Com o apoio da Prefeitura, a 12ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia (LNCC), foi aberta na manhã desta segunda-feira (19/10). O evento que segue até sexta-feira (23/10), tem como tema a “Luz, Ciência e Vida”.

A solenidade de abertura aconteceu no auditório do LNCC, com a presença do diretor da instituição, Pedro Leite da Silva Dias, do secretário de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho e da diretora geral da Fase, Maria Isabel de Sá Earp Resende Chaves. “Através da SNCT, estamos democratizando o acesso à ciência. Palestras e oficinas fazem parte da extensa programação”, destaca Airton Coelho.

As atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia são gratuitas e abertas ao público. “O objetivo da SNCT é mostrar a importância da ciência e da tecnologia para a vida de todos e para o desenvolvimento do país, mobilizando a população, em especial crianças e jovens”, disse Pedro Leite, diretor do LNCC.

A Faculdade Artur de Sá Earp (Fase) também está marcando presença no evento. “Se trata de uma parceria importante. Este ano estamos trazendo do nosso centro cultural a exposição “Isso é Ciência”, que mistura arte e ciência e mostra as linhas de pesquisa da faculdade”, explica a diretora geral da Fase, Maria Isabel de Sá Earp Resende Chaves.  

Os promotores das atividades são: universidades e instituições de pesquisa; escolas públicas e privadas; institutos de ensino tecnológico, centros e museus de C&T; entidades científicas e tecnológicas; fundações de apoio à pesquisa; parques ambientais, unidades de conservação, jardins botânicos e zoológicos; empresas públicas e privadas; secretarias municipais; meios de comunicação; órgãos governamentais; ONGs e outras entidades da sociedade civil.

Entre as atividades oferecidas estão: apresentações culturais, exposições interativas, oficinas e palestras, danças e esportes, jogos estudantis, teatro, recreação, torneios de tênis de mesa e xadrez e workshop para professores.

Para suprir a falta de água em comunidades em locais elevados, por determinação do prefeito Rubens Bomtempo, a Águas do Imperador está realizando uma verdadeira operação de abastecimento com caminhões pipa. Apenas no período compreendido entre a última sexta-feira e sábado, (16 e 17/10), 640 mil litros de água foram injetados na rede de distribuição da parte alta da Alcobacinha, com atendimento de 70% das residências da localidade.

“Com o agravamento da estiagem, é necessário criar mecanismos para suprir a necessidade das famílias, especialmente as que moram em locais altos. Mas é importante que todos se comprometam com a economia de água no dia a dia, evitando assim o agravamento da situação”, defendeu o prefeito Rubens Bomtempo.

O fornecimento de água na Alcobacinha conta com uma pipa fixa, com capacidade para armazenar 30 mil litros de água, instalada em um local de fácil acesso a caminhões pipa menores.  Estes fornecem a água que é bombeada durante todo o dia para a rede da comunidade. “A parte mais alta ainda é atendida por caminhões pipa menores, mas a logística atual já diminuiu muito o fluxo de caminhões pelas ruas da comunidade, reduzindo o impacto no trânsito local”, esclareceu o presidente da Comdep, Anderson Cruzick (Kaxuxa), que fiscalizou o trabalho realizado durante o final de semana.

Outras comunidades como a Taquara, Amazonas, Estrada da Saudade e Boa Vista, que também sofrem com a falta de água, estão sendo atendidas por 12 pipas móveis. “Nós estamos conseguindo aumentar a velocidade e a cobertura do fornecimento de água para as comunidades mais atingidas. E vamos continuar usando os caminhões pipa enquanto a estiagem persistir”, informou o Coordenador de Manutenção do Primeiro Distrito, da concessionária Águas do Imperador, Leandro Costa.

Os resultados já estão sendo comemorados pelos moradores. Segundo a comerciante Sueli Fonseca, moradora da Alcobacinha há 27 anos, essa é a primeira vez que a comunidade sofre falta de água devido à estiagem. “Quando eu vim morar aqui, não tinha rede de abastecimento, então não tinha água. Mas falta de água por falta de chuva, é a primeira vez. Agora o abastecimento melhorou as condições de fazer as coisas em casa, como cozinhar, lavar roupa. E vamos torcer para chover um pouquinho!”

