Segunda, 08 Novembro 2021 - 13:06

Escola Municipal Santa Terezinha participa do I Colóquio Brasileiro de Aprendizagem Solidária

Escola Municipal Santa Terezinha participa do I Colóquio Brasileiro de Aprendizagem Solidária

A Escola Municipalizada Santa Terezinha, na Vila Rica Rica, em Pedro do Rio, participa neste sábado (6) do I Colóquio Brasileiro de Aprendizagem Solidária. O evento tem o objetivo de reunir a comunidade educacional e sociedade civil para compartilhar experiências e conhecimentos que possam auxiliar na construção de projetos educacionais.

A escola, única unidade do Estado do Rio de Janeiro a participar do evento, vai apresentar o projeto “Nós cuidamos da Vila com o Vila Recicla”. A iniciativa ficou em 1º lugar na categoria 3 do 1º Prêmio Aprendizagem Solidária - Experiências que transformam – em premiação que aconteceu em 2020.

“Essa iniciativa da escola serve de exemplo. Quero parabenizar aos professores e alunos que idealizaram e colocaram em prática esse projeto”, disse o governo interino.

O projeto “Escolas Solidárias” acontece em alguns países como Argentina, Peru, Chile e no Brasil, atualmente, está em quatro escolas: três em São Paulo e uma no Rio de Janeiro, na Escola Municipalizada Santa Terezinha. Todas estarão apresentando seus projetos no evento.

O I Colóquio Brasileiro de Aprendizagem Solidária acontece de forma online e é promovido pelo Instituto Singularidades em parceria com a Rede de Aprendizagem e Inovação Solidária (Rais). Quem quiser assistir ao evento pode se inscrever por meio do link: https://forms.gle/KetdPM6vDo4nNeaGA.

O evento tem início às 9h e partir das 10h tem início a apresentação dos projetos premiados em 2020. O trabalho da Escola Municipalizada Santa Terezinha será a segunda a se apresentar.

Em parceria com a RAIS (Rede de Aprendizagem e Inovação Solidária), realizamos o I Colóquio Brasileiro de Aprendizagem Solidária, que tem o objetivo de reunir a comunidade educacional e do terceiro setor para compartilhar experiências e conhecimentos que possam auxiliar na construção de significados educacionais, tornando os processos pedagógicos mais ativos e colaborativos.