santa Terezinha. Os interessados em participar podem entrar em contato com a secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) pelo telefone (24) 2233-1218. Hoje (13/09), o governo municipal esteve no local e anunciou que a prefeitura vai promover melhorias na quadra comunitária do bairro.

"O Vila Rica foi um dos primeiros bairros a receber o Agita Petrópolis em 2017, quando eu era secretário de Esportes. É com muito carinho e alegria que visito esse núcleo. Aproveito ainda para trazer uma boa notícia, que serão as melhorias estruturais na quadra comunitária do bairro", disse o governo interino, que esteve acompanhado do secretário da SEPJIL e do presidente do Instituto Municipal de Cultura (IMC).

O Agita Petrópolis busca combater o sedentarismo com atividades gratuitas nos bairros do município. Em uma hora de aula, são promovidas atividades que desenvolvem a elasticidade e melhoram a habilidade articular, além de retirar as tensões dos músculos e a sobrecarga nas articulações. Além do Vila Rica, o programa atende outros 19 locais - seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19,

"São mais de 600 pessoas atendidas com atividades físicas regulares. Esporte é promoção da saúde, sinônimo de bem-estar e a certeza de uma vida mais saudável e deve estar presente em todo o município com acesso para toda a população", ressaltou o governo municipal.

O Agita Petrópolis também acontece no Alto da Serra, Bataillard, Benfica (dois núcleos), Cascatinha, Caxambu, Centro, Contorno, Madame Machado, Oswaldo Cruz, Pedro do Rio, Posse, Quitandinha, São Sebastião, Vale do Cuiabá, Vicenzo Rivetti, Vila Rica. Os interessados em participar podem entrar em contato com a SEPJIL para se cadastrar.

Também como forma de prevenção ao coronavírus, são usados tapetes sanitizantes, termômetros e também é disponibilizado o álcool em gel para os alunos em cada núcleo. "Ainda é fundamental que a população mantenha os cuidados, respeitando as regras sanitárias e o uso de máscara, por exemplo. Precisamos praticar esporte, mas de forma segura, respeitando os protocolos determinados", completou o secretário da SEPJIL.


Serra Serata - Tutti a Tavola - será realizado em parceria com a Casa D´Itália entre os dias 24 de setembro e 3 de outubro

A Prefeitura de Petrópolis, através da Secretaria de Turismo, em parceria com a Casa D´Itália Anita Garibaldi, estará realizando entre os dias 24 de setembro e 03 de outubro o festival gastronômico Serra Serata - Tutti a Tavola, mais uma ação com o objetivo de manter viva a tradição da cultura italiana em Petrópolis e fomentar o segmento gastronômico local na retomada da economia e da atividade turística em Petrópolis. Para isso, até a próxima quarta-feira, dia 15/9, a Turispetro está aceitando inscrições por parte dos estabelecimentos interessados em participar do festival.

"Será mais um evento importante, tradicional no nosso calendário turístico, que visa, acima de tudo, homenagear as famílias de descendência italiana em Petrópolis. Este ano faremos isso através da gastronomia, que é uma das principais tradições e orgulho desta cultura", frisa o governo municipal. Para o secretário de Turismo, o Serra Serata - Tutti a Tavola vai mais uma vez fomentar a economia local, movimentando os restaurantes e estabelecimentos participantes nestes dez dias de evento. "É mais uma ação voltada não somente para os turistas, mas também para o próprio morador da cidade, que terá opções gastronômicas diversas a preços diferenciados durante este período", completa.

Para o diretor cultural da Casa D´Itália Anita Garibaldi, Marzio Fiorini, o festival terá como proposta aproximar a cidade da cultura italiana, através da gastronomia, e fomentar oportunidades para aqueles que trabalham com as nossas ricas e tradicionais receitas. "Temos muitos descendentes italianos no nosso município e o festival celebra também a presença dos imigrantes por aqui", frisa ele, que já formalizou o convite ao Cônsul-Geral da Itália no Rio de Janeiro, Paolo Miraglia Del Giudice, para estar presente na abertura do festival. A curadoria do evento será de Cristina Pelegrini e Walmir Ferreira, comerciantes diretamente ligados à gastronomia italiana em Petrópolis.

