O acionamento de iluminação especial no Cristo Redentor, principal cartão postal do Rio de Janeiro, e também no Trono de Fátima, em Petrópolis, marcaram, na noite deste domingo (4/7), o encerramento da 32ª Bauernfest. Os dois monumentos ganharam as cores da bandeira alemã, em uma homenagem inédita à Cidade Imperial e à sua tradicional festa do colono alemão.

Em cerimônia que contou com a presença do governo interino, o reitor do Santuário Cristo Redentor, padre Omar Raposo, e o cônsul da Alemanha, Dirk Augustin, além do presidente do Clube 29 de Junho, Marcos Kling, o Cristo Redentor teve projetados dizeres que lembraram os 176 anos da colonização germânica em Petrópolis. "Esta foi a primeira vez que a cidade foi homenageada, com projeção no principal símbolo do Rio de Janeiro. Ver o nome da cidade sendo destacado desta maneira nos enche de orgulho. Evidencia ainda mais a importância de Petrópolis no cenário histórico, cultural e turístico do estado e do país", afirmou o governo municipal.

Padre Omar lembrou que o Cristo Redentor é um espaço de integração, que atrai pessoas de todo o mundo. "Hoje o Cristo está de braços abertos para Petrópolis" afirmou.

Durante o evento, o reitor do santuário e o prefeito anunciaram uma nova parceria, que será firmada no dia 29 de julho, com a assinatura de um termo de cooperação entre a Prefeitura e o Santuário, para intercâmbio cultural.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, neste domingo (04/07), em 33,33% em leitos clínicos e 35,87 em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 112 pacientes internados, sendo 58 em UTIs e 54 em leitos clínicos.

Até agora foram realizados no município 172.537 testes para Covid-19, com 41.795 resultados positivos e 129.464 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.303 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Percentual considera vacinas de 1ª dose e doses únicas aplicadas na cidade

Petrópolis ultrapassou neste sábado (3/7) uma marca importante: mais da metade da população com mais de 18 anos (público apto a receber a vacina até o momento, segundo as diretrizes do Ministério da Saúde) foi vacinada contra a covid-19. São 121.697 pessoas que tomaram ao menos a 1a dose do imunizante ou a vacina em dose única na cidade. Dos 306.678 moradores de Petrópolis, 242.058 fazem parte deste grupo, segundo estimativa do governo federal.

O percentual foi alcançado com a vacinação de mais 1.540 pessoas, no sábado, o que fez com que a cidade alcançasse 50,27% da população com mais de 18 anos vacinada.

“É uma marca importante, que mostra o avanço no trabalho de combate à pandemia. Estamos falando de preservação de vidas, de esperança. É importante lembrar que, mesmo com estes números, a gente não pode dispensar a máscara. Mesmo quem já tomou a vacina, inclusive os que já completaram o ciclo de imunização, com as duas doses da vacina, deve manter os cuidados preventivos", frisou o governo interino.

O prefeito agradeceu o empenho das equipes diretamente envolvidas no trabalho. "Agradeço a dedicação de toda a equipe da Secretaria de Saúde, que tem sido incansável neste trabalho, especialmente as que atuam diretamente na imunização. Não tem sido fácil, porque todos nós estamos ansiosos pela vacina. As equipes sonham, como a gente, com o dia em que todos estarão vacinados. Quanto antes recebermos mais vacinas, em quantidades suficientes para a vacinação de todos, mais rapidamente este dia vai chegar”, lembra o governo interino que, junto ao secretário municipal de Saúde, vem cobrando o envio de remessas maiores da vacina.

“Estamos avançando agora na vacinação por faixa etária, começando, nesta segunda, a vacinar pessoas a partir dos 47 anos. E seguimos buscando todas as formas para que possamos vacinar toda a população o quanto antes”, conclui.

Petrópolis tem cota de vacinas revista e passa a receber percentual maior de doses

O secretário de Saúde, Aloisio Barbosa da Silva Filho, destaca que, a partir de cobranças do município, o percentual de doses destinadas a Petrópolis dentro do total de vacinas distribuídas pelo Ministério da Saúde ao Estado do Rio de Janeiro, aumentou de 1,36% para 1,86% nesta última semana. “Conseguimos comprovar ao governo do Estado que o público estimado pelo Ministério da Saúde referente a alguns grupos foi inferior ao número real existente na cidade. Com isso, a correção no percentual está sendo feita e Petrópolis passa a receber o percentual correto”, explica o secretário, citando como exemplo o caso dos profissionais de Saúde, que, na estimativa para o envio de vacinas, eram 13 mil, mas, na prática somam mais de 17 mil vacinados na cidade.

“O envio de lotes maiores de vacinas é fundamental para que possamos avançar com a vacinação para outras faixas etárias. Chegarmos a 50% da população vacinada é uma conquista importante e que já começa a refletir na redução de internações, bem como na queda da demanda por atendimento. Mas precisamos seguir avançando. Temos na divisão de Epidemiologia uma equipe comprometida, que, assim como em todos os demais setores da Secretaria envolvidos na vacinação, foi fundamental para este resultado. O município tem toda a estrutura para ampliar a vacinação, o que será feito, de acordo com a chegada de lotes de vacinas em quantidades maiores”, frisa o secretário de Saúde.


As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência no sábado (03/07) a vacinação contra a Covid-19. Durante todo o dia, 1.546 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 398 receberam a primeira dose, seis receberam a segunda dose e 1.142 receberam a dose única do imunizante. Até o momento 119.435 pessoas receberam a primeira dose, 40.788 receberam a segunda dose e 2.262 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização foram vacinados 13 idosos, sendo dois com a primeira dose, três com a segunda e oito com a dose única.

Também receberam a vacina 1.385 pessoas com idade entre 50 e 59 anos sem comorbidades, sendo 288 com a primeira dose e 1.097 com a dose única. Também receberam a dose única, 34 pessoas com comorbidades. Além destes, receberam a primeira dose da vacina: 18 gestantes e 84 puérperas e lactantes.

Equipes vacinaram também 10 profissionais de Saúde, sendo seis com a primeira dose, três com a segunda, e um com a dose única da vacina. Além destes, um integrante de forças de segurança também recebeu a dose única da vacina.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue na segunda (05/07), com o início da vacinação de pessoas acima de 47 anos sem comorbidades e dos integrantes dos grupos prioritários. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). A vacinação contra a covid-19 acontece em 10 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde, um assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. Há, ainda, informações sobre a vacinação contra a gripe. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

Podem se cadastrar para a vacinação neste momento:

- Pessoas com mais de 47 anos sem comorbidades

- Gestante, puérperas e lactantes (mães de bebês com até 12 meses) com e sem comorbidades acima de 18 anos. *Importante destacar que gestantes e puérperas devem apresentar laudo indicando que estão aptas a receber a vacina e lactantes devem apresentar declaração ou laudo que comprove que estão amamentando. A vacinação de gestantes, puérperas e lactantes maiores de 18 anos continuará sendo feita com a aplicação das vacinas CoronaVac ou Pfizer. As doses dos imunizantes destinadas a este público estão sendo aplicadas em dois pontos da cidade: no campus da UCP Benjamin Constant (Centro) e no Parque Municipal, em Itaipava.

- Profissionais de Transporte Coletivo Rodoviário, motoristas de transporte escolar cadastrados junto a CPTrans e caminhoneiros (carteiras de habilitação C ou E) – maiores de 18 anos.

- Profissionais da educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, ensino superior e ensino profissionalizante

- Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos

- Pessoas com comorbidades e deficientes maiores de 18 anos

- Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos

- Pessoas com autismo maiores de 18 anos

- Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, neste sábado (03/07), em 28,79% em leitos clínicos e 34,78 em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 108 pacientes internados, sendo 57 em UTIs e 51 em leitos clínicos.

Até agora foram realizados no município 172.537 testes para Covid-19, com 41.795 resultados positivos e 129.464 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.303 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Equipes da Secretaria de Assistência Social estão reforçando as ações de abordagem a pessoas em situação de rua no município. A preocupação é com as baixas temperaturas que vêm sendo registradas na cidade. As ações são realizadas durante a noite e também durante a madrugada, na tentativa de convencer as pessoas a seguirem para unidades de acolhimento.

Na última quinta-feira, durante uma das ações, as equipes percorreram diversos pontos da cidade e conseguiram levar cinco pessoas para o Núcleo de Integração Social (NIS), no Alto da Serra, e para a Unidade de Atendimento Temporário (Unat), no Retiro.

“No Centro, conseguimos convencer algumas pessoas a aceitar o acolhimento, mas houve também pessoas que se recusaram a vir conosco. Apesar dos esforços para garantir o acolhimento, às vezes não conseguimos persuadir todos. O trabalho, no entanto, segue sendo realizado, orientando sobre os locais de acolhimento e também os demais serviços de apoio. Hoje, estamos com 57 acolhidos, explicou a secretária de assistência social.

O serviço de abordagem social realiza atendimentos sociais aos moradores de rua de forma permanente, O trabalho não tem como objetivo apenas o abrigo, mas sim de reinserção sociofamiliar. A ação é feita com ou sem denúncias, seguindo diretrizes da legislação vigente. Após atendimentos sociais e aceitando a abordagem, os indivíduos são acolhidos no abrigo ou levados para as suas residências.

“Contamos com uma equipe de abordagem que atua diariamente, de domingo a domingo, com dois locais para acolhimento funcionando 24 horas. Temos ainda o Centro Pop como espaço de apoio, atendimento e convivência, aberto das 8 às 17 horas durante os sete dias da semana. Todos esses equipamentos contam com assistentes sociais, psicólogas e educadores, além da equipe de apoio. Temos capacidade de acolhimento para até 70 pessoas e, neste período de temperaturas mais baixas, aumentamos em 40% este número, utilizando estruturas móveis temporárias. Tudo respeitando os protocolos exigidos pela pandemia”, explicou a secretária.

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na sexta-feira (02/07) a vacinação contra a Covid-19. Durante todo o dia, 2.251 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 1.265 receberam a primeira dose, 26 receberam a segunda dose e 960 receberam a dose única do imunizante. Até o momento 119.037 receberam a primeira dose, 40.782 receberam a segunda dose e 1.120 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização foram vacinados 15 idosos, sendo sete com a primeira dose, duas com a segunda e seis com a dose única.

Também receberam a vacina 1.852 pessoas com idade entre 50 e 59 anos sem comorbidades, sendo 941 com a primeira dose e 911 com a dose única. Outras 85 pessoas com comorbidades foram vacinadas, das quais 44 com a primeira dose, uma com a segunda e 40 com a dose única. Além destes, receberam a vacina: 44 gestantes, sendo 38 com a primeira dose e seis com a segunda. E ainda 96 puérperas e lactantes, das quais 95 com a primeira dose e uma com a segunda.

Equipes vacinaram também 56 profissionais de educação, sendo 53 com a primeira dose e três com a segunda. Outros 94 profissionais de Saúde receberam a vacina: 78 com a primeira dose, 13 com a segunda e três com a dose única. Também receberam a primeira dose oito profissionais de transportes e caminhoneiros, e um integrantes de força de segurança.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue neste sábado (03/07), com a continuidade da vacinação de pessoas sem comorbidades a partir dos 50 anos e dos integrantes dos grupos prioritários. Podem se cadastrar ainda pessoas sem comorbidade maiores de 47 anos, cuja vacinação começa na segunda-feira (05/07); O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde, um assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. Há, ainda, informações sobre a vacinação contra a gripe. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

Podem se cadastrar para a vacinação neste momento:

- Pessoas com mais de 47 anos sem comorbidades

- Gestante, puérperas e lactantes (mães de bebês com até 12 meses) com e sem comorbidades acima de 18 anos. *Importante destacar que gestantes e puérperas devem apresentar laudo indicando que estão aptas a receber a vacina e lactantes devem apresentar declaração ou laudo que comprove que estão amamentando. A vacinação de gestantes, puérperas e lactantes maiores de 18 anos continuará sendo feita com a aplicação das vacinas CoronaVac ou Pfizer. As doses dos imunizantes destinadas a este público estão sendo aplicadas em dois pontos da cidade: no campus da UCP Benjamin Constant (Centro) e no Parque Municipal, em Itaipava.

- Profissionais de Transporte Coletivo Rodoviário, motoristas de transporte escolar cadastrados junto a CPTrans e caminhoneiros (carteiras de habilitação C ou E) – maiores de 18 anos.

- Profissionais da educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, ensino superior e ensino profissionalizante

- Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos

- Pessoas com comorbidades e deficientes maiores de 18 anos

- Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos

- Pessoas com autismo maiores de 18 anos

- Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)

O encontro aconteceu durante o curso de atualização ministrado pela guarda do Rio para agentes de trânsito de Petrópolis.

O diretor-presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans e o superintendente geral da Guarda Civil Municipal de Petrópolis receberam hoje (2) o comandante da Guarda Municipal do Rio de Janeiro, José Ricardo Soares. O encontro foi precedido de uma visita às turmas da Guarda Civil e agentes da companhia de trânsito, que passam por capacitação ministrada pela Guarda do Rio na unidade da Universidade Estácio de Sá em Petrópolis. Desde o mês passado, agentes petropolitanos têm sido capacitados através da parceria com a instituição carioca.

“É uma integração importante, que beneficia a cidade de Petrópolis. A Guarda do Rio tem uma experctise com trânsito e está trazendo esse conhecimento para os nossos agentes”, ressalta o diretor-presidente da CPTrans.

Desde o dia 21, agentes da CPTrans e da Guarda Civil deram início ao Curso de Agente de Trânsito, uma atualização e capacitação, realizada na Universidade Estácio de Sá, em Petrópolis, que tem em vista as mudanças no Código de Trânsito Brasileiro - CTB. Além das alterações na legislação de trânsito, novas técnicas de abordagem fazem parte do currículo.

“A Guarda Municipal do Rio já trabalha no trânsito desde 1994 e, desde 1997, formando turmas, capacitando. É um prazer para nós trazer esse conhecimento para mais municípios, como Petrópolis. Mas, é uma via de mão dupla. O instrutor aqui transmite, mas também recebe conhecimento”, avalia o comandante da Guarda carioca.

Dos agentes da Guarda Civil de Petrópolis, 140 passam pela atualização, que tem aulas práticas e teóricas e se encerra no dia 12 deste mês. “Essa atualização é importante porque o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) está sempre mudando. Além disso, são noções atualizadas de técnicas de abordagem e ética, que vão ter um reflexo muito positivo para a população petropolitana”, pontua o superintendente geral da Guarda e Petrópolis.


Cadastro foi aberto nesta sexta (02.07) e vacinação começa na segunda-feira (05/07)

Com a chegada de novos lotes de vacinas contra a covid-19, a prefeitura abriu nesta sexta-feira (02/07) cadastro para a vacinação de pessoas a partir dos 47 anos. A vacinação deste grupo terá início na segunda-feira (05/07). Para receber a vacina é necessário fazer o cadastro junto a Secretaria de Saúde (www.petropolis.rj.gov.br). Também segue sendo realizada a vacinação dos demais grupos já contemplados dentro do Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19. A ampliação para a faixa etária a partir dos 47 anos foi possível com a chegada de lotes das vacinas Pfizer e AstraZeneca (Fiocruz), que totalizam 6.840 doses – remessa entregue pelo Estado nesta sexta-feira. Até quinta-feira (1°/06) Petrópolis tinha 117.772 pessoas vacinadas com a primeira dose, sendo que 40.756 que completaram o ciclo de imunização recebendo também a segunda dose. Além destes, 160 pessoas receberam a vacina em dose única na cidade.

“Seguimos ampliando a vacinação imediatamente após o recebimento de novos lotes. Temos hoje mais de 117 mil pessoas já vacinadas na cidade, o que significa que praticamente 50% das pessoas aptas a receberem a vacina (população maior de 18 anos) já tomaram a primeira dose. Todos os esforços estão sendo feitos pelo município e pela Secretaria de Saúde para que possamos acelerar o processo de imunização, garantindo a vacinação de toda população o mais breve possível. É importante frisar que dependemos apenas do envio de mais vacinas. Quanto maior a quantidade de vacinas, mais rapidamente fazemos a ampliação de faixas etárias”, destaca o governo interino.

O secretário de Saúde lembra que todos os departamentos da Secretaria de Saúde envolvidos com a vacinação estão empenhados para agilizar o processo de imunização.

“Seguimos avançando com a vacinação de forma responsável, garantindo que todas as pessoas que fazem o cadastro tenham a vacina disponível no dia em que comparecem ao posto. O departamento de Vigilância Epidemiológica tem hoje toda estrutura para ampliar esta vacinação, dependendo somente do envio de vacinas para que isso seja possível. Estamos fazendo todo possível para que Petrópolis receba mais vacinas e assim possamos seguir ampliando os trabalhos para que o mais breve possível toda população esteja vacinada”, destaca o secretário de Saúde.

Podem se cadastrar para a vacinação neste momento:

- Pessoas com mais de 47 anos sem comorbidades

- Gestante, puérperas e lactantes (mães de bebês com até 12 meses) com e sem comorbidades acima de 18 anos. *Importante destacar que gestantes e puérperas devem apresentar laudo indicando que estão aptas a receber a vacina e lactantes devem apresentar declaração ou laudo que comprove que estão amamentando. A vacinação de gestantes, puérperas e lactantes maiores de 18 anos continuará sendo feita com a aplicação das vacinas CoronaVac ou Pfizer. As doses dos imunizantes destinadas a este público estão sendo aplicadas em dois pontos da cidade: no campus da UCP Benjamin Constant (Centro) e no Parque Municipal, em Itaipava.

- Profissionais de Transporte Coletivo Rodoviário, motoristas de transporte escolar cadastrados junto a CPTrans e caminhoneiros (carteiras de habilitação C ou E) – maiores de 18 anos.

- Profissionais da educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, ensino superior e ensino profissionalizante

- Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos

- Pessoas com comorbidades e deficientes maiores de 18 anos

- Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos

- Pessoas com autismo maiores de 18 anos

- Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)



Está aberto desde ontem (01/07) o cadastro no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br) para o primeiro edital da Lei de Incentivo ao Esporte municipal. Em caso de dúvida no momento da inscrição, o proponente deve procurar a equipe da Secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), que fica na Praça Visconde de Mauá, no Centro, de 9h às 17h. Pessoas físicas e jurídicas podem direcionar até 50% do valor do IPTU e 30% do ISSQN para custear projetos esportivos.

A lei, que é resultado de uma indicação legislativa, abre caminho para a manutenção e criação de projetos comunitários, especialmente em áreas de maior vulnerabilidade social, que contribuam para a formação e o desenvolvimento de crianças e adolescentes e para melhoria da qualidade
dos moradores.

"Ressalto que os impostos já são pagos por empresas privadas e pessoas físicas. O que vai acontecer é um direcionamento para os projetos esportivos. Aquelas pessoas e empresas que já financiam projetos vão encontrar mais facilidade. A lei garante a manutenção de vários projetos e estimula a criação de outros, novos", conclui o governo interino.

Para estar apto, será necessário que os projetos sociais atendam desportos: educacionais (como as escolinhas); de participação (as atividades praticadas livremente); de rendimento (que são as competições esportivas); e de formação (ou seja, a iniciação de atletas para o mundo esportivo).Qualquer instituição que atenda estes tipos de modalidade poderá ser contemplada pela lei. Lembrando que é vedada a utilização dos recursos para o pagamento de remuneração de atletas profissionais, em qualquer modalidade esportiva.

As inscrições serão aceitas por prazo determinado. A aprovação caberá a uma comissão mista entre o poder público e a sociedade civil, com representantes eleitos no Conselho Municipal de Esportes e Lazer (Cmel). “Essa é mais uma ferramenta de incentivo ao esporte. Com o esporte, vamos ajudar na formação e no desenvolvimento de crianças e adolescentes e na melhoria da qualidade dos moradores”, garante o secretário da SEPJL.

Unidade, que tem nova gestão, teve horário de atendimentos ampliado

O governo interino e o secretário de Saúde vistoriaram na manhã desta sexta-feira (02/06) o funcionamento do Centro de Saúde Coletiva Professor Manoel José Ferreira, na Rua Santos Dumont – Centro. A unidade, que está sob nova direção desde o dia 15 de junho, teve horários de atendimentos e serviços ampliados e colocou em funcionamento na última quarta-feira (30/06) o novo mamógrafo – equipamento cujas licenças para funcionamento foram liberadas recentemente. Na primeira semana, estão sendo agendados 50 exames, número que irá aumentar gradualmente. A meta da Secretaria de Saúde é atingir a capacidade máxima de funcionamento - entre 500 e 600 exames por mês.

“Estamos aqui hoje verificando o andamento dos trabalhos com as mudanças que a Secretaria de Saúde está implementando. Com o empenho da Secretaria de Saúde e da equipe técnica do Centro de Saúde, temos hoje o mamógrafo da unidade funcionando – uma conquista importante para a população”, destaca o governo interino.

Entre as alterações realizadas a partir da nova gestão estão as ampliações de horários para vacinação - estendida até as 19h30; testagens rápidas para casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), que passam a ser realizadas agora entre 8h30 e 19h30.

“Ampliando horários de alguns serviços, conseguimos aumentar a capacidade de atendimento do Centro de Saúde, que é um equipamento, que está na área central da cidade, com fácil acesso para a população”, explica o secretário de Saúde.

A unidade que é polo de atendimento a pacientes ostomizados também passou a ter horário diferenciado para a entrega de bolsas de colostomia, que agora podem ser retiradas até as 19h30.

A diretora da unidade, enfermeira Érica Wendling, explica que setores como o de eletrocardiograma, também tiveram horário ampliado, com exames realizados até as 19h e o grupo para acompanhamento a tabagistas, que também passa a funcionar em terceiro turno. “Além destes, a farmácia da unidade também passa funcionar das 8h às 20h para a retirada de medicamentos”, conta.

A nova gestão está reorganizando também a estrutura para atendimento a pacientes ostomizados, que passarão a ter uma avaliação periódica com equipe multidisciplinar, além de reestruturação para atendimentos voltado à saúde do homem no terceiro turno.

Fatos e curiosidades registradas em mais de 900 mil documentos estão disponíveis no Arquivo Histórico de Petrópolis, que fica no Centro de Cultura, na Praça Visconde de Mauá. Com a pandemia, o local está funcionando com atendimento on-line. Os interessados podem solicitar o material pelo WhatsApp (24) 98822-1023, pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou então pelos telefones fixos (24) 2246-8684 e (24) 2233-1247. O espaço funciona de segunda a sexta, das 09 às 17 horas.

Estão disponíveis no acervo processos, como de construção, reformas, averbações, perpetuações e compras de sepulturas, licenças de trabalho, processos funcionais, autorizações e pedidos diversos à prefeitura; títulos de jornais e periódicos locais; livros, revistas e mídias sobre Petrópolis e de autores petropolitanos; 150 mil certidões de óbitos datas de 1889 a 1968 e de 1991 a 2018; além de 10 mil fotografias relacionadas a Petrópolis e eventos da Prefeitura de Petrópolis.

"A vida acadêmica de muitas pessoas continuou e a demanda pelos documentos do Arquivo Histórico permaneceu grande. Por conta disso, o atendimento permanece, só que agora, de maneira on-line. É importante ressaltar que a pessoa pode receber o material desejado no celular ou no e-mail, mas se preferir, pode ir pessoalmente buscar", explica o presidente do Instituto Municipal de Cultura.

"O Arquivo Histórico é um espaço muito importante da memória de Petrópolis. Garantir o acesso dos petropolitanos a esse material é uma obrigação nossa”, frisa ele, que administra a biblioteca e o arquivo.

Também estão disponíveis livros de atos, decretos, leis, ofícios municipais; além da Sala Petrópolis onde é possível encontrar livros, revistas, CDs, DVDs, sobre a cidade e, e também mapas, plantas, entre outros. Segundo Jéssica Soares, chefe do Arquivo Histórico, disse que o dia a dia mudou muito por conta da pandemia.

"O fechamento com a pandemia foi muito difícil, estávamos acostumados a receber as pessoas e a ter estudantes e pesquisadores no arquivo todos os dias. Atender remotamente foi a nossa saída para que as pessoas continuassem tendo acesso ao nosso material e temos recebido muitos pedidos tanto pelo e-mail quanto pelo nosso Whatsapp. Ainda temos algumas limitações dependendo do volume da pesquisa, mas tem sido muito gratificante poder ajudar as pessoas a conseguirem as informações que buscam", conta Jéssica.

O governo interino entregou hoje (02/07) a reforma da quadra da Vila São José. O piso foi concretado, permitindo que o local seja usado de maneira polivalente, teve troca do alambrado, pintura, instalação dos refletores de iluminação, além da restauração dos vestiários. O novo espaço também pode ser usado para eventos sociais da comunidade.

Morador da Vila São José desde 1988, Igor Mariano trabalha hoje no ramo de construção e acompanhou a entrega. "Lembro da minha infância quando era goleiro naquele campinho de areia. Fico muito feliz em ver as crianças desfrutando de uma estrutura tão bonita como essa", disse.

Gustavo Coelho é o responsável por um projeto social que atende cerca de 20 crianças de nove até 12 anos. Ele ressaltou a importância do espaço para os jovens. "Nosso trabalho é muito mais que esportivo. Aqui a gente quer mostrar para as crianças que elas devem seguir o caminho do bem. O esporte proporciona. Em uma quadra linda como essa é ainda melhor", afirmou.

Além dessa, está em andamento a reforma da quadra esportiva da Oswaldo Cruz. O espaço será coberto em telha de alumínio, sendo esse um pedido antigo dos moradores do local. Além disso, já houve melhorias no piso e será realizada a pintura dos vestiários, revisão da parte elétrica, com colocação de refletores de LED, instalação de tabela de basquete, rede de vôlei e traves. No Bela Vista, também estão ocorrendo melhorias na quadra da comunidade.

"O objetivo é que a população possa usar as quadras como local de promoção da saúde e de lazer em parceria com o poder público. Investir nos bairros é melhorar a qualidade de vida das pessoas", completa o secretário de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer.

Estão disponíveis três vagas de emprego no Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Os candidatos que tiverem interesse devem cadastrar os seus currículos pelo site www.petropolis.rj.gov.br.

O Balcão de Empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Dr. Porciúncula 75, Centro. O telefone para contato é o 2246-8942.

Confira as oportunidades:

1. Jovem Aprendiz Administrativo – Uma vaga - Ambos os sexos - Faixa Etária até 24 anos / Ensino Médio Completo -

2. Cozinheiro - Duas vagas - Masculino - Faixa Etária de 25 a 50 anos / Ensino Fundamental Completo / Experiência em CTPS acima de 3 anos

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta sexta (02/07), em 28,79% em leitos clínicos e 33,70% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 115 pacientes internados, sendo 61 em UTIs e 54 em leitos clínicos. Cinco óbitos foram confirmados e inseridos na base de dados do município nesta sexta.

Até agora foram realizados no município 172.152 testes para Covid-19, com 41.737 resultados positivos e 129.139 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.303 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Homem, 35 anos, morador em Araras. Internado em 24.06.2021 na UPA Cascatinha. Óbito em 24.06.2021 na UPA Cascatinha. Paciente sem comorbidades.

Homem, 57 anos, morador no Alto da Serra. Internado em 14.06.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 26.06.2021 no HNSA. Paciente sem comorbidades.

Homem, 68 anos, morador na Castelânea. Internado em 26.06.2021 na UPA Centro e transferido para o SMH. Óbito registrado em 27.06.2021 no SMH. Paciente com hipertensão arterial e câncer da bexiga.

Homem, 95 anos, morador no Alto da Serra. Internado em 28.06.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 28.06.2021. Paciente com hipertensão arterial, diabetes e hipotireoidismo.

Mulher, 70 anos, moradora no Samambaia. Internada em 29.06.2021 no Hospital Unimed. Óbito em 01.07.2021 no Hospital Unimed. Paciente com doença cardiovascular crônica e hipertensão arterial.

Imagina ser criança e adolescente em um período da história em que não existia televisão, rádio ou internet. Essa é a proposta do espetáculo Cantos e Contos do Tempo do Imperador, que será exibido no próximo domingo (04/07), às 16h, no canal de Youtube oficial da Prefeitura de Petrópolis, no Diversão com Arte. O vídeo traz no roteiro músicas da época e contos tradicionais sobre reis e princesas.

Com duração de cerca de 40 minutos, o vídeo apresenta histórias e cantigas que vieram da Europa pelas ondas do mar; o que se ouvia, contava e cantava para as crianças no tempo do Imperador. Essa foi mais uma iniciativa contemplada pelo edital do Fundo Municipal de Cultura em 2020.

“Divulgar os espetáculos realizados pela cena artística petropolitana nas redes oficiais da Prefeitura de Petrópolis é mais uma forma de mostrar ao mundo, pela internet, o quanto nos orgulhamos de nossa potencialidade cultural”, conclui a gerente do Centro de Cultura Raul de Leoni.

Além desta estratégia das redes, os conteúdos culturais já foram disponibilizados para as escolas municipais para que possam ser acessados através das estratégias traçadas pela secretaria de Educação. Uma delas é o ícone “Atividades Extras”, dentro da plataforma Educa em Casa, tem acesso livre na plataforma que está disponível no site da prefeitura: www.petropolis.rj.gov.br.

“Como todas as plataformas, o Educa em Casa está sempre sendo atualizado e ganhando informações adicionais que podem ser usadas nas aulas da rede municipal, tanto para pesquisas como para incentivar os alunos a conhecerem um pouco mais sobre temas do cotidiano. Agradeço ao Instituto Municipal de Cultura por toda parceria”, disse a secretária de Educação.