Quinta, 18 Novembro 2021 - 11:35

Governo interino e secretário de Saúde se reúnem com ministro Marcelo Queiroga para buscar melhorias na Saúde de Petrópolis

Prefeito e secretário apresentaram projetos para enfrentamento a doenças crônicas e para criação da “Sala Rosa” para atendimento às mulheres

Ministro elogiou estratégias de vacinação adotadas na cidade e destacou importância da imunização

Com o objetivo de melhorar a infraestrutura da rede de saúde para ampliar os atendimentos a pacientes com doenças não relacionadas à covid-19, o governo interino e o secretário de Saúde, acompanhados pelo deputado Federal Dr. Luizinho, se reuniram com o ministro da Saúde Marcelo Queiroga na terça-feira (17/11) para apresentar projetos que irão fortalecer a rede de saúde preventiva para os petropolitanos. A reunião em Brasília acontece no momento em que a cidade consolida a redução de casos graves de covid-19 e tem mais de 91% da população maior de 12 anos com pelo menos uma dose da vacina e 72,98% deste grupo com o ciclo de vacinação completo com as duas doses ou dose única da vacina – resultados que foram elogiados pelos ministro da Saúde.

“Agradeço aos petropolitanos por colaborarem, indo se vacinar. A vacinação é a maneira mais eficiente de acabarmos com o caráter pandêmico da covid-19 e estamos fazendo isso”, disse o ministro Marcelo Queiroga, após conhecer detalhes sobre as ações de enfrentamento à pandemia em Petrópolis.

“Apresentamos ao ministro todo o trabalho que temos feito na cidade para o controle da pandemia, desde a estruturação da rede para que tivéssemos leitos suficientes para atender os pacientes com covid-19, até as estratégias da Secretaria de Saúde para a vacinação da população, que transcorreu de forma organizada e sem que faltasse vacina em nenhum momento. É um trabalho que levou a redução de casos graves e internações e que permite que hoje possamos estar aqui no Ministério da Saúde buscando melhorias na estrutura da rede de Saúde de Petrópolis para avançarmos em direção às demais demandas, como a saúde preventiva”, destaca o governo interino.

Entre os assuntos discutidos estão os projetos para enfrentamento às doenças crônicas e agravo não transmissíveis e a criação da “Sala Rosa” – espaço com estrutura para o atendimento às mulheres, ambos a serem implementados no Hospital Alcides Carneiro.

“O Hospital Alcides Carneiro é o maior hospital público da cidade, uma unidade que presta atendimento oncológico, de maternidade, realiza cirurgias de média e alta complexidade, exames e também oferece atendimento na saúde preventiva. Temos no HAC um ambulatório com 34 especialidades. Os projetos apresentados ao ministro Queiroga propõem a ampliação das condições técnicas que assegurem o acesso dos pacientes aos serviços de diagnóstico e terapia para prevenção e tratamento dos agravos de saúde”, explica o secretário de Saúde.

Os projetos visam a ampliação na oferta de serviços de exames de imagem promovendo o diagnóstico precoce, a prevenção e tratamento das doenças; reduzindo as mortalidades prematura em casos como doenças do aparelho circulatório e neoplasias de mama, de colo de útero e do aparelho digestivo. Os projetos também preveem a qualificação e ampliação a atenção integral à saúde da mulher com a criação da “Sala Rosa” – que propõe acolhimento e agilidade para o diagnóstico e tratamento precoce do câncer de mama e colo de útero.