As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na quinta-feira (08/07) a vacinação contra a covid-19.

Durante todo o dia, 2.452 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 76 receberam a primeira dose, 129 receberam a segunda dose e 2.247 receberam a dose única. Até o momento 124.170 pessoas receberam a primeira dose, 41.254 receberam a segunda dose e 4.604 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização foram vacinados 24 idosos, sendo um com a primeira dose, 17 com a dose única e seis com a segunda. Dois idosos acamados e dois pacientes acamados também receberam a segunda dose da vacina.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em 2.060 pessoas com idade entre 45 e 59 anos sem comorbidades. Também receberam o imunizante 93 pessoas com comorbidades, sendo três com a primeira dose, 85 com a dose única e cinco com a segunda. Dois deficientes, também receberam segunda dose. Foram vacinadas ainda 14 gestantes, sendo 10 com a primeira dose e quatro com a segunda. Também receberam a primeira dose da vacina 24 puérperas e lactantes.

Equipes vacinaram também 170 profissionais de Saúde, sendo 10 com a primeira dose, 51 com a dose única e 109 com a segunda. Além destes, 33 profissionais de educação receberam a dose única, assim como 27 trabalhadores de transportes coletivos e caminhoneiros. Um integrante das forças de segurança também recebeu a segunda dose da vacina.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue nesta sexta (09/07), com a vacinação de pessoas acima de 45 anos sem comorbidades e pessoas de grupos prioritários elencados pelo Ministério da Saúde. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). A vacinação contra a covid-19 acontece em 10 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde, um assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. Há, ainda, informações sobre a vacinação contra a gripe. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

Estão sendo vacinadas neste momento:

- Pessoas com mais de 45 anos sem comorbidades

- Gestante, puérperas e lactantes (mães de bebês menores de 2 anos) com e sem comorbidades acima de 18 anos. *Importante destacar que gestantes e puérperas devem apresentar laudo indicando que estão aptas a receber a vacina e lactantes devem apresentar declaração ou laudo que comprove que estão amamentando. A vacinação de gestantes, puérperas e lactantes maiores de 18 anos continuará sendo feita com a aplicação das vacinas CoronaVac ou Pfizer. As doses dos imunizantes destinadas a este público estão sendo aplicadas em dois pontos da cidade: no campus da UCP Benjamin Constant (Centro) e no Parque Municipal, em Itaipava.

- Profissionais de Transporte Coletivo Rodoviário, motoristas de transporte escolar cadastrados junto a CPTrans e caminhoneiros (carteiras de habilitação C ou E) – maiores de 18 anos.

- Profissionais da educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, ensino superior e ensino profissionalizante

- Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos

- Pessoas com comorbidades e deficientes maiores de 18 anos

- Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos

- Pessoas com autismo maiores de 18 anos

- Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)


Ação, motivada por iniciativa de produtor do Vale do Bonfim, foi realizada dentro do Acelera Petrópolis

Equipes da Prefeitura distribuíram nesta quinta-feira (8) mais de uma tonelada de laranjas e tangerinas a moradores do Carangola. As frutas foram doadas por um produtor rural do Bonfim, para que fossem distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade. As frutas foram distribuídas a moradores das “Casinhas” e do Condomínio Habitacional Vicenzo Rivetti, além de outras vias que passam, no momento, por ações do programa Acelera Petrópolis, que aproxima governo e moradores para a realização de serviços em diferentes regiões da cidade.

Aos 73 anos, dona Iêda Xavier já sabia o que ia fazer com as frutas. “Vou fazer suco para sair do resfriado, porque nós não estamos podendo correr risco, não. A gente tem que fortalecer o organismo, se proteger da gripe e desse ‘corona’ (coronavírus) que está rodando aí”.

A doação de laranjas lima e tangerinas ponkan foi uma iniciativa de Marco Antônio Coelho, que produz flores e frutas no Vale do Bonfim. Depois da recuperação de um trecho de quase 4km de estradas vicinais na região produtora - onde foi feito nivelamento com máquina e aplicação de cascalho, pela secretaria de Obras, ligando a comunidade ao Pinheiral - o produtor viu uma facilidade maior de escoar as frutas.

