Segunda, 10 Janeiro 2022 - 10:30

Defesa Civil reforça equipes para atendimento a ocorrências por conta de chuva contínua no município

A Secretaria de Defesa Civil atua com reforço nas equipes para o atendimento às ocorrências por conta da chuva contínua, que ganha intensidade ao longo da tarde desta sexta-feira (7). Até o momento são 85 casos desde a última quinta-feira (6), quando foi emitido o primeiro aviso de chuva forte para o período. No início da tarde de hoje, o município entrou em Estágio Operacional de Alerta com um acumulado de chuva que chega a 199.25 milímetros, nas últimas 24 horas. Não há registros de vítimas e todos os casos estão sendo vistoriados. A Rua Coronel Veiga continua interditada, do trecho das Duas Pontes ao Ponte Fones, por conta da inundação da via.

Com o elevado número de ocorrências, o prefeito Rubens Bomtempo informou que vai notificar o Governo do Estado do Rio de Janeiro, a Secretaria de Defesa Civil do Estado e o Instituto Estadual do Ambiente (INEA). “Vamos convocar todos outros atores que são importantes para garantir a manutenção da segurança e serviços essenciais nesse momento, em que precisamos oferecer resposta rápida para a população que necessita de assistência”, destacou o prefeito Rubens Bomtempo. A Defesa Civil procedeu com a abertura preventiva dos pontos de apoio das localidades do São Sebastião, João Xavier, Independência, Dr.Thouzet e Quitandinha. Os locais estão sendo estruturados para o acolhimento da população, caso seja necessário.

Das ocorrências registradas nesta sexta (7), maior parte é de deslizamentos que chegam a 37 casos nas localidades da Mosela, Coronel Veiga, Samambaia, Independência, Bairro Castrioto, Carangola, Roseiral, Retiro, Estrada da Saudade, Caxambu, Quissamã, Quarteirão Brasileiro, Posse, Cascatinha, Quitandinha, Valparaíso, Fazenda Inglesa, Bonsucesso, Floresta, Alto da Serra, Chácara Flora, Morin, Bingen, Alto da Serra, Centro, Mosela, Duarte da Silveira, Vila Militar e Caxambu. As equipes também atuam em casos de quedas de árvores, avaliações estruturais e de risco geológico, infiltração e problemas em vias.

“Estamos com todo o efetivo dedicado aos atendimentos. Pedimos que a população fique atenta aos alertas e a qualquer sinal de instabilidade, que entrem em contato com a Defesa Civil e não coloquem suas vidas em risco”, destacou o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers. Defesa Civil conta com equipes formadas por agentes operacionais, técnicos, engenheiros, geólogos e assistentes sociais. O órgão orienta que a população fique atenta às atualizações dos boletins e alertas que podem ser emitidos. Em caso de emergência, o telefone 199 deve ser acionado.

Acumulados de chuva
1º Distrito: 199.25 mm/24h, 205.25 mm/48h, 205.5 mm/72h, 207 mm/96h;
2º Distrito: 61.5 mm/24h, 93.25 mm/48h, 93.25 mm/72h, 93.25 mm/96h;
3º Distrito: 56 mm/24h, 86 mm/48h, 86 mm/72h, 86.5 mm/96h;
4º Distrito: 54.25 mm/24h, 85.75 mm/48h, 85.75 mm/72h, 86 mm/96h;
5º Distrito: 74.5 mm/24h, 102.5 mm/48h, 102.5 mm/96h, 102.5 mm/96h.