A participação no Serra Serata - Tutti a Tavola é totalmente gratuita. O festival terá cinco categorias específicas: restaurantes especializados (que servem apenas a culinária italiana), pizzarias (que tenham a pizza como carro-chefe em seus cardápios), outros restaurantes (casas que oferecem gastronomia diversificada e incluem também a italiana), só delivery (que servem os pratos da culinária italiana apenas nesse formato) e produtos gastronômicos (para a inclusão de produtores de caponatas, antepastos, pães, massas, biscoitos e doces italianos, entre outros).

Na adesão ao festival, o representante do estabelecimento se compromete a assinar um termo de responsabilidade garantindo que o atendimento presencial será realizado com a atenção devida a todos os protocolos sanitários recomendados pelas autoridades de saúde. assim como as medidas de segurança alimentar previstas nas normativas da vigilância sanitária. Para participar, o interessado pode mandar um e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou entrar em contato pelos telefones (24) 2246-9462 ou 2237-3321 (WhatsApp).


75 unidades receberam alunos nessa segunda-feira (13/08)

As aulas presenciais no modelo híbrido foram retomadas nesta segunda-feira (13/09) na rede municipal de Petrópolis, após 18 meses do início do atendimento exclusivamente remoto. Ao todo, 75 unidades escolares receberam alunos das turmas do 1°, 2° e 3° ano do Ensino Fundamental, conforme calendário de retorno estipulado pela Secretaria de Educação. As turmas do Ensino Médio do Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio também retornam o atendimento presencial.

“As escolas foram preparadas para esse retorno, com a estrutura necessária para garantir os dispositivos de segurança preconizados no plano de retorno”, afirmou o governo municipal que fez questão de visitar algumas escolas nesse primeiro dia de retorno presencial. Ele esteve na E. M. Santa Terezinha, no Vila Rica; E. M. Carlos Canedo, em Barra Mansa, e E. M. Monsenhor João de Deus Rodrigues, em Pedro do Rio.

As escolas foram abastecidas com merenda e EPIs. Segundo a secretária de Educação também receberam todo o suporte necessário para o retorno da melhor forma possível.

A E.M. Monsenhor João de Deus Rodrigues foi uma das unidades que recebeu os alunos do ciclo. “Fomos uma das primeiras escolas a receber o selo escola segura e estamos prontos para receber nossos alunos. É uma alegria saber que as crianças retornarão para esse espaço que foi preparado com tanto carinho. Os pais estão felizes. Professores e funcionários também”, contou o diretor da E. M. Monsenhor João de Deus Rodrigues, Ney Marcos de Paula Júnior.

A orientadora e professora Aline Reis falou sobre a adaptação das crianças no retorno presencial. “Precisávamos voltar. As crianças e adolescentes têm capacidade de se adaptar às condições diferentes com muito mais facilidade que os adultos. Até com relação ao distanciamento, uso de EPIs, quando conversamos com eles, eles entendem o que devem fazer e o porquê de todos os cuidados. Tenho certeza que avançaremos dia após dia, com segurança, carinho e paciência”, contou.

Vale destacar que o retorno presencial é opcional. As famílias que optarem continuar no atendimento remoto continuarão tendo o suporte através da plataforma Educa em Casa e interação com os professores conforme orientação da gestão escolar. O mesmo vale para os alunos que utilizam as atividades impressas.

Rafani Werneck, mãe do João Pedro, aluno da E. M. Monsenhor João de Deus Rodrigues, disse que o filho estava ansioso pelo retorno.“Todos nós estávamos. As crianças precisam da escola, do contato com os colegas, professores e amigos. Faz toda a diferença o ensino presencial. A alegria é enorme hoje”.

Calendário de retorno

O escalonamento de retorno das aulas na rede municipal continuará conforme o calendário:

Grupo 2: Retorno em 27 de setembro - Turmas do 4º / 5º e 9º anos do Ensino Fundamental + Turmas da EJA (Educação de Jovens e Adultos) Diurno e Noturno.

Grupo 3: Retorno em 4 de outubro - Turmas do 4º e 5º períodos da Educação Infantil + as turmas do 6º / 7º e 8º anos do Ensino Fundamental + classes especiais + salas de recursos multifuncionais.

Grupo 4: Retorno em 11 de outubro - Turmas de Centros de Educação Infantil – 0 a três anos + 3º período das Escolas de Educação Infantil.

