Imprimir esta página
Terça, 16 Novembro 2021 - 10:26

Prefeitura consegue sinalização positiva do DNIT em relação a alterações do projeto da Estrada União e Indústria

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) sinalizou de forma positiva ao pedido feito pelo governo interino para alterações no projeto de recuperação da Estrada União e Indústria. O mesmo pedido foi feito pelo deputado federal Hugo Leal, que reforçou a importância das modificações que vão garantir maior fluidez ao trânsito infraestrutura. Entre as alterações solicitadas pelo município estão a construção de novas rotatórias ao longo da estrada, correções e replanejamento na sinalização e recuos em alguns trechos da via.

"A mobilidade urbana é uma bandeira muito importante da nossa gestão, porque ela afeta diariamente a vida de cada um dos trabalhadores da nossa cidade e tem impacto direto na economia. Estamos acompanhando de perto as obras executadas pelo DNIT para nos certificarmos de que elas tratam de avanços significativos nesse sentido. Já estive em Brasília para tratar diretamente do assunto", destaca o governo interino.

O deputado Hugo Leal ressalta que na última década a cidade passou por importante reconfiguração na Estrada União e Indústria, com a chegada de novos empreendimentos. "O mercado Assaí é um exemplo. Ali há entrada e saída de veículos, o que não existia quando o projeto foi pensado. O mesmo vale para os trechos onde condomínios residenciais foram erguidos, que trouxeram com eles maior volume de veículos na rodovia. A recuperação da Estrada União e Indústria é essencial não apenas para Petrópolis, mas para o Estado do Rio de Janeiro", avaliou Leal.

A Prefeitura já está trabalhando na obra da rotatória do Carangola, que está em execução desde setembro, contando com recursos próprios do município. "Ali temos um dos principais gargalos do trânsito. As conversões para acessar tanto o bairro Carangola quanto a Estrada da Saudade são responsáveis por retenções e congestionamentos. A mesma acontece em vários outros pontos da rodovia. Por isso, a construção de rotatórias podem ajudar a reduzir o impacto sobre o trânsito e melhorar a mobilidade. Na revisão que encaminhamos ao Dnit estamos pontuando não apenas essas melhorias na infraestrutura viária, mas também de sinalização, incluindo as correções que precisam ser feitas dentro da obra que já foi executada. Um desses exemplos é o trecho de acesso ao bairro Nogueira", destaca o diretor presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans).

Diariamente, cerca de 25 mil motoristas trafegam pela rodovia, segundo estudo da CPTrans.

Itens relacionados por tópico