Durante o mês de outubro, a Prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria da Atenção da Saúde do Idoso da Secretaria de Saúde, vai promover uma série de ações online e presenciais, referentes ao mês do idoso. A ação tem o objetivo de oferecer atendimento especializado para as pessoas da terceira idade. A programação teve início na última sexta-feira (01), com a homenagem aos funcionários idosos no Centro Administrativo da Prefeitura.

“É muito importante lembrarmos do mês do idoso e conscientizarmos a população dos direitos das pessoas idosas. Teremos atividades físicas e realizaremos atendimentos médicos, com o objetivo de alertar as pessoas sobre a necessidade dos cuidados contínuos com a saúde. Isso permite maior qualidade de vida e um envelhecimento saudável”, destaca o governo interino.

A programação do mês do idoso contará com um ciclo de lives nas redes sociais, e ações presenciais nos Postos de Saúde e Parques de Petrópolis. No próximo sábado (09), será realizado no Centro de Iniciação Esportiva (CIE) Paulo Guerra Peixe, no Caxambu, um evento lúdico para idosos. A ação acontece com a participação do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF) e da Academia de Saúde, para projeção de projeto pista com obstáculos.

Na Academia da Saúde do Castelo, nos dias 13, 14, 20, 21 e 25, serão promovidos treinamentos funcionais, alongamento, aulas de bio pilates, yoga e rodas de conversa sobre assuntos da saúde do idoso. Nos dias 15 e 30, no Parque Municipal de Itaipava, acontecerão aulas de bio pilates, caminhada, alongamento, piquenique e show de prêmios.

Com atividades abertas ao público da terceira idade, a Prefeitura de Petrópolis leva a cinco locais do município o Projeto Pista com Obstáculos, que busca prevenir os idosos contra quedas. No dia 15, as atividades aconteceram na Posse, no dia 19 serão na UBS Independência e no dia 20, no Centro de Saúde, no Centro da cidade. A ação acontece no Quitandinha e no Brejal no dia 22.

A programação também contará com um ciclo de lives nas redes sociais da Prefeitura, entre os dias 13 e 15, abordando assuntos como os mitos do envelhecimento, paradigmas do envelhecimento e o que fazer para evitar quedas dos idosos. A médica geriatra e gerontóloga Rita Cássia Ravaglia Campos, que é a coordenadoria da Atenção da Saúde do Idoso será a palestrante das transmissões.

“Buscamos aproximar a Secretaria de Saúde dos idosos, e mostrar que estamos de portas abertas para que eles possam buscar atendimentos. O acompanhamento na rede primária de Saúde é a melhor indicação, assim como a recomendação do exercício de atividades físicas. Além disso, também estamos realizando a avaliação multidimensional dos idosos da nossa cidade, que busca avaliar a cognição, mobilidade, comunicação e humor dos idosos com mais de 60 anos”, explica o secretário de Saúde.

Quarta, 06 Outubro 2021 10:39

Boletim vacinação – 05/10/2021 (terça)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência nesta terça (05/10) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 2.573 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 411 receberam a primeira dose, 1.925 receberam a segunda dose e 237 receberam a dose de reforço. Até o momento 232.465 pessoas receberam a primeira dose, 137.425 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 2.622 idosos institucionalizados, idosos maiores de 70 anos e pacientes imunossuprimidos receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização sete idosos foram vacinados, sendo um com a primeira dose e seis com a segunda dose. Equipes aplicaram também a dose de reforço em 177 idosos, 22 pacientes imunossuprimidos e 38 trabalhadores da Saúde.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em 44 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 1.870 pessoas também receberam a segunda dose. Também receberam a primeira dose do imunizante 365 adolescentes sem comorbidades.

A segunda dose da vacina foi aplicada também em 24 pessoas com comorbidades.

Equipes vacinaram ainda um gestante com a segunda dose. Oito puérperas também foram vacinadas, sendo uma com a primeira dose e sete com a segunda.

Também foram vacinados com a segunda dose, quatro profissionais de Educação, um profissional de limpeza urbana e 12 profissionais de Saúde.

A vacinação contra a covid-19 segue nesta quarta-feira, em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

Seguindo a orientação do Ministério da Saúde, a prefeitura abre nesta quarta-feira (06.10) o cadastro para a aplicação das doses de reforço da vacina contra a covid-19 em pessoas com mais de 60 anos. Importante lembrar que o reforço deve ser aplicado a partir de 180 dias (seis meses) após o dia em que o esquema de vacinação foi concluído, o que ocorre com a aplicação da segunda dose ou dose única da vacina. Para receber o reforço é importante o preenchimento do cadastro no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

“O agendamento para a aplicação da dose de reforço é fundamental para que a Secretaria de Saúde faça o planejamento e organize a distribuição das doses e para que a vacinação continue acontecendo de forma organizada também para este grupo, com todas as pessoas agendadas encontrando a vacina no posto que escolheram”, destaca o governo interino, lembrando que, neste momento, a vacinação acontece em diferentes frentes: com agendamento nos postos, busca ativa feita por equipes de Saúde em comunidades e vacinação de idosos acamados.

Até o momento 2.385 pessoas receberam a dose de reforço na cidade. Destas, 1.677 são idosos com mais de 70 anos, entre os quais idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência. Também estão recebendo a dose de reforço pacientes imunossuprimidos (que têm imunidade baixa) e trabalhadores da Saúde acima de 18 anos.

“É importante destacarmos em relação à dose de reforço que as pessoas devem estar atentas ao intervalo necessário para receber a vacina. No caso dos idosos e profissionais de Saúde o reforço deve ser aplicado somente seis meses (180 dias) após a data em que a pessoa recebeu a segunda dose ou a dose única da vacina”, explica o secretário de Saúde, lembrando que no caso dos pacientes imunossuprimidos, o prazo é menor: eles podem receber a dose de reforço 28 dias depois de concluírem o esquema de vacinação.

“É importante que antes de fazer o cadastro as pessoas consultem o cartão de vacinação, verifiquem o dia em que receberam a segunda dose e a partir desta data façam a conta para ver se já cumpriram o prazo para receber o reforço: 180 dias (seis meses) para idosos e profissionais de Saúde e 28 dias para imunossuprimidos”, frisa o secretário de Saúde.

Além da aplicação da dose de reforço destinada a idosos com mais de 60 anos, trabalhadores da Saúde e imunossuprimidos, a Secretaria de Saúde segue vacinando adolescentes na faixa etária entre 12 e 17 anos e a população maior de 18 anos. Até segunda-feira (04/10) o município tinha 226.461 adultos vacinados com a primeira dose ou dose única do imunizante, o que corresponde a 93,55% da população adulta. O município também vacinou 12.398 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos. Dados da Divisão de Imunização apontam ainda que 142.305 pessoas concluíram o esquema de vacinação, recebendo a segunda dose ou dose única do imunizante, o que corresponde a 58,79% da população maior de 18 anos.

Espaço será reestruturado e ampliado para melhorar serviço a pacientes e terá atendimento 24h

O governo interino acompanhou na manhã desta terça-feira (05.10) o início das obras para reforma e ampliação do setor de psiquiatria do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp. O objetivo é melhorar a estrutura para atendimento a quem precisa de tratamento psiquiátrico e oferecer atendimento 24h a pacientes em crise. A obra deve estar concluída em cinco meses. O projeto prevê uma reestruturação dos espaços, que passará a contar com oito leitos de saúde mental - quatro masculinos e quatro femininos - para estabilização de pacientes, além de uma sala específica de observação para psiquiatria pediátrica. O espaço terá ainda três leitos para receber pacientes de emergência e um consultório para atendimento.

“Melhorar a estrutura dos equipamentos públicos é uma meta que temos buscado incansavelmente desde o início da gestão. A reforma da psiquiatria do HMNSE, é uma demanda antiga para a unidade, que garantirá melhorias significativas - um passo importante que estamos dando para humanizarmos este atendimento tão importante e tão necessário”, declara o governo interino.

Com as intervenções, o espaço da psiquiatria passará a ser mais amplo, terá iluminação natural, segurança e entradas separadas para pacientes socorridos por equipes de emergência e para aqueles que derem entrada por meios próprios.

“Com a reforma da psiquiatria no HMNSE iremos melhorar a qualidade no atendimento a estes pacientes, que receberão um atendimento mais humanizado. A unidade terá funcionamento 24 horas e uma estrutura com melhor qualidade para receber os pacientes, que poderão permanecer pelo tempo que for preciso até que tenham o quadro estabilizado”, explica o secretário de Saúde.

Reformada, a unidade passará a contar com equipe técnica multidisciplinar: médico, psicólogo, assistente social, enfermeiro, técnico de enfermagem, equipe de apoio e segurança.

“A nova estrutura permitirá que tenhamos leitos de saúde mental em um hospital geral, onde os pacientes portadores de quadros psiquiátricos passarão a receber cuidados das comorbidades clínicas que possam ter concomitantemente ao atendimento psiquiátrico, até a estabilização do quadro geral”, promovendo o princípio de integralidade do Sistema Único de Saúde, explica o diretor do Departamento de Saúde Mental da Secretaria de Saúde.

Nesta segunda-feira (04), foi celebrado em todo o Brasil o Dia do Agente de Saúde. Os profissionais são o elo de ligação entre o Sistema de Saúde e a comunidade, atuando em ações de promoção da saúde e prevenção de doenças, sobretudo com foco na orientação e nas atividades educativas domiciliares e/ou coletivas.

O governo interino fala da importância dos profissionais na conexão entre o poder público e a população. “Esses profissionais são pessoas conhecidas da população. Diariamente eles estão ali nos bairros e comunidades, atendendo as pessoas e ajudando em todos os momentos. São um braço da Secretaria de Saúde e da Prefeitura entrando na casa das pessoas", lembrou. "Parabenizo e agradeço a cada profissional pelo trabalho não só para a Prefeitura, mas em prol da população”, afirmou o secretário de Saúde.

Os agentes são divididos entre os agentes de endemia, que trabalham no combate e prevenção às doenças endêmicas, e os agentes de Saúde, fundamentais na disseminação de informações e no monitoramento da saúde da população das comunidades. Além disso, os profissionais contribuem com a vacinação, auxiliando na busca ativa para aplicação da vacina contra a Covid-19 em moradores que ainda não se vacinaram.

“As atividades que são realizadas pelos agente de combate de endemias são fundamentais para prevenir e controlar doenças como dengue, chickungunya, zika, chagas, febre amarela e malária. Precisamos valorizar o trabalho destes profissionais tão importantes no controle das arboviroses, e outras zoonoses, que visam a proteção da saúde da população”, ressalta a coordenadora da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, lembrando que os agentes de endemia realizam mensalmente cerca de 45 mil visitas a domicílio.

A diretora da Atenção Básica da Secretaria de Saúde parabenizou os profissionais pelo dia: “Os agentes comunitários de Saúde são profissionais de alta relevância para a Atenção Básica, conexão da Comunidade com a Estratégia de Saúde da Família e Unidade Básica de Saúde, formados pelo, e para a própria comunidade. Possuem uma função muito importante no acolhimento,o que permite a criação de vínculos mais facilmente, propiciando o contato direto com a equipe. Diante da pandemia do Covid-19 iniciada em 2019, os agentes comunitários de Saúde em conjunto com os profissionais de saúde , tiveram um papel crucial na disseminação de informações e no monitoramento de comunidades. Parabéns a todos os Agentes Comunitários de Saúde”.

Capacitação para os agentes será realizada na sexta-feira (08)

A Secretaria de Saúde realizará na próxima sexta-feira (08) de forma online, uma capacitação para os agentes de Saúde do município. A ação será aberta aos agentes comunitários e de endemias, e abordará o tema “empatia e atuação no território”. A Educação Permanente acontece também em alusão ao Dia dos Agentes de Saúde.

A cidade ganhará Núcleo de Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento, Ampliação do Acesso à Documentação Básica e Erradicação de Desaparecimentos. Também receberá um Centro de Cidadania LGBTQIA+.

Nesta segunda-feira (4), em visita a Petrópolis - a convite do governo municipal, por meio do governo interino e do secretário de Assistência Social - a subsecretária de Promoção, Defesa e Garantia dos Direitos Humanos do Estado anunciou a instalação de um Centro de Cidadania LGBTQIA+ e de um núcleo e um comitê da Superintendência de Prevenção e Enfrentamento de Pessoas Desaparecidas e Documentação. O anúncio foi feito ao lado do superintendente Estadual de Políticas Públicas LGBTIA+, Ernani Alexandre Pereira, e da superintendente estadual de Prevenção e Enfrentamento das Pessoas Desaparecidas, Jovita Belfort, na visita realizada ao Centro de Referência de Assistência Social - CRAS, Centro Histórico, que fica na Rua Dom Pedro, e vai receber os novos serviços de atendimento à população.

“O Estado tem sido um importante parceiro do município em várias frentes”, lembrou o governo interino, informando que, além do Centro de Cidadania LGBTQIA+ e do núcleo para pessoas desaparecidas, a cidade vai receber outros serviços, incluindo capacitação para melhorar a qualidade do atendimento à população. “Desde que assumi a Assistência Social, há pouco mais de uma semana, estou em contato com o secretário de Estado (de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos) Matheus Quintal, que já se falou ao governo interino sobre a expansão dos serviços da assistência social do Estado para Petrópolis”, frisou o secretário de Assistência Social.

A implementação do Centro de Cidadania LGBTQIA+ trará para a cidade atendimentos jurídicos, psicológicos e sociais para a comunidade. O espaço será uma unidade de atendimento do Programa Rio Sem LGBTIfobia. “Hoje, esse atendimento à cidade é feito a partir da nossa base mais próxima em Duque de Caxias. Trazer essa estrutura para a cidade mais populosa da Região Serrana é fundamental, porque vai estimular que essas pessoas, que estão em situação de vulnerabilidade, procurem atendimento. Além disso, vai permitir que nós possamos acompanhar de perto alguns casos, como já acompanhamos aqui, de uma jovem que era mantida em cárcere privado pela família que não aceitava a sexualidade dela”, ressalta o superintendente Estadual de Políticas para LGBTI, Ernani Alexandre Pereira, que lembra ainda que a capacitação e instalação do serviço vai permitir que a cidade seja incluída também nos programas nacionais.

Também ficará mais perto da população o serviço da Superintendência de Prevenção e Enfrentamento de Pessoas Desaparecidas e Documentação. De acordo com o Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro - ISP, o estado registrou 3.350 desaparecidos em 2020. Nos quatro primeiros meses de 2021 foram registrados 1.281 desaparecimentos no estado, aproximadamente 4% a mais que em 2020 no mesmo período (1.228). “É um drama que vivem as famílias que têm um ente desaparecido. A falta de notícias, aliada à falta de uma rede de apoio, torna tudo ainda mais difícil. Por isso, a formação de um Núcleo e um Comitê de Erradicação do Sub-registro Civil de Nascimento e Ampliação ao Acesso à Documentação Básica do município é fundamental. Porque quem não tem documento também é considerado desaparecido aos olhos do Estado. Facilitar o acesso à documentação é uma forma de enfrentar essa situação, assim como dar apoio jurídico e psicológico às famílias que procuram pela pessoa desaparecida”, esclarece a superintendente estadual de Prevenção e Enfrentamento das Pessoas Desaparecidas, Jovita Belfort, que é mãe de Priscila, irmã do lutador Vitor Belfort. Priscila está desaparecida há 17 anos.

A próxima etapa será a adaptação do CRAS da Rua Dom Pedro para receber os serviços. “Gostei muito do espaço, que conta com toda a rede de atendimento social bem próximo. Aqui teremos uma equipe completa à disposição para o atendimento, de todos serviços. E é fundamental que Petrópolis seja incluída nas políticas de enfrentamento à LGTIfobia, à intolerância religiosa, e de apoio às famílias de pessoas desaparecidas, nesse momento em os números no estado estão bem elevados”, finaliza a subsecretária de estado da Promoção, Defesa e Garantia dos Direitos Humanos.

Núcleo para atendimento à vítima de intolerância religiosa também será instalado em Petrópolis

O município também receberá um Núcleo de Atendimento às Vítimas de Intolerância Religiosa – NAVIR. O núcleo oferece atendimento social e psicológico, além de acompanhamento jurídico dos casos necessários, para quem sofre qualquer tipo de violação ocasionada por discriminação ou intolerância religiosa.

O NAVIR é coordenado pela Superintendência de Promoção da Liberdade Religiosa (SUPLIR), vinculada à Subsecretaria de Promoção, Defesa e Garantia dos Direitos Humanos.

Os pedidos de manutenção da iluminação pública também podem ser feitos em link no site da prefeitura ou por meio do aplicativo Ilumina Petrópolis.

O Ilumina Petrópolis, programa do governo municipal que vem recuperando pontos do parque de iluminação da cidade, chegou a 3.810 manutenções feitas em 27 dias. Na prática, significa uma média de 141 pontos de iluminação feitos todos os dias, desde o dia 8 deste mês - quando a Vasconcelos e Santos LTDA, vencedora da licitação, começou a operar efetivamente. E, para facilitar o atendimento de demandas por novos reparos no parque de iluminação, além do aplicativo para smartphones lançado no mês passado pela nova prestadora do serviço público (Ilumina Petrópolis), já está disponível também um link no site da Prefeitura de Petrópolis onde as solicitações podem ser feitas.

“É importante que os pedidos de reparos sejam registrados, para que o serviço seja incluído no cronograma das equipes e seja realizado mais rapidamente", frisou o governo interino. "Sabemos da importância de uma cidade bem iluminada, do impacto que isso tem na questão da segurança para a população e estamos trabalhando intensamente para que seja prestado um serviço de qualidade”, ressaltou.

Segundo o coordenador de iluminação da Vasconcelos e Santos, Dayvson Vasconcelos, as equipes estão se empenhando para atender tanto a demanda que estava reprimida quanto os novos pedidos. “A nossa equipe tem se adaptado bem, conhecendo melhor a cidade. Sempre em contato com os moradores e as lideranças locais. Procurando atender não apenas os pedidos que recebemos do departamento de iluminação pública e pelo aplicativo, mas também identificando pontos para tornar o trabalho executado em cada bairro mais eficiente”.

Pedidos via app e pelo site

O parque de iluminação da cidade conta com mais de 40 mil pontos e, para facilitar a manutenção, além do trabalho de identificação e vistoria dos equipamentos, já está disponível desde o fim de setembro o aplicativo Ilumina Petrópolis. O serviço serve para facilitar os pedidos de reparos.

“Já foram mais de mil pedidos recebidos. O usuário baixa o app e ali ele consegue colocar o endereço ou usar o sistema de GPS para marcar o local onde está o poste que precisa de reparo na luminária. Essa ação gera um protocolo para o usuário, que pode acompanhar o pedido também pelo aplicativo. Em média, temos conseguido atender a essas demandas em um prazo de até 48 horas”, informa o coordenador de iluminação da empresa.

Outro canal de comunicação já disponível à população é o link para pedir reparo disponível no site da prefeitura de Petrópolis. “Quem acessa a página principal da prefeitura já encontra o banner para pedidos com a identidade visual da campanha do Ilumina Petrópolis. É só clicar nele que o cidadão será direcionado para o endereço na web onde ele faz o pedido com a mesma facilidade que encontra hoje no aplicativo que a empresa já fornece. Além disso, está previsto para os próximos dias a disponibilização de um canal de telefone 0800”, informa a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta terça-feira (05/10), em 23,33% em leitos clínicos e 10,61% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 91 pacientes internados, sendo 36 em UTIs e 55 em leitos clínicos. Cinco óbitos foram inseridos na base de dados do município nesta terça-feira.

Até agora foram realizados no município 200.549 testes para Covid-19, com 48.866 resultados positivos e 151.187 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.526 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erros na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbito:

Mulher, 87 anos, moradora do Carangola. Internada em 13/07/21 na UPA Cascatinha. Óbito registrado em 03/08/21 no HMNSE. Paciente com doença cardiovascular e diabetes.

Homem, 71 anos, morador do Centro. Internado em 17/08/21 na UPA Cascatinha. Óbito registrado em 30/09/21 no HNSA. Paciente com doença neurológica crônica, diabetes e hipertensão arterial.

Mulher, 78 anos, moradora da Estrada da Saudade. Internada em 15/09/21 na UPA Cascatinha. Óbito registrado em 02/10/21 no HNSA. Paciente com diabetes e hipertensão arterial.

Mulher. 83 anos, moradora de Araras. Internada em 11/09/21 na UPA Cascatinha. Óbito registrado em 02/10/21 no HNSA.

Homem, 69 anos, morador do Caxambu. Internado em 01/09/21 no HST. Óbito registrado em 04/10/21 no HST. Paciente com hipertensão arterial e pneumopatia crônica.

Uma equipe do Procon Petrópolis intimou nesta terça-feira (05.10) a agência dos Correios que fica na Rua do Imperador a retomar suas atividades. Consumidores que precisaram de atendimento foram surpreendidos com o fechamento do espaço e a falta de orientação e aviso sobre o motivo da ausência de expediente no prédio.

O coordenador do Procon informou que a empresa infringe o artigo 22 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), que prevê a impossibilidade de interrupção de serviços essências à população.

“Essa situação não pode ocorrer. Qualquer mudança de horário ou mesmo a ocorrência de contingenciamento por parte da empresa deve ser comunicada previamente ao público, seja qual for o motivo. Muitas pessoas precisam desse serviço e o mesmo não pode ser interrompido dessa forma”, aponta o coordenador do Procon.

O termo de intimação foi anexado na porta da agência, onde ficou designado que os Correios precisam explicar, no prazo máximo de 10 dias, os motivos para a falta de atendimento ao público e o fechamento da agência.

Em alusão ao Dia do Idoso, celebrado no dia 1º de outubro, na última sexta-feira, os postos de saúde da Fazenda Inglesa, Moinho Preto e Duarte da Silveira (PSF Menino Jesus de Praga) tiveram, neste fim de semana, atendimentos ao público da terceira idade. O mês de outubro também marca uma série de atividades da Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Saúde, presenciais e online que visam proporcionar espaços de integração e reflexão sobre envelhecimento.

Na UBS Fazenda Inglesa foram realizados testes rápidos de hepatites B e C, HIV e sífilis, aferição de pressão arterial, além de consultas odontológicas para os idosos. No PSF Moinho Preto, o público da terceira idade participou de uma roda de conversa na unidade e consulta médica. Já no PSF Comunidade Menino Jesus de Praga foram feitas atividades de alongamento, interação e diagnósticos de problemas relacionados à idade avançada.

"Ações como esta são importantes para mostrarmos que o cuidado com a saúde pode melhorar a qualidade de vida. Este cuidado inclui acompanhamento médico e atividades orientadas", lembrou o governo interino, que é profissional da área de Educação Física e é um dos maiores incentivadores da prática de atividades pela população idosa.

“Os idosos merecem todo carinho e atenção, principalmente com a saúde. Precisamos também sensibilizar a sociedade para a necessidade de proteger e cuidar da população idosa. É importante instruir a população com mais de 60 anos, alertar sobre os cuidados com a saúde e mostrar como manter a qualidade de vida na terceira idade”, explica o secretário de Saúde.

Na última sexta-feira (01) no Dia do Idoso, a Coordenadoria da Atenção da Saúde do Idoso de Petrópolis, realizou no Centro Administrativo da Prefeitura uma homenagem aos funcionários idosos, com a entrega de kits de cuidados para os trabalhadores da terceira idade do governo municipal.

Com o objetivo de facilitar o acesso da população em risco social à imunização contra a covid-19, o governo interino anunciou uma nova frente de trabalho da Secretaria de Saúde: as equipes iniciam nesta quarta-feira (06/10) ações de vacinação dentro de comunidades que ficam fora da área de cobertura de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Postos de Saúde da Família (PSFs). A primeira ação será realizada no salão paroquial da Capela de Nossa Senhora da Glória, no bairro da Glória, em Corrêas. Equipes da Divisão de Imunização estarão no local das 10h às 15h fazendo a vacinação de moradores maiores de 12 anos sem a necessidade de cadastro.

“O trabalho está sendo feito com muito planejamento na cidade e, hoje, temos percentuais de cobertura bastante positivos: mais de 93% da população adulta recebeu pelo menos uma dose da vacina e 58% deste grupo com o esquema de vacinação concluído, com a segunda dose ou dose única. Também já temos mais de 12 mil adolescentes vacinados com a primeira dose. As equipes também já estão fazendo a busca ativa em áreas com cobertura de atenção básica, mas queremos que todos os moradores da cidade tenham acesso à vacina. Por isso, a Secretaria de Saúde iniciará agora este trabalho de varredura em regiões de maior vulnerabilidade social, onde ainda pode haver pessoas que não se vacinaram”, destaca o governo interino.

Em agosto, a Secretaria de Saúde iniciou um trabalho de busca ativa em áreas com cobertura de atenção básica, aplicando a primeira dose em pessoas ainda não vacinadas, além da segunda dose da vacina. Equipes de unidades com Estratégia de Saúde da Família que atendem a população nos cinco distritos percorreram suas respectivas áreas de atuação levando a vacina aos moradores.

“Os resultados positivos da vacinação já estão claros e estamos trabalhando para imunizar o maior número possível de petropolitanos. Iniciamos a busca ativa nas áreas atendidas pela rede de atenção básica e estamos fazendo a vacinação de pacientes acamados em casa, mas observamos que ainda existem áreas da cidade nas quais pode haver pessoas não vacinadas. São pessoas que podem encontrar dificuldades para fazer o cadastro para a vacinação por não terem acesso à internet ou mesmo para conseguirem recursos para o deslocamento até um local de vacinação. Com este trabalho feito dentro das comunidades conseguiremos alcançar estas famílias e fazer a vacinação para que estas pessoas também estejam protegidas”, destaca o secretário de Saúde.

O secretário explica que o trabalho que terá início nesta quarta (06/10), no Bairro da Glória, será levado a diferentes comunidades de difícil acesso nas próximas semanas. “A Superintendência de Atenção Básica e a Divisão de Imunização estão organizando um cronograma, para que as equipes possam percorrer todas as áreas com este perfil”, pontua.

Até segunda-feira (04/10) Petrópolis tinha 238.859 pessoas que receberam a primeira dose ou dose única da vacina, entre as quais 12.398 adolescentes na faixa etária entre 12 e 17 anos. Até a data, 142.305 pessoas concluíram o esquema vacinal, recebendo as duas doses ou a vacina em dose única na cidade. O município tem, até o momento, 2.385 pessoas que receberam a dose de reforço do imunizante, entre idosos que vivem em Instituições de longa permanência (ILPIs), idosos com mais de 70 anos que concluíram o esquema de vacinação há mais de seis meses e pacientes imunossuprimidos (com imunidade baixa), cujo prazo para receber o reforço é de 28 dias.

Com a previsão de permanência de chuva fraca a moderada para esta terça-feira (5), a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias permanece em Estágio Operacional de Atenção. No acumulado do volume de chuva, a localidade do Taquara, no Independência registrou 81,4mm nas últimas 72 horas. As equipes continuam de sobreaviso para o atendimento de ocorrências. Na última segunda-feira (4), os agentes realizaram vistoria a seis chamados, entre os quais quedas de árvore, deslizamento de talude e avaliação estrutural de servidões. Com esses, ao todo foram 11 atendimentos em decorrência das chuvas desde domingo até o momento, sem registro de vítimas e desalojados.

De acordo com o boletim meteorológico da Defesa Civil, há previsão de chuva até esta quarta-feira (6) pela manhã. “Permanecemos com nossas equipes em sobreaviso para o suporte a ocorrências, principalmente nos locais onde há maior acumulado de chuva nas últimas horas”, destacou o secretário de Defesa Civil, reforçando que em caso de emergência a população deve acionar o 199.

Maiores acumulados de chuva:

1º Distrito: Independência-Taquara (Cemaden RJ) - 81,4 mm/72h, às 10h30
2º Distrito: Itamarati (INEA) - 75,25 mm/72h, às 10h30
3º Distrito: Itaipava (INEA) - 102 mm/72h, às 10h30
4º Distrito: Capim Roxo (INEA) - 91,25 mm/72h, às 10h00
5º Distrito: Posse (INEA) - 93mm72h, às 10h30