A Praça Visconde de Mauá, no trecho em frente ao centro de Cultura Raul de Leoni, terá novo visual: o prefeito Rubens Bomtempo, a nova presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, Drica Madeira, e o presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), Fernando Badia, anunciaram hoje (16/10) o fim das vagas demarcadas para o órgão. No local serão instalados um bicicletário e uma área de convivência, além de estacionamento para motos. Durante a tarde, o prefeito também conferiu as mudanças feitas na última semana para facilitar o acesso de pessoas com dificuldades de locomoção à rampa que dá acesso ao andar superior do Centro de Cultura Raul de Leoni.

As intervenções garantem um melhor aproveitamento do espaço, seguindo os moldes dos "Parklets Municipais", que são espaços de lazer instalados sobre vagas de estacionamento, ampliando a oferta de espaços públicos na cidade. Essas áreas podem ser equipadas com bancos, floreiras, mesas, cadeiras ou outros elementos de mobiliário, sempre com a função de recreação ou de manifestações artísticas.

“Estamos devolvendo sensibilidade e garantindo acessibilidade para o prédio da Fundação de Cultura e Turismo, que abriu mão das vagas para destinar o espaço a motos, bicicletas e criar um local para convívio público. É uma transformação importante, que deixa clara nossa disposição para avançar, melhorar”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Para Drica Madeira, presidente da Fundação, esse é o momento de romper com uma velha política e trabalhar de verdade em sintonia com o que o prefeito Rubens Bomtempo defende. “O que estamos fazendo representa uma mudança cultural, de mentalidade e de comportamento. A gente é o novo, e o novo não comporta política do privilégio e preconceitos como a falta de garantia do direito de acesso para cadeirantes, mães com carrinhos, entre outras”, explicou.

As mudanças feitas na entrada da Fundação de Cultura e Turismo agora permitem que cadeirantes e portadores de necessidades especiais tenham acesso mais rápido e fácil, pela rampa, a todo o acervo de mais de 150 mil livros da Biblioteca Central Municipal Gabriela Mistral, considerada a terceira mais importante do estado do Rio de Janeiro. O coordenador de Paradesporto da Secretaria de Esportes e Lazer, Luis Carlos Maciel, o “Ica”, testou e aprovou a nova entrada. “Ficou excelente. O caminho é esse mesmo e, sem dúvida nenhuma, com essa facilidade, outras pessoas que utilizam cadeira de rodas como eu passarão a frequentar esse espaço. A gente procura cada vez mais essa acessibilidade”, comentou.

Cerca de 100 famílias do Siméria serão beneficiadas com a regularização fundiária, em trabalho liderado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Habitação. Na noite de quinta-feira (15/10), o secretário de Habitação, Jorge Maia “Bolão”, se reuniu com os moradores para explicar o processo e responder perguntas. Na próxima segunda-feira (19/10), das 18h às 21h, a Secretaria de Habitação estará de plantão na Igreja do Evangelho Quadrangular, na Rua Manoel Francisco de Paula, Siméria, tirando dúvidas de moradores e recebendo os documentos que faltam.

“São moradias já consolidadas, de famílias que há décadas moram nesta comunidade. O prefeito Rubens Bomtempo vai entregar o documento definitivo de posse a essas famílias. Assim elas terão documento para comprovar que são donas de suas casas. Para que esse processo de regularização fundiária no Siméria dê certo, é preciso que os moradores participem e nos ajudem, passando aos nossos funcionários toda a documentação e as informações necessárias. A regularização fundiária dará mais dignidade a essas famílias”, disse o secretário Jorge Maia, lembrando que, com a regularização, todas as casas serão numeradas. “E é importante lembrar que não será cobrada nenhuma taxa aos moradores ao longo do processo”, frisou.

O processo de regularização será acompanhado pela Secretaria de Proteção e Defesa Civil e a Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac).

O presidente da Associação de Moradores do Siméria, Fábio Cebolinha, afirmou que a regularização fundiária é uma reivindicação antiga da comunidade. “O que a Prefeitura está fazendo é nota 100. Os moradores pediam isso há muito tempo. Ter o documento de posse do imóvel vai dar mais segurança aos moradores”, disse.

A regularização fundiária promovida pela Prefeitura foi regulamentada pelo prefeito Rubens Bomtempo com lei 7.343, de 8 de setembro de 2015. Ao todo, dez comunidades/localidades estão com o processo em andamento: Vale do Carangola, Alto da Derrubada, Vila São José, Condomínio Sérgio Fadel, Siméria, Morro dos Ferroviários, Estrada da Saudade, Conjunto Habitacional do Castelo São Manoel, Madame Machado e Morro do Gavião, em iniciativa que beneficia mais de 5,2 mil famílias, totalizando mais de 20 mil pessoas.

Transformar as cascas, talos e folhas dos alimentos em deliciosas receitas doces e salgadas não é tarefa fácil. É preciso ter criatividade e saber usar esses “ingredientes” de forma correta. Há quase uma década, a equipe do Posto de Saúde da Família (PSF) da Vila Felipe, no Alto da Serra, promove uma feira que estimula o aproveitamento integral do alimento e o uso de ervas medicinais (Fitoterapia). Este ano, a quinta edição do evento (que é bienal) aconteceu nesta sexta-feira (16/10) data em que se comemora o Dia Mundial da Alimentação, e contou com a participação do secretário de Saúde André Pombo. Durante a feira, a comunidade pode experimentar quitutes deliciosos feitos com os mais variados itens.

“Tem receitas bem diferentes, uma mais gostosa que a outra. Esse tipo de atividade faz parte do programa de saúde da família, que visa a integração entre a comunidade e a equipe para a promoção da saúde”, disse o secretário, acrescentando que entre as receitas apresentadas na feira estavam algumas publicadas nas cartilhas de alimentação Infantil e do Adolescente, lançadas no ano passado pela Prefeitura. Entre elas: o brigadeiro de feijão, o bolo nutritivo (de beterraba e laranja) e o bolo falso de chocolate.

“As receitas foram preparadas pela equipe e a comunidade, e hoje estamos aqui para expor e experimentar essas delícias. O nosso objetivo é estimular uma alimentação saudável, utilizando integralmente o alimento, não desperdiçando nada. Preparamos alimentos nutritivos e não convencionais”, disse a enfermeira do posto, Elisa de Paula, acrescentando que as receitas são ensinadas as pacientes durante as reuniões dos grupos de controle de obesidade. “Também é importante ressaltar que temos parceiros importantes, além da Prefeitura e a secretaria de Saúde, o Bramil de Itaipava e o Colégio Santa Catarina”.

A aposentada Eva Maria de Souza Gonçalves, de 69 anos, participou da feira com uma deliciosa receita de pasta de berinjela com talos. “Além de ser gostoso é saudável e de baixo custo, pois aproveitamos todo o alimento. A casca e o talo às vezes são mais nutritivos e agora toda a família está comendo melhor”, disse. Ao todo quase 50 receitas diferentes foram mostradas na feira, entre elas caldo de agrião, bolo de casca de banana, docinho de beterraba, suflê de legumes, croquete de talos, pastel de couve, entre outros.

Sábado, 17 Outubro 2015 - 09:15

Petrópolis vai ganhar Faculdade de Odontologia

O prefeito Rubens Bomtempo recebeu nesta semana os diretores da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase), Maria Isabel Sá Earp de Resende Chaves e Afonso Chaves, para uma reunião sobre os preparativos para a abertura do primeiro curso de graduação em Odontologia de Petrópolis. O curso, que terá início no primeiro semestre de 2016, vai agregar ainda mais valor ao já reconhecido pólo universitário da cidade, além de garantir benefícios diretos para a população, com tratamento odontológico gratuito, oferecido pelo SUS, em um ambulatório odontológico a ser estruturado ao longo do próximo ano.

