O prefeito Rubens Bomtempo anunciou na manhã desta segunda-feira (9/9) um convênio com o Clube 29 de Junho para a gestão da Casa do Colono. A expectativa é a de que, com a parceria, o espaço ofereça atividades diferenciadas e um acervo ainda mais rico da cultura alemã.

“O Clube 29 de Junho é o guardião e representante legítimo da história do povo alemão. Tenho certeza que a casa estará em boas mãos, com o espaço renovado e melhor aproveitado para a disseminação dessa cultura tão importante para a nossa cidade”, disse o prefeito.

A expectativa é a de que a partir de janeiro de 2014 o clube já tenha a gestão da Casa do Colono: “O prefeito teve muita sensibilidade ao propor este convênio. Muito nos honra gerir a história da nossa gente”, afirmou a presidente do Clube 29 de Junho, Emydia Hoelz Lyrio.

Terça, 10 Setembro 2013 - 10:26

Desfile cívico atrai mais de 8 mil no Centro

Cerca de oito mil pessoas participaram do desfile cívico de encerramento da Semana da Pátria no último sábado, sete de setembro. O Prefeito Rubens Bomtempo, o secretariado e autoridades acompanharam as apresentações, que incluíram demonstrações de equipamentos da Defesa Civil de Petrópolis, como pluviômetros eletrônicos, e de mais de 18 instituições militares e civis.

Quatorze escolas, municipais e particulares, apresentaram seus projetos, entre eles o Mais Educação, fruto de parceria entre o município e o Governo Federal para aumentar a oferta de atividades educativas nas escolas da rede em áreas como meio ambiente, esporte e informática. A realização de performances de dança e de lutas como o caratê e a capoeira também fizeram parte das demonstrações.

Para o prefeito Rubens Bomtempo, a participação popular nas comemorações da Semana da Pátria demonstra a mobilização da sociedade com a história do país e com o processo de formação do povo brasileiro. “Com a proclamação da independência do Brasil, Dom Pedro I esteve comprometido com a nossa liberdade e autonomia. Esse foi o papel dele e é nosso papel que estejamos todos comprometidos com o Brasil para alcançar uma melhor qualidade de vida para todos”, disse.

A secretária de Educação, Mônica Freitas, recebeu flores e agradeceu a todos os profissionais da educação envolvidos com a Semana da Pátria. “A minha gratidão é também um reconhecimento de que são os profissionais da educação, unidos às famílias, que possibilitam a formação de cidadãos cívicos, com amor à pátria e ao próximo”, destacou.

Além da equipe de governo, estiveram presentes no evento o comandante do Comando de Bombeiros de Área (CBA) da Região Serrana, Luiz Emmanoel Palencia Barbosa, o comandante do 26° Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Rubens de Castro Peixoto Júnior e o comandante do 32° Batalhão de Infantaria Motorizado, tenente coronel Getúlio Matos Ribeiro Neto, além do presidente da Câmara Municipal, Paulo Igor e dos vereadores Luizinho Sorriso, Thiago Damasceno e Pastor Sebastião.

Um projeto pleiteando mais investimentos federais para o Hospital Alcides Carneiro (HAC) foi apresentado durante encontro do prefeito Rubens Bomtempo e do secretário de saúde, André Pombo, nesta semana em Brasília, com o secretário nacional de Atenção à Saúde Básica, Helvécio Magalhães. O projeto prevê um aumento no repasse mensal da união, que atualmente é de R$ 800 mil.

“O hospital está realizando muito mais atendimentos por isso é necessário um custeio maior do governo federal, inclusive para aumentar a quantidade de serviços prestados à população”, destacou Bomtempo. No fim do mês, um representante de Brasília virá a Petrópolis e a Prefeitura vai entregar o plano operativo atualizado pleiteando estas verbas e incluindo o aumento dos serviços prestados pelo HAC desde janeiro deste ano, como a demanda da maternidade após o fechamento da Casa Providência.

Também foi discutida a inclusão de projetos no programa Requalifica UBS 2013, do governo federal. Segundo o secretário de saúde André Pombo, a recuperação de 11 convênios para reforma e ampliação de postos de saúde, que não tiveram andamento pela antiga administração, vai permitir que novos projetos sejam incluídos no programa.

