Quinta, 17 Novembro 2022 - 18:47

Comitê Científico determina retorno das máscaras em ambientes escolares e no transporte público

O Comitê Científico determinou o retorno do uso de máscaras em ambientes escolares e no transporte público e escolar devido ao aumento de casos de covid-19, durante reunião realizada nesta quinta-feira (17), na Fiocruz. A determinação se baseou nos quadros epidemiológicos do município e no crescimento do número de casos relacionados a síndromes respiratórias agudas graves.

O uso do EPI por pessoas com síndromes gripais, imunossuprimidas ou com comorbidades continua obrigatório, assim como em ambientes hospitalares, clínicos, ambulatoriais e laboratoriais e se aplica a funcionários, pacientes e acompanhantes. A recomendação, no entanto, é de utilização das máscaras em qualquer ambiente fechado. “Porém, além de seguir os outros protocolos como uso de álcool em gel, a principal recomendação para garantir a proteção de todos é a vacina. Neste momento, temos 18 pessoas internadas, três delas em leitos de UTI. Porém, a maioria desses pacientes está com o esquema vacinal incompleto”, frisa o prefeito Rubens Bomtempo.

Além de monitorar o andamento dos casos na cidade, a Prefeitura está acompanhando a evolução da doença em outros países e já percebeu que, ao contrário de cepas anteriores, esta afeta inclusive as crianças. “Por isso pais e responsáveis devem procurar os postos e atualizar o ciclo vacinal das crianças. A previsão é de recebermos 410 doses da Pfizer Baby, destinada a bebês de seis anos a menores de três anos com comorbidades ainda nesta sexta-feira (18)”, complementa Rubens Bomtempo.

“O cenário epidemiológico atual exige medidas eficazes para garantir que os números de contaminação voltem a cair. Estamos acompanhando a situação e uma nova avaliação será feita”, disse o secretário de Saúde, Marcus Curvelo, acrescentando que a vacina é a principal forma de prevenção. “O esquema vacinal precisa estar completo, com as quatro doses, para garantir a imunização”, frisou. O decreto com os novos protocolos contra a covid-19 será publicado no Diário Oficial (D.O.).

Comparando com outros municípios, segundo o infectologista e presidente do Comitê Cientifico Marcus Liserre, a cobertura vacinal em Petrópolis é considerada boa, mas a adesão da população é essencial. “Não temos visto a forma grave da doença em pessoas vacinadas, por isso a importância da vacinação e ter o esquema vacinal completo. Este ano levamos a vacina para as escolas e as equipes da secretaria participaram de várias ações para aumentar a cobertura vacinal da população”, ressaltou o secretário de Saúde, Marcus Curvelo.