A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias mantém equipes em atuação para o atendimento a ocorrências em decorrência da forte chuva que atingiu o município, com mais intensidade no último domingo (3). Desde a última sexta-feira, foi emitido aviso com a previsão de pancadas de chuva, de intensidade moderada a forte, provocadas por aproximação de frente fria na região. Entre 18h30 e 22h foram registradas cinco ocorrências, sendo três quedas de árvore nas localidades de Pedro do Rio, Vale do Cuiabá e Mosela; um alagamento na Rua Coronel Veiga; e um risco estrutural causado por infiltração no Independência.

Não houve registro de vítimas. Oito pessoas da mesma família ficaram desalojadas em decorrência de danos estruturais em residência após queda de árvore de grande porte na Mosela. Os agentes da Defesa Civil orientaram os moradores a se deslocarem para casa de familiares. As equipes atuaram ainda na remoção de outras duas árvores que caíram em vias no Vale do Cuiabá e em Pedro do Rio. Ao todo, quatro equipes, em um total de oito agentes, foram destacadas para o atendimento a chamados e realização de rondas para a identificação de possíveis danos pelas regiões do Centro, Moinho Preto, João Xavier, Caxambu e Alto da Serra.

Ao longo da noite, o distrito de Itaipava foi o que apresentou maior índice de volume de chuva, com registro de 72,25 mm/h. Nas localidades de Pedro do Rio, Posse, Quitandinha e Independência os valores variaram entre 63 mm/h a 69,75 mm/h.

Registros de chuva até o momento:

Capim Roxo – Pedro do Rio (INEA) - 69,75mm em 24 horas às 06h
Posse (INEA) - 69,25 mm em 24 horas às 6h
LNCC 65.5mm em 24h às 6h
Independência (Cemaden RJ) 63mm em 24 horas às 6h30

Com o município em estágio de atenção, a Defesa Civil opera com suas equipes em plantão reforçado para o atendimento a possíveis ocorrências em decorrência da forte chuva. Os maiores registros de volume de água foram nas localidades do Independência e Quitandinha, com valores que variaram entre 34mm/h a 43,2mm/h. As equipes atenderam a chamados na Mosela, onde houve queda de árvore de grande porte e no Independência, onde houve alagamento em residência. Pelo Centro de Monitoramento e Operações de Petrópolis (CIMOP) foi identificado alagamento em trecho da Rua Coronel Veiga, que chegou a ser interditada pelos agentes da Guarda Municipal.

Não houve vítimas em nenhuma das ocorrências registradas pela Defesa Civil. Os moradores da casa atingida por árvore na Mosela foram orientados a se deslocarem para a residência de familiares. A medida imediata se deve aos danos identificados na estrutura da residência e posteriormente, a equipe de engenharia da Defesa Civil voltará no local para reavaliar as condições da construção. As equipes atuam no momento no atendimento à casa atingida por alagamento no Independência. Ainda não há informações sobre danos à estrutura da casa.

Desde a última sexta-feira (01) as equipes do órgão trabalham em estágio de observação por conta da previsão do tempo para o fim de semana, com estimativas de pancadas de chuva nos períodos da tarde e noite, que se estendem até segunda-feira (4). As equipes da Defesa Civil estão de sobreaviso para o atendimento de possíveis ocorrências na cidade. Em caso de emergência, o número 199 deve ser acionado.

Maiores registros de chuva até o momento:

Independência (Cemaden RJ) - 43,2 mm/h às 18h15
Independência2 (Cemaden BR) - 39.21 mm/h às 18h10
Independência (Cemaden BR)- 37,44 mm/h às 18h20
Independência (INEA) - 37,75mm/h às 18h
Quitandinha Duques (Cemaden RJ) - 34 mm/h às 18h15
Buraco do Sapo - Itaipava (Cemaden RJ) - 33,6 mm/h às 18h30
Vila Constância - Itaipava (Cemaden BR) - 29,46mm/h às 18h40

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, neste domingo (03/10), em 30% em leitos clínicos e 13,64% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 98 pacientes internados, sendo 37 em UTIs e 61 em leitos clínicos.

Até agora foram realizados no município 199.559 testes para Covid-19, com 48.716 resultados positivos e 150.335 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.519 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erros na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Com a previsão de proximidade de núcleos de chuva, de intensidade moderada a localmente forte para a tarde e noite deste domingo (03), em Petrópolis, a Secretaria de Defesa Civil acionou sirenes e emitiu alerta em que coloca o município em estágio operacional de atenção. Desde a última sexta-feira (01) as equipes do órgão trabalham em estágio de observação por conta da previsão do tempo para o fim de semana, com estimativas de pancadas de chuva nos períodos da tarde e noite, que se estende até segunda-feira (4).

Nessa condição, neste domingo, o alerta nas comunidades foi intensificado com o primeiro toque de sirenes, sinalizando a possibilidade de ocorrência de chuva forte nas próximas horas.

Além da pancada de chuva, também há a previsão de registro de vento, que pode chegar a ter intensidade moderada a forte. A temperatura varia entre 18°C e 27°C.

As equipes da Defesa Civil estão de sobreaviso para o atendimento de possíveis ocorrências na cidade. Em caso de emergência, o número 199 deve ser acionado.

Segunda, 04 Outubro 2021 10:58

Boletim vacinação – 02/10/2021 (sábado)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência neste sábado (2/10) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 1.697 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 1.308 receberam a primeira dose, 298 receberam a segunda dose e 91 receberam a dose de reforço. Até o momento 230.615 pessoas receberam a primeira dose, 135.098 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 2.232 idosos institucionalizados, idosos maiores de 70 anos e pacientes imunossuprimidos receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização um idoso recebeu a segunda dose. Equipes aplicaram também a dose de reforço em 77 idosos e 14 pacientes imunossuprimidos.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em 146 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 284 pessoas também receberam a segunda dose.  Também receberam a primeira dose do imunizante 1.157 adolescentes sem comorbidades.