Prefeitura reativa antigo poço para ampliar fornecimento de água

Além do abastecimento realizado com uso de pipas móveis, a reativação de um poço artesiano desativado, na Rua Hívio Naliato, em Cascatinha, vai garantir um afluxo de mais 30 metros cúbicos de água por hora na rede que atende à localidade, incluindo os moradores da Rua Bernardo Proença e adjacências. Segundo o presidente da Comdep, Anderson Cruzick (Kaxuxa), a reativação se deve à necessidade de acrescentar volume de água durante a estiagem. Ainda contamos com outros poços como esse, que podemos colocar em funcionamento, caso haja necessidade.

O prefeito Rubens Bomtempo anunciou na manhã desta segunda-feira (19/10), o nome do novo comandante da Guarda Civil Municipal. Charles Soares de Matos, que completa este mês 25 anos de atuação na corporação, assume a unidade já a partir desta terça-feira, no lugar de Dirceu Carneiro, que ocupou o cargo desde janeiro de 2013.

“Charles é uma pessoa comprometida, que sempre ajudou na gestão da Guarda Civil de Petrópolis, demonstrando assim o quanto gosta da corporação. Nosso objetivo é fazer uma Guarda mais humana para toda a cidade, voltada também para os projetos de inclusão social”, disse o Prefeito, complementando: “Agradeço ao Guarda Dirceu Carneiro, que também realizou um excelente trabalho”.

O guarda Charles assume a corporação com o compromisso de colocar a Guarda Civil cada vez mais próxima da população. “Meu objetivo é contribuir para deixar a cidade mais segura e garantir a permanência do diálogo. Um dos caminhos, será trabalhar na capacitação dos guardas”, disse o novo comandante.

O secretário de Segurança Calixto Barbosa destacou que a nomeação de Charles Soares, como comandante da Guarda irá contribuir ainda mais para a evolução da unidade. “Desde o início do Governo, ele vem atuando como um facilitador do diálogo com toda a corporação. Foi uma excelente escolha, a qual irá garantir a continuidade do trabalho iniciado por Dirceu Carneiro”, frisa Barbosa.

Cerca de 70 diretores e orientadores de escolas municipais e Centros de Educação Infantil (CEIs) assistiram, nesta segunda-feira (19/10), no Centro de Cultura Raul de Leoni, a uma apresentação da Secretaria de Proteção e Defesa Civil sobre os riscos que as chuvas representam para a cidade. O objetivo do encontro foi sensibilizar esses representantes para que mobilizem os professores de suas unidades a participarem do Curso Básico de Capacitação para Professores em Proteção e Defesa Civil, oferecido pela Prefeitura à distância, pela internet. As inscrições estão abertas no site da Prefeitura – www.petropolis.rj.gov.br .

O curso tem carga horária de 25 horas e pode ser realizado pela internet até novembro. Podem se inscrever professores da rede municipal. Quem concluir o curso, que é gratuito, receberá certificado da Secretaria de Proteção e Defesa Civil e da Secretaria de Educação. O curso faz parte da inclusão da Defesa Civil no currículo da rede municipal de ensino, definida por decreto do prefeito Rubens Bomtempo, de dezembro de 2014. A proposta é que os professores aprendam sobre prevenção de desastres das chuvas e trabalhem esses conceitos com os alunos dentro de sala, nas atividades diárias.

“Petrópolis é uma cidade em que os riscos relacionados às chuvas são muito altos. Então, nós precisamos aprender a conviver com os riscos, e isso devemos aprender desde cedo, nas escolas. Quando pensamos nas chuvas fortes do verão, devemos torcer para o melhor, mas sempre nos preparando para o pior. Isso é prevenção”, disse o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão.

A subsecretária de Educação Infantil, Rosilene Ribeiro, acompanhou a apresentação. “É importante que os professores se inscrevam e façam o curso, para ajudarmos a deixar a nossa cidade mais segura. A Prefeitura trabalha a intersetorialidade em várias ações, como é o caso da prevenção de desastres naturais. A Secretaria de Educação e a Secretaria de Proteção e Defesa Civil vêm construindo juntas formas de trabalhar essa temática nas salas de aula”, disse Rosilene Ribeiro.

Além do curso à distância, a Prefeitura vem realizando, mensalmente, um curso presencial com professores de 22 escolas.

Com o objetivo de auxiliar os jovens na busca pelo primeiro emprego, a Prefeitura, por meio da secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac) firmou uma parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). Com o convênio, o Departamento de Trabalho e Renda (Detra) da Casa do Trabalhador irá encaminhar os jovens para três programas desenvolvidos pelo CIEE: Jovem Aprendiz, Estágio e Programa de Desenvolvimento Pessoal (PDP).