“Havia três anos que não acontecia esse trabalho de recuperação de estrada aqui e a gente vinha tendo muita dificuldade de escoar a produção. Quando aconteceu essa intervenção, essa melhoria, resolvi doar as laranjas e tangerinas ao município. Por um lado, porque acho importante contribuir, doar para quem precisa, e também como forma de agradecimento ao cuidado com os produtores do Vale”, destacou o produtor.

Desde 2019, quando ainda fazia parte do Instituto Estadual do Ambiente - Inea, o agora secretário do Meio Ambiente do governo interino municipal de Petrópolis, acompanha a situação dos produtores do Vale do Bonfim.

“É uma interlocução com a comunidade, que a gente quer estender para outras comunidades rurais da cidade. Nós buscamos uma aproximação com os produtores, que acabou resultando nessa ação do governo de melhoria das estradas. Foi o próprio produtor que acabou resolvendo fazer a doação, que será muito bem-vinda e terá um destino importante nos trabalhos sociais da prefeitura”, ressalta o secretário.

Para a colheita, funcionários das secretarias do Meio Ambiente; Serviços, Segurança e Ordem Pública - SSOP; Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans; e Defesa Civil arregaçaram as mangas. E o trabalho deve continuar na próxima semana, quando o mesmo produtor deve fazer uma nova doação.

Desde a última semana, a comunidade do Carangola está recebendo os serviços do Acelera Petrópolis, com sinalização viária, capina, instalação e abrigos de ônibus e operação tapa-buracos, entre outros. “Agora as laranjas e tangerinas chegam à mesa das famílias do bairro. Organizamos o mutirão para a colheita e também para a distribuição, para beneficiar os moradores, especialmente os mais necessitados”, salientou a coordenadora especial de Articulação Institucional da Prefeitura.

“Muita gente precisando de ajuda nesse momento da pandemia, né? A gente agradece a ajuda de todos”, disse Andrea Saraiva, uma das moradoras que recebeu a doação. “Iniciativas como a deste produtor rural são louváveis e podem servir de exemplo para todos. Ficamos animados e isso nos enche de esperança. Temos a certeza de que essas frutas farão a diferença, principalmente, no dia das crianças e de muitos adultos do Carangola e das demais comunidades que recebem as doações. No Carangola, o programa Acelera Petrópolis continua acontecendo e já trouxemos muitas melhorias”, explica o governo interino.

Sobre o Acelera Petrópolis

Por meio do mutirão de serviços, que reúne as secretarias de governo, assim como a Comdep e CPTrans, o Acelera Petrópolis está levando capina, roçada, operações de tapa buracos, instalação e manutenção de abrigos de ônibus, melhorias na sinalização viária, entre outras ações a todo o Carangola. A “Nave Enel” esteve no Vicenzo Rivetti, na segunda-feira (5) e recebeu 263 crianças e adolescentes. O ônibus adaptado com recursos audiovisuais, jogos lúdicos e educacionais, leva orientações sobre o consumo consciente.

Já nesta sexta-feira (9), a comunidade vai receber o Ônibus Lilás, do Centro de Referência em Atendimento à Mulher, das 9h às 14h. A estrutura vai estar estacionada junto ao novo conjunto habitacional da comunidade. Neste mesmo momento, o Acelera Petrópolis está atendendo outras comunidades, como Retiro, Jardim Salvador e Roseiral. Ações do programa também estão em andamento no Bingen e na Rua Teresa.


Equipes lacraram seis bombas de combustíveis e autuaram posto do Bingen

Uma ação de fiscalização do Procon Petrópolis, nesta quinta-feira (8), terminou com seis bombas de um único posto de combustíveis, no Bingen, lacradas. A medida foi motivada pela verificação de quantidade de etanol superior à permitida na gasolina. A operação, denominada “Petróleo Real”, foi realizada, simultaneamente por Procons de todo o país. O mesmo estabelecimento foi autuado por não dispor do livro de reclamações e do Código de Defesa do Consumidor. Além disso, os preços dos produtos não estavam visíveis aos clientes.