A segunda dose da vacina foi aplicada também em cinco pessoas com comorbidades.

Equipes vacinaram ainda quatro gestantes, das quais três com a primeira dose e uma com a segunda. Também foram vacinadas oito puérperas, sendo duas com e primeira dose e seis com a segunda. 

Um profissional de saúde também foi vacinado com a primeira dose.

A vacinação contra a covid-19 segue na segunda em 13 em pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, neste sábado (02/10), em 20% em leitos clínicos e 16,67% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 97 pacientes internados, sendo 39 em UTIs e 58 em leitos clínicos.

Até agora foram realizados no município 199.559 testes para Covid-19, com 48.716 resultados positivos e 150.335 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.519 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erros na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

O Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, em Itaipava, ficará fechado ao público nesta segunda-feira (4/10) para serviços de manutenção. Apenas o público para vacinação contra covid-19 terá acesso ao espaço, já que, no local, funcionam dois postos de vacinação. No local haverá várias equipes trabalhando simultaneamente em toda a extensão do parque para limpeza, pintura e reparos, além de poda de árvores. Na terça (5/10), o parque estará funcionando normalmente.

Mudança ocorre em função de obras na Casa de Portugal. Novo endereço fica a 250 metros do anterior

A partir desta segunda-feira, dia 4 de outubro, o posto de vacinação contra a Covid-19 do Quitandinha, na Casa de Portugal, será transferido para um salão no mesmo piso do estacionamento do Extra Hipermercado Quitandinha. O novo endereço fica a 250 metros de distância do anterior. A mudança ocorre em função de obras na Casa de Portugal, que é um espaço privado e estava cedido à Secretaria de Saúde para a campanha de vacinação.

A Secretaria orienta que todos os que têm segunda dose prevista para a Casa de Portugal se dirijam para o Extra Hipermercado, que funciona na mesma rua, a três minutos do endereço anterior. “Conseguimos um espaço próximo para evitar transtornos ao público. Nossa preocupação era ter um endereço de fácil acesso e que não ficasse distante do anterior”, explicou o secretário de Saúde.

Os agendamentos de primeira dose já serão feitos com o novo endereço. “Vamos seguir trabalhando de forma organizada e planejada para garantir que toda a população apta a receber a vacina neste momento seja imunizada. Petrópolis tem servido de referência tanto em função desta organização quanto pelos resultados. Temos neste momento mais de 236 mil pessoas vacinadas ao menos com a 1ª dose. Destas, 141 mil já completaram o ciclo de imunização, tomando também a segunda dose ou tendo recebido a dose única. Além disso, mais de 2 mil pessoas já receberam também a dose de reforço”, lembrou o governo interino.

Segunda, 04 Outubro 2021 10:53

UPAs recebem novo enxoval hospitalar

A Prefeitura de Petrópolis realizou nesta semana a entrega da primeira remessa de peças do novo enxoval das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do Centro e de Itaipava, e de parte do Hospital Alcides Carneiro (HAC). As unidades receberão diversos materiais entre lençóis, cobertores, travesseiros, camisolas e fronhas. A UPA Cascatinha é a próxima a ser contemplada com a chegada de um novo enxoval.

“As pessoas atendidas na rede de saúde esperam cuidado e acolhimento. E é para melhorar este atendimento que estamos trabalhando. A chegada desses materiais nos permite oferecer um suporte e atendimento melhor para quem chega até as unidades. Além disso, essas peças trarão mais conforto para a equipe técnica e nossos pacientes”, afirma o governo interino, lembrando que as UPAs registram mais de 100 atendimentos por dia.

A chegada dos novos materiais acontece por meio de uma parceria da Prefeitura de Petrópolis, a Secretaria de Saúde e o Serviço Social Autônomo Hospital Alcides Carneiro (Sehac), que administra as UPAs de Petrópolis e o Hospital Alcides Carneiro. “Nossa expectativa é melhorar a cada dia o atendimento na rede de saúde, e com a chegada dos novos enxovais vamos conseguir substituir os antigos. Estamos trabalhando para isso e na garantia da qualidade da assistência aos pacientes”, disse o secretário de Saúde.

O diretor presidente do Sehac ressalta a importância da chegada das novas peças. “Esse é um material que usamos diariamente e com muita frequência. Por isso, estamos sempre renovando esse enxoval para manter a qualidade na prestação do serviço. Ter um material novo, higienizado, mantendo todos os padrões que a Vigilância Sanitária exige, é de extrema importância não só para a unidade, mas também para a saúde”.

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias intensifica o trabalho de planejamento interno e estruturação das comunidades para o enfrentamento do verão, período marcado por fortes chuvas que podem gerar desastres de grandes proporções na cidade. A partir do mapeamento das áreas consideradas de maior risco, as equipes iniciaram as visitas aos 15 pontos de apoio estabelecidos nas localidades. A medida faz parte do Plano Verão, que está em fase de conclusão e visa garantir que os locais definidos para realizar o acolhimento estejam em condições adequadas para receber os moradores em caso de emergência. Ao longo da semana, os agentes percorreram as regiões do Independência, 24 de Maio, São Sebastião e Siméria. As outras 11 localidades serão revisitadas até meados do mês de outubro.

Em geral, os prédios de escolas públicas foram designados como pontos de apoio para as comunidades. As estruturas são favoráveis para o recebimento da população, com possibilidade de local seguro e com condições de garantir infraestrutura de acolhimento para os moradores que precisarem sair de suas casas. O cuidado em olhar cada ponto de apoio anteriormente estabelecido, acontece de forma antecipada, o que permite a alteração e ajustes quando necessários. A checagem dos pontos de apoio é uma das últimas etapas do trabalho de preparação das comunidades para o verão, que tem início em dezembro. Durante as visitas às escolas, os agentes aproveitam para alinhar o trabalho com representantes das comunidades e diretores das escolas, que são referências nas localidades e oferecem o suporte na abertura dos pontos de apoio e atendimento aos moradores.

