Maior parte das áreas afetadas já tem mais de 90% das vistorias concluídas

A Secretaria de Defesa Civil concluiu mais de 10 mil laudos de vistorias de áreas e imóveis afetados em função das chuvas de fevereiro e março. Esse número representa 93,4% do total de Registros de Ocorrências cadastrados em áreas de cerca de 60 localidades. Das 10.777 ocorrências, a maior parte foi por deslizamentos, que representam 76% dos casos. Até o momento, foram apontados mais de 6,9 mil laudos de interdição na cidade.

Das regiões com maior número de ocorrências registradas, já estão com mais de 90% dos pedidos de vistorias concluídos, entre as quais o Alto da Serra, Chácara Flora, Castelânea, Quitandinha, Centro, São Sebastião, Valparaíso, Independência, Vila Militar, Siméria, Corrêas, Quissamã, Meio da Serra e Retiro.

A Secretaria de Defesa Civil mantém com as equipes reforçadas para a conclusão de todos os atendimentos referentes às chuvas. As equipes técnicas seguem diariamente com vistorias por toda cidade. Nesta quarta-feira (18), 13 equipes vistoriaram áreas no Caxambu, Bingen, Koeler, Itaipava, Centro, Morin, Quitandinha, Estrada da Saudade, Floresta, Alto da Serra, Siméria, Thouzet e São Sebastião.

A população que aguarda para obter o laudo de vistoria, pode consultar a disponibilidade do documento no site da Defesa Civil https://www.petropolis.rj.gov.br/dfc/. No mesmo ambiente, pode ser solicitada a versão digital do laudo. As equipes também realizam atendimento presencial, de 8h às 17h e a população pode adquirir o laudo impresso.


A CPTrans, a pedido de moradores e motoristas, promoveu nesta quarta-feira (18) uma alteração no trânsito da Praça da Liberdade. Agora, quem descer pela Rua Monsenhor Bacelar e quiser entrar na praça já tem o caminho liberado. Ou seja, o motorista não necessariamente precisa mais subir a Rua Dr. Nelson de Sá Earp.

A medida busca dar mais fluidez no trânsito na região. Com a mudança, quem desce do Valparaíso pode acessar a Avenida Koeler ou a Rua Roberto Silveira passando só pela Praça da Liberdade.

"Assim, o motorista não precisará passar pela Rua dos Milionários ou pela Rua do Imperador. Ou seja, serão menos carros no Centro da cidade", disse o diretor-presidente da CPTrans, Jamil Sabrá, que acompanhou o início da operação e avaliou os primeiros resultados como positivos.

Nove pessoas aceitaram acolhimento e foram levadas para o Centro Pop

Equipes da Secretaria de Assistência Social iniciaram nesta quarta-feira (18) a Operação Inverno, com ações de abordagem à população de rua no Bosque do Imperador, no Centro. Nove pessoas aceitaram o acolhimento e foram encaminhadas para o Centro Pop. A operação acontecerá todos os dias, em diversos pontos da cidade.

“A previsão para os próximos dias é de ainda mais frio. Por isso intensificamos as abordagens para que essas pessoas tenham um local seguro para passar a noite. As equipes da Assistência Social farão essas abordagens diariamente. Sabemos que muitas dessas pessoas não são de Petrópolis e outras têm questões de saúde mental e de uso de álcool e drogas. Por isso, as abordagens também têm a finalidade de encaminhar essa população para atendimentos de saúde e o retorno, se possível, ao núcleo familiar”, comentou o prefeito Rubens Bomtempo.

A Assistência Social abriu 36 leitos no Centro Pop – sendo 24 masculinos e 12 femininos – para o abrigamento da população de rua. Além disso, no estacionamento do Hortomercado, em Itaipava, foram montadas, em parceria com a Secretaria de Defesa Civil, quatro tendas com capacidade para abrigar 18 pessoas (que poderão passar a noite). “Nesses espaços haverá camas e cobertores, além de receberem alimentação. Vamos continuar com esse trabalho de acolhimento, principalmente no Bosque do Imperador, local que vem sendo alvo de denúncias. O trabalho vai ser constante e essas tendas vão ficar por três meses, todo o período do inverno”, disse o secretário de Assistência Social, Fernando Araújo.