De acordo com o coordenador do Procon Petrópolis, nos testes realizados as bombas lacradas apresentavam o nível de etanol acima do permitido. O estabelecimento foi autuado e o proprietário deverá apresentar ao órgão um laudo do Instituto de Pesos e Medidas – IPEM para que os equipamentos sejam liberados.

Durante a tarde, outros postos de gasolina no Bingen foram visitados e os fiscais observaram a qualidade do combustível, validade dos produtos, aferição das bombas de abastecimento, visibilidade da tabela dos preços ao consumidor e outras infrações administrativas.

“As ações de fiscalização vão continuar por tempo indeterminado, pois nosso objetivo é visitar todos os postos da cidade. Para isso, contamos com a ajuda do consumidor, denunciando possíveis irregularidades. Essas operações são importantes pois coíbem uma série de irregularidades, tanto no ato do abastecimento, como na própria qualidade do combustível que é servido aos consumidores petropolitanos”, finalizou o coordenador do Procon.

A operação de Petrópolis está em conformidade com os demais Procons do Brasil. A “Petróleo Real” segue o decreto nº 10.634 de 22 de fevereiro de 2021, que dispõe sobre o direito de os consumidores receberem informações corretas, claras, precisas, ostensivas e legíveis sobre os preços dos combustíveis em território nacional.


O processo, que foi iniciado no mês passado, teve mais uma etapa nesta semana, com aulas práticas nas ruas do Centro Histórico.

Guarda civis e agentes da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans, concluíram nesta semana mais uma etapa do curso de Capacitação de Agentes de Trânsito, que vem sendo ministrado desde o dia 21 do mês passado pela Guarda Municipal da capital. Na manhã e na tarde de quarta-feira (7), os agentes tiveram aulas práticas nas ruas do Centro Histórico, em um treinamento de técnicas de abordagem e reciclagem sobre as atualizações sofridas pelo Código de Trânsito Brasileiro - CTB.

Ao todo, mais de 140 guardas petropolitanos estão passando pela atualização. "As capacitações são processos contínuos na Guarda. E a Guarda do Rio nos traz esse expertise de trânsito que é fundamental. O Código de Trânsito sofreu atualizações e é importante que o agente de trânsito esteja qualificado para atender aos condutores no trânsito”, destaca o superintendente geral da Guarda Civil de Petrópolis.

O curso para profissionais que executam atividades de fiscalização, operação, policiamento ostensivo de trânsito ou patrulhamento nos órgãos integrantes do Sistema Nacional de Trânsito é uma determinação do Departamento Nacional de Trânsito - Denatran, regulamento pela portaria nº 150 em janeiro deste ano. Com carga horária de 32 horas, incluindo aulas teóricas e práticas. As atividades da qualificação se encerram dia 12. "É um prazer para a Guarda Municipal do Rio levar os conhecimentos adquiridos para os demais parceiros do Estado do Rio. Ter o nosso instrutor aqui na cidade de Petrópolis, transmitindo e recebendo conhecimentos”, pontuou o comandante da Guarda Municipal do Rio de Janeiro.

O curso é uma ação promovida pela CPTrans. “A Guarda, junto com nossos agentes, desempenham um papel fundamental no trânsito. Ter essa qualificação nos dará mais segurança para atuar nas demandas diárias”, lembrou o diretor presidente da CPTrans.


Com aprovação de processo para habilitação estadual, unidade, que hoje é mantida apenas com recursos municipais, receberá R$ 130 mil mensais para custeio

O governo interino de Petrópolis recebeu sinal verde do Estado nesta quinta-feira (08/07) para receber recursos para auxiliar no custeio da UPA Itaipava – unidade que, por ano realiza mais de 30 mil atendimentos a moradores da região dos distritos. Em funcionamento desde janeiro de 2020, a unidade nunca recebeu recursos nem estaduais nem federais. Com o aval para habilitação da unidade junto ao Estado, a cidade vai receber cerca de R$ 137 mil por mês para auxiliar nas despesas da unidade.

