Quinta, 14 Outubro 2021 - 10:43

Boletim Epidemiológico – 13/10/21 (quarta)

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde nesta quarta-feira (13/10) está em 3,33% em leito clínico da rede SUS. A UTI covid na rede SUS está em 12,12% de ocupação. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 20 pacientes internados na cidade: sendo 14 em UTIs e seis em leitos clínicos. Três óbitos foram confirmados e inseridos na base de dados do município nesta quarta-feira

Até agora foram realizados no município 201.926 testes para Covid-19, com 49.038 resultados positivos e 152.482 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.534 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Óbitos:

1 – Mulher, 69 anos, moradora da Castelânea. Interna em 13/09/21 no Hospital Unimed. Óbito registrado em 09/10/21 no Hospital Unimed. Paciente com doença cardiovascular crônica e diabetes

2 – Homem, 54 anos, morador do Alto da Serra. Internado em 16/09/21 na UPA Cascatinha. Óbito registrado em 11/10/21 no HNSA. Paciente tabagista.

3 – Mulher, 71 anos, morador da Provisória. Internada em 26/09/21 na UPA Centro. Óbito registrado em 12/10/21 no HNSA. Paciente com doença cardiovascular crônica e diabetes.

Mais de 30 comunidades já foram percorridas pelo Ônibus Lilás, da Prefeitura, por meio do Centro de Referência em Atendimento à Mulher – CRAM e Comdim – Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, em Petrópolis. O número se refere ao período entre os meses de janeiro e a primeira semana de outubro deste ano. Ao todo, 212 mulheres foram atendidas na estrutura, que integra o mutirão de serviços do Programa Acelera Petrópolis, desenvolvido pela Prefeitura.

“A violência contra a mulher é uma realidade, por isso estamos engajados em garantir mais facilidade no acesso dessas vítimas a todas as políticas públicas, programas e projetos de proteção, orientação e acompanhamento. Até o fim do ano, a intenção é de alcançarmos mais 20 comunidades”, disse o governo interino.

No entanto, de acordo com a coordenadora do CRAM, nem todos os atendimentos estão relacionados a casos de violência contra a mulher. “Além dos serviços referentes à violência doméstica, como os atendimentos psicológicos e jurídicos, estamos levando mais uma série de informações e orientações dos mais diferentes setores, desde a assistência social a saúde e educação”, explica.

Na estrutura, as equipes oferecem serviços multidisciplinares, como assistências social, jurídica e psicológica. A busca inicial pela estrutura geralmente é por questões jurídicas como guarda dos filhos e também procura por psicólogos. “Porém, dentro desses atendimentos, as equipes percebem durante as conversas que a mulher sofre algum tipo de violência e que, muitas das vezes, nem ela identificou. A presença constante em comunidades permite que todas as mulheres tenham o mesmo acesso aos serviços do CRAM. Além de permitir que possamos identificar as principais demandas de cada local.”, completa a coordenadora.

Hospital Alcides Carneiro e Postos de Saúde do município também realizam atividades

Com o tema “O Normal Mudou, o Câncer Não”, a Prefeitura de Petrópolis deu início no dia 1º de outubro à programação do Outubro Rosa na Cidade Imperial. A campanha celebrada mundialmente tem o objetivo de sensibilizar e informar a população sobre o câncer de mama, além de levar informações de tratamento sobre a doença para a redução da mortalidade. A solenidade de abertura deste ano aconteceu no Hospital Alcides Carneiro (HAC), referência em atendimentos oncológicos em Petrópolis.

“É essencial lembrar que o HAC é o maior hospital da rede pública em Petrópolis e referência quando o assunto é oncologia. Sabemos que temos muito mais a fazer, mas ver toda a equipe do hospital unida em prol de uma causa, me dá ainda mais certeza de que esse é o caminho. Entregamos ao Estado um projeto importante para a reforma do hospital. Vamos continuar trabalhando para melhorar a infraestrutura e os serviços prestados à população”, afirma o governo interino.

Durante todo o mês de outubro, a Prefeitura de Petrópolis realizará ações nos postos de saúde da cidade, palestras e mutirões de atendimentos no HAC. O dia 23 de outubro foi a data escolhida como dia D de conscientização da doença no município. Além disso, de 15 a 31 de outubro o Palácio Sérgio Fadel (prédio da Prefeitura) e o Obelisco, vão estar iluminados com a cor rosa em alusão à campanha.

O Hospital Alcides Carneiro (HAC) é referência na rede pública em cirurgias oncológicas - com destaque para os procedimentos de mastectomia e reconstrução de mama e também no diagnóstico da doença. O HAC terá ações especiais ao longo do mês de outubro para incentivar a prevenção, ações de conscientização e exames, como ultrassonografias transvaginal e de mama, e mamografias. A equipe da unidade também realizará cirurgias para reconstrução de mama.

O secretário de Saúde lembrou os esforços para manter os atendimentos em meio a pandemia no Alcides Carneiro. “A direção do HAC vem trabalhando para agilizar o fluxo de atendimentos para que possamos oferecer na rede pública um serviço cada vez melhor aos pacientes”, destacou.

Atividades no Hospital Alcides Carneiro

Nos últimos oito anos, o número de cirurgias de mama no Hospital Alcides Carneiro vem crescendo, passando de 51 em 2014 para 106 em todo ano passado e 141 até setembro deste ano.

Neste mês, o hospital conta com um mutirão de atividades. O mutirão para ultrassonografias de mama está sendo realizado aos sábados e domingos. Nos dias 21 e 22, será oferecido um almoço especial para pacientes internados e colaboradores. Além disso, nessas datas serão realizadas ações de conscientização, em parceria com os profissionais da APPO.

No dia D da campanha, em 23 de outubro, será realizado o mutirão de exames na unidade. Além da ultrassonografia de mama, serão ofertadas ultrassonografias transvaginal, mamografia e cirurgias de reconstrução de mama. No dia 25 as pacientes internadas passarão por uma tarde de beleza, que incluirá cabelo e maquiagem. No hospital também haverá a distribuição de brindes para as pessoas internadas no hospital e na urgência.

Atividades no Centro Administrativo

Na semana do dia 18 à 23 de outubro, serão promovidas palestras e atividades no hall de entrada do prédio do Centro administrativo da Prefeitura de Petrópolis, para servidores e funcionários. No dia 18, às 14 horas, será realizada uma palestra com uma representante da Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO). Em seguida, às 16 horas, a palestra será com a médica oncologista, Ingrid Campos Moura. Na terça-feira (19), a nutricionista da Área Técnica de Alimentação e Nutrição, Thais Riguete, será a palestrante do dia.

No dia 20, a partir das 14 horas, serão oferecidos a realização de testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatite B e C, assim como orientações em saúde. Na quinta-feira (21), a médica radiologista Karuline Catein será a palestrante do dia. Encerrando a programação no Centro Administrativo, na sexta-feira (22) o diretor das das Academias de Saúde, o professor Renato Farjalla, realizará um aulão de atividades físicas às 14 horas.

Dia D:

O dia 23 de outubro foi a data escolhida como dia D da campanha em Petrópolis. Nas unidades de saúde do município serão realizadas educação em saúde, exame ginecológico com coleta de preventivo, solicitação de mamografia, realização de testes rápidos de Sífilis, HIV e Hepatites B e C, e atividades com as mulheres. A ação ocorrerá das 9h às 16h, em mais de 40 unidades de saúde da cidade.

No dia 26/10, a equipe da Secretaria de Saúde fará um Pit Stop com educação em saúde, orientações sobre o câncer de colo de útero e mama, realização de testes rápidos e arrecadação de fraldas para os pacientes atendidos pela Frente Nacional de Combate ao Câncer (FNCC). A ação acontece na Praça Dom Pedro, das 09 às 16 horas.

As unidades de saúde do Alto da Serra, Posse, São Sebastião e Estrada da Saudade já realizaram ações de atendimento à população. Os postos de saúde do Alto da Serra e 24 de Maio (dia 14), Carangola, Vale do Carangola e Posse (dia 16), Alto Siméria e Caxambu Santa Isabel, (dia 19), Pedro do Rio (dia 21) e Vila Saúde (dia 30), completam a programação de atividades com atendimentos às mulheres, também das 09 às 16 horas.

Para atender a população, no dia 4 de outubro os profissionais e agentes de Saúde da Prefeitura receberam uma capacitação com o médico Carlos Vinícius, sobre mastologia voltada para o Outubro Rosa.

A programação do Outubro Rosa da Prefeitura de Petrópolis é realizada pela Secretaria de Saúde, em parceria com o Hospital Alcides Carneiro (HAC), Áreas Técnicas da Saúde, Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO) e Frente Nacional de Combate ao Câncer (FNCC).

Consultas em pediatria e clínica médica nas UBS e no Centro de Saúde do Itamarati já são marcadas de forma online desde agosto

Consultas odontológicas e de enfermagem agora também poderão ser marcadas pela internet através do sistema Consulta Fácil. Segundo o governo interino, o serviço, que busca facilitar o acesso da população aos atendimentos de Saúde, já permite o agendamento das novas especialidades a partir desta quarta-feira (13). O Consulta Fácil foi lançado no mês de agosto, oferecendo marcação de consultas em pediatria e clínica médica nas UBSs Itaipava, Pedro do Rio, Araras, Retiro, Mosela, Morin, Quitandinha, Independência e no Centro de Saúde do Itamarati.

“Começamos com o agendamento de consultas médicas e, agora, estamos incluindo também o atendimento com enfermeiros e dentistas. O Consulta Fácil é uma ferramenta importante, que facilita e agiliza a marcação, acabando com as filas nas unidades de saúde para realizar os agendamentos. A nossa intenção é ampliar o serviço para todas unidades de atenção básica”, frisa o governo interino.

“Para marcar a consulta, basta acessar o site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br) e clicar no banner “Consulta Fácil”, inserir seus dados e fazer o agendamento. A intenção é utilizar a tecnologia para facilitar a vida dos usuários do SUS. Com o agendamento remoto, a pessoa consegue marcar a sua consulta de casa, do trabalho, ou de onde estiver”, pontua o secretário de Saúde.

Os agendamentos com as equipes de enfermagem incluem exames preventivos e de acompanhamento do pré-natal, acompanhamento do desenvolvimento e crescimento de crianças (puericultura), entre outras atividades. Nas consultas odontológicas é realizado o atendimento ambulatorial dos pacientes, e inclusão na rede de Saúde do município.

Além da marcação de consultas pela internet, a Prefeitura também já oferece sistema que permite que o usuário receba informações sobre marcação de exames e consultas com especialistas via WhatsApp. A Secretaria de Saúde destaca que, para isso, é fundamental que as pessoas mantenham atualizado junto às unidades de saúde o número do celular com acesso a mensagens via WhatsApp. Caso o usuário não possa comparecer para a consulta na data marcada, ele tem ainda a possibilidade de desmarcar a consulta, liberando a vaga para que outro paciente seja atendido.

O Consulta Fácil permite que a Secretaria de Saúde melhore o monitoramento do funcionamento da rede de Saúde. O histórico com informações dos pacientes fica gravado e todos os agendamentos ficam registrados, o que permite, por exemplo, verificar casos de faltas recorrentes de um mesmo usuário, ou ainda se estão ocorrendo faltas em uma mesma unidade de saúde.

Nesta quarta-feira (13), nas redes sociais da Prefeitura de Petrópolis, começa o ciclo de lives do governo municipal para debate da Saúde do Idoso. Serão três transmissões, com assuntos referentes ao envelhecimento. A ação faz parte da programação da Coordenadoria da Atenção da Saúde do Idoso da Secretaria de Saúde, referente ao mês do idoso. As lives acontecem no Facebook e YouTube da Prefeitura, a partir das 17 horas.

A médica geriatra e gerontóloga Rita Ravaglia, que é a coordenadora da Atenção da Saúde do Idoso, será a palestrante das lives. Mitos do Envelhecimento é o tema da live desta quarta-feira (13). Na quinta-feira (14), a palestra será sobre “Declínio funcional: novo paradigma do envelhecimento”. Finalizando a série de transmissões, na sexta-feira as quedas serão o assunto, abordando os tropeços na biografia do idoso.

“Estamos com uma programação com atividades online e presenciais, voltada ao cuidado com a saúde do idoso. Com as lives, levamos o debate de assuntos importantes no dia a dia do público da terceira idade. Com o avanço da idade, é importante ter atenção redobrada para reduzir o risco de quedas. Nosso objetivo é garantir maior qualidade de vida e um envelhecimento saudável”, afirma o governo interino.

Programação do mês do idoso

Desde 01 de outubro, data em que é celebrado mundialmente o dia do idoso, a Prefeitura de Petrópolis realiza ações referentes ao mês do idoso, com o objetivo de oferecer atendimento especializado para as pessoas da terceira idade. A programação teve início com a homenagem aos funcionários idosos no Centro Administrativo da Prefeitura.

“Realizamos neste sábado (09), na UBS Lusitano, no Caxambu, um evento para o público da terceira idade da região. Com o apoio da Academia da Saúde e do (NASF) Núcleo Ampliado de Saúde da Família, foram feitos educação em saúde com fisioterapeuta, aferição de pressão arterial e glicose, atividades físicas, atendimentos odontológicos e com psicólogos, além do sorteio de uma cesta de brindes para os idosos”, ressaltou a coordenadoria da Atenção da Saúde do Idoso, Rita Ravaglia.

Na Academia da Saúde do Castelo, nos dias 14, 20, 21 e 25, serão promovidos treinamentos funcionais, alongamento, aulas de bio pilates, yoga e rodas de conversa sobre assuntos da saúde do idoso. Nos dias 15 e 30, no Parque Municipal de Itaipava, acontecerão aulas de bio pilates, caminhada, alongamento, piquenique e show de prêmios.

Com atividades abertas ao público da terceira idade, a Prefeitura de Petrópolis ainda leva a cinco locais do município o Projeto Pista com Obstáculos, que busca prevenir os idosos contra quedas. No dia 15, as atividades aconteceram na Posse, no dia 19 serão na UBS Independência e no dia 20, no Centro de Saúde, no Centro da cidade. A ação acontece no Quitandinha e no Brejal no dia 22.

Uma semana após o início das obras para reforma e ampliação do setor de psiquiatria do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, o governo interino e o secretário de Saúde estiveram no hospital verificando o andamento dos trabalhos, que devem estar concluídos em três meses. Durante a vistoria na unidade de saúde, eles acompanharam também a colocação do tomógrafo na nova sala que está sendo preparada para o funcionamento do equipamento. A previsão é de que obras estejam concluídas até o fim deste mês e que o novo tomógrafo entre em funcionamento em novembro.

“São mudanças significativas e que farão uma grande diferença no Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, tanto para as equipes quanto para a população que busca atendimento no local. Vamos praticamente dobrar o espaço da psiquiatria, que passará a ter uma estrutura mais adequada para o atendimento. E, ainda antes disso, vamos colocar o tomógrafo para funcionar. A previsão é de que as obras no espaço para tomografia estejam concluídas até o fim deste mês. O tomógrafo será instalado e a equipe será treinada para operar o equipamento.

Estamos trabalhando para que, em novembro, as tomografias comecem a ser realizadas aqui”, diz o governo interino.

“Estamos acompanhando de perto o andamento das obras e, em paralelo, a Secretaria de Saúde está trabalhando para a liberação de todas as licenças necessárias para que o tomógrafo comece a operar tão logo a instalação esteja concluída”, completa o secretário de Saúde.

Já a reforma e ampliação do setor de psiquiatria do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp deve ser concluída em três meses. O novo espaço permitirá uma melhor estrutura para atendimento a quem precisa de tratamento psiquiátrico, com atendimento 24h a pacientes em crise. O projeto prevê a reestruturação dos espaços, que passam a contar com oito leitos de saúde mental - quatro masculinos e quatro femininos - para estabilização de pacientes, além de uma sala específica de observação para psiquiatria pediátrica. O espaço terá ainda três leitos para receber pacientes de emergência e um consultório para atendimento. As intervenções permitirão que a área da psiquiatria passe a ser mais ampla, com iluminação natural, segurança e entradas separadas para pacientes socorridos por equipes de emergência e para aqueles que derem entrada por meios próprios. A unidade terá funcionamento 24 horas e uma estrutura com melhor qualidade para receber os pacientes, que poderão permanecer pelo tempo que for preciso até que tenham o quadro estabilizado. A unidade passará a contar com equipe técnica multidisciplinar, com médico, psicólogo, assistente social, enfermeiro, técnico de enfermagem, equipe de apoio e segurança.

Pintura, adaptação das baias e melhorias estruturais estão entre as intervenções

A estrutura que abriga o Grupamento de Operações com cães, do canil Rufus Von Kru Gdorf, da Guarda Civil de Petrópolis, passou por adequações e reformas para das mais conforto e segurança aos animais que atuam em apoio às operações do poder público e das forças de segurança do município, seja nas ações de fiscalização de posturas, detecção de material entorpecente e até mesmo no trabalho de cinoterapia. As baias foram reestruturadas e pintadas. A sede administrativa do grupamento também recebeu melhorias.

“O trabalho no canil da Guarda tem se mostrado de excelência. É uma referência para outros municípios do Estado e até mesmo do país. Recentemente, foi homenageado pelo 26º Batalhão da Polícia Militar, com quem o canil atua continuamente nas ações de combate à drogas e segurança pública em Petrópolis. Neste ano, foi nosso canil que levou um treinamento de operações com cães para a Core, na Cidade da Polícia, na Capital. Além disso, faz um importante trabalho social com a cinoterapia, retomada nesse ano junto ao CTO”, destaca o governo interino.

O trabalho de recuperação do espaço que abriga os cães foi feito pelos próprios guardas do grupamento de cães. Além da pintura, foram feitas melhorias na iluminação e na estrutura do espaço. “Melhoraram a segurança, que já era boa. O alojamento foi revitalizado e nossos cães passaram a contar com uma infraestrutura adequada”, destacou o cinotécnico do canil da Guarda.

Em 2021, o Grupamento de Operações com Cães da Guarda tem ainda participado dos eventos públicos do município, apresentando o trabalho à população. “Fizemos apresentações no Parque Cremerie para que as pessoas entendam que esses animais são agentes da segurança pública, capazes de atuar no auxílio de nossos guardas na hora de salvar vidas”, destacou o superintendente geral da Guarda Civil Municipal.

“É muito importante ver que nossa Guarda tem um trabalho dessa qualidade, tão reconhecido. Que recebe gestores de cidades vizinhas - como aconteceu recentemente com a visita da prefeitura de Nilópolis, em busca de entender como funciona essa experiência com o objetivo de levar esse modelo para a própria cidade”, pontua a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública - SSOP.

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias retomou a atuação das equipes para Estágio Operacional de Normalidade. O aviso desta quarta-feira (13) foi emitido após dez dias consecutivos de tempo chuvoso, que fez a unidade atuar com o número de agentes redobrado, em estágio de atenção. Hoje, com a redução do acumulado pluviométrico nas últimas 72 horas e ausência de chuva significativa, o órgão volta ao esquema de trabalho padrão.

O boletim meteorológico desta quarta traz a previsão de céu parcialmente nublado a nublado, com ocasionais rajadas de vendo moderado durante o dia e possibilidade de chuviscos isolados. A temperatura volta a subir, com a máxima podendo chegar hoje a 23°C e amanhã (14), a 25°C.

Quarta, 13 Outubro 2021 - 10:57

Boletim Epidemiológico – 12/10/21 (terça)

Leitos clínicos destinados a pacientes com covid-19 na rede pública permaneceram totalmente vazios em Petrópolis. A taxa de ocupação destes leitos se manteve  em zero nesta terça-feira (12.10). Dados da Secretaria de Saúde  mostram a que a ocupação de leitos de UTI covid-19 está em 10,61%, na rede SUS. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 16 pacientes internados na cidade: 12 em UTIs, sendo sete na rede SUS e cinco na rede particular; e quatro em leitos clínicos da rede particular. 

Até agora foram realizados no município 201.889 testes para Covid-19, com 49.029 resultados positivos e 152.428 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.531 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

O poder da arte na vida das crianças será o assunto debatido no "IMC nas Redes – Conversas Culturais" da próxima quarta-feira (13/10). O encontro virtual será transmitido nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Cecília Pinheiro, Isabelle Fernandes, Laércio Motta, Talita Costa e Marco Aurêh. A mediadora da roda de conversa on-line será com a gerente do Centro de Cultura Raul de Leoni.

Cecília Pinheiro é professora e atua na área na alfabetização e anos iniciais do ensino fundamental. Autora dos livros infantis "Emanuel e Seu Chapéu" e "Um Sentimento Danado". Idealizadora do grupo Raio de Solidariedade onde atua com ações sociais. Formada em licenciatura em educação artística pela UFRJ, Isabelle Fernandes já atuou como arte educadora e ministrou oficinas em centros culturais. Atualmente leciona para crianças e adolescentes na rede particular de ensino de Petrópolis.

Laércio Motta é ator, palhaço, arte educador e psicólogo. Iniciou sua carreira artística em Petrópolis junto ao grupo Teatro Circense Andança. É formado em atuação pela Escola de Teatro de São Paulo, além de ser estudante da Escola de Arte Dramática da USP. É formado no curso de Magistério e em Psicologia pela Universidade Católica de Petrópolis.

Artista circense desde 2016, Talita Costa é integrante da Dupla Malabaguita, que utiliza malabarismo e da palhaçaria em seus shows voltados, principalmente, para o público infantil. Já Marco Aurêh é músico, compositor, ator, diretor teatral, gestor cultural e arte-educador. Especializado em composição de trilhas sonoras para teatro e audiovisual. Possui um efetivo trabalho voltado para a infância e a juventude. Foi produtor, diretor musical, arranjador e intérprete de nove CDs sendo que cinco destes voltados para o público infantil.

Pagina 9 de 1691