O Hospital Alcides Carneiro (HAC) recebeu novas camas e poltronas para a pediatria. O novo mobiliário chegou na sexta-feira (6) e vai ampliar a capacidade de atendimento da unidade, principalmente no período de inverno, quando há aumento no número de casos relacionados a síndromes respiratórias, principalmente entre as crianças.

"O Hospital Alcides Carneiro é a maior unidade de saúde da nossa cidade, sendo referência na pediatria e maternidade. Estes equipamentos chegam para proporcionar uma assistência ainda mais adequada às nossas crianças e aos familiares que as acompanham", declarou o prefeito Rubens Bomtempo.

O novo mobiliário já foi instalado e está sendo usado pelos pacientes. “Já estamos garantindo uma maior oferta de leitos com as novas camas e poltronas”, declarou o diretor-presidente do Serviço Social Autônomo do Hospital Alcides Carneiro (Sehac), Ricardo Patuléa.

Ação conjunta para revalidar o cadastro começa nesta quarta, dia 11, na sede da prefeitura

A partir desta quarta-feira (11/05), o Governo do Estado e a Prefeitura de Petrópolis promovem o mutirão #TodosporPetrópolis com o objetivo de facilitar o acesso ao Aluguel Social. Na ação conjunta, que foi acertada no último dia 29 de abril, entre o governador e o prefeito, equipes dos governos estadual e municipal vão realizar a revalidação do cadastro do benefício.

O mutirão vai acontecer, de segunda a sexta-feira, de 9 da manhã às 4 da tarde, na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta (sede da prefeitura), e terá quatro semanas de duração. Para um melhor atendimento à população, a ação será dividida por ordem alfabética. É necessário levar a documentação para atualização dos dados e comprovação das informações (abaixo). Vale também informar que todos os beneficiários devem comparecer ao mutirão – quem já alugou um imóvel, quem ainda está desalojado, quem já foi cadastrado pelo Estado e/ou pelo município e, ainda, quem está aguardando para apresentar o contrato.

Equipes da Defesa Civil Municipal estarão no mutirão para tirar dúvidas e entregar os laudos das vistorias das casas que foram interditadas após as fortes chuvas. O documento é um dos requisitos para obter o benefício. O processo de revalidação dos cadastros de quem solicitou o Aluguel Social faz parte do novo formato de pagamento, que será unificado a partir dos próximos meses.

Na última sexta-feira (06/05), ao todo, 1.295 famílias receberam o Aluguel Social pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Serviço:
Mutirão #TodosporPetrópolis - Revalidação do cadastro para Aluguel Social
Local: Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta - Sede da Prefeitura de Petrópolis (Av. Koeler, 260 – Centro)
Horário: 9h às 16h

Calendário:
A e B - dias 11, 12 e 13 de maio
C e D - dias 16, 17 e 18 de maio
E - dia 19 de maio
F e G - dia 20 de maio
H, I e J - dias 23 e 24 de maio
K e L - dias 25 e 26 de maio
M - dias 27 e 30 de maio
N, O e P - dia 31 de maio
Q e R - dias 01 e 02 de junho
S, T e U - dias 03 e 06 de junho
V, W, Y e Z - dia 07 de junho
Repescagem - dias 8, 9 e 10 de junho

Quem deve comparecer:
• Quem já alugou um imóvel
• Quem ainda está desalojado
• Quem já foi cadastrado pelo Estado e/ou pelo município
• Quem está aguardando para apresentar o contrato

Documentação para revalidação do cadastro do Aluguel Social:
1. Documento de Identificação de todos os membros da família. (RG, CPF, Certidão de Nascimento ou Casamento);

2. Comprovantes de Rendimentos de todo núcleo familiar:
• Carteira de trabalho (nº, dados pessoais, emprego e página de emprego em branco, se for o caso, comprovando o rendimento ou desemprego e último contracheque (caso haja).
• Caso o emprego seja informal, deverá ser fornecida carta de próprio punho da
fonte pagadora;

3. Laudo da Defesa Civil comprovando a perda das condições de habitabilidade do imóvel onde era domiciliada a família afetada.

4. No caso de LOCATÁRIOS: Contrato de Locação vigente com firma reconhecida e/ou comprovante de residência atualizado (a partir de março de 2022) em nome do beneficiário ou de terceiro desde que faça parte do núcleo familiar e que resida no imóvel;

5. Comprovante de Residência do imóvel atingido em nome da pessoa que representará a família para fins de recebimento do aluguel social, devendo ser priorizado o responsável familiar devidamente inscrito no Cadastro Único;

6. Número de Identificação Social - NIS e Relatório do Cadastro Único demonstrando o núcleo familiar (O beneficiário que ainda não possuir o NIS e não for inscrito no Cadastro Único, terá um prazo máximo de 90 dias para providenciá-los);

7. Comprovante de Conta Bancária da Caixa Econômica Federal-CEF;

8. Declaração assinada pelo beneficiário de que a família afetada não possui outra residência em condições de habitabilidade (emitida pelo município);

9. Declaração de propriedade de imóvel assinada (emitida pelo Estado), devendo ser apresentado pelo beneficiário para fins de comprovação de propriedade (caso possua):
• Registro Geral de Imóveis;
• Escritura Pública de Imóvel;
• Declaração de Posse;
• Promessa de compra e venda ou
• Quaisquer outros títulos hábeis

A partir desta segunda-feira (9) serão retomadas as cobranças do estacionamento rotativo nas ruas Teresa e Rua São Pedro de Alcântara (Catedral São Pedro de Alcântara). As cobranças estavam suspensas desde fevereiro.

Na Rua Teresa, será retomada a cobrança para as 167 vagas até o nº 800. E das 64 vagas existentes até o cruzamento da Rua Padre Feijó.

Na Rua São Pedro de Alcântara será retomada a cobrança de 23 vagas existentes do nº85 até a saída para a Rua Raul de Leoni. O restante das vagas (cerca de 50) que ficam no entorno da Catedral São Pedro de Alcântara ainda permanecerão inteditadas para uso por causa da obra de restauração.

Serviço ajuda em pedido de seguro-desemprego e divulga vagas em empresas

A Prefeitura realizou, em abril, 502 atendimentos a trabalhadores para pedidos de seguro-desemprego, carteira de trabalho digital e emissão de segunda via de documentos. O serviço é prestado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Departamento de Trabalho e Renda (Detra), que funciona na Rua Doutor Porciúncula, 75 (terminal de ônibus do Centro).

No Balcão de Empregos da Prefeitura, mantido pelo Detra, 50 vagas foram oferecidas por empresas no mês passado, período em que foram cadastrados 640 currículos de candidatos. "Nosso objetivo é apoiar os trabalhadores a resolver problemas de documentação e auxiliá-los a se recolocar no mercado", afirma o prefeito Rubens Bomtempo.

A maioria dos atendimentos esteve relacionada a solicitações de isenção para segunda via de documentos, serviço em parceria com a Fundação Leão XIII. Esses pedidos foram 235 (carteira de identidade e certidões de casamento, nascimento, óbito e habilitação para casamento). O seguro-desemprego teve 215 atendimentos e a carteira de trabalho digital, 52.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares, destaca que o Detra, além de atuar também com cursos de capacitação, buscar oferecer cada vez mais vagas de emprego abertas por empresas petropolitanas. "Toda semana, divulgamos os postos de trabalho disponíveis, para trabalhadores de todas as escolaridades", diz.

A oferta das vagas é feita pela internet, no Balcão de Empregos hospedado no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br), onde os trabalhadores podem inserir seus currículos profissionais. Em abril, 446 currículos foram visualizados pelas empresas, que convocam diretamente os candidatos para os processos de seleção.

Atividades acontecem nas praças da Liberdade, da Águia e do Skate

Com o apoio da Prefeitura, acontece nos dias 13, 14 e 15 o "Vira Petrópolis", que vai levar muita cultura e esporte aos espaços públicos e mídias sociais com os talentos petropolitanos. A iniciativa também é solidária e as doações nos dias do evento serão destinadas ao Projeto Aloha, que atende duas mil famílias de Petrópolis com cestas básicas.

"Incentivar o esporte e a cultura, e valorizar nossos talentos locais é um dos objetivos do Vira Petrópolis. Ocupar os espaços públicos oferecendo aos jovens atividades esportivas e culturais é dar oportunidade para que eles também se sintam parte da cidade", comentou o prefeito Rubens Bomtempo. "Só tenho a agradecer a toda a rede de solidariedade que se formou na nossa cidade. Com união e ajuda de todos vamos reerguer e reconstruir Petrópolis", acrescentou o prefeito.

Segundo os organizadores do evento, o Vira Petrópolis já nasce com o intuito de ser solidário às vítimas das chuvas na cidade, mas, também, tem como meta dar continuidade e fortalecer as atividades de Lazer, Esportes, Artes e Cultura. Além de promover a inclusão, a solidariedade e a sustentabilidade.

"Promoveremos o evento, baseado na ocupação dos espaços públicos e de mídias Sociais com o conjunto de atividades características e próprias da nossa Petrópolis. Neste contexto, vamos reunir forças e promover a coletividade e o trabalho em equipe. A união de diferentes talentos, a fim de mobilizar as pessoas e ajudar quem precisa. Este é o objetivo desse evento, que pretende unir o esporte e a cultura", afirma Gabrielle Freitas, jornalista e produtora cultural, uma das idealizadoras do evento.

Após reuniões com as lideranças, de cada modalidade, será lançada a agenda do projeto. "Mais um evento que mostrará todo o potencial da nossa cidade e dos petropolitanos. O destaque ao esporte e o fomento à saúde são metas importantes e que fortalecem o nome do município. A expectativa é a melhor possível e esperamos que moradores e visitantes aproveitem o Vira Petrópolis", afirma o secretário de esporte, Rafael Simão.

Quem desejar participar da iniciativa seja como voluntário, incentivador ou participar das atividades previstas deve entrar em contato pelo instagram @virapetropolis.

“Esporte é vida, saúde, alegria e também solidariedade. O Vira vai mostrar o talento dos nossos esportistas e também incentivar todos a participar desse momento único na cidade. Queremos que os petropolitanos abracem a nossa causa e sigam conosco nesse desafio!”, diz Fábio Tezzei, professor de Jiu Jitsu e um dos idealizadores do Vira.

O que vai ter no Vira Petrópolis:

Campeonato Jiu Jitsu
E-sports
Atividade cicloturística
Montanhismo
Skate
Música ao vivo
Yoga
Atividade pedagógicas
Feira Cervejeira

Apresentações musicais confirmadas:
Local: Praça da Águia

Sexta - 13/05
20h30 - Tribo de Gonzaga (forró)

Sábado - 14/05
14h - Pedro Ribeiro (samba/MPB)
17h - Garage (Soul / Blues)
20h30 - SouS (rock)

Domingo - 15/05
15h - Jonathan Francisco (Samba /MPB)
18h - Rafa Rodrigues Trio (Pop)

Locais:
Praça da águia
Praça da Liberdade
Praça do Skate

O Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) da Posse está oferecendo atendimento para os moradores que precisam realizar serviços pela internet. Solicitações para CPF, Carteira de Identidade, Título de Eleitor, Alistamento Militar; além de consultas sobre o IPTU e SPC fazem parte dos serviços oferecidos.

O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O atendimento é gratuito e aberto para todos os moradores. O CEU da Posse – Praça CEU Corta Rio - fica localizado na Estrada União e Indústria, números 32.877.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras, deve concluir ainda neste mês as obras da nova entrada do Carangola. As intervenções, neste momento, se concentram na área central, que receberá os novos pontos de ônibus na localidade. As obras darão melhoria à mobilidade urbana no trajeto Centro - distritos.

“Continuamos trabalhando para entregar à população essa obra tão importante, que vai melhorar o trajeto de quem vem dos distritos para o Centro e vice-versa. É um ganho para a infraestrutura da cidade”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Além do ponto de ônibus, o projeto vai devolver à população uma pracinha com asfaltamento e acessibilidade na área central. As intervenções também vão trazer mudanças para os pontos de ônibus que descem do Carangola em direção ao Centro e dos distritos em direção ao primeiro. Os acessos e saídas do bairro serão alargados.

“Precisamos adaptar o projeto original, devido às dimensões do terreno desapropriado. Em fevereiro, custeamos a retirada de um dos postes, trabalho que foi executado pela Enel. Agora, trabalhamos para concluir todo o processo”, afirmou o secretário de Obras, Almir Schmidt.

Coordenador da autarquia alerta, principalmente, para golpes em ambientes virtuais

Com a chegada do Dia das Mães, o Procon Petrópolis alerta os consumidores para os cuidados que devem ser tomados na compra de presentes. O coordenador do departamento de defesa do consumidor, Fafá Badia, alerta principalmente para golpes em ambientes virtuais, quando sites de lojas são clonados.

"É preciso conferir a autenticidade do site escolhido. Temos recebido diversas reclamações sobre pagamentos indevidos e produtos não entregues. Quando vamos verificar, percebemos que em muitos casos o site era clonado”, informou.

Nestes casos, o consumidor pode acessar a barra inferior na tela do computador ou telefone e procurar a certificação do site. Outra dica importante é conferir os dados do beneficiário no boleto, se realmente aparece o nome do fornecedor.

Entrega e arrependimento

Ainda em relação a compras online, Badia também orienta que, por se tratar de uma data especial e específica, caso o produto não chegue a tempo, a compra pode ser cancelada por “descumprimento da oferta”, independente da qualidade do material. Além disso, há o prazo de sete dias a partir da chegada do produto para cancelar a compra.

“É o chamado ‘direito de arrependimento', igualmente previsto no Código de Defesa do Consumidor. Não importa se o produto está em perfeitas condições. Se o consumidor não gostou ou se arrependeu, pode devolvê-lo sem custos de reenvio”, explicou Badia.

Lojas físicas

Em caso de compras em lojas físicas, o consumidor deve estar atento à política de troca da empresa. “Lembre-se de que o fornecedor é obrigado a trocar o produto somente em caso de defeito. No entanto, se ele estabelecer condições que vão além disso, deve expô-las em local visível e de fácil compreensão para o comprador”, orienta.

O consumidor também deve lembrar de pedir a nota fiscal. Desta forma, consegue realizar reclamações em um prazo de até 90 dias, conforme estabelece o Código de Defesa do Consumidor. Há ainda o chamado vício oculto, quando o defeito só dá para ser descoberto após a garantia legal e contratual e que também garante direito à troca.

“Observe, ainda, se existe diferenciação entre preços praticados de acordo com a forma de pagamento. Se houver, deve ser avisado antes”, complementa o coordenador.

Restaurantes

Quem quiser levar a mãe para almoçar fora, também deve observar se seus direitos estão sendo cumpridos. "A gorjeta de 10% é opcional, não podendo ser imposta. Couvert artístico pode ser cobrado, desde que seja avisado previamente e com clareza”, concluiu.

Em casos de dúvida ou descumprimento dos direitos, o consumidor pode procurar o Procon Petrópolis na Rua Doutor Moreira da Fonseca, nº 33, de segunda a sexta, das 9h às 17h. O contato também pode ser feito por email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. e pelos telefones: 2246-8469, 2246-8470, 2246-8471, 2246-8472, 2246-8473, 2246-8474, 2246-8475, 2246-8476 e 2246-8477.

Na manhã desta quinta-feira (5), o governo municipal, acompanhado por técnicos da prefeitura de Petrópolis, representantes da companhia Águas do Imperador e vereadores, estiveram percorrendo alguns bairros, vistoriando obras e ouvindo as demandas dos moradores.

Durante a visita no BNH do Sargento Boening, onde a prefeitura está atuando na remoção da terra do bloco 18, atingido pelo deslizamento, a Prefeitura determinou a contratação emergencial de um técnico em cálculo estrutural, para determinar as novas ações do município no local.

“Os técnicos da secretaria de obras começaram o escoramento do prédio e as equipes da Comdep iniciaram a remoção da terra que deslizou e invadiu o prédio. Após a remoção de parte da terra, os técnicos identificaram ruptura nos pilares de sustentação do bloco. Imediatamente o trabalho no local foi suspenso e um técnico foi chamado para avaliar os riscos da estrutura”, explicou o prefeito Rubens Bomtempo.

Nesta quinta-feira (5), representantes da Secretaria de estado e Infraestrutura e Obras estiveram no local e anunciaram que as obras no BNH do Sargento Boening já estão contempladas no pacote de obras emergências do governo do estado.

No Chácara Flora, o governo municipal pediu para os técnicos da secretaria de obras avaliarem a instalação de dois ralos transversais na Rua Carmem Ponte Marcolino. “Os técnicos vão avaliar qual a melhor intervenção para o local. Nosso objetivo é evitar que a água invada as casas que ficam abaixo do nível da rua”, disse o prefeito.

Além dos técnicos da secretaria de obras, a Comdep segue atuando em várias frentes na recuperação do bairro.

Muro de contenção

A Prefeitura esteve vistoriando a obra de contenção da rua Uruguai, que é de responsabilidade do município.

“Quero parabenizar todos os profissionais da Comdep e da secretaria de obras que estão envolvidos nessa intervenção. O muro está sendo feito com as pedras que deslizaram da pedreira”, ressaltou o prefeito.

No local, além do muro de contenção da rua, também está previsto um segundo muro de contenção abaixo da margem da rua. A recuperação da rede de drenagem e o asfalto também estão sendo vistos.

O governo municipal também esteve no bairro do Lagoinha, onde determinou uma obra emergencial para devolver o acesso ao transporte público para os moradores. “Nesse ponto do Lagoinha, ainda estamos viabilizando recursos para a obra de contenção da rua. Para devolver o acesso para os moradores, eu autorizei uma intervenção emergencial para alargar a pista próximo ao parquinho. Assim, o ônibus vai poder novamente chegar ao ponto final do bairro”, explicou Bomtempo.

O governo municipal também vistoriou as intervenções que estão acontecendo na rua Barão de Águas Claras, Mosela e rua Afrânio de Melo Franco, onde estão sendo realizados muros de contenção e outras intervenções.

Defesa Civil Municipal e Nacional trabalham em conjunto com especialistas japoneses para implantação de ações de prevenção em áreas afetadas

A Agência de Cooperação Internacional do Japão (Japan Internacional Cooperation Agency - JICA) concluiu nesta sexta-feira (6), a primeira etapa do trabalho de análise de campo das áreas afetadas pelas chuvas de fevereiro e março. Os especialistas estiveram na cidade desde a última quarta-feira (4/5), com os técnicos do Ministério do Desenvolvimento Regional que, acompanhados pelas equipes da Defesa Civil do município, avaliaram os tipos de deslizamentos ocorridos na cidade. A medida visa realizar estudo técnico, em apoio à Prefeitura, para definir quais serão os mecanismos que serão usados para a recuperação e medidas de prevenção para as áreas danificadas pelos desastres.

“Quero agradecer a presença da JICA e do Ministério novamente na cidade em colaboração para a implantação de ações voltadas não só para a reconstrução, mas principalmente, com foco na prevenção. Esse trabalho é de grande valor e inclusive, vai contribuir muito para a revisão do nosso plano municipal de redução de riscos”, pontuou o prefeito Rubens Bomtempo.

Um dos objetivos da JICA na cidade foi avaliar a possibilidade de implantação do projeto SABO, que prevê a construção de barreiras, já utilizadas no Japão, para a retenção de fluxo de detritos em áreas com risco de deslizamento e minimizam os danos às edificações. Pela Região Serrana, o projeto está em fase de andamento em Friburgo e Teresópolis. Em Petrópolis, a partir do trabalho de campo realizado, as equipes técnicas vão estudar as melhores medidas a serem adotadas a partir do perfil topográfico das regiões afetadas.

“Antes de vir para cá observei muitas fotos e vídeos, mas ao chegar em cada localidade fiquei impressionado com a quantidade de encostas íngremes e perigosas que têm por aqui. E ainda, os desplacamentos rochosos são muito grandes e irregulares. Pude verificar a quantidade imensa de casas afetadas e percebi com profundidade o quão grave foi o evento que atingiu a cidade”, disse o especialista da JICA, Hideto Ochi.

Após conhecer os pontos afetados, o especialista ressaltou ainda a imprevisibilidade das ocorrências registradas. “Observei as localidades que se romperam e digo que seria difícil se prever o que aconteceria na cidade. Nesse sentido, pude perceber com mais clareza o quanto desafiador é fazer obras nas regiões atingidas, mas vejo que a cidade conta com equipes preparadas, que compreendem a situação das encostas daqui e fizeram análises pertinentes para cada localidade”, completou Ochi, destacando que por parte do Japão, há grande interesse em contribuir para o plano de recuperação da cidade.

Estudos visam não só a recuperação, mas medidas de prevenção para a cidade

Com as equipes da Defesa Civil do município, os técnicos da JICA e do MDR visitaram localidades que possuem o perfil topográfico para a implantação do projeto SABO. No entanto, especialistas avaliam demais projetos, estruturantes ou não, que podem ser adotados onde as barreiras não são adequadas. “Hoje tecnicamente, estamos tendo visão do que é trabalhar preventivamente, com estudos para construções que minimizem danos. Buscamos locais que nunca foram feitas essas estruturações que são prioridades nesse momento”, destacou o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers.

“A partir desse trabalho vamos conseguir importantes avanços em ações de prevenção adequadas para cada localidade. Essa parceria com o Japão já nos rendeu avanços no passado e com certeza agora não será diferente”, pontuou o coordenador especial de Articulação Institucional, Rafael Simão, lembrando de parcerias anteriores com Projeto de Gestão Integrada de Desastres Naturais (Gides), implementado entre os anos de 2014 e 2017 no município.

Pagina 6 de 1802