O governo interino confirmou que Petrópolis vai abrir o calendário da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB) em abril de 2022. O objetivo é que a prova sirva como evento teste para a realização da Copa do Mundo de Mountain Bike, que acontece no mesmo mês do ano que vem. Os eventos serão realizados em uma pista construída em uma fazenda no Vale do Cuiabá.

"Escolhemos Petrópolis para abrir o calendário para dar a oportunidade dos atletas brasileiros conhecerem a pista em que será realizada a Copa do Mundo", explica Rogério Bernardes, organizador da CIMTB. Ele esteve reunido com o secretário de Esporte, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL), para definir as datas.

"É um evento esportivo que proporciona diversos avanços para o município: esportivo, turístico e financeiro. No ano que vem a vacinação estará bastante avançada e estamos confiantes na realização das duas provas. Petrópolis será destaque mais uma vez no Mountain Bike", disse o secretário lembrando ainda da importância do atleta Henrique Avancini para o município.

"Ajudei a trazer a Copa Internacional em 2019 e foi um grande sucesso de público na época. Também criamos a Copa Imperial de Mountain Bike que foi um sucesso nos dois anos em que foi realizada. Agradeço o empenho e o apoio do Henrique Avancini, que acredita no potencial da nossa cidade e luta para que tudo isso aconteça em Petrópolis", destacou o governo interino.

O mercado brasileiro de ciclismo vem crescendo de forma estável já algum tempo. Segundo a Abraciclo, o crescimento da produção no Brasil em 2020 foi de 12,8%, com um total de 750 mil bicicletas fabricadas. Um dos motivos desse aumento é a bike entrando no dia a dia do brasileiro durante a pandemia, como explica Rogério.

"Queremos que a Copa Internacional seja inesquecível para os participantes. Assim como vamos fazer o melhor trabalho possível para que a Copa do Mundo não saia nunca mais do Brasil”, ressalta Rogério.

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na quarta (21/07) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 3.329 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 2.060 receberam a primeira dose e 1.260 receberam a segunda dose e nove receberam a dose única do imunizante. Até o momento 138.942 pessoas receberam a primeira dose, 49.220 receberam a segunda dose e 6.805 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização foram vacinados 652 idosos, sendo seis com a primeira dose e 646 com a segunda dose. A primeira dose da vacina foi aplicada em 2.270 pessoas com idade entre 40 e 59 anos sem comorbidades, sendo 1.948 com a primeira dose e 322 com a segunda dose.

Também receberam a vacina, 97 pessoas com comorbidades. Destas, 75 receberam a primeira dose e 22 receberam a segunda dose. Um portador de deficiência também recebeu a primeira dose.

A vacina foi aplicada ainda em 28 gestantes, sendo seis com a primeira dose e 22 com a segunda. Também foram vacinadas 72 puérperas, sendo duas com a primeira dose e 70 com a segunda.

Equipes vacinaram também 138 profissionais, de Saúde, sendo 22 com a primeira dose e 116 com a segunda. Também receberam a segunda dose, 60 profissionais de Educação.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue nesta quinta-feira (22/07), com a vacinação de pessoas acima de 40 anos sem comorbidades e pessoas de grupos prioritários elencados pelo Ministério da Saúde. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). A vacinação contra a covid-19 acontece em 11 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta quarta (21/07), em 22,39% em leitos clínicos e 28,41% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 94 pacientes internados, sendo 58 em UTIs e 36 em leitos clínicos. Seis óbitos foram confirmados e incluídos na base estatística nesta quarta.

Até agora foram realizados no município 176.869 testes para Covid-19, com 43.186 resultados positivos e 133.306 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.357 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

Mulher, 54 anos, moradora no Independência. Internada em 17.12.2020 no Hospital Geral de Bonsucesso e transferida para o Hospital Federal Cardoso Fontes. Óbito registrado em 12.04.2021 no Hospital Federal Cardoso Fontes. Paciente com doença renal crônica.