Desde o início do ano, o governo interino e o secretário municipal de Saúde trabalham para conseguir a habilitação da UPA Itaipava. Eles formalizaram o pedido após reuniões com a Secretaria Estadual de Saúde e, agora, tiveram a aprovação do pedido, que vai garantir que a unidade, hoje custeada exclusivamente pelo município, passe a receber recursos do Estado para ajudar no pagamento das despesas.

“Estamos trabalhando desde o início do ano para conseguir habilitação e credenciamento de serviços que atualmente são custeados pelo município. Há recursos do Estado e do Governo Federal para custeio, mas é preciso que os municípios cumpram etapas para requerer e ter autorizados os repasses. É uma conquista importante para todos os petropolitanos. Quanto melhor a gestão dos recursos públicos, melhores serão os serviços”, frisou o governo.

“É uma boa notícia para a cidade; uma conquista para todos os usuários do SUS. Além do processo junto ao Estado, estamos buscando também a aprovação junto ao Ministério da Saúde, para que, a exemplo do que ocorre nas demais UPAs (Centro e Cascatinha), a unidade de Itaipava passe também a receber recursos federais”, explica o secretário, destacando a importância do custeio tripartite. “O envio destes recursos reduzirá as despesas que a Secretaria tem hoje com a UPA Itaipava e nos dará fôlego para melhorarmos outros serviços na rede pública”, destaca.

A UPA Itaipava conta com equipe composta por cinco médicos, além de enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais e administrativo.

A unidade realizou no ano passado 31.758 atendimentos, sendo 26.267 deles de clínica médica e 4.855 de pediatria. Ao todo, foram mais de 82 mil exames, entre raio-x, eletrocardiograma e laboratoriais. Insumos e medicamentos somam 585.051 distribuídos pela unidade.

“É um equipamento de urgência e emergência que vem prestando um papel importante dentro da rede pública, sobretudo para atender os moradores dos distritos”, frisa o secretário de Saúde.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta quinta (08/07), em 41,18% em leitos clínicos e 41,30% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 109 pacientes internados, sendo 58 em UTIs e 51 em leitos clínicos. Dois óbitos foram confirmados e inseridos na base de dados do município nesta quinta.

Até agora foram realizados no município 173.698 testes para Covid-19, com 42.266 resultados positivos e 130.404 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.316 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Mulher, 60 anos, moradora no Alto da Serra. Internada em 06.07.2021 no HAC. Óbito registrado em 06.07.2021 no HAC. Paciente com hipertensão arterial e diabetes.

Homem, 38 anos, morador no Chácara Flora. Internado em 03.07.2021na UPA Cascatinha e transferido para o HMNSE. Óbito registrado em 07.07.2021 no HMNSE. Paciente com hipertensão arterial e obesidade.

Órgão colegiado tem por objetivo auxiliar o gestor de RPPS na tomada de decisão referente à alocação dos recursos do regime

O Comitê de Investimentos do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Muncípio de Petrópolis (INPAS) realizou sua 100ª reunião na manhã desta quarta-feira (07), na sede do órgão. Durante o encontro, foi apresentado um breve resumo de todo o trabalho desenvolvido pelo comitê, que foi instituído em Petrópolis através do Decreto nº 1010, de 31 de outubro de 2012, e vem, durante todo esse período, auxiliando a atuação da diretoria nas decisões sobre a alocação de recursos do instituto, garantindo assim, maior segurança aos segurados.

"O comitê tem papel fundamental na segurança dos servidores públicos do município, e nesses quase nove anos de existência, trouxe uma melhor governança para o regime de previdência. A data é especial e merece realmente ser celebrada", destaca o governo interino. Segundo ele, o comitê traz transparência à gestão do instituto, demonstrando o comprometimento de seus membros com a instituição.

"Passamos por grandes desafios, sejam eles na legislação em constante mudança, sejam no prórpio mercado, com cenário voláteis e incertos. No entanto, o conhecimento, dedicação e capacitação dos servidores foram fundamentais para podermos agora exibir os resultados alcançados", disse o diretor presidente do INPAS, agradecendo a todos os envolvidos que participaram das decisões até esse centésimo encontro.

Desde janeiro de 2013 até junho de 2021, o INPAS teve um lucro de R$ 3.488.532,60 com seus investimentos. A instituição do comitê é obrigatória nas unidades gestoras do regime próprio de previdência social dos servidores públicos (RPPS), prevista em lei, e seus participantes estão vinculados aos cargos que ocupam dentro do próprio INPAS.


A prefeitura deu início às melhorias estruturais na quadra comunitária do Açude, no Meio da Serra. Uma parte do alambrado foi instalado, além da reforma das balizas. Nas próximas semanas, o serviço será concluído com o restante da tela e com melhorias no piso. Além dessa, também passam por reformas as quadras do Bela Vista e Oswaldo Cruz.

"Esta é uma obra esperada pela comunidade há muitos anos. Como profissional da área do Esporte, sei bem a importância destes espaços para os moradores. Das quadras, saem atletas, mas, mais do que isso, saem cidadãos", disse o governo interino. "A gente quer investir nos bairros e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Neste ano, já entregamos duas grandes reformas em quadras: na Comunidade do Alemão e Vila São José", lembrou.

A ideia da prefeitura é transformar o local em um espaço de lazer para os moradores. "Essa é uma luta de mais de 20 anos para os moradores do Açude", garante Daniela Souza, de 37 anos, moradora do local. "Aos poucos esse sonho se torna realidade. Para as nossas crianças esse espaço será ótimo. Acredito que até os mais velhos poderão usufruir desse espaço para o futebol", disse.

A reforma das quadras esportivas envolve equipes das secretarias de Obras; Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer e da Comdep. “Estamos elaborando um cronograma para a reforma desses locais. Mapeamos as quadras e já iniciamos os serviços. A ideia é que a população possa usar as quadras como local de promoção da saúde e de lazer”, explica o secretário de Esportes.

A Secretaria de Educação realiza na próxima semana uma jornada especial para os profissionais de toda a rede municipal de Educação. Serão três dias de evento com transmissão pelo YouTube da Prefeitura de Petrópolis: Jornada Alusiva ao centenário de Paulo Freire, uma forma de homenagem ao patrono da Educação Brasileira, conhecido como um dos pensadores mais notáveis da história da pedagogia. Os encontros serão realizados nos dias 12, 14 e 15 de julho, às 10h.

“Nesse momento em que a educação vem se adaptando e se transformando diante das modificações impostas pela pandemia, é importante proporcionar atividades diferenciadas também para os profissionais”, disse o governo interino.

A secretária de Educação salienta que a jornada é um dos eventos realizados nesse ano pela Secretaria de Educação, que vem dando ênfase a formações para os servidores.

“A jornada é uma culminância das ações realizadas nesses primeiros meses que foram ricos em cursos, formações e encontros com equipes gestoras e professores. Esses encontros terão continuidade, os calendários são enviados para as unidades escolares para que elas possam se programar, mas, a jornada tem um objetivo ainda mais especial, onde teremos a oportunidade de aprofundar questões importantes da rotina nesse momento diferenciado que estamos vivendo, com a participação de especialistas. Contamos com todos”.

Confira a programação:

12/07 – Segunda-feira
Título: Alguns desafios da remota educação: possibilidades e impasses
Horário: 10h
Palestra com Nilton dos Anjos, professor da Faculdade de Filosofia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Bacharel e Licenciado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994), Mestre (2002) e Doutor (2007) em Ciência da Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realizou parte de sua pesquisa doutoral (2006) e pós-doutorado (2008) na Universidad de Salamanca - Espanha.

14/07 – Quarta-feira
Título: Saúde mental, relacionamentos positivos e qualidade de vida: por que precisamos falar sobre isso?
Horário: 10h
Palestra com Luciana Senra, Doutora (2016) e Mestra (2012) em Processos Psicossociais em Saúde pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora - PPG Psicologia UFJF. Psicóloga pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora Professora do Curso de Mestrado e da Graduação em Psicologia da Universidade Católica de Petrópolis-UCP/RJ. Possui experiência em Psicologia Clínica na abordagem da Terapia Cognitiva desde 2008. Coordena o Núcleo de Estudos Interdisciplinares em Cognição Social-NEICOS e colabora como pesquisadora no Núcleo de Estudos em Violência e Ansiedade Social-NEVAS da Universidade Federal de Juiz de Fora-UFJF, por meio do quais desenvolve pesquisas com ênfase em Psicologia Social e da Saúde nos temas processos sociocognitivos, agressividade e violência, e prevenção e promoção de saúde em contextos sociais, coletivos e educacionais