“Inscrevemos seis projetos no Requalifica UBS 2013 para ampliação e construção de novas unidades de saúde. Acreditamos que essa conversa com o Ministério da Saúde vai ser positiva para a conquista de investimentos para Petrópolis”, concluiu André.

A Secretaria de Proteção e Defesa Civil realizará na próxima terça-feira, 10/09, um exercício de acionamento do Sistema de Alerta e Alarme de Petrópolis. As 18 sirenes instaladas nas dez comunidades em que há o sistema serão acionadas às 10h. A ideia é que os moradores se familiarizem com o som para que, em caso de ocorrências, atendam ao chamado no momento do incidente, reduzindo assim os riscos.

As sirenes estão instaladas no Quitandinha, Ferroviários, Vila Felipe, João Xavier, Sargento Boening, São Sebastião, Siméria, Independência, Dr. Thouzet e 24 de Maio. Os alertas não são dados quando vai chover, mas sim quando há risco de deslizamento na comunidade. O secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, destacou a importância do sistema para a prevenção de novas tragédias das chuvas em Petrópolis.

“Atualmente, esta é a melhor medida a curto prazo para reduzir o risco de escorregamento. O sistema é uma inovação que representa um instrumento de resposta eficaz quando os índices pluviométricos atingem níveis elevados”, disse o secretário. Toda vez que a sirene é acionada, os moradores devem procurar lugares seguros, como casas de
parentes e amigos ou pontos de apoio indicados pela Defesa Civil.

A Secretaria de Proteção e Defesa Civil vem trabalhando para reduzir ao máximo os riscos de desastres com vítimas nas chuvas do próximo verão. Além do exercício de acionamento do Sistema de Alerta e Alarme, a Defesa Civil deu início, em agosto, à instalação de pluviômetros automáticos e semiautomáticos em áreas de risco, em parceria com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Outra frente é a formação de agentes comunitários: até o fim do ano, a secretaria irá instalar 50 Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs), que vão favorecer o planejamento e a execução das ações da secretaria, além de disseminar a percepção de risco.

O recadastramento do Cartão Imperial foi prorrogado pela Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania até a próxima terça-feira (10/09). As famílias incluídas no programa devem comparecer a um dos postos de atendimento disponibilizados pela secretaria para a atualização dos dados de todos os beneficiados no programa de segurança alimentar e transferência de renda do município.

Até o fim da tarde de sexta-feira, foram realizados mais de 5.680 atendimentos.Para atender as cerca de 1.820 famílias restantes, dez postos de atendimento permanecerão em pleno funcionamento. Para moradores da região do Quitandinha, que inclui as comunidades da Rua Dr. Thouzet, Duques, Quitandinha e Vila Saúde que seriam atendidos na Unidade Básica de Saúde, o recadastramento deve ser feito na Casa de Acolhida, que fica na Rua Cel. Veiga, 1559.

Já os moradores da Vila Aliança e aqueles que seriam atendidos na Comunidade São Judas Tadeu e Cruz Vermelha, devem procurar a sede da Setrac, que fica na Avenida Ipiranga, 544. Os titulares do cartão devem comparecer aos postos de recadastramento das 8h às 17h, munidos de CPF, documento de identificação com foto, comprovante de residência e cartão do programa Bolsa Família (para quem recebe o benefício). Mais informações pelos telefones da Setrac, 2249-4337 e 2249-4325.

Confira os postos para o recadastramento de cada comunidade:

- Castelânea, São Sebastião, Siméria, Dr. Thouzet, Duques, Quitandinha e Vila Saúde

Local:Casa de Acolhida (Rua Cel. Veiga, 1559 – Centro).

- Araras, Fazenda Inglesa, Itaipava, Pedro do Rio, Vila Leopoldina, Vila Rica, 1º de Maio, Madame Machado e Boa Esperança.

Local: Centro de Cidadania (Estrada União e Indústria, 11860 – Itaipava).

- Atílio Marotti, Bairro São Luis, Comunidade do Alemão, Professor João de Deus, Max Manoel Molter, Barcellos, Comunidade do Neylor, Quarteirão Brasileiro, Retiro e Vale dos Esquilos.

Local – Cozinha comunitária (Rua Henrique Dias, 221 – Retiro).

- Carangola e Vale do Carangola.

Local: Cras do Vale do Carangola (Estrada do Carangola, 253 – Vale do Carangola).

- Águas Lindas, Bairro da Glória, Bonfim, Caetitu, Castelo São Manoel, Corrêas, Estrada Mineira, Nogueira e Vista Alegre.

Local: Cras de Corrêas (Rua Vigário Correia, 443 – Corrêas).

- Posse e Secretário.

Local: Cras da Posse (Estrada União e Indústria, 32877, lojas 05 e 06).

- Boa Vista, Estrada da Saudade e Machado Fagundes.

Local: Clube Rancho do Amor (Rua Machado Fagundes, 199 - A).

- Independência e Taquara.

Local: Guarda Comunitária (Rua Angelo João Brand, s/nº).

- Alto da Serra, Meio da Serra, Sargento Boening, Chácara Flora, Vila Real, Lagoinha e Morin.

Local: PSF do Alto da Serra (Rua Teresa, 2024).

- 24 de Maio, Alcobacinha, Bairro Esperança, Bela Vista, Cascatinha, Nova Cascatinha, Caxambu, Centro, Floresta, Humberto Rovigatti, Itamarati, Jardim Salvador, Loteamento Samambaia, Oswaldo Cruz, Ponte de Ferro, Quissamã, Roseiral, Samambaia, Valparaíso, Vila Militar, Vila São José e Vila Operária, Bataillard, Moinho Preto, Mosela, Pedras Brancas e Quarteirão Ingelhein, Bairro Castrioto, Bingen, Contorno, Dias de Oliveira e Duarte da Silveira

Local: Setrac (Av. Ipiranga, 544 – Centro).

O prefeito Rubens Bomtempo e o procurador geral do município, Marcus São Thiago, foram recebidos, na quarta-feira (04/09), na Secretaria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República – SDH/PR em Brasília. O objetivo da visita era informar sobre a publicação de decretos municipais, declarando de utilidade pública, para fins de desapropriação, os imóveis que compõem o conjunto conhecido como “Casa da Morte”, utilizados para a tortura de presos políticos durante a Ditadura Militar – 1964/1984.

Acompanhados da deputada Federal Jandira Feghali (PCdoB), Bomtempo e Marcus São Thiago foram recebidos pela ministra Maria do Rosário, a quem foi solicitado apoio por meio do fomento de verbas públicas para a desapropriação das casas. Os imóveis, localizados na Rua Arthur Barbosa, no Caxambu, segundo laudos da Comissão de Avaliação Imobiliária da Prefeitura, estão avaliados em pouco mais de R$ 1,2 milhão.

Verbas também estão sendo pleiteadas para a implantação do “Memorial da Liberdade, Verdade e Justiça” nos imóveis. “A ideia é que o Memorial seja criado, em parceria com a SDH/PR, visando à preservação da memória nacional e alerta sobre o perigo do arbítrio às futuras gerações”, destaca o prefeito Rubens Bomtempo.

Segundo Marcus São Thiago, a parceria é necessária para a concretização das iniciativas, pelo fato do município enfrentar limitações orçamentárias, por conta de demandas prioritárias, como por exemplo, as tragédias causadas pelas chuvas de verão, ocorridas nos últimos anos.

De acordo ainda com o procurador geral do município, as entidades e agentes políticos que apóiam a iniciativa, lutam pela preservação do local. “É o cuidado com a memória de nosso país, para garantir que fatos lamentáveis como os ocorridos ali, jamais voltem a ocorrer no Brasil”, disse Marcus.

Além da Prefeitura, a ideia de implantação do Memorial nos imóveis é apoiada pelo Ministério Público Federal, Centro de Defesa dos Direitos Humanos – CDDH, pela Ordem dos Advogados do Brasil – OAB – RJ e pelas Comissões Estadual e Federal da Verdade – RJ.

A ministra Maria do Rosario recebeu a iniciativa com entusiasmo e acatou as ideias levadas pelo prefeito Rubens Bomtempo. Outras reuniões foram agendadas na SDH/PR para os próximos meses de setembro e outubro, quando serão discutidas a desapropriação dos imóveis e a criação “Memorial da Liberdade, Verdade e Justiça”, o primeiro no país.

O prefeito Rubens Bomtempo e a presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marilene Ramos, anunciaram na manhã desta sexta-feira (6/9) a implantação do programa “Petrópolis Morar Seguro”. A iniciativa, que reúne o Município, Estado e União, garante investimentos que podem ultrapassar os R$ 250 milhões para o reassentamento de famílias em áreas de risco, contenção de encostas e obras de infraestrutura.

