Vai ao ar no próximo domingo (01/08), no Diversão com Arte, o último capítulo da minissérie Cucaracha e Theobalda: Um Novo Olhar para o Lar. O programa será exibido no canal oficial da prefeitura no Youtube às 16h. A dupla promete arrancar risadas de toda a família com a história de duas palhaças buscando alcançar objetivos em comum, com empatia, coragem e companheirismo, rindo dos seus erros e admirando suas potencias. A produção foi contemplada pelo edital da Lei Aldir Blanc.

Na minissérie, Theobalda recebe pelo correio sua última compra na internet: um jogo com instruções misteriosas que ela prontamente divide com sua melhor amiga, Cucaracha. Juntas, porem separadas cada qual em seu lar, elas brincam redescobrindo os cômodos de suas casas, e cada um destes proporciona uma experiência sensível e lúdica. O último episódio é chamado "O quarto" e toda a minissérie foi apresentada ao longo desse mês e está disponível no canal da prefeitura.

Como são artistas essencialmente do palco, os desafios do isolamento por conta da pandemia deram à dupla Raquel Theo e Florencia Santángelo a chance de iniciar uma revigorante pesquisa audiovisual. As duas criaram uma série de vídeos, descobrindo um caminho de investigação dentro da dramaturgia da palhaçaria feminina.

Sobre o Diversão com Arte

O Diversão com Arte apresenta sempre aos domingos, às 16h, no canal de Youtube oficial da Prefeitura de Petrópolis, vídeos contemplados pelo editais da cultura no município. O objetivo é abrir espaço para os artistas petropolitanos.

A próxima etapa do Festival das Comunidades acontece na Vila São Francisco, no Moinho Preto, no sábado (31/07). Serão realizadas atividades diversas como recreação infantil, alongamento e futebol na quadra comunitária do bairro. A programação acontece das 9h às 12h e será acompanhada por profissionais de educação física e estagiários. O programa é realizado pela prefeitura, através da Secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL).

O objetivo do Festival das Comunidades é estimular a prática esportiva nos bairros. "Criamos o programa em 2017, quando eu era Secretário de Esportes do município, e foi muito bem aceito nos locais realizados. É uma atividade itinerante e que abre espaço para crianças e adolescentes participarem e mostrarem seu talento. A prática esportiva previne doenças e garante saúde e bem-estar", ressaltou o governo interino.

A primeira etapa, realizada no sábado passado no Atílio Marotti, foi considerado um sucesso pelo governo interino municipal e também pelos moradores. "Começamos esse trabalho de forma natural, colocando as crianças para brincar, e a coisa foi crescendo. Esse apoio da Prefeitura vem fortalecer bastante o nosso trabalho", disse Douglas Ferreira, um dos responsáveis por um projeto social no Atílio Marotti.

"No Atílio Marotti a gente conseguiu receber crianças de outros locais, como do Quarteirão Brasileiro, por exemplo. Queremos oferecer o programa em todas as regiões da cidade", afirmou o secretário da SEPJIL.

Oportunidade para professores da rede municipal de Educação

“Curso de Formação em Metodologias, Práticas Pedagógicas e Tecnologias Educacionais”

Professores da rede municipal devem ficar atentos: termina dia 31 de julho o prazo para a inscrição no curso: Formação em Metodologias, Práticas Pedagógicas e Tecnologias Educacionais que está sendo oferecido graças a uma parceria entre a Prefeitura de Petrópolis e a Secretaria de Educação de Sobral-Ceará. As inscrições devem ser feitas no link: https://www.even3.com.br/inscricaomppte 

A formação é uma iniciativa é da Universidade Federal do Ceará (UFC), por meio do Laboratório Digital Educacional (LDE), em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), a Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e a Secretaria de Educação de Sobral-CE. O curso é gratuito e as aulas serão realizadas ao vivo às sextas e aos sábados, das 14h às 17h, durante os meses de agosto a novembro, com transmissão pelo canal do Laboratório Digital Educacional no Youtube. As aulas também ficam gravadas no canal para os cursistas que não conseguirem assistir ao vivo ou para revisão dos conteúdos.

A aula de abertura será realizada no dia 6 de agosto, no canal https://www.youtube.com/ldeufc.

“É uma boa oportunidade e atualização e que terá certificação, por isso é importante que os professores aproveitem mais essa formação”, disse o governo interino.

Com carga horária total de 180 horas, o curso terá os certificados emitidos pela Pró-Reitora de Extensão da Universidade Federal do Ceará para os cursistas que alcançarem uma nota sete na média final. “Agradecemos a parceria da Secretaria de Educação de Sobral e esperamos que os nossos professores possam ser multiplicadores de todo conhecimento adquirido”, confirmou a secretária de Educação.


As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na quinta (29/07) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 2.923 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 776 receberam a primeira dose e 2.147 receberam a segunda dose do imunizante. Até o momento 148.098 pessoas receberam a primeira dose, 60.268 receberam a segunda dose e 6.805 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização foram vacinados 1.440 idosos, sendo dois com a primeira dose e 1.438 com a segunda dose. Equipes aplicaram a vacina em 1 80 pessoas com idade entre 38 e 59 anos sem comorbidades. Destes, 640 receberam a primeira dose e 440 a segunda. 

Também receberam a vacina 59 pessoas com comorbidades, sendo 33  com a primeira dose e 26 com a segunda. 

A vacina foi aplicada ainda em 26 gestantes, sendo 24 com a primeira dose e duas  com a segunda. Também foram vacinadas 48 puérperas, das quais 43 com a primeira dose e cinco com a segunda dose.   

Equipes vacinaram também 222 profissionais de Saúde, sendo 32 com a primeira dose e 190 com a segunda. Também receberam a vacina 39 profissinais de Educação, sendo um com a primeira dose e 38 com a segunda.

Também receberam a segunda dose sete profissionais de transporte. Dois integrantes de Forças de Segurança também receberam a vacina, sendo um deles com a primeira, outro com a segunda dose.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue nesta sexta-feira (29/07), com a vacinação de pessoas acima de 38 anos sem comorbidades. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). A vacinação contra a covid-19 acontece em pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

Unidades poderão funcionar com distanciamento de 1 metro em sala de aula

Decreto municipal também permite uso de parques e quadras esportivas em escolas, seguindo protocolos

A Prefeitura de Petrópolis atualizou decreto municipal que fixa regras para o funcionamento de escolas no município. As unidades de ensino, inclusive as de ensino superior, poderão fazer uso do horário integral de atendimento, respeitando o seu plano de retorno individual a partir do dia 10/08/2021 e as públicas, a partir de 24/08/2021. A mudança também estabelece que os parques, quadras e áreas de lazer das unidades educacionais poderão ser utilizadas respeitando o distanciamento físico e os protocolos sanitários do Ministério de Saúde. A alteração foi feita apenas no artigo 6º do decreto nº 090 de 28 de abril de 2021. As demais normativas do decreto, continuam em vigor.

No que diz respeito ao espaçamento, as escolas continuarão respeitando o distanciamento de 1,0 metro, conforme orienta o Ministério da Saúde, e os protocolos de segurança, bem como o uso de EPIs nos ambientes escolares.

Na rede pública municipal – escolas e CEIs - o retorno presencial começará em 24 de agosto no formato híbrido (o retorno online está previsto para a próxima segunda-feira). O cronograma, de forma escalonada, conforme planejamento da Secretaria de Educação, respeitará os protocolos, distanciamento, uso de máscara e oferta de álcool em gel. As famílias seguirão com a opção de manter o aluno no ensino remoto, se assim preferirem. O calendário com o escalonamento das turmas será publicado na primeira quinzena de agosto.


Percentual era esperado desde 2017 e começará a ser pago em outubro

Depois de quatro anos de espera, os servidores municipais terão garantido o reajuste de 6,2% nos salários. O anúncio foi feito pelo governo interino em reunião com o Sindicato dos Servidores Públicos de Petrópolis (Sisep) e outros sindicatos e associações que representam categorias específicas do funcionalismo. O valor faz parte dos 8,54% aprovados em 2016. Na época, 2,34% foram pagos, a partir de julho do mesmo ano, e o restante ficou para janeiro de 2017, quando foi suspenso. Além do reajuste, que passa a valer em outubro, o governo municipal garantiu o pagamento também do valor retroativo, que será pago aos servidores de forma parcelada, a partir de 2022, num prazo máximo de 15 anos.

“Sei bem da luta dos servidores por este reajuste e sinto um orgulho enorme por poder fazer este anúncio neste momento. O reajuste será concedido a partir de outubro, mês do servidor público”, afirmou o governo interino.

O Presidente do Sisep frisou a importância da medida. “Foram quatro anos de luta. É um ganho importante, que corrige uma injustiça feita com o servidor. Mostra uma gestão responsável e sensível às lutas dos servidores municipais”, pontuou.

O Presidente do Sindicato dos Fiscais (Sindfisc) destacou o resultado da reunião. “É a primeira vez em todos estes anos de negociação que ouço uma proposta que não obriga o servidor a cobrar seus direitos em relação aos atrasados na Justiça”, parabenizou.

Pagamento dos valores retroativos

Para o pagamento dos valores retroativos, que somam, segundo estimativas, cerca de R$ 150 milhões, ficou acordado que sindicato e Prefeitura trabalharão juntos para a finalização dos estudos sobre o montante a pagar. Além do trabalho da Secretaria de Administração, o sindicato vai ajudar os servidores nos cálculos dos valores. Para isso, eles podem comparecer à sede do Sisep com a documentação necessária para que os cálculos sejam feitos. A assessoria jurídica do sindicato orienta que os servidores levem cópia do documento de identidade, CPF, comprovante de residência e o último contra-cheque.

“Ter esses dados vai ser importante para que possamos negociar e tentar encurtar esse prazo de 15 anos, por isso é importante que os servidores compareçam o mais rápido possível. Quanto antes tivermos essas informações, mais rápido poderemos encaminhar para a prefeitura e dialogar em relação ao prazo de pagamento”, ressaltou o Presidente do Sisep.

“Até o fim de outubro teremos finalizado o estudo para o detalhamento do pagamento retroativo. Já fizemos os levantamentos preliminares e vamos começar o pagamento no início do ano que vem. O prazo máximo é de 15 anos mas, se com a conclusão dos estudos verificarmos que é possível reduzir este prazo, faremos”, destacou o governo interino.

Outras conquistas

Nesta quinta-feira (29) também ficou definido que município e sindicato farão reuniões periódicas a cada 60 dias. Foram mantidas, para os servidores da Comdep, as cláusulas de renovação anuais, como licença maternidade de 6 meses, horas extras trabalhadas e folga compensatória, conforme determinação do Ministério Público do Trabalho, além da jornada dos vigias e cesta básica.

Em relação ao pedido do Sindicato para a liberação do FGTS dos servidores, que trabalharam no período de 1976 a 1986, a Prefeitura já encaminhou para a Câmara um pedido para modificar a Lei nº 4401/1986. O projeto deve ser votado na próxima semana, na volta do recesso parlamentar.

“Tudo está feito com planejamento e responsabilidade e só foi possível com uma administração austera, que permitiu boa margem na Lei de Responsabilidade Fiscal. O reajuste passa a valer no dia 1º de outubro, cujo pagamento será liberado no fim do mesmo mês”, lembrou o governo interino.


A Prefeitura iniciou pelo Parque São Vicente a limpeza dos lagos e rios do município. Em uma parceria com o Instituto Estadual do Ambiente – Inea, Secretaria de Meio Ambiente e Comdep, o local começou a receber ações de limpeza, desassoreamento e revitalização na manhã desta quinta-feira (29). Com cerca de dois mil metros quadrados, a previsão é que cerca de 150 caminhões de material sejam retirados do local.

O governo interino esteve no Parque São Vicente acompanhando o início dos trabalhos. Além de deixar a cidade mais limpa e bonita, o objetivo principal é garantir que a cidade esteja preparada para o período de chuvas. 

Segundo o presidente da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis – Comdep, além de necessária, a limpeza do lago era um pedido da comunidade do local. “A ação era necessária, pois a última manutenção aconteceu há pouco mais de três anos, realizada pela própria companhia, para a retirada das gigogas. Com essa ação, estamos deixando o espaço mais agradável tanto para os petropolitanos, quanto para os nossos visitantes. Junto com o prefeito, estamos elaborando um cronograma para atender nossos rios e o lago de Nogueira”, explica o presidente Comdep.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, a ação de desassoreamento do lago do Parque São Vicente é importante porque dá ao lago as condições necessárias para seu equilíbrio natural. “Estamos contribuindo para a redução da poluição, melhorando a qualidade de vida e atendendo aos anseios da comunidade. Em continuidade à esta ação realizaremos novo programa de Educação Ambiental através das escolas e associações de moradores”, adianta o secretário.