15/07 – Quinta-feira
Título: Culturas e Educações híbridas: singular? plural?
Horário: 10h
Palestra com Adriana Bruno, licenciada em Pedagogia, é Doutora e Mestre em Educação: Currículo pela PUC-SP, com Pós doutorado em educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa-PT. É professora associada do Departamento de Didática da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e dos Programas de Pós-graduação em Educação e em Gestão e Avaliação da Educação Pública - ambos da UFJF. É pesquisadora PQ-2-CNPq e é líder do Grupo de Pesquisa Aprendizagem em Rede - GRUPAR. Pesquisa, principalmente a partir dos seguintes temas: Formação de professores, Docências, Educação online e Cultura Digital, Didática, Aprendizagem de adultos, Linguagem emocional e Educação, mídias e tecnologias

Durante uma reunião com representes do Sindicato Estadual de Profissionais de Educação (Sepe) o governo interino anunciou que os professores que foram convocados pelo Processo Seletivo da Educação começarão a escolher as vagas nas escolas da rede municipal na próxima semana. O encontro, ocorrido nessa quarta-feira (07/07), contou com a participação da secretária de Educação.

A Secretaria de Administração fará a convocação dos selecionados e previsão é de que os primeiros já escolham vaga na terça-feira (13/07). Eles receberão as informações sobre data e local e como será o procedimento de escolha.

“Passo importante e um reforço necessário para a nossa rede. A escolha de vagas será feita por grupos e os professores terão oportunidade de participar de atualizações e formações feitas pela Secretaria de Educação para que possam entender o funcionamento da rede”, explicou o governo interino.

Na ocasião, a secretária de Educação afirmou, que, nesse primeiro momento, os professores atuarão no remoto. “Eles assumirão turmas e já poderão auxiliar as equipes gestoras, inclusive com acesso à plataforma Educa em Casa, durante esse período em que as aulas continuam remotas”.

A representante do Sepe disse, durante a reunião, que a notícia sobre a escolha de vagas é positiva. “As pessoas estavam nos perguntando sobre quando ocorreria esse processo então, ter essa perspectiva é importante para os selecionados e também para a rede que precisa desse reforço”.

Primeiro segmento a ser atendido será o de tecnologia

No dia 15 deste mês, partir das 9h, o Mercoserra vai realizar, com a participação do governo municipal por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a primeira Rodada de Negócios Virtual. O objetivo da ação é ajudar o empresário a ampliar sua lista local de fornecedores de produtos e serviços. O encontro também terá o caráter de aproximar as empresas e estimular parcerias. As inscrições das empresas interessadas em participar devem ser feitas por meio do link https://www.sympla.com.br/rodada-de-negocios-virtual__1256545. No momento da inscrição, o participante receberá o endereço da sala virtual com a devida confirmação. Cada empresa participante terá cerca de dois minutos para a apresentação no dia do evento.

O segmento a ser atendido nessa primeira rodada será o de tecnologia. Cada município terá uma empresa âncora, que receberá propostas de até 15 outras empresas fornecedoras de produtos e serviços por cidade. Estarão representando seus respectivos municípios o Serratec (Petrópolis), Gigalink (Nova Friburgo) e Alterdata (Teresópolis).

O Serratec definiu como demanda empresas que possam suprir serviços de conectividade / fornecimento de internet, marketing digital, material de escritório, mobiliário de escritório, seleção de prestadores de serviços terceirizados, equipamentos (principalmente notebook), empresas de brindes/material promocional, curso de idiomas e gympass.

“A ideia é criar um novo modelo de negócio que possa privilegiar as empresas locais. Temos muitas em Petrópolis que podem atender a demanda proveniente da empresa principal. Tenho certeza que assim vamos ajudar a impulsionar essa relação comercial dentro de Petrópolis”, destaca o governo interino.

“Essa é uma ótima oportunidade para que diversas empresas locais possam atender uma demanda grande de serviços e produtos. Essa rodada virtual gerará uma mobilização forte para que negócios diversificados possam ser concretizados, ajudando fortalecer a economia local e oportunizando a algumas empresas um bom volume de vendas. Espero que haja uma adesão do empresariado do município e das cidades que estão incluídas no Mercoserra”, aponta o secretário de Desenvolvimento Econômico.

“Temos importantes empresas de tecnologia em Petrópolis que demandam diversos serviços que podem ser atendidos pelo comércio local, de variados setores. O polo de tecnologia servirá de modelo para esse novo formato de negócio”, afirma o diretor de do Departamento de Relacionamento Institucional de Ciência e Tecnologia.

Um mês após a realização do evento será enviado um formulário para cada empresa participante, para que possam apontar se foi gerado algum negócio por meio da Rodada de Negócios Virtual. Com essa pesquisa, os organizadores poderão mensurar os resultados, com a finalidade de aprimorar o sistema para novas rodadas para outros setores econômicos.

Programação do evento

No dia 15/07, às 9hrs, será promovida uma "Rodada de Negócios Virtual", organizada por estas Instituições, de forma a promover o desenvolvimento econômico e integração da Região. Confira a programação:

9h - Abertura sala virtual

9h15 - Presidente do Mercoserra (anfitrião) falará sobre a rodada.

9h20 - O prefeito de cada município da Região Serrana explicará um pouco sobre os negócios locais.

9h35 - Silvia Guedon (Mercoserra) explicará quais são os objetivos da agência, resumindo todo trabalho que já foi desenvolvido ao longo destes três anos.

9h45- Apresentação do Presidente do Conselho Deliberativo do Mercoserra e Presidente da ACIANF (Júlio Cordeiro) que falará da importância do associativismo na atividade empresarial e de sua experiência à frente da Associação Industrial, Comercial e Agrícola de Nova Friburgo.

10h - Início da Rodada de Negócios com apresentação de 10 minutos por empresa âncora. Cada uma falará de suas áreas de interesse com relação a fornecedores de diferentes setores.

10h30 - Apresentação de cada empresa inscrita. Cada uma terá dois minutos. Depois do evento, será disponibilizado por e-mail ou WhatsApp, uma listagem com todos contatos dos participantes.

12h30 - Encerramento, com participação do Mercoserra e secretários.


O Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social (COEGEMAS) da Região Serrana, com o apoio da Prefeitura de Petrópolis, realizou nesta quarta-feira (7) uma reunião sobre projetos e ações com o Governo do Estado. O encontro aconteceu no auditório da Centro Educacional Terra Santa, com a participação de gestores e técnicos da assistência social de 10 municípios do estado.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Petrópolis marcou presença importante nesse encontro que visa valorizar as ações aos mais vulneráveis.

"O encontro dos municípios da Região Serrana, sob a coordenação de Petrópolis, nos possibilita revigorar a luta em prol da assistência social, trazendo para a discussão problemas comuns a todos e, também, inerentes às particularidades de cada um dos municípios. Isso mostra a atenção do governo municipal ao tema", explicou a secretária.

Os municípios representados no encontro foram Cordeiro, Trajano de Morais, Carmo, Bom Jardim, Nova Iguaçu, Macuco, Teresópolis, Nova Friburgo, Mesquita e Duas Barras. Representantes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos também participaram do encontro.

Na pauta de discussão entre os gestores, os repasses financeiros para o incremento do trabalho da assistência social na pandemia e políticas para as pessoas em situação de vulnerabilidade. As discussões darão origem a um documento que será encaminhado, na semana que vem, para buscar apoio do governador do Estado às atividades desenvolvidas na área social no interior do estado, intercedendo inclusive junto ao Governo Federal.

"Os assuntos pautados são encaminhados ao Colegiado Estadual (COEGEMAS) e, em nome do colegiado, levados às diversas instâncias governamentais. A assistência, por ser financiada de forma tripartite, precisa dialogar com todos e a formação de blocos por região fortalece nossas pautas junto ao Estado e, consequentemente, junto ao Governo Federal", finalizou.