O horário de atendimento, neste primeiro momento, foi reduzido, com máximo de três horas diárias, e os professores tiveram as cargas adaptadas para garantir tanto o atendimento dos alunos que estarão no presencial, quanto dos que estiverem no remoto. Os protocolos sanitários serão respeitados e retornaram as unidades com a certificação Escola Segura.


Melhorias continuam sendo realizadas em outras quatro unidades de Saúde

O governo interino e o secretário de Saúde inauguraram na manhã de segunda-feira (13/09) a reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) Neila Fortuna Lima Paixão, no Vila Rica. A unidade, que presta atendimento a cerca de cinco mil moradores da região, foi inteiramente revitalizada, e é a primeira de um total de cinco que estão recebendo melhorias da prefeitura. As obras seguem em andamento nas unidades da Mosela, Vila Felipe, Amazonas e Simeria. A UBS Vila Rica tem Estratégia de Saúde da Família e conta com equipe com médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, dentista, auxiliar de saúde bucal, oito agentes comunitários de Saúde, e auxiliar administrativo.

“Desde o início da gestão temos trabalhado de forma incansável para melhorar a estrutura da rede de Saúde. Sabemos da importância que a Atenção Básica tem dentro da rede e fico muito feliz por entregar esta reforma hoje. É um trabalho que garante mais dignidade para os funcionários e também para a população, que  passa a ser atendida em um espaço com mais conforto”, destaca o governo municipal.  

“Tenho diabetes, hipertensão e faço acompanhamento com a equipe deste posto, que é ótima. A médica que atende aqui é nota 1.000! Esta reforma é muito importante pra nós. A estrutura do posto melhorou muito, ficou ótima”, elogia a dona de casa Elza Gomes, de 79 anos, que mora na região desde 1990 e acompanhou a inauguração. 

“Muito me orgulha estar aqui neste momento para entregar as melhorias que permitirão que um atendimento com mais conforto para a comunidade do Vila Rica. As unidades básicas de Saúde têm um papel fundamental dentro da rede de Saúde, fazendo  acompanhamento das doenças crônicas. Este trabalho é de extrema importância para reduzir a pressão sobre as emergências. Aproveito para parabenizar a equipe da unidade, pois sabemos do comprometimento de cada um destes profissionais para que tenhamos um atendimento de qualidade para os moradores”, destaca o secretário de Saúde. 

A solenidade teve a presença da presidente da Associação de Moradores do Bairro, Zilda Damião, que agradeceu a reforma e lembrou a importância do serviço de Saúde para uma população que vem crescendo na região. A unidade recebeu o nome da antiga moradora Neila Fortuna Lima Paixão (in memorian), que foi representada pela filha Janaína Lima Paixão, que se emocionou ao ver o reconhecimento pelo trabalho da mãe, falecida em 2011.

“Estou muito feliz. Já chorei de emoção por ver este reconhecimento por toda dedicação que minha mãe sempre teve com a comunidade. Moramos aqui há mais de 30 anos. Quando chegamos aqui a comunidade não tinha nenhuma estrutura, minha mãe sempre lutou muito por melhorias. Agradeço muito ao reconhecimento a todo esforço da minha mãe”, destacou. 

A presidente do Conselho de Saúde também lembrou a importância do trabalho das equipes de atenção básica de Saúde. “Este acompanhamento dos pacientes feito perto de casa faz toda a diferença, sobretudo em alguns bairros, como o Vila Rica, que ficam distantes das demais unidades de saúde”, pontua.


O Centro de Inclusão Digital (CID), que funciona no Telecentro do distrito da Posse, iniciou hoje (13.09) o curso gratuito de informática básica. Foram realizadas 94 inscrições de pessoas que se interessaram participar e todos os horários que foram disponibilizados estão com as turmas completas. São seis alunos por turma, com aulas no período da manhã (de 9h30 as 10h30) e na parte da tarde (14h as 15h). O curso segue todas as orientações de segurança sanitária contra o covid, com distanciamento entre os alunos dentro da sala, uso de máscara e álcool em gel.

O curso básico de informática oferece em sua grade matérias como introdução a informática, Windows, Pacote Office e Internet, com duração de três meses. Apesar das turmas estarem cheias, o interessado que quiser se inscrever no cadastro de espera pode procurar o Telecentro da Posse, que fica no Telecentro da Posse, na Estrada União e Indústria, 32877, das 9h às 17h.

“Oportunidade única para as pessoas que desejam aprender e atualizar os currículos. Esse curso vai ajudar muita gente. Queremos expandir essa ação para os bairros, oferecer esse conteúdo, com aulas que são totalmente gratuitas”, observa o governo interino.

“Ao disponibilizarmos as aulas, queremos estimular as pessoas a inovar, aprender coisas novas e se preparar melhor para o mercado de trabalho”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico.

Chamamento vale para famílias com crianças menores de sete anos, mulheres em idade fértil (14 a 44 anos), gestantes e lactantes

A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Saúde, está convocando beneficiários do Programa Bolsa Família com crianças menores de sete anos, mulheres em idade fértil (14 a 44 anos), gestantes e lactantes para acompanhamento obrigatório e atualização do cadastro do programa. As famílias devem comparecer à unidade de saúde mais próxima ao longo do mês de setembro para pesagem e comprovação de informações. O acompanhamento estava suspenso há um ano e meio em todo o país, após o início da pandemia da Covid-19.

É importante ressaltar que as gestantes estejam realizando o pré-natal e as crianças mantenham a caderneta de vacinação atualizada. Os beneficiários devem levar o cartão de acompanhamento do Bolsa Família, cartão do Número de Identificação Social (NIS), caderneta de vacinação das crianças e o cartão das gestantes.

O secretário de Saúde ressalta que as famílias devem ficar atentas aos cumprimentos das condições do programa. “Para ter direito ao benefício, é necessário que a caderneta de vacinação das crianças dependentes dos beneficiários esteja atualizada, assim como o cartão de pré-natal das gestantes. O não cumprimento das condicionalidades pode levar à suspensão e até bloqueio do benefício. Por isso reiteramos a necessidade do acompanhamento dessas famílias nos postos de saúde”.

Moradores da região de Corrêas devem se dirigir ao Hospital Alcides Carneiro

A Secretaria de Saúde informa que moradores do bairro de Corrêas e arredores, devem se eu encaminhar ao Hospital Alcides Carneiro (HAC). O atendimento no local é feito às quintas-feiras, de 8 às 12 horas.

A Secretaria ainda ressalta que os usuários devem possuir cadastro no Ambulatório do HAC. Quem não tiver, pode realizar o prontuário na hora. É necessário apresentação de identidade, CPF, título de eleitor, cartão do SUS e comprovante de residência.

O Bolsa Família é um programa do Governo Federal de transferência direta de renda, voltado para famílias em situação de pobreza, que possuem renda por pessoa entre R$89,01 e R$178,00 por mês, e em situação de extrema pobreza, que possuem renda per capita de até R$89,00 por mês. Para participar da seleção que inclui o recebimento do benefício é necessário ser registrado pela Prefeitura no CadÚnico para Programas Sociais do Governo Federal. Para realizar o cadastro no CadÚnico, basta comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo.


ermina nesta terça-feira (14/9) o mutirão realizado pela Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Turismo, com o objetivo de orientação e apoio aos empresários e profissionais de turismo e de contabilidade, a integrarem - ou a cadastrarem seus respectivos clientes - no Cadastro Nacional de Prestadores de Serviços Turísticos, o Cadastur, um banco de dados do Ministério do Turismo (MTur). A ação faz parte da campanha "CADASTUR é legal, fácil e gratuito", recentemente lançada pela Turispetro, que tem por objetivo aumentar o número de cadastrados ao banco de dados do MTur na cidade.

A ação teve início na manhã de hoje, na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta (Avenida Koeler, nº 260, Centro), onde o atendimento aconteceu das 9h às 16h, e contou com a presença do Diretor de Marketing da TurisRio, Pablo Kling, e dos representantes da Associação Caminhos do Brejal, Alfredo Chaves e Leonardo Fragoso. A TurisRio é parceira no projeto. Nesta segunda, o atendimento também foi realizado pelo Petrópolis Convention & Visitors Bureau (PC&VB) - outro apoiador da ação - que atendeu seus mantenedores no Shopping Vilarejo, em Itaipava.

"O Cadastur visa promover o ordenamento, a formalização e a legalização dos prestadores de serviços turísticos em todo o Brasil, por meio do cadastro de empresas e profissionais do setor, garantindo diversas vantagens e oportunidades de negócios aos seus cadastrados, sendo também uma importante fonte de consulta e de credibilidade para o turista", explica o governo municipal.

“Entre os benefícios para a empresa cadastrada estão o acesso a linhas de financiamento voltadas para o turismo, participação de eventos, feiras e ações do Ministério do Turismo e Embratur, além dos programas de qualificação”, completa o secretário de Turismo, lembrando que o cadastro é um dos requisitos de avaliação do destino turístico de Petrópolis, para que a cidade continue na categoria A no Mapa do Turismo Brasileiro.

É importante destacar que o cadastro é obrigatório, por lei, para os seguintes estabelecimentos: acampamentos turísticos, agências de turismo, meios de hospedagem, organizadoras de eventos, parques temáticos e transportadoras turísticas. O cadastro também é obrigatório para exercer a profissão de Guia de Turismo, de acordo com a Lei nº 8.623, de 28 de janeiro de 1993.

Para mais informações, o interessado pode ser comunicar com o Disque de Turismo de Petrópolis, pelo 0800-024-1516 (de segunda a sábado e feriados, das 9h às 17h; e domingos, das 9h às 14h), ou pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Desde a primeira etapa, 87 animais foram recebidos por novos tutores

A Prefeitura de Petrópolis, através da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), realizou a 11ª edição da campanha de adoção de animais no último sábado (11), na Praça Dom Pedro II, promovendo o acolhimento de três cães. O evento, que acontece a cada duas semanas no município, conta com a colaboração de instituições sem fins lucrativos e protetores independentes que contam com o espaço para buscar famílias para os animais. Nessa etapa, duas organizações - Alma Peluda e Irmão Animal - compareceram ao local garantindo a vacinação, castração e vermifugação dos pets.

O governo municipal explica que os interessados em adotar um novo amigo precisam estar cientes da necessidade de apresentação de documentos - RG, CPF e comprovante de residência -, ser maior de 18 anos, além de atender os pré-requisitos exigidos pela coordenadoria para garantir que os animais estarão seguros de seus direitos básicos. “Os novos tutores são sempre entrevistados pelos profissionais da unidade. Eles conversam sobre a importância da adoção consciente e os orientam sobre as condições e tempo para cuidar do animal. É importante que a equipe se certifique de que o interessado em ser tutor pode oferecer um lar responsável”, afirma.

Além das instituições citadas, a campanha recebeu apoio do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (COMUPA), Secretaria de Saúde e Universidade Estácio de Sá. A Vigilância Ambiental também marcou presença prestando orientação à população que passou pelo local sobre cuidados com animais peçonhentos. Já a loja Rospauth e Escola de Tosa Cintia Lima ofereceram descontos ou benefícios aos novos responsáveis.

Desde fevereiro, a Cobea já viabilizou 11 campanhas visando estimular a posse responsável de cães e gatos. Ao todo, 87 adoções de animais foram promovidas através dessa ação.


A manhã de domingo foi especial para as 60 famílias do Conjunto Habitacional Sérgio Fadel, em Nova Cascatinha. O governo municipal esteve no local fazendo a entrega dos termos de doação dos apartamentos. O documento era esperado pelos moradores há mais de 25 anos.

"Estou muito orgulhoso e feliz por ter sido o facilitador para a conclusão deste processo e por, agora, ter a oportunidade de entregar os termos, concretizando o sonho de tantas pessoas. Agora poderão viver com mais tranquilidade, pois se tornaram, de fato, proprietários dos seus imóveis", disse o governo municipal.

A primeira a receber o documento foi Marieta Barbosa Siqueira, de 87 anos, a com maior idade entre os moradores. A líder comunitária Lucimar Gomes Neto também comemorou: "Esta é uma grande conquista. Um momento muito esperado por todos, pois agora os apartamentos são nossos de verdade. Aguardávamos há mais de 25 anos e agora, em menos de três meses, tudo foi resolvido", disse. A moradora Adelizete Aparecida de Souza Bernardes, de 57 anos, se emocionou. "Apesar de tantos anos de espera, nunca perdi as esperanças. Esse é um momento de vitória e sou muito grata a todos que se empenharam para a concretização desse sonho, frisou. Elas residem no local desde a entrega dos apartamentos, no fim de 1995.

O Conjunto Habitacional Sérgio Fadel tem 60 apartamentos divididos em 4 blocos e foi entregue às vítimas das chuvas de 1988. O local também recebeu uma série de melhorias, como ações de limpeza, capina e roçada, além de melhorias nos jardins e no parquinho infantil.