Quarta, 03 Novembro 2021 - 11:22

Equipes da Defesa Civil atua em conjunto com a Assistência Social para o atendimento a famílias em áreas de risco

Com o suporte das equipes da Assistência Social, a Defesa Civil realizou o atendimento a famílias que tiveram as residências interditadas. Na Estrada da Saudade, um deslizamento afetou terreno onde cinco casas foram interditadas. Neste local, 12 pessoas (três crianças) foram orientadas a buscarem acolhimento com familiares. No Caxambu, uma família (dois adultos e uma criança) também foi retirada da casa que apresentou risco estrutural. No Quitandinha, um alagamento interditou residência na Rua Alagoas, duas pessoas foram orientadas a saírem do local. Todos foram para casa de parentes. Os assistentes sociais ofereceram o suporte necessário nesta segunda (01) e após nova vistoria nos imóveis, prevista para esta terça-feira (02), os técnicos avaliarão a possibilidade de retorno para as moradias ou a necessidade de demais serviços sociais às pessoas afetadas.

As equipes da Assistência Social acompanharam os agentes da Defesa Civil em outras ocorrências nas regiões do Floresta, Caxambu, Fazenda Inglesa, Valparaíso e Quitandinha onde não houve necessidade de deslocamento das residências. “A atuação em conjunto com a Assistência Social é de fundamental importância para garantir mais agilidade no atendimento às famílias em situação de risco. Vamos continuar com o reforço das equipes ao longo da noite e feriado”, destacou o secretário de Defesa Civil.

Ao longo da tarde, os agentes da Defesa Civil atenderam 28 ocorrências. Os atendimentos foram para avaliação de afundamento de via, no Valparaíso; avaliação de risco geológico, no Floresta e no Bingen; deslizamentos no Duarte da Silveira, Floresta, Caxambu, Estrada da Saudade, Valparaíso, Castelânea, Corrêas, Fazenda Inglesa, Araras, Estrada União e Indústria e Spartaco Banal; quedas de árvores na Duarte da Silveira e Mosela; alagamento no Quitandinha; infiltração no Quissamã; e avaliação de muro em Itaipava.

Até o momento, o maior volume de chuva foi registrado no primeiro distrito com 88,2 milímetros nas últimas 24 horas. A tendência para as próximas horas é de redução da intensidade da chuva, que se manteve moderada de forma constante nesta segunda-feira. Para as próximas horas, permanecem as condições para ocorrência de chuva fraca a moderada de forma isolada.

Acumulado de chuva:

1º distrito: 88.25 mm/24h - 88.75 mm/48h - 87.75 mm/72h - 100.5 mm/96h
2º distrito: 73.25 mm/24h - 84.00 mm/48h - 84.50 mm/72h - 81.00 mm/96h
3º distrito: 60.50 mm/24h - 77.25 mm/48h - 77.25 mm/72h - 80.25 mm/96h
4º distrito: 51.75 mm/24h - 56.00 mm/48h - 56.00 mm/72h - 61.25 mm/96h
5º distrito: 66.75 mm/24h - 70.50 mm/48h - 70.50 mm/72h - 73.00 mm/72h