Sexta, 03 Setembro 2021 - 10:10

Esporte em destaque: Governo interino assina acordo de cooperação técnica com Comitê Paralímpico Brasileiro

Curso sobre movimento Paralímpico será ofertado para professores

No momento em que o Brasil se destaca a cada dia nos Jogos Paralímpicos em Tóquio, com a participação de 260 atletas e mais de 50 medalhas conquistadas, e após ser escolhida para ser uma das cidades que sediarão a terceira edição do Festival Paralímpico Loterias Caixa 2021, Petrópolis dá mais um passo à frente: o governo interino assinou nessa quinta-feira (02/09) um acordo de cooperação técnica com Comitê Paralímpico Brasileiro para a promoção do intercâmbio de experiências e tecnologias. A primeira ação será a realização do curso “Movimento Paralímpico: Fundamentos Básicos do Esporte”, que será oferecido de forma gratuita, na modalidade à distância. A assinatura contou com a participação do coordenador do Programa de Educação Paralímpica do Comitê Paralímpico Brasileiro, David Farias Costa, e do coordenador da Bocha Paralímpica e Futebol PC da Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE) e professor da Academia Paralímpica do Comitê Paralímpico Brasileiro, Alexsandro Alonso de Faria Lautherbach. O momento solene ocorreu na EM Professora Maria Campos, no Centro.

“É uma alegria, justamente nesse momento em que o Brasil está mostrando para o mundo inteiro o potencial dos nossos atletas em Tóquio, assinar esse acordo e proporcionar aos professores a oportunidade de atualizar seus conhecimentos com a chancela do Comitê. Desta forma, conseguiremos ter mais crianças atendidas com profissionais especialistas. Temos muitos talentos, estimulamos nossos alunos a praticar o esporte, mostramos que não há limitação e que podemos, juntos, aprender cada vez mais”, afirmou o governo interino.

Na ocasião, David Farias Costa agradeceu o governo interino pela parceria e pelo convite aos demais municípios. “O esporte é incrível e na vida temos que retribuir e ter gratidão por tudo o que o esporte nos proporciona e é isto que vamos fazer. O Programa de Educação Paralímpica tem o objetivo de contribuir para que as atividades se tornem verdadeiramente acessíveis para todas as pessoas. O que Petrópolis está fazendo pode e deve servir de exemplo para outros municípios. Além de dividir o seu conhecimento, o município está convidando as cidades a fortalecer o vínculo com o comitê e isso é incrível”.

A secretária de Educação agradeceu o apoio do Comitê nas ações que vêm sendo realizadas pelo Departamento de Educação Especial com relação ao esporte. “A parceria é essencial para o fortalecimento desse trabalho. Contamos sempre com a colaboração do comitê no fomento de cursos e, agora, com o acordo de cooperação técnica, tenho certeza que teremos cada vez mais chances de formações para nossos servidores. Nossa parceria com o comitê começou há alguns anos com o projeto de natação para alunos que participam das atividades na sala de recursos da Escola Monsenhor João de Deus Rodrigues e, desde então, só temos a agradecer por essa parceria. Convidamos os municípios vizinhos a também aderir a essa corrente para que outros profissionais também possam se especializar a fortalecer o movimento paralímpico”.

O governo lembrou, ainda, que Petrópolis tem mais um motivo para comemorar: na última semana, o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), por meio do departamento Desporto Escolar, divulgou os nomes dos municípios que sediarão a terceira edição do Festival Paralímpico Loterias Caixa e Petrópolis foi um dos três municípios do Estado selecionados.

”O objetivo da ação é o de promover a experimentação esportiva a crianças com e sem deficiência. O evento será realizado no dia 4 de dezembro, em 70 cidades brasileiras. Mais um indicador que Petrópolis está no caminho certo, promovendo e fomentando o esporte”, destacou.

Também estiveram presentes o secretário de Educação, Cultura, Esportes e Eventos de Areal, José Roberto Zimbrão Ribeiro, a secretária de Educação e Cultura de Comendador Levy Gasparian, Vanessa Souza, além de representantes dos municípios de São José do Vale do Rio Preto, Paty de Alferes e Teresópolis.

Sobre o curso:

O curso “Movimento Paralímpico: Fundamentos Básicos do Esporte” foi elaborado em parceria com a Universidade Federal de Uberlândia e chancelado pelo MEC e visa capacitar profissionais que atuem direta ou indiretamente na Rede Pública ou Privada de Ensino e tornar a atividade física e esportiva cada vez mais acessível às pessoas com deficiência. O curso, em formato EAD será apenas uma das ações planejadas através do termo de cooperação. Informações adicionais serão divulgadas após pela Secretaria de Educação para os profissionais da rede.