Segunda, 19 Julho 2021 - 10:43

Parque Natural recebeu mais de 2,6 mil visitantes no primeiro semestre de 2021

Parque Natural recebeu mais de 2,6 mil visitantes no primeiro semestre de 2021

O Parque Natural Municipal, na Avenida Ipiranga, está se consolidando como um dos principais pontos de visitação do município. Um levantamento realizado pela Secretaria de Meio Ambiente mostra que, desde a reabertura, na segunda quinzena de fevereiro, mais de 2,6 mil pessoas visitaram o espaço. As áreas de lazer do parque foram as mais procuradas.

“O Parque é um importante atrativo da cidade e, por isso, tivemos o cuidado de garantir que ele fosse realmente cuidado. Realizamos um diagnóstico das necessidades e providenciamos as melhorias necessárias”, disse o governo interino.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, a pesquisa mostrou que a Praça dos Saguis é a área mais utilizada do parque e recebeu 47,2% dos visitantes. A Trilha Rodolfo Born, com cerca de 500 metros de extensão, teve 35,2%, enquanto a Trilha da Casa da Mata, com 1400 metros, registrou 17,5%.

Ao todo, até o dia 31 de junho, todo o parque recebeu 2.644 visitantes. Destes, 2.484 são do estado do Rio de Janeiro. “Percebemos que a maioria do público é petropolitano e isso nos deixou bastante animados. Temos uma área verde segura para caminhadas, exercícios ao ar livre, piqueniques”, destaca o secretário de Meio Ambiente.

O estudo mostrou ainda a idade dos frequentadores. Cerca de 60% deles tem idade entre 30 e 55 anos, seguido por jovens de 18 a 28 anos, crianças e adolescentes de 5 a 14 anos e, por último, pessoas com a faixa etária entre 55 e 80 anos. “O maior público de qualquer unidade de conservação sempre foi o escolar, porém, com a suspensão das aulas, o número de visitantes dessa faixa etária diminuiu de forma considerável. Pela primeira vez esse público é menor do que o de adultos”, explica o assessor de direção do Parque Natural e coordenador de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente.

Além de preservar toda a fauna e a flora, no local foi realizada a revitalização de toda a sinalização e recuperação da área de passagem das trilhas. “Foram quase 120 metros de passadiços revitalizados e mais de 20 placas, que estavam defasadas ou destruídas, substituídas. Fizemos a limpeza, instalamos sinalização e assim pudemos reabrir a Trilha da Mata. Ela é a mais alta do parque, porém, era pouco visitada, pois as pessoas tinham medo de se perder. Hoje podem fazer sem qualquer risco. Ver o parque reunindo famílias, casais e grupos de amigos, é muito gratificante”, completa.