Sexta, 10 Setembro 2021 - 10:32

Prefeito se reúne com o novo comandante da Polícia Militar

O governo municipal recebeu hoje (9), na sede do governo municipal, na avenida Koeller, o novo comandante do 26º Batalhão da Polícia Militar, o coronel André Henrique de Oliveira, que assumiu a unidade na última semana, substituindo o tenente-coronel Augusto Valentim. No encontro, que contou com a presença da secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública, do superintendente geral da Guarda Civil Municipal, da coordenadora de Articulação Institucional, e do secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, a pauta foi a integração entre as forças do município e do Estado.

“Temos uma relação próxima com a Polícia Militar, que sempre apoia as secretarias do município nas ações de fiscalização e de garantia da ordem. O encontro de hoje estreita a relação com o novo comandante. Falamos sobre a cidade, os nossos desafios e oferecemos, claro, apoio às ações da Polícia Militar, nas ações que garantem mais segurança à população”, ressaltou o governo interino.

O novo comandante do 26º BPM sabe que em Petrópolis vai encontrar uma realidade diferente. “Já passei por batalhões de muitas cidades como Macaé, Cabo Frio, Magé, Itaboraí e Rio Bonito e sempre tive vontade de passar pela serra. A gente sabe que Petrópolis tem uma realidade diferente, que está entre as cidades mais seguras do Estado e o objetivo é manter essa segurança”, ressaltou o comandante do 26º BPM.

O novo comandante reforçou ainda o interesse em dar apoio ao município nas ações de fiscalização das motos irregulares, em apoio à Guarda Civil e à Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans. Já o governo municipal lembrou da atuação de programas em vigor como o Proeis (Programa de Integração na Segurança). O governo também agradeceu a presença do comandante na última ação de Choque de ordem, no Centro, e se colocou à disposição para auxiliar a PM nas ações de segurança pública.
Também foi lembrada a importância da ação da PM e da prefeitura no atendimento às mulheres vítimas da violência.