“É mais um parceria da Setrac que vai qualificar ainda mais o trabalho desenvolvido pela Casa do Trabalhador por meio do Detra. Desde que começamos a desenvolver ações para a inserção de profissionais no mercado de trabalho já emitimos 517 carteiras de trabalho e mais de 100 vagas de empregos foram abertas”, disse a secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Fernanda Ferreira.

Os jovens interessados em participar dos programas podem procurar a Casa do Trabalhador levando o CPF, RG e Carteira de Trabalho. “Caso o jovem não tenha a Carteira Profissional temos uma equipe na Casa do Trabalhador que emite o documento”, explicou a secretária, lembrando que o espaço também realiza a emissão da segunda via da Carteira de Trabalho.

O Programa Jovem Aprendiz é destinado a estudantes que estejam cursando os ensinos Fundamental ou Médio e tenham idade entre 14 e 23 anos. O programa de Estágio é para aqueles que estejam cursando o ensino Médio ou Superior e ter mais de 16 anos. Já o PDP é aberto a todos que desejem atualização no mercado de trabalho.

Serviço:
CASA DO TRABALHADOR
Rua: D. Pedro I, 253 - Centro - Petrópolis/RJ
Telefones: (24)2246-2138 | 2249-4319
Horário: 8h às 17h

A Prefeitura dá, na próxima segunda-feira (19/10) o pontapé inicial à segunda etapa do Concilia Petrópolis. A campanha de negociação de débitos com o município terá, agora, novo formato, sem a participação da Corregedoria Nacional de Justiça, da Defensoria Pública e do Poder Judiciário, mas estão garantidas as mesmas condições especiais de pagamento oferecidas na primeira etapa – redução de até 100% de juros e multa e parcelamento da dívida em até 60 vezes. Nesta segunda etapa o atendimento será feito tanto no Clube Petropolitano, na Av. Roberto Silveira, no Centro (de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h) quanto na Secretaria de Fazenda, na Rua 16 de Março (de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h). A campanha segue até o dia 30 de outubro.

Segundo o procurador Geral do Município, Marcus São Thiago, todos os que têm débitos com o município podem comparecer, garantindo, assim, condições especiais de negociação, conforme previsto em lei municipal. “Vamos manter a estrutura montada no Petropolitano, mesmo que de forma reduzida, usando apenas um salão, para atender os contribuintes que quiserem fazer a negociação. A diferença, agora, é que, sem a participação direta do Poder Judiciário, não será possível garantir na hora, em negociações de débitos ajuizados, a redução ou dispensa das custas judiciais, por exemplo. A equipe da Prefeitura está pronta e capacitada para orientar as pessoas, caso a caso”, garantiu, alertando que os contribuintes que não negociarem suas dívidas ficam sujeitos a sanções como inscrição nos serviços de proteção ao crédito (SPC e Serasa) e penhora de bens.

O secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa, lembrou a importância de os petropolitanos se manterem em dia com os pagamentos dos tributos. “Temos que agradecer a população, que tem se mostrado consciente da importância de seu papel para a manutenção dos investimentos da Prefeitura, especialmente em áreas prioritárias como saúde e educação”, afirmou, lembrando que, apenas na primeira etapa, foram negociados mais de R$ 33 milhões em débitos, especialmente relacionado ao IPTU.

As condições de negociação, publicadas no Diário Oficial do Município de 23 de julho de 2015 (disponível no site da Prefeitura – www.petropolis.rj.gov.br) prevêem redução de até 100% de juros e multa no pagamento à vista, dependendo do valor do débito.

CONHEÇA AS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO


 

Limite do Crédito Tributário
    

Percentual de redução de juros de multa para quitação à vista
    

Percentual de redução de juros de multa para quitação em até 6 vezes
    

Percentual de redução de juros de multa para quitação em até 12 vezes
    

Quitação em até 60 vezes

Até R$ 80.000,00
    

100,00%
    

80,00%
    

70,00%
    

20,00%

De 80.000,01 a R$ 150.000,00
    

80,00%
    

60,00%
    

50,00%
    

15,00%

De R$ 150.000,01 a R$ 400.000,00
    

70,00%
    

50,00%
    

40,00%
    

10,00%

De R$ 400.000,01 a R$ 1.000.000,00
    

60,00%
    

40,00%
    

30,00%
    

5,00%

De R$ 1.000.000,01 a R$ 99.999.999.999,00
    

50,00%
    

30,00%
    

20,00%
    

0,00%

Como parte das ações da Vertente Educativa do Programa de Sensibilização Turística – Campanha #SomosTodosPetrópolis, lançado pela Prefeitura de Petrópolis, por meio da Fundação de Cultura e Turismo, e Conselho Municipal de Turismo (Comtur), serão abertas na próxima semana as inscrições para o concurso “Um olhar turístico na minha localidade”. A atividade pedagógica é voltada para os alunos do 6º ao 9º da rede municipal de ensino, e tem como finalidade promover uma sensibilização no olhar da realidade local para a atividade turística, com supervisão dos professores da disciplina HGPT/ET (História, Geografia e Turismo de Petrópolis e Educação para o Trânsito).

