Terça, 16 Novembro 2021 - 10:13

Segurança Alimentar é debatida em ciclo de formação realizado pelo Comsea em parceria com a Prefeitura e MPRJ

Começou na quinta-feira (11), o Ciclo Básico de Formação em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável, realizado pelo Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Comsea), em parceria com a Prefeitura e o Ministério Público, por meio da 2ª Promotoria de Tutela Coletiva de Petrópolis. A iniciativa é voltada para a formação de gestores, servidores públicos da Saúde, Educação, Assistência Social, Defesa Civil e Meio Ambiente e membros de conselhos municipais.

O evento foi aberto com uma palestra da assistente social da Prefeitura de Juiz de Fora, Dora Vargas, que falou sobre “Intra e intersetorialidade para a garantia da Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável”. Ela defende que são necessárias políticas públicas que colaborem para o combate da insegurança alimentar. “Além disso, é importante integrar cada vez mais os órgãos de Assistência Social e de Defesa Civil, pois são eles que estão na ponta, ou seja, dentro das comunidades. Com essa integração, é preciso atuar na prevenção e não apenas nos momentos de emergência, como nos casos de desastres naturais”, disse.

A palestra, que aconteceu de forma online, teve pouco mais de uma hora e meia de duração, com a visualização de quase 400 pessoas. A promotora de Justiça Vanessa Katz, a presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar, Talita Berti e a coordenadora Especial de Articulação Institucional, acompanharam o evento. O Ciclo Básico de Formação em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável é transmitido pelas redes oficiais da Prefeitura: Youtube e Facebook.

A próxima palestra acontece no dia 18 de novembro, com a pedagoga e presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar do Maranhão e coordenadora Geral do Fórum Maranhense de Segurança Alimentar e Nutricional, Concita da Pindoba. Ela vai falar sobre o tema “Cozinhas comunitárias: da teoria à prática”.

A assistente social e coordenadora do Mesa Brasil Sesc, Cida Pessoa e Denise Tarin, procuradora de Justiça do Ministério Público do Rio de Janeiro, coordenadora do Projeto Segurança Humana-MPRJ também serão as palestrantes e vão falar respectivamente nos dias 25 de novembro e dois de dezembro, sobre “Banco de alimentos: da teoria à prática” e “Aspectos jurídicos do direito à alimentação”.