“Esse programa piloto em Petrópolis se soma a todas as outras ações que têm sido realizadas desde o início deste governo para minimizar os efeitos das chuvas e reduzir o déficit habitacional”, disse o prefeito. Bomtempo destacou a criação da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, a instalação de mais de 50 pluviômetros eletrônicos pela cidade, a implantação das Unidades de Proteção Comunitária (UPC), a construção de casas populares e a ampliação do sistema de alerta e alarme como os principais avanços desses oito meses de governo.

A expectativa é a de que mais de mil famílias da zona sul da cidade sejam beneficiadas. “As áreas estão sendo definidas levando em consideração o relatório do Departamento de Recursos Minerais (DRM) e a prioridade do município. É importante destacar que Petrópolis está sendo beneficiada por um projeto piloto do governo federal, que está destinando R$ 75 milhões para os reassentamentos. Essa ação é fruto de um pedido do prefeito Rubens Bomtempo à presidenta Dilma Rousseff durante a sua visita depois das chuvas que atingiram a cidade em março”, explicou a presidente do Inea, Marilene Ramos.

Durante o encontro, Bomtempo também disse que está finalizando a negociação da compra de mais um terreno, no Alto Independência, para a construção de 300 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida: “Essas casas se juntam às outras 846 do contrato já assinado com a Caixa Econômica Federal para o Carangola e às cerca de 800 que serão construídas no terreno do Caetitu, em Corrêas. É importante ressaltar que todo este projeto de reassentamento terá a participação direta deste governo e o diálogo permanente com a população”, concluiu o prefeito.

As inscrições para a XII Conferência Municipal de Saúde foram prorrogadas: elas seguem até o dia 18/9 e podem ser feitas na sede do Conselho Municipal de Saúde (Comsaúde) localizada na Rua Aureliano Coutinho, nº 81 - sala 4, no Centro, entre 9h e 16 horas. Devido à prorrogação do prazo, a eleição dos 56 delegados acontece no dia 19/9. O pleito será realizado no auditório do DIP (ao lado do HMNSE) às 19 horas.

A XII Conferência Municipal de Saúde terá como tema “Construindo um SUS de qualidade” e acontece nos dias 20 e 21 de setembro. A abertura oficial, com a presença do prefeito Rubens Bomtempo, será no dia 20 a partir de 19h30, no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Petrópolis (Acep), localizado na Rua Irmãos D´Angelo, 48.

No sábado (21/9) os debates e palestras acontecerão no auditório da Fase (na Avenida Barão do Rio Branco), com início às 8h e encerramento previsto para 18 horas. E no dia 24 de setembro acontece a terceira etapa da conferência com a eleição dos conselheiros para o biênio de 2013/2015. O evento também será realizado no auditório do DIP com início às 18 horas.

A posse dos novos conselheiros e a eleição da diretoria acontecem no dia primeiro de outubro, durante reunião ordinária do Comsaúde. A programação e o regimento da XII Conferência Municipal de Saúde foram publicados no Diário Oficial do dia 17/8.

O antigo Centro de Saúde Coletiva (Instituto da Mulher, da Criança e do Adolescente) vai passar por uma ampla reforma. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (6/9) pelo prefeito Rubens Bomtempo, durante visita à unidade. O prefeito também citou outros investimentos para o instituto como a compra de novos equipamentos, contratação de recursos humanos e a presença da Guarda Civil.

“O Centro de Saúde é uma unidade histórica e estratégica para o município. É preciso dar uma maior atenção e principalmente discutir qual será o papel da unidade na rede”, ressaltou o prefeito. A reforma vai garantir uma maior comodidade e melhoria no atendimento à população, em especial as mulheres, crianças e adolescentes atendidos na unidade.

Entre as melhorias que serão realizadas está a troca do piso, pintura externa e interna, revisão da parte elétrica e hidráulica, otimização dos espaços internos, reforma de algumas salas e acessibilidade. Além disso, o prefeito estuda a possibilidade da compra de um novo mamógrafo para a unidade, permitindo aumentar o número de exames e melhorar a qualidade do atendimento à mulher.

“O Centro de Saúde é referência para muitos atendimentos. Moradores de toda a cidade procuram assistência aqui. Já conseguimos melhorar a estrutura do atendimento aos ostomizados, com a distribuição das bolsas”, disse a diretora da unidade, Marilda Plácido. Ao lado do secretário de saúde, André Pombo, do secretário de obras, Aldir Cony, do presidente da Comdep, Hélio Dias e do diretor-presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), Gilmar de Oliveira, o prefeito Rubens Bomtempo visitou as instalações do espaço. “Estou aqui com os secretários para que seja elaborado um plano de recuperação da unidade. A secretaria de Obras vai fazer o projeto da reforma geral e os outros secretários vão realizar pequenas intervenções na unidade para melhorar ao atendimento e garantir mais segurança e comodidade para os pacientes”, ressaltou o prefeito.

Desde julho, a unidade passa por uma pequena reforma, com a construção de mais uma sala no segundo andar e de um escovódromo. O recurso é proveniente de um pacote de convênios com o governo federal recuperados pela atual administração. Ao todo são 11 unidades em reforma, com um investimento de R$ 1.6 milhão. O Centro de Saúde atende mais de 10 mil pessoas por mês. Além dos programas da mulher, da criança, do adolescente, da hipertensão e diabetes, a unidade conta com atendimentos especializados (pediatria, ginecologia, obstetrícia, clínico geral, fisioterapia, fonoaudiologia, odontologia, entre outros), com a realização de exames laboratoriais, de mamografia, de ultrassom, de ecocardiograma, do teste do pezinho e do preventivo, além da distribuição de medicamentos e da aplicação de vacinas.

O prefeito Rubens Bomtempo se reuniu na noite desta sexta-feira com integrantes do Fórum Petropolitano de Mobilização Permanente para discutir a pauta de reivindicações do grupo. Bomtempo e secretários de governo deram esclarecimentos sobre as medidas tomadas até agora na saúde e na educação.

A reunião foi uma proposta pessoal do prefeito para garantir a participação popular na discussão de medidas do governo e a transparência na administração municipal. Nova reunião foi marcada para a próxima quinta-feira (12/09), das 17h às 20h, para que outros pontos sejam debatidos.

“Eu preciso que vocês não se distanciem de mim. Eu preciso disso, para o controle externo de forma aberta, democrática e construtiva”, disse Bomtempo. “Espero que daí saiam futuras lideranças políticas e pessoas que queiram se apropriar da cidade”.

Entre as reivindicações apresentadas pelo grupo na reunião e em varais instalados pela cidade durante a semana, o prefeito elogiou a proposta popular para a criação de um Programa Municipal de Assistência Estudantil. O objetivo é que o programa ajude nos custos de transporte e alimentação de estudantes de baixa renda que estudem em universidades públicas em outras cidades. Bomtempo determinou que a secretária de Educação, Mônica Freitas, coloque a proposta na pauta da próxima reunião do Conselho Municipal de Educação (Comed), que será na próxima terça-feira, dia 10.

O prefeito lembrou que as quatro grandes leis que definem as políticas públicas para 2014 já foram encaminhadas para a Câmara Municipal: Plano Diretor, Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA). Bomtempo também ressaltou que audiências públicas e conferências municipais vêm sendo realizadas pela prefeitura para manter o fórum de discussões aberto com a população.

“Temos instrumentos de participação e temos que nos apropriar deles”, disse Bomtempo. Na educação, o prefeito e a secretária Mônica Freitas lembraram que, neste ano, 739 servidores aprovados no último concurso da área já foram convocados e todo o funcionalismo teve reajuste de 8%. Mônica frisou também que novo concurso público será realizado para vagas pontuais, como a de professores do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental.

Na saúde, o prefeito destacou que vem aplicando, por mês, cerca de R$ 10 milhões no Fundo Municipal da área – mais do que os R$ 8 milhões exigidos por lei. Com isso, o município garantiu melhorias no Hospital Alcides Carneiro (HAC), deverá conseguir, a partir de novembro, realizar 50 cirurgias de catarata por mês e está reformando 11 postos de saúde.

“Pegamos o Hospital Alcides Carneiro e a Casa Providência fechados. Abrimos o CTI, colocamos o Centro Cirúrgico para funcionar e abrimos a emergência. São R$ 3 milhões por ano para manter a emergência aberta. Defendo a minha tese: só abri por determinação judicial. São dez pacientes por plantão”, disse Bomtempo.