Para abrir a faculdade, a Fase irá ampliar as instalações do Ambulatório Escola, localizado em Cascatinha. O terreno ganhará um novo prédio com quatro andares e 52 consultórios odontológicos para atendimento dos moradores da região e aprendizado dos futuros profissionais. O espaço também terá um Centro de Radiologia Odontológica onde funcionará o serviço de tomografia, exclusividade no Sistema Único de Saúde (SUS).

O prefeito Rubens Bomtempo comemorou. “Estamos sancionando a lei tornando o terreno onde funciona o Ambulatório Escola uma área de especial interesse econômico e urbanístico, permitindo, assim, a construção dessa nova unidade de saúde. Enviamos o projeto para a Câmara, que o aprovou imediatamente. Será um ganho para os moradores da região de Cascatinha e também para toda a população”, destacou o prefeito, acrescentando que esses novos profissionais que serão formados pela Fase também terão um importante papel junto à Atenção Básica, atuando em unidades de saúde da família e em escolas com atividades de saúde bucal e ações de prevenção.

Maria Isabel Sá Earp de Resende Chaves explicou que o curso “começa dentro da comunidade”. “Desde cedo eles estarão atuando dentro da comunidade e na Atenção Básica. O curso tirou nota máxima em todos os itens de aprovação do MEC. Também foi muito bem recebido pela comunidade científica e o Conselho Regional de Odontologia”, disse.

Ao todo, 40 vagas serão abertas por semestre. As informações sobre o vestibular podem ser encontradas na página da Fase, www.fmpfase.edu.br.

A Universidade Federal Fluminense (UFF) divulgou nesta semana números parciais de inscrições no vestibular para o curso de Engenharia de Produção, primeiro a ser oferecido pela instituição na cidade: já são mais de mil inscritos, que vão disputar as 50 vagas para o campus Petrópolis. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas até as 12h do dia 20 de outubro pelo endereço eletrônico www.vestibular.uff/2015/edital3. As aulas, em período integral, começam ainda este ano e a classificação exige pontuação mínima de 400 pontos em cada disciplina no Exame Nacional do Ensino Médio 2014 (ENEM).

O prefeito Rubens Bomtempo comemorou a grande procura. “A chegada da UFF a Petrópolis representa uma das nossas maiores conquistas. É um sonho que se tornou realidade. Com o campus da UFF no município garantimos um clima totalmente favorável ao desenvolvimento tecnológico, às pesquisas e à formação de mão de obra de qualidade. Essa é mais uma das grandes vitórias do povo petropolitano”, disse.

A iniciativa vai permitir que o município tenha oferta de ensino público de qualidade a partir da Educação Infantil, chegando ao técnico, oferecido atualmente pelo CEFET - conquista de Bomtempo na sua segunda gestão como prefeito em 2008 -, até o doutorado, no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC).


Entenda como fazer a inscrição

Para realizar a inscrição, o candidato deve ter em mãos o CPF e o número de inscrição no Enem 2014. O resultado final será divulgado no dia 22 de outubro, a partir das 16h, no endereço eletrônico www.vestibular.uff/2015/edital3.

Com carga horária de 3.660 horas, o curso de Engenharia de Produção da UFF, campus Petrópolis, será inovador. A aprendizagem será baseada em projetos garantindo sólida formação científica, tecnológica e profissional. A metodologia integrada e interdisciplinar privilegia o trabalho sob a óptica da sustentabilidade.

A grade curricular do curso está dividida em três núcleos de conteúdo. Básico: comum a todos os cursos de engenharia. Profissionalizantes: estudos necessários à formação do engenheiro de produção. Específicos: conhecimentos científicos, tecnológicos e instrumentais para a garantia do desenvolvimento das habilidades e capacidades desejadas para o profissional da Engenharia de Produção. Além disso, 420 horas de disciplinas optativas, estágio supervisionado, projeto final e atividades complementares também fazem parte da grade curricular.

Apoio da Prefeitura

A instalação da estrutura acadêmica mais moderna da Escola de Engenharia da UFF, a primeira universidade pública de Petrópolis, é resultado do trabalho da Prefeitura, que garantiu a infraestrutura necessária para a vinda da instituição. Porém, faltava o espaço. O prédio aonde funcionava a Faculdade de Medicina, em Cascatinha, foi cedido pela Prefeitura para abrigar o Centro Vocacional Tecnológico. A iniciativa garantiu ao município a cessão do prédio onde funcionava o Cetep, no antigo Ciep do Quitandinha, concretizando assim, o sonho da instalação de um campus da UFF em Petrópolis.

A Prefeitura realizou todas as obras de reforma e adaptação do prédio e ainda adquiriu mobiliário, equipamentos, livros, material didático e ainda foi a responsável pelos laboratórios.
O Campus da UFF em Petrópolis é totalmente acessível com rampas e elevadores, tem acesso à internet em alta velocidade com cobertura wireless, conta com auditório, biblioteca, refeitório, quatro laboratórios temáticos, dez salas de aula, secretaria e atendimento ao aluno, coordenação de graduação, pós-graduação e do departamento de engenharia, laboratórios de Física I e II, Química e Informática, três salas de reunião, sala de professores e espaço de convivência. O anexo do prédio abrigará ainda incubadora de empresa e empresa júnior.

Começa nesta segunda-feira (19/10) mais uma edição da Campanha Municipal do Preventivo, promovida pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde. Com o objetivo de incentivar as mulheres a realizarem o exame contra o câncer de colo de útero, a mobilização segue até sábado (24/10) quando acontece o Dia D. A previsão é realizar três mil exames durante a campanha.

Todos os postos, centros e unidades básicas de saúde estarão participando da mobilização e para facilitar o acesso das mulheres, 16 unidades – Alto Independência; Alto da Serra; Amazonas; Bataillard; Bonfim; Castelo São Manoel; Comunidade Primeiro de Maio; Jardim Salvador; Nova Cascatinha; Posse; Retiro; Santíssima Trindade; Vila Felipe; Vila Rica; Vila Saúde e o Instituto da Mulher, da Criança e do Adolescente (Centro de Saúde da Rua Santos Dumont) estarão funcionando em horário estendido – de 16h às 20h. No Dia D, 38 unidades estarão abertas para receber as mulheres no horário de 8h às 17h.

O câncer no colo do útero é um dos responsáveis pelo elevado índice de mortalidade feminina. O preventivo permite que anormalidades sejam detectadas precocemente, permitindo que o problema seja tratado antes mesmo do surgimento da doença. Em 2014, 17.200 exames foram realizados, destes 1.419 apresentaram algum tipo de alteração. “O preventivo é um procedimento rápido e muito importante, considerado a principal forma de prevenção contra o câncer no colo do útero. É importante detectar essas alterações antes que se torne mais grave”, alertou a coordenadora do Programa da Mulher, Fabíola Heck.

O prefeito Rubens Bomtempo recebeu, na tarde desta quinta-feira (15/10), representantes do Cefet-RJ para debater a proposta da unidade de ampliar os cursos oferecidos em Petrópolis. Hoje, o Cefet-RJ conta com três cursos de ensino superior – bacharelado em Turismo, licenciatura em Física e Engenharia de Computação – e um curso técnico de nível médio – Telecomunicações, com ênfase em TV Digital. O objetivo dos diretores do Cefet-RJ é que, até 2017, Petrópolis tenha mais uma graduação de Engenharia e um curso técnico de nível médio relacionado a essa Engenharia, para atender à demanda local.

A proposta de ampliação dos cursos foi apresentada ao prefeito pelo diretor-geral do Cefet-RJ, Carlos Henrique Alves, e pelo diretor do campus Petrópolis do Cefet-RJ, Frederico Ferreira de Oliveira. Também participaram do encontro o secretário de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho, e o vereador Thiago Damaceno.

“Queremos fortalecer essa parceria entre Prefeitura e Cefet-RJ para crescer cada vez mais a oferta de vagas em Petrópolis. O Cefet-RJ já é uma instituição consolidada em Petrópolis, que eu inaugurei em 2008, e que forma mão de obra qualificada para atender à demanda das empresas instaladas no nosso município. O que estiver ao nosso alcance para viabilizar esse aumento do número de cursos, nós faremos”, disse Bomtempo.

Os diretores do Cefet-RJ estão analisando qual é o melhor curso a ser criado em Petrópolis, tendo como base a demanda local dos estudantes e das empresas. Para viabilizar a criação dos novos cursos, a unidade busca um novo prédio, já que o campus da Rua do Imperador, no antigo Fórum, não comporta mais turmas. Na reunião desta quinta-feira, Bomtempo e os diretores do Cefet-RJ deram início às conversas para que um novo terreno seja disponibilizado para a unidade.

O diretor-geral Carlos Henrique Alves diz que a parceria com a Prefeitura irá possibilitar a expansão do campus Petrópolis. “O prefeito foi pioneiro na nossa expansão para Petrópolis. Tenho certeza de que fará o possível para viabilizar esse aumento da oferta de cursos”, disse Carlos Henrique.

“A expansão que estamos propondo está dentro da proposta do prefeito Rubens Bomtempo de fazer de Petrópolis um grande pólo administrativo”, acrescentou Frederico Ferreira de Oliveira.
Além do Cefet-RJ em 2008, o prefeito Rubens Bomtempo viabilizou a vinda de outra importante instituição pública de ensino superior para Petrópolis: a Universidade Federal Fluminense (UFF). O curso de Engenharia de Produção terá início neste ano, no Quitandinha, com 50 vagas abertas. Mais informações: www.petropolis.rj.gov.br .

A Prefeitura promove nesta sexta-feira (16/10) no Centro de Cidadania Jorge Loretti, em Itaipava, uma oficina de empregabilidade. Equipe da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac) estará no local para orientar o público e atualizá-los em relação às novas tecnologias, de forma que tenham mais chances de inserção no mercado de trabalho. No local, orientadores mostrarão como preparar e apresentar o currículo, falarão sobre o uso de redes online para contatos profissionais e apresentarão as vagas de emprego cadastradas no balcão de emprego da Prefeitura.

“Com a oficina esperamos preparar melhor as pessoas que buscam uma vaga no mercado de trabalho. É importante que as pessoas busquem capacitação, se empenhem, porque muitas empresas exigem isso hoje. Na própria Setrac estamos oferecendo cursos, com o objetivo de qualificar mão de obra. Somos, hoje, o elo entre as empresas e as pessoas que buscam um emprego”, explicou a secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Fernanda Ferreira, antecipando que não são apenas as pessoas a procura de vaga no mercado de trabalho que podem procurar a secretaria. “É importante que as empresas se cadastrar na Casa do Trabalhador. Só assim conseguiremos fazer essa ligação entre empresas e profissionais”, frisou.

A oficina de empregabilidade será realizada em quatro horários diferentes, com grupos de 10 pessoas, que podem se inscrever antecipadamente ou na hora (se ainda houver vaga). O primeiro grupo se reunirá entre 8h e 10h; o segundo, das 10h às 12h; o terceiro, das 13h às 15h; e o quarto, das 15h às 17h. O Centro de Cidadania Jorge Loretti fica na Estrada União e Indústria, 11860. Para se inscrever é importante levar documentos pessoais (identidade e CPF) e conta de luz. É possível, ainda, fazer a pré-inscrição pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelo telefone (24) 2249-2138.

A oficina será oferecida por meio de parceria entre a Prefeitura, por meio da Setrac, o Comitê para Democratização da Informática (CDI) e a Ampla.

Um ano e oito meses após ter sido iniciado, o sistema de informatização na área da saúde já chegou a quase 100% das unidades da rede municipal. Postos e centros de saúde, hospitais, emergências e almoxarifado já estão informatizados. O sistema, além de agilizar o atendimento ao paciente com a criação do prontuário eletrônico, também irá aperfeiçoar o funcionamento da rede, permitindo o acompanhamento em tempo real dos contratos e das contratualizações e dos gastos com pacientes de outros municípios, além de facilitar o controle dos medicamentos e equipamentos disponíveis no sistema público do município.

“O sistema está funcionando e permitindo que toda a rede se integre. O importante agora é fazer com que os profissionais que atuam no sistema se apropriem desse mecanismo, que está permitindo a construção de um novo modelo de saúde em Petrópolis”, afirmou o prefeito Rubens Bomtempo, acrescentando que até o fim do mês os equipamentos começarão a ser instalados no último posto de saúde a ser informatizado, no Bonfim. “A rede conveniada também será integrada. Onze unidades já fazem parte do sistema”, lembrou o prefeito.

O secretário de Saúde, André Pombo, destacou a importância destas conquistas. “Neste período de implantação do sistema vencemos várias barreiras, incluindo as dificuldades topográficas e também a resistência das equipes à utilização do novo modelo. Muitos funcionários há anos trabalham de outra forma e é claro que houve grande dificuldade no início. Aos poucos estamos avançando, superando as barreiras uma a uma. A parceria com a Eco (empresa responsável pela implantação do sistema de informatização) tem sido fundamental para que alcancemos 100% das nossas unidades”, ressaltou. O diretor-presidente da Eco, Marco Aurélio Duarte da Silva, também destacou a parceria e a integração com departamentos da rede municipal de saúde. “A estrutura que foi montada permitiu evoluirmos na concretização do projeto. O trabalho em conjunto foi fundamental”.

Além da informatização das unidades de saúde, o sistema está implantado nas centrais de regulação de Leitos e Consultas. Até o momento, mais de 56 mil consultas e quase quatro mil exames foram agendados pelo sistema. Cem por cento das consultas de especialidades e dos leitos dos SUS também estão sendo regulados pelo sistema.

A Prefeitura lembrou, com missa celebrada pelo bispo diocesano Dom Gregório Paixão na Catedral São Pedro de Alcântara na manhã desta quarta-feira (14/10), o Dia do Professor (que é comemorado no dia 15 de outubro). Na igreja lotada, especialmente com professores, diretores e alunos da rede municipal de ensino, os profissionais foram homenageados. A secretária de Educação, Mônica Freitas leu um texto escrito pelo Monsenhor Paulo Daher e lembrou a importância do professor na vida das pessoas e destacou seu papel transformador.  

“Ser professor é contribuir para a formação de cada cidadão. Temos a missão de ensinar, apoiar, estimular crianças e adolescentes a se desenvolverem, e não falo apenas do desenvolvimento intelectual, mas também do desenvolvimento humano. Tenho muito orgulho de ser professora e não tenho dúvidas de que todos os meus colegas também se orgulham da profissão que escolheram”, disse a secretária Mônica Freitas, ao lado da subsecretária Rosilene Ribeiro, transmitindo mensagem também do prefeito Rubens Bomtempo.

Em sua homilia, Dom Gregório também destacou a importância dos professores na transformação da sociedade. “O professor ensina os alunos a se recriarem a cada dia, transmitindo não só os conhecimentos do livro, mas transformando os corações”.

Durante a missa, alunos da Escola Municipal Santa Luiza de Marillac fizeram uma apresentação musical em homenagem aos professores. Estudantes também entregaram flores para a secretária de Educação e sua equipe, em agradecimento pelo trabalho realizado em prol da Educação na cidade. A missa teve início às 9h e mais de 300 pessoas participaram da celebração.

Notícias por data

« Novembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo