Quarta, 04 Maio 2022 - 10:13

Saúde realiza mais de 2 mil mamografias entre janeiro e abril

Mais de 2,1 mil mamografias foram realizadas pela rede pública de saúde, em Petrópolis, nos primeiros quatro meses deste ano. Apenas no Centro de Saúde Coletiva foram feitos 1.271 procedimentos, enquanto no Hospital Alcides Carneiro foram 924 exames executados neste mesmo período, totalizando 2.195 atendimentos. Neste momento, apenas sete pessoas aguardam agendamento, enquanto outras duas não foram localizadas através dos telefones de contato deixados nas unidades.

“Agora, já é possível, inclusive atendermos por livre demanda, como já está acontecendo no Centro de Saúde. Além de atender as mulheres que estavam agendadas, quem chega na recepção com o pedido do exame, pode ser atendida na mesma hora”, comemora o prefeito Rubens Bomtempo.

De acordo com o secretário de Saúde, Marcus Curvelo, após zerar a fila, os exames estão sendo realizados em até 24 horas, além dos atendimentos feitos por livre demanda, no Centro de Saúde. Basta apresentar o pedido médico para a realização do procedimento. “A medida está sendo possível graças a ampliação do serviço no Centro de Saúde que, desde o início de março, está disponibilizando quase 40% a mais de vagas do exame que permite o rastreamento do Câncer de Mama”, explica Curvelo.

“A mamografia é um exame que permite a identificação precoce da doença, considerada o segundo tipo de câncer mais frequente entre as mulheres. Com essas medidas, temos conseguido fortalecer a busca ativa, otimizando a oferta de exames e com isso aumentando a cobertura e adesão das pacientes a rastreio precoce”, explica Célia Bretas, diretora do Centro de Saúde.

A dona de casa Maria Helena Roque Pereira da Silva, de 74 anos, esteve no Centro de Saúde nesta terça-feira para fazer o exame, que já realiza de forma rotineira. “Saí da consulta médica na segunda-feira (02) com o pedido do exame e a própria UBS do Quitandinha, onde havia sido atendida, fez o agendamento. Fiquei surpresa quando, na mesma hora, me avisaram que já faria a mamografia hoje a tarde. Antes ficava meses aguardando”, contou.

Outra que esteve na unidade para realização do procedimento foi Renata de Oliveira Duarte Pontes, de 40 anos. “É a primeira vez que faço esse procedimento pelo SUS e não esperava essa agilidade. Quando fiz pela rede privada, há alguns anos, tive que aguardar. Foi pouco tempo, porém, não aconteceu de um dia para o outro como está sendo realizado aqui”, ressalta.