Mulher, 68 anos, moradora em Corrêas. Internada em 09.07.2021 na UPA Itaipava e transferida para o HNSA. Óbito em 13.07.2021 no HNSA. Paciente com doença pulmonar obstrutiva crônica e hipertensão arterial.

Homem, 56 anos, morador no Castrioto. Internado em 10.07.2021 na UPA Centro e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 15.07.2021 no HNSA. Paciente com hipertensão arterial e diabetes.

Mulher, 80 anos, moradora no Duarte da Silveira. Internada em 23.06.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HNSA. Óbito registrado em 15.07.2021 no HNSA. Paciente com diabetes e doença cardiovascular crônica.

Mulher, 29 anos, moradora em Nogueira. Internada em 22.06.2021 no HAC. Óbito registrado em 16.07.2021 no HAC. Paciente puérpera e com obesidade.

Mulher, 63 anos, moradora no São Sebastião. Internada em 07.07.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HNSA. Óbito registrado em 18.07.2021 no HNSA. Paciente com obesidade, hipertensão arterial e hipotireoidismo.

"Desafios e estratégias para manter uma educação com qualidade social: aprendizagem, financiamento e gestão compartilhada". Esse foi o tema do 74º Fórum dos Dirigentes Municipais de Educação do Rio de Janeiro que terminou nessa quarta-feira (21/07) no Rio de Janeiro. Além de discutir os desafios da educação da pandemia, foram eleitos os novos dirigentes e coordenadores da União dos Dirigentes da área educacional dos municípios. Petrópolis permanecerá na coordenação da Região Serrana, tendo a secretária de Educação, como coordenadora.

“Seguimos no desafio e como delegada, junto com os demais secretários, seremos responsáveis em eleger os novos componentes da Undime Nacional que ocorrerá no Fórum Nacional, em setembro. Estamos alinhados ao objetivo do governo interino que é o de estreitar laços com os demais municípios, alinhar estratégias e buscar parcerias para fortalecer a educação pública e a ampliação dos programas federais no município”, explicou a secretária de Educação.

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na terça (20/07) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 2.489 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 1.181 receberam a primeira dose, 1.238 receberam a segunda dose e 70 receberam a dose única da vacina. Até o momento 136.882 pessoas foram vacinadas com a primeira dose, 47.960 receberam a segunda dose e 6.796 receberam a dose única do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.

Nos pontos de imunização foram vacinados 891 idosos, sendo um com a primeira dose e 890 com a segunda dose. A primeira dose da vacina foi aplicada em 1.334 pessoas com idade entre 40 e 59 anos sem comorbidades, sendo 1.105 com a primeira dose, 70 com a dose única e 159 com a segunda dose.

Também receberam a segunda dose do imunizante 47 pessoas com comorbidades, sendo uma com a primeira dose e 46 com a segunda dose. Receberam a vacina ainda 14 gestantes, sendo 13 com a primeira dose e uma com a segunda. Também foram vacinadas 48 puérperas, sendo 42 com a primeira dose e seis com a segunda.

Equipes vacinaram também 131 profissionais de Saúde, sendo 16 com a primeira dose e 115 com a segunda. Outros 20 trabalhadores da Educação também foram vacinados, sendo um com a primeira dose e 19 com a segunda. Três profissionais do setor de transportes também foram vacinados, sendo um deles com a primeira dose e dois com a segunda.

A campanha de imunização contra a covid-19 segue nesta quarta (21/07), com a vacinação de pessoas acima de 40 anos sem comorbidades e pessoas de grupos prioritários elencados pelo Ministério da Saúde. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). A vacinação contra a covid-19 acontece em 11 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

Estão disponíveis 23 vagas de emprego no Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Os candidatos que tiverem interesse devem cadastrar os seus currículos pelo site www.petropolis.rj.gov.br.