A ideia do concurso é propor que esses alunos façam pesquisas de atrativos, empreendimentos, comércios, e serviços que atendem ou podem vir a atender a atividade turística. Com isso, por meio de análises das características geográficas, históricas, culturais e turísticas do espaço, os jovens poderão desenvolver a criatividade através de cartazes ou apresentações em power point, redação de textos para jornal, realização de entrevistas para produção de vídeo-documentário e composição de músicas.

"Trabalharmos nas escolas a sensibilização turística, o sentimento de pertencimento e de autoestima, a valorização de nossa história e a importância da participação de todos na preservação de nosso patrimônio natural e cultural é apostar num futuro mais feliz e com maior qualidade de vida para nossa querida Petrópolis", disse Evany Noel, presidente do Comtur.

O regulamento está disponível no site da Prefeitura em www.petropolis.rj.gov.br. As inscrições e entrega dos trabalhos poderão ser feitas no período de 19 a 23/10, na Casa da Educação Visconde de Mauá (Praça da Confluência, 3 – Centro), das 9h às 17h. Cada escola selecionará um trabalho de cada ano para participar do concurso. Mais informações com a professora Patrícia Araújo pelo telefone (24) 2246-8659.
 
A Comissão de Avaliação está composta por representantes das instituições do COMTUR, Fundação de Cultura e Turismo, CEFET/RJ – Campus Petrópolis, Secretaria de Educação, Centro de Estudos de Jovens e Adultos (CEJA) e Universidade Católica de Petrópolis (UCP), para analisar os trabalhos inscritos a partir do dia 27/10 e divulgará os resultados do concurso até o dia 19/11. A cerimônia de premiação acontecerá no dia 4/12, às 10h, na Casa dos Conselhos Municipais Augusto Ângelo Zanatta, auditório Philippe Guédon (Avenida Koeler, 260 – Centro), onde serão selecionados os cinco trabalhos de cada tema, com o total de 20 premiados. Haverá também uma premiação para as escolas e docentes que tiverem trabalhos vencedores.

Outra atividade da Vertente Educativa é o Curso de extensão "Formação em Turismo" oferecido gratuitamente pelo CEFET/RJ – Campus Petrópolis para os orientadores educacionais, diretores e professores das escolas municipais que ministram a disciplina HGPT/ET, que iniciou em março e terminará em novembro de 2015. Em julho deste ano, um grupo de 31 professores que estão participando do curso realizou uma visita técnica em diversos pontos históricos do centro da cidade, com o intuito de ampliar e fixar o conhecimento dos professores in loco, ou seja, aproximá-los cada vez mais dos lugares observados pelos alunos e turistas, e incentivá-los a valorizar e resgatar a memória histórica e cultural do município. Em novembro haverá a segunda visita técnica.

O objetivo principal do Programa de Sensibilização Turística é despertar na população de Petrópolis um sentimento de pertencimento e orgulho de sua cidade, comprometimento com a preservação de seu patrimônio histórico e natural e com o desenvolvimento do turismo como atividade sustentável, estimulando a cidadania e melhorando a receptividade aos visitantes e turistas.

O presidente da Comdep, Anderson Cruzick (Kaxuxa), se reuniu na última quinta-feira  (15/10) com cerca de 100 moradores de Vista Alegre, em Araras, para falar sobre as ações da Prefeitura e da Águas do Imperador para garantir água à comunidade. Equipe da concessionária, atendendo pedido do prefeito Rubens Bomtempo, vem trabalhando na perfuração de poços na região em busca de ponto de captação que permita o abastecimento das mais de 400 famílias que vivem na área, em ação complementar ao pacote de intervenções já iniciado pelo município, por meio do Pacto Social Local.

Aos moradores, Kaxuxa detalhou as ações e garantiu que a Prefeitura e Águas do Imperador têm se empenhado para garantir o abastecimento de água à comunidade. “Hoje a concessionária está trabalhando na extensão da rede de abastecimento no Cascatinha, em ação que vai beneficiar mais de 10 mil famílias. O prefeito Rubens Bomtempo quer que o mesmo aconteça em Araras. A equipe da Águas do Imperador já fez duas perfurações, mas não teve sucesso. Na próxima segunda-feira serão iniciados os trabalhadores para uma terceira tentativa. Estamos ansiosos por uma resposta positiva”, avisou.