A ação desta quarta-feira no Bosque do Imperador também contou com a participação da Guarda Civil Municipal (GCM), da Polícia Militar (PM) e da Defesa Civil. “Levamos todos os pertences deles para o Centro Pop. Recebemos denúncias de que estavam fazendo fogueiras e consumo de drogas nos jardins do Bosque, o que não pode ser permitido. Toda a abordagem das equipes da Assistência Social é de convencimento dessas pessoas, não há nenhum tipo de truculência. As equipes são preparadas para fazer a abordagem e acolhimento para um local seguro onde eles receberão toda a assistência, podendo tomar banho, tendo alimentação e atendimento com os assistentes sociais e psicólogos”, ressaltou Fernando Araújo.

A Secretaria Defesa Civil alerta para a previsão de rajadas de vento intensas ao longo do dia de amanhã (quinta-feira, 19). A equipe de monitoramento da secretaria destaca ainda a possibilidade de haver geadas nas regiões mais elevadas da cidade. As condições meteorológicas não indicam chuva para amanhã, no entanto, a temperatura no município se mantém em declínio, podendo ter a mínima de 5°C e máxima de 17°C.

Um sistema de baixa pressão continua influenciando as condições de tempo no município, que na sexta-feira (20), permanecerá com a temperatura em queda, variando entre 8°C e 16°C. O céu permanecerá entre nublado e parcialmente nublado, podendo haver chuviscos ou chuva fraca de forma isolada ao longo do dia.

As equipes de monitoramento da Defesa Civil seguem acompanhando as condições do tempo e atualizações sobre a meteorologia serão informadas a qualquer momento ao longo do período de instabilidade. O órgão orienta que a população fique atenta aos informes, que podem ser enviados por SMS ou grupos de comunicação por aplicativo.

Para receber os avisos por SMS, basta cadastrar o CEP por meio de mensagem de texto para o número 40199. O acesso aos avisos também é possível por meio de grupos por aplicativo, através do link https://t.me/defesacivilpetropolis.

A Prefeitura já retirou 528 carros das ruas de Petrópolis. São veículos que foram arrastados pelas fortes chuvas que assolaram a cidade nos dias 15 de fevereiro e 20 de março e que estavam espalhados pela cidade, obstruindo as vias ou em cima nas calçadas.

Os veículos rebocados foram levados para o pátio do Morin. Todos os carros foram catalogados, para possibilitar a identificação e a retirada pelo proprietário. Para isso, o dono deve telefonar ou mandar mensagem via WhatsApp para o pátio (24 98848-0629).

“Vale lembrar que não será cobrado nenhum valor do proprietário. Nenhuma taxa sobre o serviço ou para a utilização do pátio, nenhuma multa. Que isso fique claro”, disse o diretor-presidente da CPTrans, Jamil Sabrá.

A remoção dos veículos vem sendo realizada desde o dia seguinte ao desastre das chuvas de 15 de fevereiro.

Com educação para o trânsito e atendimentos de saúde, equipes atenderam a passageiros e rodoviários

A Prefeitura realizou nesta terça-feira (17) e quarta-feira (18) mais duas ações como parte da programação do Maio Amarelo. Por meio do setor de Educação para o Trânsito da CPTrans e da Secretaria de Saúde, as equipes ofereceram atendimentos a funcionários e passageiros dos terminais Corrêas e Itaipava.

“Essas ações são importantíssimas e essa integração entre as secretarias é fundamental. É a chance de o poder público estar presente junto ao cidadão, garantindo atendimentos de saúde e dicas valiosas para um trânsito mais seguro”, afirmou o prefeito Rubens Bomtempo.

Na saúde, participaram as equipes do IST/Aids, do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) e do Setor de Áreas Técnicas. Quem estava pelo terminal, pôde realizar testes para infecções sexualmente transmissíveis, além da aferição de pressão, diabetes, peso e altura.

“A campanha Maio Amarelo é, principalmente, voltada para a redução de acidentes de trânsito. Neste ano, o tema é ‘Juntos Salvamos Vidas’, o que nos traz também essa ideia de intersetorialidade. Hoje tivemos uma procura grande aqui, as pessoas aprovaram a iniciativa”, afirmou a chefe da seção de Educação Para o Trânsito da CPTrans, Márcia Pereira.

Franciele Soares, de 26 anos, trabalha para a empresa de ônibus que atende o terminal Itaipava. Ela aproveitou a presença das equipes para realizar os testes. “Foram muito atenciosos. Achei muito importante fazerem no terminal, para que a gente possa realizar os testes que ficam prontos em 15 minutos”, afirmou.

Já Ana Cristina Macedo, de 51 anos, estava a caminho do trabalho e, entre um ônibus e outro, foi até as equipes. “Parei e aproveitei para os atendimentos. Foi muito bom”, afirmou.

Ainda dentro da programação do Maio Amarelo, estão sendo realizadas ações de Educação para o Trânsito em escolas do município e em vários pontos da cidade como o Centro, Bingen, Quitandinha, Itaipava, Pedro do Rio e Posse.

"Cerca de 95% dos acidentes de trânsito são o resultado de uma combinação de irresponsabilidade e imperícia, e nesse caso, a educação para o trânsito, treinamento e ainda uma boa engenharia de tráfego, são os instrumentos adequados na prevenção de acidentes. Junto a Prefeitura, a CPTrans está trabalhando para melhorar a qualidade no trânsito como um todo, inclusive na prevenção de acidentes", disse o diretor-presidente da CPTrans, Jamil Sabrá.

Rajadas de vento também estão previstas entre quarta e sábado

A Defesa Civil alerta para a queda brusca na temperatura nos próximos dias, em função de avanço de massa de ar frio e seco. A partir de amanhã (quarta, 18) até o sábado (21), a mínima deve variar entre 5°C e 9°C; e a máxima, entre 16°C e 18°C.

Também há previsão de geadas, principalmente em regiões mais altas. A Defesa Civil também alerta para a possibilidade de aumento da intensidade dos ventos entre esta quarta (18) e sexta-feira (20). Para a quinta-feira (19), pode haver rajadas de vento de intensidade forte a muito forte.

Nestas quarta e quinta-feira, apesar de céu nublado, não há previsão de chuva. Isso começa a mudar na sexta-feira (20), que terá céu variando entre parcialmente nublado e nublado, com chuviscos a chuva fraca, de forma isolada.

A Defesa Civil enviou alerta por SMS e grupos de comunicação por aplicativo. A equipe permanece monitorando as condições do tempo e poderá emitir novos alertas ao longo do período. O órgão orienta que a população fique atenta aos informes.

Para receber os avisos por SMS, basta cadastrar o CEP por meio de mensagem de texto para o número 40199. O acesso aos avisos também é possível por meio de grupos por aplicativo, através do link https://t.me/defesacivilpetropolis.

Imóvel será utilizado na assistência às vítimas das chuvas

O governo municipal anunciou, na manhã desta terça-feira (17), que o prédio da Rua Floriano Peixoto, no Centro, terá o nome de Gabriel Vila Real. O adolescente, de 17 anos, foi uma das 234 vítimas das chuvas de 15 de fevereiro. Já o prédio, comprado definitivamente pela Prefeitura na segunda-feira (16), será utilizado justamente para dar assistência às vítimas das chuvas.

A compra do prédio é um marco da assistência social em Petrópolis e será um equipamento importante para a área. Por isso, a ideia em homenagear aquele jovem cuja imagem percorreu o mundo após o desastre de 15 de fevereiro: Gabriel estava em um dos ônibus que foram arrastados pelas chuvas na Rua Washington Luiz. Em imagens de celular, ele aparece tentando salvar a si e às demais pessoas que estavam nos ônibus.

"Gabriel Vila Real é o nosso grande herói. Deixou sua vida salvando outros, mas precisa estar eternizado na memória do povo petropolitano. Então eu queria sugerir que esse espaço aqui ganhasse o nome do Gabriel", disse o prefeito Rubens Bomtempo.

O anúncio foi feito durante visita ao prédio, acompanho por secretários de governo e vereadores. Na ocasião, o prefeito entregou as chaves do prédio ao secretário de Assistência Social.

São 32 unidades habitacionais (20 kitnets e 12 apartamentos) adquiridas pelo município. O valor da compra foi de R$ 3,5 milhões. Para esse pagamento, a Prefeitura utilizou parte do recurso enviado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) a Petrópolis para a resposta às chuvas de 15 de fevereiro (R$ 30 milhões no total).

"É um dia importante para todos nós. Um equipamento que estamos colocando à disposição da Secretaria de Assistência Social, para um grande plano municipal de contingência. Vamos fazer uma ampla discussão do seu uso para poder democratizar cada vez mais essa questão da habitação popular na nossa cidade", disse Bomtempo.

O governo municipal agradeceu: à Alerj, pelos R$ 30 milhões destinados a Petrópolis; à Câmara Municipal, pela autorização da compra do imóvel; ao povo petropolitano, que tanto sofreu com as chuvas; aos secretários de governo, que trabalharam na viabilização da compra do prédio; e aos funcionários da Comdep, que atuaram na limpeza do espaço.

Reunião extraordinária, que acontece nesta quarta-feira, foi convocada pela Secretaria de Saúde

O Comitê Científico de Petrópolis se reúne nesta quarta-feira (18) para analisar o aumento do número de casos de covid-19 nas escolas da rede municipal e a possibilidade do retorno da obrigatoriedade do uso de máscaras nas unidades de ensino e nos transportes público e escolar. A reunião é extraordinária e foi convocada pela Secretaria de Saúde.

O maior número de casos de covid-19 nas escolas da rede municipal é de profissionais da Educação, como professores e pessoal de apoio em doze escolas e centros de Educação Infantil. Com orientação do Setor de Epidemiologia, as unidades estão com suspensão total ou parcial, de forma preventiva.

“Desde a liberação do uso de máscaras, seguimos realizando o monitoramento diário da situação epidemiológica da cidade. Percebemos as alterações nos índices e já estamos tomando as providências para voltarmos à estabilidade. Hoje (17), em toda a rede de saúde, incluindo hospitais públicos e privados, temos quatro pessoas internadas em leitos clínicos e de UTI”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

O secretário de Saúde ressalta que a convocação da reunião extraordinária do Comitê Científico tem o intuito de definir medidas para desacelerar a transmissibilidade do vírus, principalmente nas escolas. “Além disso, o Guia de Retorno das Aulas, onde estão previstos os protocolos que devem ser seguidos dentro das unidades de ensino também será revisto por equipes da Saúde e Educação. O objetivo é reforçar os protocolos sanitários nesses espaços”, explica Marcus Curvelo.

“Todos os protocolos de segurança em vigor estão sendo seguidos nas escolas, mas sabemos que a pandemia ainda não acabou. Por isso, é importante analisar os dados epidemiológicos e adotar medidas para garantir a segurança dos alunos e de toda a comunidade escolar”, afirmou a secretária de Educação, Adriana de Paula.

De acordo com a Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica, na 18ª Semana Epidemiológica, registrada entre os dias 1 e 7 de maio, foram contabilizados 141 casos da doença, em todo município, o que representa um aumento de 166%, em relação a 17ª Semana. No último levantamento, que compreende os dias 8 e 14 de maio, o crescimento foi de 13%.

AFPF trouxe detalhamento do 'Noguita', que ligaria a Estação de Nogueira ao Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes

Em reunião do Comitê Gestor do Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, na manhã desta terça-feira (17), a Associação Fluminense de Preservação Ferroviária (AFPF) apresentou o 'Noguita', projeto que prevê a instalação de um trem turístico entre a antiga Estação de Nogueira e o Parque de Itaipava. O objetivo é promover um aquecimento ainda maior para trade turístico dos distritos.

“Fizemos a reunião aqui na Estação Nogueira, justamente de onde partiria esta linha férrea. Como Turispetro, estamos abertos para debater todo projeto que traga mais inovação e competitividade a Petrópolis. Além disso, o Comitê Gestor do Parque recebeu muito bem esta ideia”, disse a secretária de Turismo, Silvia Guedon.

O responsável por apresentar o projeto foi o presidente da AFPF, Ricardo Lafayette. A associação estuda o reaproveitamento do leito ferroviário da cidade. Foi percebido que o trecho entre Nogueira e Itaipava seria o mais viável para a reconstrução. A partir desse diagnóstico, começou a se desenvolver traçado, tipo de material utilizado e posição dos equipamentos.

“Nessa administração, conseguimos avançar, pois a secretaria de turismo já era parceria e conhecia o projeto. Retomamos o diálogo e, ela como uma entusiasta, tem nos ajudado bastante e nos abriu esse espaço para falar com o comitê”, afirmou Lafayette.

O vereador Gil Magno participou do evento. “Como vereador aqui de Itaipava e sabendo da importância de criarmos mais atrativos turísticos para os nossos distritos, considero de extrema valia o projeto”, afirmou Magno, ressaltando a integração dos distritos e a participação gastronômica e cervejeira.

Pagina 12 de 1812