Sexta, 08 Julho 2022 - 18:34

Prefeitura testa sirenes de sistema de alerta e alarme em 10 localidades

No próximo domingo (10), a Prefeitura, por meio da Secretaria de Defesa Civil, realizará teste de todos os conjuntos de equipamentos do Sistema de Alerta e Alarme do município. A medida, que será realizada mensalmente - sempre no dia 10 - visa garantir o funcionamento dos equipamentos em todas localidades. Atualmente, a cidade conta com 18 sirenes, distribuídas em 10 localidades, entre as quais: 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe.

“Esse é o momento de verificarmos nossas estruturas e nos prepararmos para o período de chuvas. Nossas equipes seguem no trabalho constante de manutenção das nossas ferramentas que contribuem para a mitigação dos riscos na nossa cidade”, destacou o prefeito Rubens Bomtempo.

A proposta é garantir que o protocolo de acionamento das sirenes em caso de chuva forte, funcione. Em dias de previsão de chuva intensa, além de emissão de informes e alerta por SMS, as sirenes são acionadas em dois estágios. O primeiro toque, alerta para a possibilidade de ocorrência de chuva moderada a forte e o segundo, é emitido a partir da identificação de volume elevado de chuva, considerado com registros pluviométricos a partir de 40 milímetros, pelo período de uma hora. Neste, os moradores de área de risco são orientados a se deslocarem, pelas rotas de fuga segura, até o ponto de apoio da localidade.

“Os testes das sirenes são formas de repassarmos constantemente nosso protocolo de segurança nas comunidades. É importante que todos os moradores fiquem atentos aos testes, que é quando identificamos os pontos a serem ajustados no processo de acionamento da população”, destacou o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers.

Para o teste que será realizado no próximo domingo (10), a equipe técnica da Defesa Civil atua em conjunto com os representantes locais, integrantes dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDEC). “Estamos em constante contato com os representantes do NUDECs, que são nossa ponte com as comunidades. Para o teste deste domingo, atuamos em conjunto para que eles contribuam para o funcionamento do protocolo de acionamento das sirenes”, destacou a diretora técnica da Defesa Civil, Eduarda Conde.