Quarta, 11 Maio 2022 - 11:02

Moradores do Alto da Serra e Comunidade São Francisco participam de roda de conversa sobre qualidade da água

A “Qualidade da Água para consumo humano após o desastre” será o tema de uma roda de conversa marcada para esta quarta-feira (11), no Colégio Rui Barbosa, no Alto da Serra e na quinta-feira (12), na Escola Geraldo Ventura Dias, no Meio da Serra. A ação, desenvolvida pela Secretaria de Saúde, por meio de uma parceria entre a Vigilância Ambiental e Fundação Nacional de Saúde (Funasa), será voltada para os moradores do Alto da serra e Comunidade São Francisco, na Horta.

O encontro com os moradores das regiões é um dos desdobramentos das ações de análises da água para consumo humano nas áreas afetadas pelas chuvas dos dias 15 de fevereiro e 20 de março. 

No trabalho, realizado junto com a Funasa, Ministério da Saúde (MS) e Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels (Lacen), o secretário de Saúde, Marcus Curvelo, explica que foram feitas 349 coletas em minas, poços e nos reservatórios da concessionária Águas do Imperador, como por exemplo, em clínicas médicas, hospitais, creches, abrigos - como as associações de moradores, escolas e igrejas, casas, condomínios residenciais - e outros locais considerados estratégicos, por exemplo.

“As análises, no entanto, já são feitas de forma rotineira semanalmente do primeiro ao quinto distrito, porém, foram intensificadas nos locais mais afetados pelas chuvas. Aquelas que deram resultado insatisfatórios haviam sido colhidas em poços e minais e os responsáveis por esses locais foram orientados a tomar algumas medidas, como o uso de hipoclorito de sódio (água sanitária), limpeza adequada dos reservatórios de água”, explica o secretário de Saúde.