O Balcão de Empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Dr. Porciúncula 75, Centro. O telefone para contato é o 2246-8942. Confira as oportunidades:

1. Cozinheiro / Ambos os sexos / Ensino Médio Completo / Uma vaga / Experiência em CTPS / Faixa Etária de 18 a 50 anos

2. Copeiro / Ambos os sexos / Duas vagas / Ensino Médio Completo / Experiência em CTPS / Faixa Etária de 18 a 50 anos

3. Costureiro / Ambos os sexos / Uma vaga / Ensino Médio Incompleto / Experiência em CTPS acima de 6 meses/ Faixa Etária de 18 a 50 anos

4. Eletricista de Manutenção Industrial / Masculino / Cinco vagas / Ensino Superior ou Técnico / Experiência em CTPS acima de 1 ano/ Faixa Etária de 20 a 50 anos

5. Mecânico de Manutenção Industrial / Masculino / Oito vagas / Ensino Superior ou Técnico / Experiência em CTPS acima de 1 ano/ Faixa Etária de 20 a 50 anos

6. Oficial de Manutenção / Masculino / Ensino Médio ou Técnico / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 25 a 50 anos

7. Encarregado de Obras / Masculino / Ensino Médio / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 30 a 50 anos

8. Auxiliar de Obras / Masculino / Ensino Médio / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 20 a 50 anos

9. Instalador de Redes / Masculino / Ensino Médio / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 25 a 50 anos

10. Eletricista / Masculino / Ensino Médio ou Técnico / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 2 ano/ Faixa Etária de 25 a 55 anos

11. Açougueiro / Ambos os sexos / Ensino Médio Incompleto / Uma vaga / Experiência em CTPS acima de 6 meses/ Faixa Etária de 25 a 55 anos

O "IMC nas Redes – Conversas Culturais" de hoje (21/07) terá como tema o aniversário de Alberto Santos Dumont. O encontro virtual será transmitida nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Sylvio Costa Filho, Patrícia Souza Lima, Ana Carolina Maciel Vieira e Alberto Dodsworth Wanderley. A mediadora da roda de conversa será a gerente do Centro de Cultura, ligado ao Instituto Municipal de Cultura (IMC).

"Muito importante para uma cidade onde Santos Dumont construiu sua única casa, termos a chance de falar sobre ele com especialistas, num dia após seu aniversário. Teremos a honra de contar com um familiar dele. Estamos muito felizes com a chance dessa live", disse a gerente do Centro de Cultura.

Sylvio Costa Filho é ator e atua já há duas décadas representando o personagem Santos Dumont em Petrópolis e outras cidades. Autor e ator em “Petrópolis em Revista” que contou os 150 anos de Petrópolis e da “performance” Bauerntheater que conta a vinda dos colonos alemães e os primeiros dias da colônia. Já Ana Carolina Maciel Vieira é museóloga e mestre em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

Petropolitana e professora de História do CEFET/RJ campus Petrópolis desde 2015, Patrícia Souza Lima também é doutora em História Social pela UFRJ (2006). Desde a graduação em História pela UFF, concluída em 1997, foi pesquisadora em diversos projetos, como da elaboração do livro Uma casa muito encantada: a invenção arquitetônica de Santos-Dumont publicado pela editora Escrita Fina. Alberto Dodsworth Wanderley é economista e bisneto de Henrique Santos Dumont, irmão mais velho de Alberto.

Sobre Alberto Santos Dumont

Nascido em 1873, na Fazenda Cabangu, em João Gomes (hoje chamada de Santos Dumont), em Minas Gerais, o inventor escolheu a Cidade Imperial para construir seu imóvel de veraneio. Foi na “Encantada”, como a casa é chamada, que ele escreveu um de seus dois livros, a obra intitulada “O que eu vi e o que nós veremos”.

A casa que foi local de descanso para Santos Dumont foi construída em 1918. Naquela época, poucos imaginavam que o terreno íngreme que ficava bem na entrada da Rua do Encanto, no Centro da cidade, poderia abrigar uma moradia. Considerado visionário, ele desenhou e planejou, com a ajuda do engenheiro Eduardo Pederneiras, seu chalé. Quem sobe as escadarias e entra na imóvel consegue notar de cara que se trata de uma casa especial. Para entrar, só é possível com o pé direito, em função do formato das escadas criadas por Santos Dumont.