Na última semana, para suprir a necessidade dos moradores, a Prefeitura pediu que a Águas do Imperador abastecesse a comunidade com caminhões pipa. “Estamos acompanhando o dia a dia dos moradores e vivenciando suas dificuldades. É importante que saibam que estamos trilhando o caminho em busca das soluções. Não vamos sossegar enquanto não conseguirmos garantir água tratada a esta comunidade”, assegurou o presidente da Comdep.

Uma engenheira e uma geóloga da Prefeitura viajaram nesta sexta-feira (16/10) ao Japão, onde ficarão até o dia 22 de novembro, participando de um curso sobre prevenção de desastres naturais. O objetivo é que as duas técnicas concursadas da Prefeitura, convocadas pelo prefeito Rubens Bomtempo em 2013, tragam para Petrópolis o que aprenderem naquele país – uma referência internacional de Defesa Civil – para fortalecer as ações do município na redução de riscos.

A viagem faz parte da parceria de quatro anos entre o governo federal e a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), firmada no fim de 2013, para a redução de desastres naturais em Petrópolis, Nova Friburgo e Blumenau (SC). A viagem é custeada pela Jica. Ao fim da parceria, a Jica produzirá manuais para os três municípios com orientações sobre os quatro eixos do convênio: mapeamento de risco, planejamento urbano, alertas antecipados e obras de reconstrução – este último criado em 2015.

A engenheira Jéssica Pontes Seabra, da Secretaria de Obras, participará de cursos sobre mapeamento de risco e obras de reconstrução. Já a geóloga Caroline Dutra, da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, participará de cursos sobre mapeamento de risco e alertas antecipados. Nesta semana, o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, se reuniu com as duas técnicas.

“A viagem das duas técnicas trará mais conteúdo para a Prefeitura, que terá mais referências nas ações de prevenção de desastres naturais em Petrópolis. O Japão é uma referência internacional para a prevenção, então temos que aprender com eles, que sofrem há décadas com diversos tipos de desastres, incluindo deslizamentos, que são o nosso principal risco”, disse o secretário Rafael Simão.

Desde o início da parceria, o prefeito Rubens Bomtempo, o secretário Rafael Simão e seis técnicos da Prefeitura já viajaram ao Japão, e dezenas de técnicos japoneses já estiveram em Petrópolis, conhecendo a Secretaria de Proteção e Defesa Civil e as áreas de risco do município. Nestes últimos dois anos, reuniões técnicas também vêm sendo realizadas em Brasília e na sede do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), em Cachoeira Paulista (SP), envolvendo órgãos federais e estaduais, além da Jica e dos municípios participantes da parceria.

“Essa ida de mais duas técnicas nossas ao Japão foi construída pelo prefeito Rubens Bomtempo desde 2013, com a criação da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, a convocação de concursados, como foi o caso das duas, e o empenho dele na parceria com a Jica. É uma determinação do prefeito que a Defesa Civil dê todo o apoio que a Jica precisar”, disse o secretário Rafael Simão.

Começa nesta segunda-feira (19/10) a 12ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), com o apoio da Prefeitura. O evento que segue até sexta-feira (23/10), tem como tema a “Luz, Ciência e Vida” e tem como objetivo mostrar a importância da ciência e da tecnologia para a vida de todos e para o desenvolvimento do país, mobilizando a população, em especial crianças e jovens.

As atividades da SNCT são gratuitas e são abertas ao público. Os promotores das atividades são: universidades e instituições de pesquisa; escolas públicas e privadas; institutos de ensino tecnológico, centros e museus de C&T; entidades científicas e tecnológicas; fundações de apoio à pesquisa; parques ambientais, unidades de conservação, jardins botânicos e zoológicos; empresas públicas e privadas; secretarias municipais; meios de comunicação; órgãos governamentais; ONGs e outras entidades da sociedade civil.

Entre as atividades oferecidas estão: apresentações culturais, exposições interativas, oficinas e palestras, danças e esportes, jogos estudantis, teatro, recreação, torneios de tênis de mesa e xadrez e workshop para professores.

Serviço:
Data 19/10/2015 - abertura às 9h
Local: Laboratório Nacional de Computação Científica
Endereço: Av. Getúlio Vargas, 333 - Quitandinha – Petrópolis
Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Telefone: (24) 2233-6101

Notícias por data

« Outubro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo