Terça, 02 Agosto 2022 - 11:11

Conferência sobre drogas reativa conselho municipal e elege novos conselheiros

O Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (CMPD) foi reativado, no fim de semana, pela III Conferência Municipal de Políticas sobre Drogas, que elegeu os novos conselheiros.

 

O Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas - CMPD foi retomado no último fim de semana, durante a III Conferência Municipal de Políticas sobre Drogas, com a eleição dos novos conselheiros. Para o próximo biênio, a presidência ficará sob a responsabilidade da sociedade, porém, o pleito para eleger a mesa diretora será realizado ainda no mês de agosto.

“Esse é um tema que precisa ser debatido, pois é importante conscientizarmos toda a sociedade de que o consumo de drogas não se trata de um problema de segurança, mas sim de saúde pública. É fundamental que esse assunto seja abordado e é dentro do conselho que ele deve ser debatido. O CMPD jamais deveria ter sido desativado, por isso a sua retomada era urgente”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

As entidades eleitas foram a União Nacional dos Estudantes (UNE), Centro de Defesa dos Direitos Humanos – CDDH, Mitra Diocesana, Templo Cabloco Sr. Ogum 7 Escudos, Associação de Moradores do Atílio Maroti, Federação Municipal das Associações de Moradores de Petrópolis - FAMPE e Comunidade Terapêutica Resgata Famílias – CTRF.

“É fundamental que essa discussão aconteça de forma clara para que possamos enxergar de que forma a cidade e a sociedade está sendo atingida pelo problema e, assim construirmos políticas públicas verdadeiramente progressistas, principalmente voltadas para o acolhimento. É isso que buscamos através dessa conferência e com a reativação do CMPD”, disse o secretário de Saúde, Marcus Curvelo.

A a III Conferência Municipal de Políticas sobre Drogas aconteceu no sábado (30), no auditório da Universidade Estácio de Sá. Três eixos temáticos relacionados ao assunto fizeram parte da programação: “Drogas, Violência não é solução”; “O fortalecimento das Políticas para a prevenção ao uso prejudicial de álcool e outras drogas'' e "O aumento do uso de Drogas lícitas e ilícitas, a partir do contexto da pandemia e promoção de saúde”.