As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na segunda (05/07) a vacinação contra a Covid-19. Durante todo o dia, 1.054 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 919 receberam a primeira dose, 40 receberam a segunda dose e 95 receberam a dose única do imunizante. Até o momento 120.354 pessoas receberam a primeira dose, 40.828 receberam a segunda dose e 2.357 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização foram vacinados 16 idosos, sendo 11 com a primeira dose, quatro com a segunda e um com a dose única. Outros dois idosos acamados e dois pacientes crônicos acamados receberam a primeira dose.

A vacina foi aplicada ainda em 768 pessoas com idade entre 47 e 59 anos sem comorbidades, sendo 674 com a primeira dose e 94 com a dose única. Também receberam o imunizante 89 pessoas com comorbidades, sendo 86 com a primeira dose e três com a segunda. Foram vacinadas ainda 17 gestantes, sendo 15 com a primeira dose e duas com a segunda . Também receberam a primeira dose, 37 puérperas e lactantes.

Equipes vacinaram também 96 profissionais de Saúde, sendo 69 com a primeira dose, 27 com a segunda, e oito trabalhadores de transportes coletivos e caminhoneiros.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue na terça (06/07), com a vacinação de pessoas acima de 47 anos sem comorbidades e pessoas de grupos prioritários elencados pelo Ministério da Saúde. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). A vacinação contra a covid-19 acontece em 10 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde, um assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. Há, ainda, informações sobre a vacinação contra a gripe. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

Podem se cadastrar para a vacinação neste momento:

- Pessoas com mais de 47 anos sem comorbidades

- Gestante, puérperas e lactantes (mães de bebês com até 12 meses) com e sem comorbidades acima de 18 anos. *Importante destacar que gestantes e puérperas devem apresentar laudo indicando que estão aptas a receber a vacina e lactantes devem apresentar declaração ou laudo que comprove que estão amamentando. A vacinação de gestantes, puérperas e lactantes maiores de 18 anos continuará sendo feita com a aplicação das vacinas CoronaVac ou Pfizer. As doses dos imunizantes destinadas a este público estão sendo aplicadas em dois pontos da cidade: no campus da UCP Benjamin Constant (Centro) e no Parque Municipal, em Itaipava.

- Profissionais de Transporte Coletivo Rodoviário, motoristas de transporte escolar cadastrados junto a CPTrans e caminhoneiros (carteiras de habilitação C ou E) – maiores de 18 anos.

- Profissionais da educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, ensino superior e ensino profissionalizante

- Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos

- Pessoas com comorbidades e deficientes maiores de 18 anos

- Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos

- Pessoas com autismo maiores de 18 anos

- Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está , nesta segunda (05/07), em 48,48% em leitos clínicos e 35,87% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 128 pacientes internados, sendo 59 em UTIs e 69 em leitos clínicos. Três óbitos foram confirmados e inseridos na base de dados do município nesta segunda.

Até agora foram realizados no município 172.545 testes para Covid-19, com 41.815 resultados positivos e 129.524 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.306 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Homem, 52 anos, morador no Alto da Serra. Internado em 26.06.2021 na UPA Centro e transferido para o HNSA. Óbito em 30.06.2021 no HNSA. Paciente com doença cardiovascular crônica.

Homem, 35 anos, morador em Corrêas. Internado em 27.05.2021 no HST. Óbito registrado em 30.06.2021 no HST. Paciente com hipertensão arterial.

Homem, 54 anos, morador em Itaipava; Internado em 26.05.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HMNSE. Óbito registrado em 02.07.2021 no HMNSE. Paciente com hipertensão arterial e doença hepática crônica.

A vacina contra gripe está disponível em 39 unidades de saúde, entre UBSs e PSFs

A Secretaria de Saúde abre, a partir de quinta-feira (8), para toda população, a vacinação contra a influenza - vírus que provoca a gripe. A ampliação do público segue a recomendação do Ministério da Saúde, que no fim de semana liberou que estados e municípios destinem as doses à toda população. Podem receber a imunização bebês a partir de seis meses de idade. A vacina está disponível em 39 unidades de Saúde distribuídas nos cincos distritos, entre Unidades Básicas de Saúde - UBS e Postos de Saúde da Família - PSF.
Dados do departamento de Epidemiologia da Vigilância em Saúde, mostram que 58.733 pessoas foram vacinadas em Petrópolis, desde o início da campanha em abril.

“Estamos seguindo a recomendação do Ministério da Saúde. É muito importante que as pessoas busquem os postos para receber a vacina contra a gripe. Temos hoje duas campanhas de vacinação em andamento: contra a Covid-19 e contra a gripe. A orientação é para que, quem está na faixa etária, receba a vacina contra a Covid-19, priorize esta vacina e, passado o prazo necessário entre as vacinas, busque algum ponto de vacinação para receber também a vacina contra a gripe”, explica o secretário de Saúde.

A vacina contra influenza estará disponível para toda população, enquanto durarem os estoques do imunizante enviado pelo Ministério da Saúde.

No levantamento feito pelo setor de Epidemiologia, o maior percentual de público vacinado na cidade, até o momento, está entre os idosos, com 72,75% deste público já imunizado. Entre as crianças maiores de 6 meses e menores de seis anos o índice é de 63,2%. Entre gestantes e puérperas, as taxas de cobertura são de 52,25% e 48,21%, respectivamente.

Trabalhadores de Saúde têm taxa de cobertura vacinal de 40,44%, Integrantes de Forças de Segurança estão com a taxa em 20,9% - índice superior ao de professores, que têm taxa de 19.55%.

Além destes públicos foram vacinadas 5,46% das pessoas com comorbidades, 1,96% dos trabalhadores de transportes coletivos e caminhoneiros e 0,20% de deficientes. A vacinação destes grupos está em andamento nas unidades de saúde do município.

Atenção ao intervalo necessário entre vacinas

Com a campanha para imunização contra Influenza realizada em paralelo à vacinação contra a Covid-19, a secretaria de Saúde alerta à população que fique atenta ao intervalo necessário entre as diferentes vacinas.

“A prioridade deve ser para a vacinação contra a Covid-19, mas as pessoas não devem deixar de se vacinar contra a gripe, que é uma doença que também pode se agravar, sobretudo no caso dos idosos”, salienta o secretário.

A orientação da Secretaria de Saúde é para que haja atenção ao intervalo necessário de 14 dias entre as vacinas.

A secretaria destaca também que pessoas que fazem parte dos grupos cuja vacina contra a Covid-19 já está disponível, devem priorizar esta vacina e depois se vacinarem contra a gripe. “Importante observar que, neste caso, quem receber a vacina da Janssen deve aguardar 14 dias para se vacinar contra a gripe; quem recebe a CoronaVac - que tem um intervalo entre a primeira e segunda dose de até 28 dias - deve tomar as duas doses da CoronaVac e se vacinar contra a gripe em 14 dias depois de receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19. Já as pessoas vacinadas com a AstraZeneca ou a Pfizer – cujo intervalo entre as doses é de 12 semanas – podem se vacinar contra a gripe 14 dias após receberem a primeira dose”, explica.

 

Desde o início da campanha, a vacina contra Influenza está disponível nos PSFs Alto Siméria, Santíssima Trindade, São Sebastião I e II, Dr. Thouzet, Alto da Serra, 24 de Maio, Caxambu Santa Isabel, Sargento Boening, Bairro Castrioto, Pedras Brancas, Menino Jesus de Praga, São João Batista, Moinho Preto, Fazenda Inglesa, Carangola I e II, Jardim Salvador, Castelo São Manoel, Boa Esperança, Primeiro de Maio, Lajinha, Águas Lindas, Bonfim, Vale das Videiras, Brejal, Posse e Secretário, com horário de vacinação de 9h as 12h e de 13h as 16h.

A população também pode se vacinar contra a Influenza nas UBSs Quitandinha, Morin, Retiro, Itaipava, Pedro do Rio e Araras, com equipes atendendo de 9h as 16h.

No Hospital Alcides Carneiro a vacinação é feita às segundas, quartas e sextas, das 8h às 12h e das 13h às 16h30. Às terças e quintas-feiras a unidade tem horário diferenciado no turno da tarde - das 13h às 14h30 – uma vez que nestes dois dias as equipes fazem também a vacinação em setores do hospital, como maternidade e pediatria.
No Centro de Saúde, a vacinação está disponível das 9h às 19h30.


Encontro ocorreu em Miguel Pereira

Buscar mais recursos e informações sobre as atualizações dos programas federais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Com esse objetivo, Petrópolis marcou presença no encontro realizado nessa segunda-feira (05/07) em Miguel Pereira, durante o Fórum de Educação e Atendimento Técnico do FNDE.

O evento contou com a participação do Ministro da Educação, Milton Ribeiro, do presidente do FNDE, Marcelo Ponte, do secretário de Educação do Estado do Rio de Janeiro, Alexandre Valle, do prefeito de Miguel Pereira, André Português, além deputados estaduais e vereadores.

“Temos 48 milhões de alunos na educação básica em todo o Brasil e é por eles que devemos, sempre, buscar o melhor para os municípios. Estamos plantando sementes a médio e longo prazo para fortalecer a educação em todo país”, afirmou o ministro.

O secretário de Educação do Estado, Alexandre Valle, aproveitou para parabenizar os municípios pelo desempenho em prol da Educação. “Esse é um encontro de trabalho, com todos os entes reunidos pensando no melhor para a Educação. Sabemos que muitos municípios tem dificuldade em ir para Brasília e possibilitar esse encontro técnico é maravilhoso para nosso Estado”.

O governo interino salienta que Petrópolis está sempre em busca de recursos e auxílio e por isso, a rede pública vem alcançando pontos positivos como a continuidade de obras, aquisição de mobiliário, ônibus escolares e material didático.

Na ocasião, secretários de Educação dos municípios do Estado do Rio de Janeiro tiveram a oportunidade de se reunir com as equipes técnicas do FNDE para tirar dúvidas.

“Felizmente Petrópolis mantém um canal aberto de articulação com as esferas estadual e federal, o que facilita na resolução de pendências e na busca por recursos. A pedido do governo interino, a Secretaria de Educação de Petrópolis fez questão de fortalecer os laços e teve a chance de conversar com os técnicos e explicar nossas demandas, como recursos para investimento em infraestrutura para a nossa rede municipal”, explicou a secretaria de Educação.


O "IMC nas Redes – Conversas Culturais" da próxima quarta-feira (07/07) terá como tema as Artes Visuais além das galerias. E encontro virtual será transmitida nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Rodrigo Santana, Rafael Campinho, Pedro Valera, Helena Cunha e Gaya Lamin. A mediadora da roda de conversa será Ana Castro, produtora cultural e funcionária do Instituto Municipal de Cultura (IMC).

"Uma das melhores formas de democratizar a arte é através da criação de espaços para novas ideias surgirem. Os últimos anos vem mostrando o quão importante é consumir cultura para o enriquecimento social. Trazer esse debate às redes da Prefeitura é abrir vias para a integração entre sociedade e um universo antes desconhecido para tantos", disse Ana Castro.

Conhecido como um dos pioneiros no grafite em Petrópolis, Rodrigo Santana, chamado de CB, é graduado em Tecnologia da Informação, mas atualmente se dedica e trabalha exclusivamente com arte e ilustração. Natural de São Gabriel da Palha, no Espírito Santo, mora no município desde 1997. Já participou de eventos de grafite em várias partes do Brasil e também exposições internacionais na França e Espanha, além de ter trabalhos expostos em outros cinco países. Ilustrou mais de 30 livros infantis e também as capas de outros 25 livros.

Rafael Campinho é designer gráfico há mais de 11 anos. É co-criador do coletivo artístico AVANDA onde realiza, desde 2018, design gráfico e web, além de ter trabalhado em agências de publicidade e criação no Rio de Janeiro. Já Helena Cunha é ilustradora e quadrinista. Formada em cinema, descobriu lá pelo meio do curso que gostava mais de desenhar os storyboards do que da agitação dos sets de filmagem.

Gaya Lamin é graduada em Arquitetura pela UCP em 2017. Co-fundadora do coletivo petropolitano AVANDA onde atua na administração, cenografia, audiovisual e social media. Diretora de artes e cenógrafa de moda, curtas e clipes com destaque na videoinstalação ZONA DE DESCONFORTO e os clipes ME ACOSTUMEI e ZONA DE DESCONFORTO no Sesc Natal 2019 e Sesc Quitandinha 2019.

Pedro Varela é artista visual, com trabalho desenvolvido nas coleções: Coleção SESC (São Paulo-SP); Gilberto Chateaubriand/Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-RJ); Montblanc México (Cidade do México); Sprint Nextel Art Collection, Overland Park; Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro (MAR-RJ). Entre suas principais exposições destacam-se: "Autofágico", Zipper Galeria, São Paulo, 2019; "Trail with no end in sight", Galeria Enrique Guerrero, Cidade do México, 2019; "Tender Constructions", (Com Carolina Ponte), Cité Internationale des Arts, Gallery 4 and 5. Paris, França; entre outras.