Os trabalhos estão sendo acompanhados pelo engenheiro civil Haylander Novaes de Santa Rita, da Diretoria de Recuperação Ambiental – Diram, do Inea. “As ações de limpeza devem ser concluídas num prazo entre 15 e 20 dias. Neste momento, estamos trabalhando na remoção de resíduos orgânicos e inorgânicos acumulados no fundo do lago. Dessa forma, promovemos melhorias no escoamento e minimizamos transtornos que poderiam ser causados por alguma adversidade”, explica.

O Procon de Petrópolis autuou e lacrou uma bomba de etanol de um posto em Quitandinha, na sequência de ações que vêm sendo realizadas desde o mês passado. Segundo o órgão de defesa do consumidor, foi constatado que o etanol do local apresentou alterações que configuram uma irregularidade, o que obrigou os ficais a interditarem a pipeta do combustível.

De acordo com o Procon, foi constatado que o etanol do local apresentava alterações na medida de mistura com outras substâncias. Os lacres na bomba de saída do etanol serão mantidos até o posto autuado reabasteça com novo etanol. O proprietário do posto tem até 15 dias para apresentar defesa no caso da irregularidade no etanol, após autuação.

"Por causa de um defeito em um dos bicos de etanol, uma bomba foi lacrada até que o reparo seja providenciado. O problema é que a diferença entre o que é pago pelo consumidor e o que efetivamente entra no seu tanque, por mais insignificante que possa parecer, faz uma grande diferença ao longo dos repetidos abastecimentos. No posto de hoje (quinta-feira), foi constatada uma diferença de 70 ml em desfavor do consumidor", explicou o coordenador do Procon Petrópolis.

Anteriormente, fiscais visitaram um posto nas proximidades e nenhuma irregularidade foi encontrada. O Procon Petrópolis tornou a fiscalização em postos de gasolina uma rotina e alguns deles foram punidos de acordo com a lei prevista no Código de Defesa do Consumidor. "Vamos continuar a fiscalização nos postos de gasolina em diferentes bairros. Este é uma operação que não tem data para acabar e continuaremos trabalhando para que o direito do consumidor seja respeitado", finalizou o coordenador.

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias emitiu novo boletim nesta quinta-feira (29), que alerta para o estágio de atenção para a próxima madrugada. A medida leva em conta a previsão de declínio ainda mais acentuado da temperatura para esta sexta-feira (30). Desde o último domingo (25) o órgão destaca a passagem de frente fria que tem provocado fortes mudanças no tempo desde a última quarta-feira (28). Tendo em vista a queda na temperatura acentuada, a operação especial de acolhimento de pessoas em situação de rua, realizada pela Secretaria de Assistência Social, com o apoio da Defesa Civil, será mantida, alcançando todos os distritos. A população também pode ajudar, orientando essas pessoas para que busquem o Núcleo de Integração Social, no Alto da Serra, ou as tendas temporárias montadas ao lado do Hortomercado, em Itaipava, para pernoite. Durante o dia há, ainda, o Centro Pop.

Para a madrugada desta sexta-feira (30) há a previsão de temperatura mínima de 3°C e máxima de 13°C, com condições de ocorrência de geada. Para atender a população em situação de rua, foram ampliados os pontos de alojamentos na cidade com a instalação de abrigos para o pernoite temporário em Itaipava. A ação, que é realizada ainda com o apoio da Coordenadoria de Bem-Estar Animal (Cobea) também visa o cuidado para os animais que estiverem nas ruas da cidade.

“Nossas equipes estão empenhadas em garantir o alojamento para as pessoas que se encontram em situação de rua. Nossa maior preocupação é em garantir que a população não fique expostas a esse frio intenso. Vamos continuar a busca ativa dessas pessoas e oferecer os cuidados necessários”, destaca o governo interino.

Nas estruturas para acolhimento de pessoas em situação de rua, os público é recepcionado, recebe atendimento e encontra condições para a higiene pessoal, alimentação e dormitórios aquecidos.

Campanha de arrecadação de agasalhos e cobertores

Para fortalecer a operação, por meio da campanha de arrecadação de agasalhos e cobertores, a população pode contribuir com a iniciativa. Todos os itens doados são direcionados para os pontos de atendimento. Além do recolhimento de agasalhos e cobertores, também estão sendo aceitas casinhas e camas para os animais que estiverem pelas ruas.

Os pontos de recolhimento das doações estão instalados nas sedes da Defesa Civil, na rua Buarque de Macedo - 128; da Cobea, na avenida Koeler – 260; e quartel do Corpo de Bombeiros da Barão, na Avenida Rio Branco, 1957 – Retiro; e no destacamento de Itaipava, na Estrada União e Indústria, 9998. Os interessados em doar cobertores, agasalhos e estrutura para o abrigo de animais podem se dirigir aos locais no horário comercial. As secretarias de Segurança, Serviços e Ordem Pública (SSOP), de Obras e Comdep também atuam no suporte acolhimento.

No primeiro dia de intensificação do serviço de acolhimento aos moradores de rua por conta da frente fria na cidade, a Prefeitura acolheu 35 pessoas que ficariam vulneráveis às baixas temperaturas durante a madrugada. O Serviço de Abordagem Social, realizado pela Secretaria de Assistência Social, atende o público por meio do encaminhamento feito pelo Centro Pop e pelas abordagens de rua. No primeiro distrito, cinco pessoas aceitaram acolhimento e foram encaminhadas para o Núcleo de Integração Social (NIS), no Alto da Serra. Nos demais distritos, outras três pessoas concordaram em dormir nas tendas montadas temporariamente em Itaipava, para o pernoite nesses dias de frio intenso. Pela região, o serviço, que já é feito permanentemente, foi reforçado com a instalação das tendas.

“Vamos continuar com essa intensificação hoje e por quantos dias for necessário. A prioridade é garantir melhor acomodação e mais segurança para as pessoas em situação de rua. Estamos com nossas equipes voltadas para esse cuidado”, destacou o governo interino.

O trabalho de intensificação, com a ampliação de alojamentos, teve o apoio da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntários que, além da montagem de mais três tendas para o pernoite em Itaipava, também ajudou na abordagem das pessoas em situação de rua. As equipes, ao identificarem pessoas pelas ruas da cidade, orientam que se dirijam aos locais de acolhimento. Entre os que foram abordados pelos distritos nove se recusaram a deixar os locais onde estavam, mas receberam atendimento com a oferta de agasalhos e alimentos.

“A criação dos espaços temporários em Itaipava foi uma decisão importante. A população de rua pode procurar estas tendas nestes dias. Vai encontrar atenção e estrutura para alimentação, higiene e acomodação para passar a noite. Mantemos, ainda, nossas estruturas fixas - o Núcleo de Integração Social e a Unidade de Acolhimento Temporária, além do Centro Pop", explicou a secretária de assistência social.

A equipe técnica da assistência social, apoiada pela Defesa Civil, percorreu a Posse, Pedro do Rio, Itaipava, Bonsucesso e Nogueira. “O trabalho só começou e esperamos que, com o tempo, cresça a confiança e a adesão seja ainda maior. Estamos trazendo, semanalmente, o atendimento do Centro Pop aos distritos. Nosso ponto de apoio é o Centro de Cidadania. Psicólogos e assistentes sociais fazem o atendimento aos que vivem nas ruas pelos distritos. Isto facilita a possibilidade de reinserção e do conhecimento que precisamos ter sobre estas pessoas para construirmos com elas os caminhos possíveis”, completou a secretário.

Com relação a campanha do agasalho, a Secretaria de Assistência Social conta com o apoio da participação popular. Por meio da campanha, foram recebidas doações de roupas, agasalhos e cobertores. Na tarde desta quinta-feira, representantes de uma comunidade religiosa entregaram em um dos pontos de coleta, na sede da Defesa Civil, grande quantidade de itens doados para a população em vulnerabilidade. “O frio está intenso. É importante partilhar. Quem tem um agasalho que não usa deve abrir o seu armário agora e pensar nos outros que não têm essa oportunidade”, destaca o morador Eduardo Antunes.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta quinta (29/07), em 13,43% em leitos clínicos e 25% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 75 pacientes internados, sendo 42 em UTIs e 33 em leitos clínicos. Nesta quinta, novos óbitos não foram confirmados.

Até agora foram realizados no município 179.479 testes para Covid-19, com 43.720 resultados positivos e 135.270 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.374 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

A decisão do poder público municipal mantém o funcionamento das linhas urbanas nos mesmos horários dos dias úteis.

O governo interino sancionou nesta quinta-feira (29) o projeto de lei, aprovado na Câmara Municipal de Vereadores, que veta a mudança de horários nas linhas de ônibus urbanas nos dias em que a prefeitura decretar ponto facultativo na cidade. A decisão vai ao encontro dos 13 votos favoráveis ao projeto, que é de autoria dos vereadores Júnior Coruja e Yuri Moura e que havia sido votado no dia 1 deste mês.

“Entendemos que a medida é importante para a população, que busca melhorias no sistema de transporte. Temos trabalhado muito neste sentido. Já conseguimos a redução da tarifa, a partir de 1 de agosto e o retorno de 100% da frota nas linhas troncais, nos horários de pico. Estamos brigando na justiça por outras melhorias, como o pagamento do ISS devido pelas empresas. Ainda temos muito a fazer, mas não vamos descansar”, garantiu o governo interino, que lembra ainda que a nova medida garante que, “mesmo nos pontos facultativos, as empresas manterão a operação, atendendo àqueles que, nestas datas, trabalham ou dependem do transporte para o lazer ou outras atividades”, pontuou.

Para os vereadores responsáveis pelo projeto, a medida vai garantir melhoria na prestação do serviço. “Acompanhamos a situação do transporte público junto aos usuários, além das fiscalizações constantes que fazemos. E a redução de horários, nos dias de ponto facultativo, operando em horário de sábado, era um problema enorme no atendimento à população. Causa falha no sistema e gera aglomeração. Isso sem falar nos cidadãos que não conseguem embarcar nos coletivos por causa da lotação, já que nesses dias o movimento é grande”, ressaltou Coruja, que preside a Comissão de Transporte Público e Mobilidade Urbana.

“É uma importante parceria entre o legislativo e o executivo, que está retomando o transporte público para o público. Fazendo com que a população possa ser melhor atendida e que, principalmente o sistema volte a funcionar, em respeito aos rodoviários e a todos os trabalhadores e trabalhadoras que precisam do transporte. A situação atual é um absurdo, pois os usuários aguardam duas ou até mesmo três horas para pegar uma condução”, disse o vereador Yuri Moura.

Para o diretor-presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans, a mudança vai ajudar a garantir maior oferta de viagens especialmente nos horários de pico. “Os anseios da Câmara certamente são os anseios da população e a CPTrans, enquanto órgão regulador, deve cumprir, com o melhor das suas capacidades o que determina a lei”, destaca.

Redução da passagem

Passa a valer neste domingo (1) o novo valor da tarifa de ônibus de R$ 4,20, uma redução de 20 centavos. A medida foi anunciada no dia 16 deste mês pelo governo interino. Além disso, as empresas assinaram um termo de compromisso para o retorno de 100% da frota de ônibus nas linhas troncais, em horários de pico.

As mudanças ocorreram após pressão do governo municipal para garantir melhorias no sistema de transporte, já que uma decisão judicial determinou, no fim do ano passado, pagamento de subsídio às empresas, em decorrência de alegado desequilíbrio financeiro durante a pandemia e também do não pagamento de valores previstos em lei para subsidiar a gratuidade de estudantes. Desde o início do ano, o governo municipal vem negando o pagamento sem a garantia de melhorias no sistema, em benefício da população. A contrapartida garantida agora - com redução do valor da passagem e retorno da frota - segue na contramão do que vêm fazendo outros municípios, ao subsidiar o transporte público no contexto da pandemia da covid-19, sem qualquer tipo de melhoria no sistema.

“Desde o início do ano vínhamos buscando diálogo com as empresas, de forma a garantir melhorias no sistema de transporte. Tudo o que envolve este serviço sempre foi motivo de muita preocupação, especialmente neste período de pandemia. O problema é que toda a questão estava judicializada, o que dificultava a gestão do município sobre o serviço”, explicou o governo interino.


As vias são alternativa ao trânsito na Estrada União e Indústria

O governo interino, por meio da secretaria de Obras, deu início nesta semana a mais uma etapa de melhoria e recuperação das ruas Desembargador Luiz Antônio Severo da Costa e Joaquim Agante Moço, que estão sendo asfaltadas. As vias, que contornam a parte de trás do Parque Municipal, em Itaipava, interligando o trecho final da Vila Epitácio ao trecho da Estrada União e Indústria que fica próximo ao Shopping Tarrafas, servem como alternativa aos motoristas para evitarem a Estrada União e Indústria.

“Era uma obra esperada há muitos anos e que, sem dúvida, vai melhorar a mobilidade na região. Estamos fazendo as obras com o apoio do governo do Estado e, assim que tudo estiver pronto, a passagem na via será liberada”, destacou o governo interino.

Ao todo, a pavimentação com asfalto vai melhorar a passagem em um trecho de aproximadamente 2,5 quilômetros. “A Desembargador Luiz Antônio Severo da Costa, trecho de 800 metros, recebe o piso que chamamos de CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), que está sendo colocado com recursos do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), que em toda a cidade recupera 59 ruas. Já aplicamos a segunda camada de asfalto”, informou o secretário de Obras.

Já a Rua Agante Moço passou por um trabalho grande de recuperação. “Foi feito o nivelamento do piso, onde será feita a aplicação de asfalto PMF (Pré-Misturado a Frio). Tivemos ainda a autorização do proprietário de um terreno particular por onde foi feito um desvio de cerca de três metros em relação à via original, em uma área de 150m² e a Comdep realizou a limpeza da rua”, informou o secretário.

O objetivo é liberar a passagem dos veículos na próxima semana, dependendo das condições climáticas para a continuidade da execução da obra. “Será uma alternativa importante para o trânsito na região, que vem sofrendo os impactos da intervenção do DNIT na Estrada União e Indústria. O objetivo é fazer com que o motorista (de veículo leve) siga de Nogueira até o Tarrafas sem passar pelo trecho de obras”, ressaltou o diretor-presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans.


Neste sábado (31) a prefeitura de Petrópolis finaliza as Ações em Saúde referentes ao Julho Amarelo, no mês de combate as hepatites virais. A ação será finalizada, com atendimentos de 08h às 16h, em quatro postos de saúde do município: PSF Alto da Serra, UBS Quitandinha, UBS Retiro e USF Posse. Serão disponibilizados testes rápidos contra as hepatites B e C, sífilis e HIV e Covid-19. Além disso, nos locais poderá ser feita a atualização da caderneta de vacina, juntamente com a vacinação contra a gripe.

“Estamos dando ênfase no combate as hepatites virais, para que as pessoas busquem o tratamento preventivo. Em 2020, Petrópolis teve 27 pessoas com a doença. Ações como esta são importantes para despertar a atenção das pessoas sobre o tema. É uma maneira de ampliar o acesso à informação", destacou o governo interino.

A Ação em Saúde nas unidades neste sábado, finalizará a programação em alusão ao Julho Amarelo, que contou com atendimentos no Centro de Saúde do Itamarati, na Praça da Inconfidência, no Centro da cidade, e na Praça de Corrêas.

A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus, uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas ou genéticas. Nem sempre a doença apresenta sintomas. Quando aparecem, eles se manifestam na forma de cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

As hepatites virais podem ser transmitidas pelo contágio fecal-oral, relação sexual desprotegida, contato com sangue contaminado através do compartilhamento de seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos perfurocortantes, da mãe para o filho durante a gravidez (transmissão vertical), e por meio de transfusão de sangue ou hemoderivados.

Em 2010, a Organização Mundial de Saúde instituiu o dia 28 de julho como Dia Mundial de combate às Hepatites Virais. No Brasil, desde a publicação da Lei nº 13.812 em 2019, foi instituído o Julho Amarelo, um mês para a efetivação de ações de combate às hepatites virais.