A proposta é assegurar aos representantes das comunidades, que muitas das vezes estão à frente dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil, que os moradores serão amparados com estrutura adequada caso precisem sair de suas casas durante os dias de chuva forte. Além de abrigo nas escolas mapeadas com o apoio da Secretaria de Educação, a ideia é trabalhar também em conjunto com a Assistência Social, para garantir maior suporte no acolhimento das famílias quando necessário.

“Esse é um trabalho de grande importância. Estamos atuando com antecedência com objetivo de oferecer mais segurança para a população localizada em áreas de risco. Além da boa estrutura dos pontos de apoio, queremos oferecer melhor acompanhamento para as famílias que precisem se deslocar. Não basta dizer para as pessoas saírem de suas casas e abrir as portas de escolas. É importante que sejam ofertados serviços essenciais e o suporte de profissionais preparados”, destacou o secretário de Defesa Civil, que reforça a importância da estruturação dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDEC) para a atuação direta nas comunidades.

Desde o início do ano a Defesa Civil atua para a criação dos NUDEC, que atualmente estão estabelecidos em 22 comunidades, onde há moradores capacitados para auxiliar na mobilização da população quando houver o acionamento do sistema de alerta e alarme.

“Essa proximidade com as comunidades é de grande relevância para que as pessoas passem a enxergar a Defesa Civil de outra forma. Queremos mostrar um trabalho feito em parceria para garantir um melhor atendimento, com o acompanhamento de profissionais capacitados nos pontos de apoio”, destacou a diretora de projetos e capacitações da Defesa Civil.

Na comunidade 24 de Maio, a vistoria foi acompanhada por representantes da locais. O ponto de apoio do local conta, além das salas, com pátio e estrutura para o acolhimento. A  Agente Comunitária de Saúde, Lucia de Fátima Barbosa, destaca a necessidade de se estabelecer um local de referência para o acolhimento das famílias. “As pessoas ficam sem saber para onde ir e o nosso trabalho é prestar esse auxílio. Sabemos onde estão as pessoas que têm problemas de saúde e vão precisar de cuidado específico se houver a necessidade de saírem de suas casas às pressas. Sabemos onde estão os acamados, as pessoas com dificuldade de locomoção. Isso tudo faz diferença e oferece mais agilidade no momento de uma ocorrência”, destacou a agente comunitária.

Sistema de sirenes é testado durante visitas de ponto de apoio

Durante as visitas às comunidades, as equipes avaliam toda a estrutura que a região oferece. Além da checagem dos pontos de apoio, todas as sirenes estão sendo testadas. “Os equipamentos são nossa comunicação direta e imediata para a segurança da comunidade. Os moradores das áreas de risco já estão condicionados a se deslocarem para os pontos de apoio se o sistema de alerta e alarme for acionado”, reforça o diretor técnico da Defesa Civil.

As equipes continuam as visitas aos pontos de apoio na próxima semana pelas comunidades do Dr. Thouzet, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Amazonas, Duques, Sargento Boening, Bingen, Alto da Serra, Itaipava e Vale do Cuiabá. “Estamos seguindo um protocolo criterioso para que a cidade esteja preparada para o enfrentamento das chuvas, começamos com o treinamento das comunidades pelos NUDEC e estamos revisitando os pontos de apoio e sistema de sirenes para readequar o que for necessário”, destacou o subsecretário da Defesa Civil.

Alcides Carneiro está entre as unidades públicas que terá atendimentos diferenciados durante o mês de prevenção ao câncer de mama

Demais unidades de Saúde também terão calendário especial

Hospital de referência na rede pública para cirurgias oncológicas - entre os quais procedimento de mastectomia e reconstrução de mama - o Alcides Carneiro recebeu na noite desta sexta-feira (1°/10) a abertura do Outubro Rosa – movimento que lembra a importância da prevenção ao câncer de mama. Até o mês de setembro, 141 cirurgias de mama foram realizadas na unidade – número que é superior ao total de procedimentos realizados em todo o ano de 2020, com 106 procedimentos.

Referência também no diagnóstico da doença, o HAC terá ações especiais ao longo do mês de outubro para incentivar a prevenção. Haverá ações de conscientização e, é claro, exames, como ultrassonografias transvaginal e de mama, mamografias, consultas e coleta de preventivo. A equipe da unidade também realizará cirurgias para reconstrução de mama.

“É importante ressaltar a importância do trabalho da Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos (APPO) na cidade. Também é essencial lembrar que o HAC é o maior hospital da rede pública em Petrópolis e referência quando o assunto é oncologia. Sabemos que temos muito mais a fazer, mas ver toda a equipe do hospital aqui, unida, me dá ainda mais certeza de que esse é o caminho. Entregamos ao Estado um projeto de R$ 30 milhões para a reforma do hospital. Vamos continuar trabalhando para melhorar a infraestrutura e os serviços prestados à população. Ficamos honrados por ter a abertura do Outubro Rosa aqui. Agradecemos à APPO pela escolha e, sobretudo, à equipe de profissionais de saúde, que se dedica a salvar vidas com seu trabalho na unidade”, disse o governo interino, destacando que a Secretaria de Saúde realiza no dia 23 o Dia “D” de prevenção ao câncer de mama, com mutirões de atendimentos, exames e atividades de conscientização em todas unidade da rede pública de Saúde.

"Teremos o Dia D com uma programação que será realizada em todas as unidades de atenção básica com Estratégia de Saúde da Família e em outras unidades da rede pública no dia 23. O HAC terá nesta data mutirões com ultrassonografia transvaginal, ultrassonografia de mama, mamografias e cirurgias reconstrutoras de mama. Mas os atendimentos voltados para a campanha no Alcides Carneiro começam neste fim de semana, com mutirão para ultrassonografias de mama, a serem realizadas no sábado e no domingo”, anunciou o secretário de Saúde, que agradeceu a escolha do HAC para a abertura do evento.

O secretário de Saúde lembrou os esforços para manter os atendimentos em meio a pandemia. “A direção do HAC vem trabalhando para agilizar o fluxo de atendimentos para que possamos oferecer na rede pública um serviço cada vez melhor aos pacientes”, destacou.

Ana Cristina Mattos, presidente da APPO, lembrou que ninguém faz nada sozinho. "Escolhemos o HAC este ano para a abertura pois precisamos valorizar este hospital e sua equipe. Nós da APPO, as autoridades aqui representadas, assim como a população precisamos nos unir para abraçar o HAC, para defendermos o atendimento de oncologia. Peço que todos abracem este hospital, mas que abracem com o coração. Agradeço extremamente ao esforço da direção" afirmou.

O deputado Hugo Leal Hugo lembrou, durante a solenidade, que a mãe faleceu com câncer este ano. "Nesse momento aqui, em memória da minha mãe, eu homenageio a todas as vitoriosas. Fazer este evento aqui é especial, porque sempre estive presente neste espaço como parlamentar. Assisti e participei de muitas mudanças e melhorias. E não posso deixar de destacar que, em todos estes anos, nunca vi aqui faltar disposição a todos os membros da equipe para o atendimento. Meus parabéns a todos os funcionários que atuam aqui. Vamos nos esforçar para trazer um mamógrafo digital pra cá. E temos o compromisso de trabalhar pelas melhorias para outras unidades de saúde de Petrópolis", ressaltou.
Nos últimos oito anos, o número de cirurgias de mama no Hospital Alcides Carneiro vem crescendo, passando de 51 em 2014 para 106 em todo ano passado e 141 até setembro deste ano.

A Diretora administrativa do HAC relembrou o início de seu trabalho no hospital. “A abertura do Outubro Rosa no HAC é um sinal de reconhecimento que mostra que estamos no caminho certo. Lembro com carinho da minha história com este hospital, que começou lá em 2014. Naquela época, começamos a organizar o serviço de oncologia", relembrou ela, que, em 2017, teve câncer de mama. "Ali eu entendi que não se trata de saber, mas de sentir. Tive acesso, recursos para me tratar, e é isso que quero oferecer a todos aqui. Quero que todas as outras pessoas possam também ter acesso a tratamento e sair vitoriosas”, destacou.

A missa de abertura do evento foi presidida pelo bispo da diocese de Petrópolis, Dom Gregório Paixão.

Segunda, 04 Outubro 2021 10:43

Boletim vacinação – 01/10/2021 (sexta)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência nesta sexta (1°/10) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 1.333 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 603 receberam a primeira dose, 592 receberam a segunda dose e 138 receberam a dose de reforço. Até o momento 229.307 pessoas receberam a primeira dose, 134.800 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 2.141 idosos institucionalizados, idosos maiores de 70 anos e pacientes imunossuprimidos receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização seis idosos foram vacinados, sendo três com a primeira dose e três com a segunda dose. Equipes aplicaram também a dose de reforço em 101 idosos e 37 pacientes imunossuprimidos.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em 183pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 513 pessoas também receberam a segunda dose.  Também receberam a primeira dose do imunizante 406 adolescentes sem comorbidades e um adolescente deficiente.

A segunda dose da vacina foi aplicada também em 11 pessoas com comorbidades.

Equipes vacinaram ainda 13 gestantes, das quais nove com a primeira dose e quatro com a segunda.  A segunda dose  da  vacina foi aplicada ainda em oito puérperas. 

Também foram vacinados com a segunda dose, 12 trabalhadores do setor se transportes  e 40 profissionais de Educação. Foram vacinados ainda dois profissionais de Saúde, sendo um com a primeira dose e um com a segunda.

A vacinação contra a covid-19 segue neste sábado, em pontos distribuídos nos cinco distritos.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

Retomada gradual segue calendário escalonado e respeita os protocolos de segurança

A rede municipal de Educação recebe na segunda-feira (04/11) o terceiro grupo previsto no escalonamento do retorno das aulas presenciais. Voltarão para o atendimento as turmas do 4º e 5º períodos da Educação Infantil, além dos 6º / 7º e 8º anos do Ensino Fundamental, classes especiais e salas de recursos multifuncionais. Com esse grupo, além das 87 escolas que já estavam em funcionamento, mais 58 unidades receberão estudantes, incluindo os Centros de Educação Infantil que atendem turmas de 4º e 5º períodos.

“Estamos acompanhando de perto o retorno dos alunos às escolas. É muito bom ver a alegria dos estudantes neste momento. Estamos seguindo rigorosamente todos os protocolos, com uso de EPIs, máscaras e distanciamento. Importante lembrar que o retorno presencial é opcional, ou seja, os responsáveis que ainda não se sentem seguros podem optar por manter o estudante no ensino remoto. As equipes das escolas estão de parabéns pela preparação, disposição e cuidado com os alunos”, destacou o governo interino.

“O retorno presencial segue, com cautela, respeito aos protocolos e acompanhamento da equipe técnica da Secretaria de Educação. Sempre com muito cuidado, seguindo as recomendações sanitárias e monitorando eventuais suspeitas ou casos na rede. Esse é um novo grupo que estará voltando para as unidades e estarei acompanhando de perto a evolução desse retorno gradual. Na própria segunda estarei visitando unidades escolares”, confirmou o novo secretário de Educação.

Importante destacar que o retorno prevê horário de atendimento reduzido, com máximo de três horas diárias, professores com cargas horárias adaptadas para garantir tanto o atendimento dos alunos que estarão no presencial, quanto dos alunos que estiverem no remoto. Desde o dia 13 de setembro, retornaram presencialmente as turmas do ciclo: 1º, 2º e 3° anos do Ensino Fundamental, Ensino Médio do Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio, turmas do 4º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, além das turmas da EJA – Educação de Jovens e Adultos – Diurno e Noturno. O próximo Grupo (4) retornará em 11 de outubro com as turmas de Centros de Educação Infantil (0 a 3 anos) e os 3º períodos das escolas de Educação Infantil.

Segundo dados coletados pela Secretaria de Educação, a quantidade de alunos recebida nas duas semanas comprova que as famílias estão, aos poucos, se adaptando ao modelo híbrido, que mescla o atendimento presencial e online. Os números mostram que na primeira semana cerca de 30% dos estudantes que poderiam voltar às aulas retornaram presencialmente. Na segunda semana 35% marcaram presença.

Importante reforçar que o calendário estabelecido pela Secretaria de Educação prevê horário de atendimento reduzido, com máximo de três horas diárias e professores com as cargas adaptadas para garantir tanto o atendimento dos alunos que estarão no presencial, quanto dos que estão no remoto. Os protocolos sanitários estão sendo respeitados e retornaram as unidades com a certificação Escola Segura.

O retorno presencial é opcional. As famílias que optaram por continuar no atendimento remoto continuam com o suporte através da plataforma Educa em Casa e interação com os professores conforme orientação da gestão escolar. O mesmo vale para os alunos que utilizam as atividades impressas.

Na última quinta-feira (30/09) o secretário de Educação participou do Grupo de Trabalho que participou da elaborou do Plano de Retorno às atividades presenciais, ouviu as demandas do grupo e se comprometeu a participar dos encontros semanais e levar as propostas e discussões do grupo para análise no Executivo.

Novo secretário faz visita a setores administrativos da Educação

Já nos primeiros dias na função, o novo secretário fez questão de conhecer setores administrativos da Secretaria. Na Gerência de Alimentação Escolar, conversou sobre o abastecimento de merenda, conheceu o novo depósito de alimentos não perecíveis e também o local de armazenamento de produtos do Patrimônio. Acompanhado pela subsecretária de Educação, Ana Carolina Kapler, por integrantes da sua equipe técnica e do vereador Yuri Moura, presidente da Comissão da Educação da Câmara Municipal conversou com as nutricionistas e com o responsável pela Gerência, Tiago Gasparini, sobre o abastecimento das escolas no retorno presencial das aulas – os alunos estão recebendo alimentação e lanche, segundo cardápio criado pela GAE.

“Prazer estar aqui, conhecendo um departamento tão importante. Sabemos que é na escola que muitas crianças têm acesso a uma refeição completa, então, reconheço o quanto o trabalho de vocês é valioso para a rede. Acompanharei de perto e estarei sempre disponível para ajudá-los quando for necessário”, completou o secretário.

O presidente da Comissão da Educação da Câmara Municipal, também disponibilizou apoio. “Tenho certeza que caminhando com muita responsabilidade e diálogo aberto com as unidades da rede. Vamos tornar Petrópolis um município referência nesse retorno presencial seguro, conforme é o desejo do poder público”, disse o vereador Yuri Moura.

“As visitas terão continuidade para garantir uma proximidade com todos os departamentos e setores. Escuta e parceria serão o ponto forte do trabalho”, acrescentou o secretário de Educação.

A homenagem acontece depois de uma série de ações conjuntas das forças de segurança, especialmente no combate ao tráfico de drogas.

Nesta sexta-feira (1), o Grupamento de Operações com Cães da Guarda Civil Municipal de Petrópolis, o canil Rufus Von Kru Gdorf, foi homenageado pelo 26º Batalhão da Polícia Militar, em cerimônia realizada durante a manhã, na sede do Dom Pedro II. O agradecimento reconhece o apoio à PM em ações como a operação Praça do Bem, recém lançada pela força policial, além da série de ações realizadas ao longo do ano no combate ao tráfico de drogas na cidade.

“É um reconhecimento importante a esse trabalho que vem sendo desempenhado em nível de excelência pelo nosso canil. Recentemente, nossa guarda foi convidada para ministrar um curso na Cidade da Polícia do Rio e recebeu também visita de gestores públicos de Nilópolis para conhecer esse trabalho. A parceria do nosso canil com a PM na cidade tem sido fundamental nas ações de ordenamento público do município”, destaca o governo interino.

No último domingo (26), no início da operação Praça do Bem, da Polícia Militar, o Grupamento de Operações com cães da Guarda, que estava presente na ação da Rua Hyvio Naliato, no Cascatinha (onde também esteve presente a fiscalização de Posturas e a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans), foi acionada para apoiar a PM em uma ação no Chácara Flora. Durante as buscas realizadas com o Chico, um Golden Retriever de três anos, 168 cápsulas de cocaína foram encontradas e um suspeito de tráfico detido.

“Esta ação reflete o que vem acontecendo com regularidade nas ações conjuntas com Polícia Militar. Nas operações de Choque de Ordem no centro realizadas recentemente o trabalho do nosso canil, que contou com o apoio da PM, ajudou a localizar drogas também nas praças do Centro Histórico”, lembra a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública - SSOP.

Para o comandante do 26º BPM, o coronel André Henrique de Oliveira, a integração é fundamental para trazer bons resultados à população. “Essa ação conjunta é de suma importância, porque demonstra que sucesso se alcança com trabalho de equipe, determinação e comprometimento”, ressalta o comandante do 26º BPM.

Entre os dias 17 e 21 de novembro, Petrópolis vai celebrar o dia da Consciência Negra. O município está organizando uma programação diversificada com o objetivo de valorizar e preservar a memória das tradições africanas e afro-brasileira. A iniciativa é do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (COMPIR) em parceria com a Coordenadoria da Promoção da Igualdade Racial (COPIR), Conselho Municipal de Cultura (CMC), além do apoio do Instituto Municipal de Cultura (IMC) e da Turispetro.

"Essa celebração ajuda a preservar a história não apenas de Petrópolis, mas de todo o país. Esse trabalho em conjunto vai permitir que a gente faça um evento com uma programação muito diversificada e democrática, contemplando diversos segmentos culturais", disse o governo interino.

Estão previstas palestras e oficinas no Centro de Cultura Raul de Leoni, um festival gastronômico – assim como já ocorreu na Baunerfest, Bunka-sai e Serra Serata – além de outras atividades na Praça da Liberdade. "Toda tradição e valor cultural estão sendo atendidos na organização da festa, contemplando as mais diversas formas de artes", ressaltou o presidente do IMC, lembrando que as reuniões para a organização da festa começaram em agosto.

Para o secretário da Turispetro, os festivais gastronômicos temáticos ligados às diferentes culturas têm ajudado muito a movimentar toda a cadeia produtiva do setor nessa retomada, além de enriquecer os respectivos eventos. "Com a festa da consciência negra não será diferente. Ainda não temos o formato definido, mas a Turispetro certamente vai dar a sua contribuição. Os festivais gastronômicos chegaram para ficar", disse.

Espaços contam com aulas gratuitas de informática

Quem deseja se inscrever em um curso de informática gratuito pode procurar o Centro de Excelência e Referência Tecnológica (CERT). O espaço, que funciona no Bingen, oferece cursos gratuitos como informática básica e intermediária. montagem e manutenção de computadores, educação financeira e investimentos, gestão e empregabilidade, análise de dados, programação para app, tecnologia para o futuro, desenvolvimento de sistemas, marketing digital e ferramentas digitais com infraestrutura na nuvem.

“A qualificação facilita a entrada ou reinserção no mercado de trabalho. Os cursos são gratuitos e representam uma excelente oportunidade para quem quer aprender e atualizar o currículo”, destaca o governo interino.

“As pessoas podem esclarecer as dúvidas sobre os cursos, horários e locais onde são oferecidas as aulas no CERT. Queremos estimular o público a inovar, aprender coisas novas e se preparar melhor para o mercado de trabalho”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico.

Podem participar das aulas desde jovens, a partir dos 10 anos para os cursos de informática básica e intermediária e educação financeira, mediante a assinatura dos pais. A partir dos 14 anos todos os cursos estão liberados, sem a necessidade de autorização familiar. As inscrições podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h e das 14h às 17h. O CERT fica na Rua Bingen, nº 520. Para se inscrever nos cursos os interessados devem levar carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.

Recuperação de computadores

O CERT também funciona como ponto de recolhimento de materiais eletrônicos: computadores, impressoras, máquinas fotográficas, teclados e mouses. Tudo o que é recebido no CERT passa por uma triagem e o que pode ser reaproveitado, retorna para a administração pública e é utilizado por secretarias municipais. Além disso, computadores também são consertados no CERT.

A Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea) adiou a campanha de adoção de animais que seria realizada neste sábado (2/10) na Posse. O evento, que estimula a posse responsável, foi remarcado para o dia 16/10.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta sexta-feira (1/10), em 13,33% em leitos clínicos e 22,73% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 95 pacientes internados, sendo 42 em UTIs e 53 em leitos clínicos. Um óbito foi inserido na base de dados do município nesta sexta-feira.

Até agora foram realizados no município 199.108 testes para Covid-19, com 48.676 resultados positivos e 150.061 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.519 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erros na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbito:

Mulher, 87 anos, moradora do Quarteirão Ingelheim. Internada em 13/09/21 no Hospital Unimed. Óbito registrado em 21/09/21 no hospital Unimed. Paciente com Hipertensão arterial e diabetes.

Após 10 dias de evento on-line, chegou ao fim na noite de ontem (30/9) a IV Semana Internacional de Mediação de Conflitos e Justiça Restaurativa de Petrópolis. A programação, promovida pelo programa Petrópolis da Paz, foi transmitida pelas redes sociais da prefeitura (Youtube e Facebook) e contou com a participação de diversos profissionais renomados da área no Brasil e no mundo. O material permanece disponível para quem estiver interessado em assistir.

Durante o evento, foram apresentados temas como a Mediação na América Latina, Mediação Desportiva, Justiça Restaurativa, Mediação em planejamento sucessório, A mediação no direito de família, Violência doméstica, Mediação no Brasil, A mediação junto da lei do superindividamento, entre outros. Além dos brasileiros, participaram profissionais de países como a Argentina, Espanha e Portugal.

O governo interino que abriu a programação do evento, falou sobre a importância deste trabalho para o município. "Petrópolis hoje é referência para o Brasil e também para o mundo com o programa Petrópolis da Paz. Tem como base o diálogo, a conciliação e a promoção da paz. Ver este projeto, ouvir sobre ele, participar disso de alguma forma me enche de orgulho porque é algo em que eu realmente acredito", destacou.

A coordenadora do programa Petrópolis da Paz reforçou que o evento é pioneiro e importante para difundir estratégias. Ao todo, 22 palestrantes participaram da programação. "A nossa preocupação é trazer renovação dos pensamentos, atitudes e ações. Tudo se renova. Nosso intuito é identificar as estratégias e soluções para enfrentar os conflitos. Temos que pacificar a sociedade e a cultura da paz é um conjunto de valores com esse objetivo”, disse.

Sobre o Petrópolis da Paz:

O Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz começou em 2017 com a finalidade de buscar soluções para os conflitos apresentados e as mudanças na busca da inclusão e paz social de toda a comunidade. Atualmente esse serviço é uma referência no Brasil.

O Petrópolis da Paz possui três projetos: Mediação Escolar, Mediação Comunitária e Justiça Restaurativa. O programa tem parceria com todas as secretarias municipais, além do Tribunal de Justiça, Delegacias de Petrópolis, Conselho Estadual e Municipal de Segurança Pública, Procon, Conselho Tutelar e Universidades.

Movimento conta com a parceria de entidades e visa arrecadar itens essenciais para a montagem e doação de cestas básicas

A Prefeitura, por meio das secretarias de Assistência Social e da Defesa Civil e Ações Voluntárias, lança nova etapa da campanha de arrecadação de alimentos Fazer o Bem Faz Bem. A iniciativa visa mobilizar a população de forma a contribuir para a segurança alimentar de famílias em risco social na cidade. As doações podem ser feitas na sede da Defesa Civil, na Rua Buarque de Macedo, 128 – Centro; na Casa da Cidadania, na Rua Visconde de Souza Franco, 474 - Centro; no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11860 – Itaipava; e no supermercado DIB, que apoia a ação com um ponto de recolhimento montado na loja de Cascatinha.

Todo o material arrecadado será usado para a montagem de cestas básicas, cada uma contendo: arroz (5kg); feijão (3kg); óleo (2lt); leite em pó (2 pct); macarrão (1kg); farinha de mandioca (1 kg); fubá (1 kg); açúcar (1 kg); e sal (1 kg). “É uma ação de mobilização em prol de famílias em situação de famílias de vulnerabilidade social, que foram ainda mais afetadas pela pandemia. Estas famílias existem e precisamos unir forças para que o apoio chegue até elas efetivamente”, lembra o governo interino.

Para esta campanha foram definidos especificamente os itens a serem arrecadados, considerados essenciais, de maior relevância para a formação das cestas básicas. “Estipulamos os itens pensando em garantir que contribuam para uma alimentação de maior qualidade para essas famílias. Nossas equipes vão acompanhar de perto essas doações e vamos cuidar da montagem de cada cesta”, pontua o secretário de Assistência Social, enfatizando a importância da participação de toda a população nesse movimento. “Mais uma vez, esperamos mobilizar o maior número de pessoas nessa ação em prol do bem-estar dessa parcela da população que mais necessita”.

Na primeira etapa da campanha, em maio e junho, quando os postos de vacinação contra a covid-19 serviram como pontos de arrecadação de alimentos, mais de 2 toneladas de gêneros alimentícios foram arrecadadas, além de itens de higiene pessoal e material de limpeza. Os itens, na época, foram entregues às seguintes entidades: Gaymada Petrópolis, Associação dos Camelôs, Pastoral do Caxambu, Associação São Charbel, Comunidade São Jorge, CDDH, Fraternidade Eclética, Aldeia da Criança, Ong Sal para Terra, Projeto Mãe Amiga, Associação Renovar Saúde Criança, Associação Pestalozzi, Comunidade Jesus Menino - Casa dos Amigos Especiais, Mitra Diocesana, Associação de Assistência Social Yolanda Duarte, Casa de Benefícios Alcides de Castro, Lar das Crianças Nossa Senhora das Graças, Instituto Mafer - Lar Santa Catarina, Associação Oficina de Jesus e Residência Assistida para idosos Lar São João de Deus.

Nesta nova etapa da campanha, as doações poderão ser entregues todos os dias nos pontos de arrecadação durante o horário comercial e ao longo da campanha os itens doados serão recolhidos periodicamente para a montagem das cestas. O apoio da Defesa Civil, além que garantir a maior mobilização de entidades parceiras, vai contribuir com a logística das doações. “Nossas equipes estão destacadas para dar o suporte necessário e vamos buscar a adesão de novos parceiros para esse movimento. Essa é uma importante causa e a participação da sociedade é de grande valor”, enfatizou o secretário de Defesa Civil, que destacou que o objetivo da campanha é alcançar também a adesão de empresas da cidade para ampliar o número de arrecadações.

Esta é mais um ação voluntária para a qual a Defesa Civil mobiliza suas equipes. Ao longo de todo inverno, o órgão também realizou a campanha de arrecadação de agasalhos e cobertores. A Parede Solidária, um ponto de recolhimento de doações, foi instalada na entrada da sede da Defesa Civil e incentivou as pessoas a depositarem no local os itens a serem doados, que ficaram à disposição da população. No momento, a secretaria também organiza a campanha de arrecadação de brinquedos para o Dia das Crianças. As doações serão destinadas para as cerca de quatro mil crianças mapeadas pelos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDEC).

Dados e currículos dos candidatos devem estar atualizados no site da prefeitura

Com os números do Caged apontando para a recuperação do setor econômico no município, com saldo positivo de 492 vagas na última atualização, o Balcão de Empregos, que é coordenado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, continua a oferecer oportunidades para as pessoas que estão à procura de recolocação no mercado de trabalho. Nesta semana estão disponíveis nove vagas.

Para que o candidato possa pleitear uma das vagas é necessário que o cadastro e o currículo também estejam atualizados, de maneira que as empresas possam fazer o contato correto com aquelas pessoas que possuam o perfil para a oportunidade ofertada. Essa atualização é feita diretamente no site da prefeitura www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sde/balcao_de_empregos/candidatos/add/. Caso o candidato tenha alguma dúvida ou interesse, pode procurar o atendimento presencial no Detra, que fica na Dr. Porciúncula, 75, Centro. O telefone para contato é o 2246-8942.

"Estamos trabalhando muito para estimular esta recuperação econômica, com um contato próximo das empresas locais e com uma política de incentivos fiscais atualizada, mais atrativa. Temos feito contato com as empresas petropolitanas para que as mesmas utilizem o Balcão de Empregos. O serviço une quem precisa de mão de obra, nas mais diferentes áreas, e quem busca uma oportunidade no mercado", lembra o governo interino.

Os empresários interessados em oferecer empregos também podem disponibilizar as vagas, de forma gratuita, diretamente no site da prefeitura www.petropolis.rj.gov.br/e-gov/sde/balcao_de_empregos/empresas/index. Basta fazer o cadastro e informar a vaga.

Vale ressaltar que a prefeitura é responsável apenas pela divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo. Sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. As nove vagas disponíveis desta semana são essas:

1. Operador de Telemarketing / Feminino / Uma vaga / Faixa Etária de 20 a 50 anos / Ensino Médio / Experiência de 2 anos em CTPS

2. Atendente de Lanchonete / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 27 a 37 anos / Ensino Superior Incompleto / Experiência de 1 ano / CNH B

3. Repositor de Mercadorias / Masculino / Duas vagas / Faixa Etária de 20 a 35 anos / Ensino Médio / Experiência de 6 meses

4. Atendente de Loja / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 18 a 40 anos / Ensino Médio / Experiência de 6 meses

5. Operador de Retroescavadeira / Masculino / Duas vagas / Faixa Etária de 35 a 60 anos / Ensino Fundamental / Experiência de 6 meses / CNH B

6. Eletricista / Masculino / Uma vaga / Faixa Etária de 25 a 55 anos / Ensino Médio / Experiência de 6 meses

7. Motorista de Furgão / Ambos os sexos / Uma vaga / Faixa Etária de 25 a 35 anos / Ensino Médio / Experiência de 1 ano / CNH B

Petrópolis será sede do Cis-Serra a partir do ano que vem

O secretário de Saúde participou nesta sexta-feira (01) do encontro do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Serrana (Cis-Serra) do Estado do Rio de Janeiro. O evento, que aconteceu na cidade de Bom Jardim, contou com a presença do secretário de Saúde do Estado, Alexandre Chieppe, e de prefeitos e secretários de municípios da região. Durante a reunião, o grupo debateu ações da saúde no Estado através do consórcio. Este foi o primeiro encontro, após Petrópolis ser escolhida como cidade sede do Cis-Serra.

"Petrópolis será a sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde a partir do ano que vem. É uma honra para a cidade essa escolha. Fomos muito bem recebidos e abraçados por todos do Cis-Serra. Estamos reafirmando o compromisso com o consórcio. A presença do secretário de Saúde do Estado, Alexandre Chieppe, mostra também a abertura de diálogo por parte do Governo do Estado", diz o secretário de Saúde.

Durante o encontro, técnicos das secretarias municipais de saúde trocaram informações sobre serviços prestados na rede pública. Além disso, foi destacada a importância da parcerias entre prefeituras para a disponibilização de equipamentos, transporte sanitário, insumos e materiais de serviço.

O secretário de Saúde do Estado, Alexandre Chieppe, ressaltou a necessidade do debate sobre os consórcios de saúde. "Esta parceria vai permitir um maior aporte de recursos para os municípios, diretamente pelo Governo Estadual e Federal, além de dar autonomia orçamentária e liberdade para ser reconhecida como instrumento de gestão. Através do consórcio, vamos melhorar o acesso das pessoas aos serviços de saúde", explica ele, lembrando que o projeto de lei que viabiliza esse repasse de recurso ainda precisa da aprovação na Assembleia Legislativa e de uma legislação específica no âmbito federal.

A proposta de trazer a sede do Cis-Serra para Petrópolis foi apresentada pelo governo interino na última reunião, em 27 de agosto. Será a primeira vez que o município será sede do Consórcio. Hoje a sede está instalada no município de Cordeiro. O CIS-Serra foi criado em 2004 com o objetivo de fortalecer as ações de Saúde entre municípios, como compra de insumos e prestação de serviços.

O prefeito da cidade de Cordeiro, Leonam Melhorance, é o atual presidente do CisSerra. No encontro, ele destacou que a união dos municípios é fundamental. "O consórcio entre os municípios é o futuro. Estamos avançando aos poucos, entendendo os serviços, para ampliarmos para outras questões, até alcançarmos um modelo que vai atender as necessidades de todas as cidades envolvidas".

O próximo encontro do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Serrana acontecerá na cidade de Sumidouro. Além de prefeitos e secretários de Saúde, estava presente no evento o presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) do Estado do Rio de Janeiro, Rodrigo Oliveira.

Técnicos da prefeitura de Duque de Caxias visitaram Petrópolis nesta semana para conhecer o projeto das fossas sépticas que estão sendo instaladas nas comunidades pelo governo municipal. Eles estiveram na localidade conhecida como Vila São Francisco, no Meio da Serra, onde estão sendo colocados quatro kits de fossas. Essa ação vai garantir o tratamento de esgoto para cerca de 70 pessoas – os moradores esperavam por isso há mais de 30 anos.

O kit é composto de fossas, filtros, tubos e conexões. O objetivo é fazer o tratamento primário do esgoto doméstico, evitando o lançamento dos dejetos diretamente em rios, lagos ou mesmo na superfície do solo. Desse modo, as fossas impedem a poluição e a contaminação das fontes que abastecem as casas.

A prefeitura já fez a colocação de quatro kits de fossas no Morro dos Anjos, no Caxambu, e vai instalar mais quatro na comunidade Unidos Venceremos, no Quarteirão Brasileiro, nos próximos dias. Já na Comunidade do Ingá, na Posse, serão colocados cinco biodigestores com o mesmo objetivo de preservar o meio ambiente.

"Com as fossas sépticas e os biodigestores, garantimos que o esgoto produzido deixe de ser despejado na natureza, contribuindo com o meio ambiente e com a qualidade de vida dos moradores", disse o governo interino.

O subsecretário de Agricultura de Duque de Caxias, Marquinhos Rocha, esteve na visita em Petrópolis e garantiu que “existe um grande interesse em reproduzir esse projeto na cidade, já que o investimento é baixo e o retorno para as comunidades é garantido, ajudando também na preservação dos bairros”.

A instalação das fossas sépticas é uma ação da prefeitura de Petrópolis, através das secretarias de Meio Ambiente e de Obras, com o apoio da Águas do Imperador e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). “Essa ação proporciona diversos benefícios para os moradores e garante a preservação dos recursos naturais das áreas atendidas”, completa o secretário de Meio Ambiente.