Sexta, 19 Fevereiro 2021 - 10:33

Boletim vacinação – 18/02/2021

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, realizaram, nesta quinta-feira (18), a vacinação contra a Covid-19 em seis unidades de saúde, quando foram vacinadas 841 pessoas, deste total 634 receberam segunda dose. No total, 8.150 pessoas foram vacinadas até agora no município. Quarenta e seis idosos acima de 90 anos e 28 acamados foram vacinados hoje no Centro.

Nesta quinta-feira, as equipes de enfermagem estiveram no Lar Santa Catarina, Lar Bela Vida, Clínica Pousada das Bromélias, Hospital Alcides Carneiro, Hospital Unimed e Hospital Municipal Nelson Sá Earp. Além disso, foram vacinados os idosos acima de 90 anos nos dois pontos fixos montados no campus da UCP, na Rua Benjamin Constant, no Centro, e no Parque Municipal, em Itaipava.

Os idosos com 90 anos ou mais que ainda não conseguiram se vacinar contra a Covid-19 terão até a próxima terça-feira (23) para ir até um dos dois postos de vacinação. O prazo para atendimento exclusivo desta faixa etária, que terminaria neste sábado (20), foi ampliado para facilitar o acesso da população. Para se vacinar é preciso fazer o cadastro na página da prefeitura na internet (www.petropolis.rj.gov.br).

“A vacina é a única forma de se proteger contra o coronavírus, por isso, é fundamental que nossos idosos sejam vacinados. Estamos ampliando o período de vacinação para facilitar o acesso dos idosos com mais de 90 anos que ainda não conseguiram tomar a primeira dose”, explicou o prefeito interino Hingo Hammes.

A vacinação continua sendo feita em um dos dois postos montados no campus da UCP na Rua Benjamin Constant, no Centro, e no Parque Municipal, em Itaipava, que também funcionam com sistema de drive thru, das 9h às 16h, de segunda-feira a sábado. Para ser vacinado, é necessário fazer o agendamento no site da prefeitura e comparecer ao local com identidade, cartão de vacina e comprovante de residência.

Pessoas que testaram positivo para a Covid-19 nos últimos 30 dias ou que estejam com sintomas não poderão ser vacinados neste momento. Por isso, devem aguardar e depois se apresentar em um dos postos de vacinação.

Não é segredo que o esporte proporciona benefícios para o corpo. Além disso, a prática de atividades físicas também é excelente para a saúde mental, pois pode combater os sentimentos de ansiedade e depressão, melhorar o foco e fortalecer a autoestima, principalmente para os idosos. Em meio a pandemia, o Agita Petrópolis se tornou um grande aliado dos mais de 2,5 mil petropolitanos que participam regularmente das aulas de ginástica, dança e alongamento em 13 bairros.

Há quase dois anos no programa, a dona de casa Michele Pereira Gomes de Oliveira, de 41 anos, perdeu peso, ganhou força e ganhou mais qualidade no sono. Mas os benefícios vão além disso. "Eu adoro participar do Agita.
É muito divertido. Às vezes a gente chega aqui um pouco desanimada, mas depois da aula é só alegria. Ainda mais nessa pandemia, não é? Quanto mais coisa a gente faz, melhor é", disse ela, que é aluna do núcleo do Centro.

"O mais importante é a segurança. As turmas são pequenas, existe o distanciamento, além da exigência da máscara e o álcool em gel. Com segurança, podemos participar das aulas e se exercitar. Me livrei das dores da época em que eu era sedentária. Me sinto mais leve, mais saudável, muito mais feliz", concluiu Michele.

Heloísa Helena, aluna do núcleo em Cascatinha, também ressaltou os benefícios para a saúde mental. "Estou muito feliz pelo retorno das aulas. Além dos benefícios para a minha saúde, também reencontro minhas amigas, fizemos uma turma muito legal aqui, uma sempre ajuda a outra", contou.

As atividades do programa voltaram na última semana em Cascatinha, Posse, Bataillard, Vale do Cuiabá, Madame Machado, Vila Rica, Alto da Serra, Caxambu, Centro, Quitandinha e São Sebastião. Os núcleos do Contorno e do Oswaldo Cruz estão sendo reorganizados e o retorno do Agita Petrópolis deve acontecer até o fim do mês. Os interessados em participar podem ligar para o (24) 2233-1218 para outras informações.

Sexta, 19 Fevereiro 2021 - 08:27

Reforma do CEI Irmã Silvana chega a reta final

Falta muito pouco para a conclusão da reforma e adequação dos espaços do Centro de Educação Infantil Irmã Silvana, na Comunidade do Neylor, no Retiro. Na manhã desta quinta-feira (18), o governo municipal esteve no local acompanhando o andamento do trabalho, que está sendo realizado em parceria com a comunidade.

O local atende 70 crianças do berçário ao 5º período e as ações vão garantir o atendimento de mais qualidade para os alunos, quando ocorrer o retorno das aulas presenciais.

Além da pintura interna e externa, o local ganhou reforma completa da cozinha, banheiros e despensa, troca de portas, construção de área externa para os botijões de gás, intervenções no telhado e limpeza de calhas. A secretaria foi levada para um espaço que estava ocioso da área externa. Com área mais ampla, ela dá condições de atendimento mais adequado aos pais e aos próprios funcionários. 

As obras estão sendo acompanhadas pela diretora da unidade, Sônia Damico, que tem contado com o apoio da comunidade. “Essa parceria está garantindo um serviço de excelência e as crianças serão as principais beneficiadas”, frisa.

Quinta, 18 Fevereiro 2021 - 12:31

Boletim Meteorológico

Atualização para as próximas 24 horas


A prefeitura reforçou junto às equipes da Secretaria de Saúde os protocolos a serem seguidos na vacinação contra o coronavírus para garantir a transparência na aplicação das doses. O vacinado e/ou familiar tem o direito de acompanhar a aspiração na área próxima da caixa térmica onde as vacinas ficam armazenadas. Também é permitido registrar, seja em vídeo ou foto, o momento da aplicação. Tanto o profissional quanto o vacinado devem, ainda, conferir a seringa antes e também depois da aplicação. Em caso de dúvida, a população pode, ainda, acionar o supervisor das equipes, presente em cada um dos pontos de vacinação.

Nesta quarta-feira (17/02), as equipes da Secretaria de Saúde continuaram os trabalhos em dois pontos fixos montados na UCP, na Rua Benjamin Constant, no Centro, e no Parque Municipal, em Itaipava. Os dois locais, que também funcionam no sistema drive thru, ficam abertos das 9h às 16h. Esse público será atendido até o próximo sábado (20). Além disso, também estão sendo vacinados acamados acima de 60 anos e idosos com dificuldade de locomoção que sejam cadastrados nos Postos de Saúde da Família com estratégia de saúde da família.

Segundo o secretário de Saúde, é importante que o acompanhante esteja atento e registre o momento da vacinação. O responsável pela aplicação se certifica, antes da aplicação e na presença do vacinado, que a seringa está com a dose. Após a aplicação, ainda na frente do vacinado, o profissional vai mostrar que a seringa está vazia. Por último, a equipe deve informar, no cartão de vacina, qual a vacina aplicada e a data de retorno para segunda dose.

O protocolo inclui ainda a triagem do paciente para coleta dos dados para registro nominal da vacina. Neste momento também é verificado o estado de saúde do paciente. “O paciente que apresentar sintomas da Covid-19 ou que tiver contraído a doença nos últimos 30 dias não poderão ser vacinados, assim como quem não estiver dentro do perfil estipulado em cada etapa anunciada”, explicou a chefe de imunização, Simone Sisnando.

Em seguida, a técnica de enfermagem fará a higienização das mãos com álcool 70% e fará o manuseio da vacina verificando sempre a manutenção da temperatura da caixa térmica onde ficam armazenadas as doses, seguindo a orientação do Programa Nacional de Imunização (PNI). No caso dos frascos multidoses, após a aspiração da vacina, ele volta imediatamente para dentro da caixa e a dose deve ser prontamente ministrada na pessoa.

“O importante é não deixar a vacina exposta à temperatura ambiente para que não sofra nenhuma alteração e mantenha a qualidade. Como as aplicações não estão sendo realizadas em ambiente controlado e climatizado, recomendamos cuidado neste manuseio. A aspiração deve ser feita em área próxima à caixa térmica e sem exposição ao sol”, disse Sisnando, esclarecendo que, após o uso, a seringa é descartada em recipiente próprio.

Este recipiente é levado para a Epidemiologia antes de ser descartado corretamente.

Pacientes atendidos nos pontos de apoio precisam informar se fizeram viagem nos últimos 30 dias

O departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde alterou a ficha de notificação dos pacientes com sintomas do novo coronavírus. Desde a semana passada, os pacientes atendidos nos pontos de apoio precisam informar se realizaram viagem nos últimos 30 dias e para qual local. A medida foi tomada para monitorar a chegada de novas variantes no município.

Na manhã desta quarta-feira (17), a Secretaria Estadual de Saúde, negou que um dos quatro casos da nova variante, informados pela Fiocruz, seja de Petrópolis. O paciente citado como sendo da cidade tem 30 anos e mora há mais de quatro anos no Rio de Janeiro, local onde foi realizado todo o atendimento e onde ele também cumpriu o período de isolamento. O homem já morou na cidade serrana, mas não esteve recentemente na cidade.

Segundo o infectologista José Henrique Castrioto, a chegada da nova variante ao estado é esperada. “Não há motivo para medidas drásticas neste momento. Novas variantes são esperadas e as medidas de proteção são as mesmas”, disse. Ele lembrou que em dezembro houve um pico no número de atendimentos, mas, a partir daí, houve redução significativa. “A rede de saúde conseguiu atender a demanda e temos, no momento, a situação controlada. Temos leitos e a rede de saúde preparada para o atendimento. Precisamos apenas observar a evolução da doença, independente da chegada de novas variantes”, frisou.

Os números de atendimento nos pontos de apoio comprovam que a procura por atendimento Covid-19 está diminuindo. Em dezembro, os dois pontos de apoio que funcionavam (Itaipava e Centro) atenderam 6.423 pacientes. Em janeiro, os três pontos existentes atenderam 4.160 pessoas. Nas primeiras duas semanas de fevereiro, os três pontos atenderam 2.105 pacientes.

O infectologista Marco Liserre alertou que a circulação do vírus só será interrompida quando mais de 70% da população estiver imunizada. “Até lá, as medidas de proteção são as mesmas. A população precisa seguir as orientações e evitar aglomerações, usar máscaras e higienizar sempre as mãos”.


No dia de reabertura, o Parque Natural Municipal Padre Quinha, na Avenida Ipiranga, recebeu 534 visitantes. O local voltou a funcionar ontem (16), feriado de carnaval, com a nova pintura do pórtico de entrada, vistoria e limpeza da trilha menor (cerca de 650 metros) e da sala da Guarda Civil. A outra trilha, maior (com quase 850 metros), ainda vai passar por manejo e remarcação pela equipe da Secretaria de Meio Ambiente.

O espaço voltou a funcionar com aferição de temperatura na entrada, disponibilização de álcool em gel e com a exigência do uso de máscara, de acordo com o decreto municipal publicado no último dia 5 de fevereiro. O próximo passo será liberar a trilha mais longa, após a remarcação e a limpeza.

O Parque Natural conta com área de 16,7 hectares com estágio avançado de Mata Atlântica. O local oferece um amplo espaço de ar puro, tranquilidade, com mesas e bancos disponíveis para refeições (por conta da pandemia, grupos maiores de 10 pessoas terão que avisar com antecedência a visita) e outras atividades. O telefone de contato é o (24) 2246-9234.

O local está registrado no Cadastro Nacional de Unidades de Conservação do Ministério do Meio Ambiente. Pertence ao Mosaico da Mata Atlântica Central Fluminense. Está inserido na APA-Petrópolis e na Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

O horário de funcionamento do espaço é de segunda a domingo, de 8h30 às 17h30.

O Parque Natural Municipal Padre Quinha, na Avenida Ipiranga, será reaberto amanhã (16/02) às 10h. O Governo Municipal vistoriou o espaço, hoje (15), para garantir que a estrutura estivesse pronta para atender os visitantes. Houve a pintura do pórtico de entrada, vistoria e limpeza das trilhas e da sala da Guarda Civil.

Para a reabertura do Parque Natural, a prefeitura está assegurando o cumprimento de todo o protocolo da Vigilância Sanitária. Na entrada, haverá aferição de temperatura, disponibilização de álcool em gel e será exigido o uso de máscara, respeitando o decreto municipal publicado no último dia 5 de fevereiro.

Foi realizada uma série de melhorias para atender os visitantes. O próximo passo será liberar a trilha mais longa, fazendo o manejo, além de ocupar o Parque Natural com atividades esportivas e de lazer para toda a cidade.

Após a reabertura amanhã, o horário de funcionamento do espaço será de segunda a domingo, de 8h30 às 17h30.

A feira de adoção de animais realizada no sábado (13.02) pela Cobea foi considerada um sucesso. Seis animais (três adultos e três filhotes) foram adotados durante a ação, que tem como objetivo estimular a posse responsável. O evento também fez o recolhimento de doações de ração que serão entregues aos protetores da cidade. O evento, que passa a ser realizado quinzenalmente a partir deste mês, atraiu mais de 300 pessoas na Praça Dom Pedro.

Para adotar é preciso ser maior de idade, além de ter em mãos o documento de identidade, CPF e um comprovante de residência. Segundo João Valois, coordenador de Bem-estar Animal, para adotar é necessário ter responsabilidade.

Os protetores que tiverem interesse em participar da próxima edição pode fazer contato pelo telefone 2291-1505 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Pagina 6 de 1523

Notícias por data

« Fevereiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

turispetro

iluminacao

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo