Petrópolis terminou a quinta-feira (20) com a taxa de ocupação dos leitos clínicos destinados para o tratamento da covid-19 no sistema público de saúde em 60,53% (23 internações). Já em UTIs do SUS, a taxa foi de 35,85% (19 internações). A rede privada registrou 10 internações clínicas e seis de terapia intensiva.

As equipes da Secretaria de Saúde realizaram, até ontem, 221.334 testes, dos quais 50.589 tiveram resultados positivos e 169.260 negativos (considerando swab e rápidos).

Desde o início da pandemia, foram 1.575 óbitos registrados. Este número é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. É uma medida de segurança da Secretaria de Saúde, para evitar erros nos registros.

Mais 2.408 doses de vacinas aplicadas

Também na quinta-feira (20), as equipes da Secretaria de Saúde aplicaram 2.408 doses da vacina contra a covid-19 nos 10 postos disponíveis. Foram 1.712 doses de reforço, 232 aplicações de segunda dose, 461 de primeira e três doses adicionais para imunossuprimidos.

No total, a cidade conta com 241.792 vacinados com a primeira dose, 224.815 com a segunda dose e 76.157 com a dose de reforço (terceira aplicação para o público em geral e quarta para imunossuprimidos). A dose única chegou a 6.805 pessoas desde o início da campanha de vacinação e a dose adicional a 1.249 imunossuprimidos.

Na quinta-feira, 479 idosos foram vacinados, sendo sete com a segunda dose e 472 com a dose de reforço. A dose de reforço também foi aplicada em 11 pessoas com comorbidades.

Três gestantes receberam a segunda dose. Durante o dia, uma puérpera também retornou para a segunda dose e outras duas receberam a primeira aplicação.

As equipes também aplicaram a primeira dose em cinco adolescentes e a segunda dose em 83 indivíduos de 12 a 18 anos. Houve, ainda, a vacinação de três trabalhadores da saúde com o reforço.

A Secretaria de Saúde também fez a aplicação da primeira dose em 447 crianças, de 5 a 11 anos.

Por faixa etária, foram 1.226 adultos vacinados com a dose de reforço, 138 com a segunda dose e sete com a primeira.

O acompanhamento da situação da covid-19 na cidade pode ser feito através do portal de monitoramento, disponível no site da Prefeitura: https://petropolis.rj.gov.br/pmp/

Público adulto pode se vacinar de domingo a domingo

A Prefeitura ampliou os dias de vacinação contra a covid-19. Agora, todo público vacinável acima dos 12 anos será atendido também aos domingos, em três postos: Hipershopping Petrópolis, no Alto da Serra, UBS Quitandinha e Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, em Itaipava. Estarão sendo aplicadas, inclusive, a 3ª dose para adultos e dose de reforço da Janssen.

Para isso, basta fazer o agendamento pelo site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). No portal, além de agendar, é possível ver as vagas disponíveis (postos e datas), confirmar o local e a data do agendamento, assim como desmarcar o agendamento.

Nova data para o retorno foi recomendada pelo Comitê Científico

O retorno às aulas na rede pública municipal de educação, inicialmente previsto para o dia 7 de fevereiro, pode ser adiado para o dia 14 de fevereiro. O adiamento foi uma orientação do Comitê Científico – grupo formado pelo governo municipal, médicos, infectologias e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) – em reunião realizada nesta quinta-feira (20). O objetivo é que os profissionais da educação possam se adaptar à nova realidade sanitária.

Quem decidirá pela mudança ou não no calendário é Conselho municipal de Educação (Comed), formado por membros do poder público e da sociedade civil. Haverá uma reunião extraordinária do conselho na próxima semana, quando os conselheiros decidirão o tema. Além disso, a Prefeitura está criando uma comissão para coordenar a volta às aulas e estudar um plano de retorno. Essa comissão será presidida pela secretária de Educação, Adriana de Paula.

“O aumento do número de casos de covid-19 muito nos preocupa. Precisamos promover de fato um retorno às aulas de forma segura para todos os profissionais, todos os alunos, todas as famílias. Precisamos avançar na vacinação das crianças, e esse processo já foi iniciado na nossa cidade. Precisamos trabalhar com a formação dos nossos profissionais, para lidar com essa situação da pandemia. Então se faz necessário esse adiamento, para que nós tenhamos esse tempo de respiro, para promover tudo isso”, disse a secretária de Educação, Adriana de Paula.

O governo municipal destacou o respaldo técnico para as decisões referentes à volta as aulas. Criado pela Prefeitura no início do mês, o Comitê Científico tem a missão de monitorar e assessorar as medidas de enfrentamento à covid-19 em Petrópolis.

Cartão-merenda

Com a volta das aulas presenciais na rede municipal, a merenda escolar volta a ser fornecida diretamente nas escolas, e não mais por meio do cartão-merenda, que teve o contrato encerrado ainda no governo interino.

A Secretaria de Defesa Civil, juntamente com a Assistência Social, realizou na manhã desta quinta-feira (20), nova vistoria na Estrada da Pedreira, na localidade do Ingá, na Posse, onde foi registrado desplacamento de pedras, na noite da última quarta (19). Os técnicos realizaram nova avaliação na região e conversaram com os moradores nas proximidades do local onde foi registrado o deslizamento. A área afetada é a mesma onde houve ocorrência similar, em proporções maiores nos anos de 2014 e 2019, desta forma, em toda a área já foi feita interdição, que se mantém vigente.

Conforme explica uma das geólogas da Defesa Civil, Caroline Dutra, o desplacamento que ocorreu na Pedreira do Ingá é um processo natural de acordo com o modelo do relevo. Os deslizamentos no local podem ocorrer sem que haja intervenção humana. “Esse fenômeno é ocasionado por efeito da variação térmica diária. Durante o dia temos uma elevação do nível da temperatura que cai bruscamente à noite. Esses efeitos diários contribuem para que haja alívio de pressão e as rochas se desprendam, de acordo com as fraturas. Isso contribui para o desplacamento dos blocos e lascas rochosas”, acrescentou a geóloga do órgão, Caroline Dutra.

No momento em que os moradores acionaram a Defesa Civil pelo 199 na noite de quarta-feira (19), uma equipe operacional de primeiro atendimento se direcionou para o local, onde os moradores já não se encontravam. Na manhã desta quinta (20), em nova vistoria na região, apenas uma moradora foi encontrada, mas informou que não permaneceria na residência. Não houve novas interdições e de acordo com informações dadas à equipe, os proprietários dos imóveis da área interditada, possuem moradias em outras localidades.

“Os moradores de residências próximas foram orientados a não permanecer no local e reforçamos a interdição da região. Pedimos que a população fique atenta a sons de estalos ou modificações na montanha. A qualquer sinal de instabilidade, a Defesa Civil deve ser acionada imediatamente pelo 199”, reforça o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers, que acrescenta que a comunicação com a comunidade ainda é facilitada por um grupo de aplicativo que foi criado para os moradores da região.

Pessoas com sintomas leves devem procurar seis polos de testagem e atendimento que serão montados em todo o município

A Prefeitura anunciou, nesta quinta-feira (20), um novo fluxo para testagem e atendimento com relação à covid-19 na rede de urgência e emergência, que começa a funcionar já na manhã desta sexta-feira (21). A mudança acontece devido ao aumento no número de casos e, por consequência, a maior demanda nas unidades do município. A medida tem por finalidade orientar a população e reorganizar a rede.

Serão montados seis polos de testagem e triagem para o atendimento da covid-19, com tendas para atender o público e equipe com enfermagem, médico clínico e pediatra. Estes espaços funcionarão nas UPAs do Centro e de Cascatinha; no Pronto-Socorro Leônidas Sampaio, no Alto da Serra; e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Quitandinha, Retiro e Itaipava.

As unidades de urgência e emergência serão destinadas para quem tem sintomas graves, como, por exemplo, falta de ar. Quem se enquadrar nesta categoria deve procurar atendimento nas três UPAs (Centro, Cascatinha e Itaipava), o Pronto-Socorro do Alto da Serra e os Serviços de Pronto-Atendimento de Pedro do Rio e da Posse. Pessoas assintomáticas que tiveram contato com infectados pela covid-19 devem procurar o primeiro atendimento na Unidade Básica de Saúde ou Posto de Saúde da Família mais próximo.

Durante a reunião do Comitê Científico de Enfrentamento à Covid-19, nesta quinta-feira (20), o prefeito Rubens Bomtempo destacou que o combate ao Coronavírus exige planejamento e organização da rede. “O aumento na demanda é perceptível, impactando as nossas UPAs e demais unidades de saúde. Esse fluxo tem o objetivo de organizar o atendimento, adequando a essa nova demanda”, disse. O município prepara uma grande campanha de sensibilização da população sobre os cuidados necessários com a pandemia.

O secretário de Saúde, Marcus Curvelo, considera o redimensionamento fundamental para este novo momento. “A pandemia ainda não acabou. Pelo contrário, tem demonstrado força com essas novas variantes. Cabe a nós entender e nos organizar para este enfrentamento, que deve ser dever de todos, desde as ações mais simples, como uso de máscara, álcool em gel e o distanciamento social”, lembrou.

“É importante destacar que este fluxo é dinâmico e pode ser reavaliado de acordo com o panorama da pandemia no município”, explicou o presidente do Serviço Autônomo do Hospital Alcides Carneiro (Sehac), Ricardo Patuléa.

“Tive sintoma da covid. E agora?”

• Pessoas assintomáticas que tiveram contatos com infectados devem procurar o Posto de Saúde da Família (PSF) ou a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima;

• Pessoas com sintomas leves podem procurar seis polos de testagem e atendimento: UPAs Centro e Cascatinha, UBS Itaipava, UBS Retiro, UBS Quitandinha e Pronto-Socorro Leônidas Sampaio (Alto da Serra). Todos estes locais terão tendas montadas para atender à maior demanda. Lá, o paciente passará por triagem e fará o teste rápido de swab (antígeno). A pessoa será atendida por um médico (cada polo terá um clínico e um pediatra) para avaliação primária, prescrição de medicamento e, caso necessário, atestado de afastamento.

• Pessoas com sintomas graves (como, por exemplo, falta de ar) devem procurar pronto-atendimento nas três UPAs (Centro, Cascatinha e Itaipava), Pronto Socorro Leônidas Sampaio (Alto da Serra) e os Serviços de Pronto-Atendimento (SPA) da Posse e de Pedro do Rio.

O Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público de Petrópolis (Inpas) alerta aos aposentados e pensionistas do município sobre uma tentativa de golpe utilizando o nome do órgão. O Inpas ressalta que não solicita informações por telefone, principalmente financeiras. Além disso, não faz renegociação de empréstimos.

“Na semana passada, chegou diversos relatos de pessoas que receberam ligações, onde quem estava do outro lado falava em nome do Inpas e pedia que o aposentado ou pensionista passasse dados, para que fosse feita uma revisão de empréstimo ou dívidas”, explicou o diretor-presidente do Inpas, Claudinei Portugal.

“Nossa orientação é que, ao receber este tipo de ligação, os aposentados e pensionistas não passem nenhum dado pessoal”, reforçou Portugal.

Petrópolis terminou a quarta-feira (19) com a taxa de ocupação dos leitos clínicos destinados para o tratamento da covid-19 no sistema público de saúde em 57,89% (22 internações). Já em UTIs do SUS, a taxa foi de 52,17% (12 internações). A rede privada registrou 10 internações clínicas e seis de terapia intensiva.

As equipes da Secretaria de Saúde realizaram, até ontem, 220.539 testes, dos quais 50.572 tiveram resultados positivos e 168.753 negativos (considerando swab e rápidos).

Desde o início da pandemia, foram 1.575 óbitos registrados. Este número é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. É uma medida de segurança da Secretaria de Saúde, para evitar erros nos registros.

Óbito registrado:

Homem, 63 anos, morador do Morin. Internado no dia 14/01/2022 no HAC. Óbito registrado no dia 16/01/2022 no HAC. Paciente com neoplasia de esôfago.

Mais 2.131 doses de vacinas aplicadas

Também na quarta-feira (19), as equipes da Secretaria de Saúde aplicaram 2.131 doses da vacina contra a covid-19 nos 10 postos disponíveis. Foram 1.601 doses de reforço, 184 aplicações de segunda dose, 338 de primeira e oito doses adicionais para imunossuprimidos.

No total, a cidade conta com 241.331 vacinados com a primeira dose, 224.583 com a segunda dose e 74.445 com a dose de reforço (terceira aplicação para o público em geral e quarta para imunossuprimidos). A dose única chegou a 6.805 pessoas desde o início da campanha de vacinação e a dose adicional a 1.246 imunossuprimidos.

Na quarta-feira, 497 idosos foram vacinados, sendo um com a segunda dose e 496 com a dose de reforço. A dose de reforço também foi aplicada em oito pessoas com comorbidades.

As equipes também aplicaram a primeira dose em três adolescentes e a segunda dose em 60 indivíduos de 12 a 18 anos. Houve ainda a vacinação de sete trabalhadores da saúde com o reforço e dois com a segunda dose.

A Secretaria de Saúde também fez a aplicação da primeira dose em 64 crianças com comorbidade. Além destas, 267 indivíduos de 5 a 11 anos receberam uma primeira aplicação.

Por faixa etária, foram 1.090 adultos vacinados com a dose de reforço, 122 com a segunda dose e quatro com a primeira.

O acompanhamento da situação da covid-19 na cidade pode ser feito através do portal de monitoramento, disponível no site da Prefeitura: https://petropolis.rj.gov.br/pmp/

Morador pode emitir a segunda via do carnê pelo site ou nos polos de atendimento

O morador de Petrópolis tem mais um dia para pagar o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) em cota única com 10% de desconto. Essa oportunidade é até o dia 20 de janeiro (quinta-feira). Para isso, é preciso emitir a segunda via do carnê – pela internet (no site da Prefeitura: www.petropolis.rj.gov.br) ou nos polos de atendimento montados pela Prefeitura.

Para quem optar pela internet, a segunda via é emitida com um QR Code ao lado do código de barras, permitindo que o contribuinte pague o tributo via Pix. Já para quem preferir não utilizar a internet, a Prefeitura colocou à disposição da população, ao todo, 15 polos de atendimentos espalhados por 12 bairros, nos cinco distritos da cidade.

“É uma oportunidade para o contribuinte ficar em dia com o município, ganhar um desconto de 10% e não precisar se preocupar com o IPTU até 2023”, disse o secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa.

Para ganhar o desconto, o contribuinte deverá descartar o carnê que recebeu pelos Correios, já que, nele, a data de vencimento da cota única com desconto de 10% é a antiga (6 de janeiro). Na segunda via, emitida pelo site da Prefeitura ou nos polos de atendimento, o prazo já está atualizado.

Tanto pela internet quanto nos polos de atendimento, o cidadão pode também retirar as guias das parcelas mensais, caso prefira parcelar o pagamento do IPTU ao longo do ano.

Polos de atendimento

Os polos de atendimentos funcionam nos bairros: Alto da Serra, Bingen, Cascatinha, Centro, Corrêas, Estrada da Saudade, Independência, Itaipava, Mosela, Pedro do Rio, Posse e Retiro. O horário de funcionamento é das 9h às 16h, com exceção dos quatro polos do Centro (Secretaria de Fazenda, Inpas, Centro de Cultura e Secretaria de Desenvolvimento Econômico), que funcionam das 9h às 17h. Além desses polos, o contribuinte pode também emitir a segunda via pela internet, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

O IPTU pode ser pago em agências bancárias, caixas eletrônicas e casas lotéricas, em todos os bancos (exceto o Bradesco).

Abaixo, os endereços dos 15 polos de atendimento:

• ALTO DA SERRA – E. M. Vereador José Fernandes da Silva (Rua Teresa, 1.781)
• BINGEN – E. M. Johann Noel (Rua Bingen, 843)
• CASCATINHA – CEI André Vanzan (Rua Bernardo Proença, 809)
• CENTRO – Centro de Cultura Raul de Leoni (Praça Visconde de Mauá, 305)
• CENTRO – Centro de Moda da Rua Teresa (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Rua 24 de Maio, 2)
• CENTRO – Inpas (Rua Dr. Alencar Lima, 35, sala 101)
• CENTRO – Secretaria de Fazenda (Avenida Koeler, 260)
• CORRÊAS – E. M. Professor Josemar Contage (Rua Castro Alves, 80)
• ESTRADA DA SAUDADE – E. M. Fábrica do Saber (Estr. Machado Fagundes, 269)
• INDEPENDÊNCIA – Escola Municipal Alto Independência (Rua Leonor Maia, 1.670)
• ITAIPAVA – Polo de Educação (Shopping 2000, Estrada União e Indústria, 11.590, sala 105)
• MOSELA – Escola São Judas Tadeu (Rua Mosela, 1.445)
• PEDRO DO RIO – E. M. Monsenhor João de Deus Rodrigues (Rua Dr. Barros Franco, s/n)
• POSSE – CEI Ângela Maria da Conceição Silva (Estrada União e Indústria, 33.666)
• RETIRO – Liceu Municipal Carlos Chagas Filho (Avenida Barão do Rio Branco, 2.053)

Quinta, 20 Janeiro 2022 - 10:53

Nota: deslizamento no Ingá

A prefeitura designou agentes da Defesa Civil para a comunidade do Ingá, na Posse, onde um deslocamento de pedras ocorreu por volta das 20h, na noite desta quarta-feira (19). A ocorrência foi registrada próxima a quatro residência. As família se deslocaram para a casa de familiares. Não houve feridos. A área foi isolada e as equipes mantêm monitoramento no local. Tendo em vista a impossibilidade de atuação por conta da invisibilidade no local, outra equipe técnica, com geólogo, retornará pela manhã para nova avaliação.

Secretaria de Obras desenvolve projeto para contenção da encosta

A Prefeitura iniciou, nesta semana, o trabalho de retirada das barreiras da Rua Pedro Elmer, que liga o Itamarati a Cascatinha. A via está com acesso liberado apenas aos moradores desde as fortes chuvas do início do mês, por conta de um deslizamento de terra. Sem a previsão de chuva, equipes da Comdep e da Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública conseguiram se dirigir ao local.

Nesta quarta-feira (19), o governo municipal esteve no local, no trecho localizado atrás do Clube Palmeira. Ele também visitou a rua de cima: uma servidão na Spartaco Banal, que fica acima da Rua Pedro Elmer.

“A Rua Pedro Elmer é uma via é estratégica para a fluidez no trânsito, por ser uma ligação alternativa entre Itamarati e Cascatinha, duas regiões que cresceram muito nas últimas décadas”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Neste primeiro momento, o governo municipal fará um mutirão no local, que precisa de uma série de intervenções. O objetivo é devolver a normalidade à região o quanto antes.

“Estamos providenciando os reparos necessários para liberar a via o mais rápido possível. Mas, devido ao tamanho do problema no local onde houve o deslizamento, será necessária uma obra de grande porte, com muro de contenção e tudo para poder garantir a segurança das pessoas. A Secretaria de Obras já está desenvolvendo um projeto para tentar captar recursos para fazer essa obra o mais rápido possível”, disse o vice-prefeito e secretário de Obras, Habitação e Regularização Fundiári, Paulo Mustrangi.

A Comdep também já está atuando na limpeza da região. Já foi feita a limpeza da parte de baixo da rua, e agora será feita a limpeza da parte de cima.

“Vamos entrar com a capina, poda, limpeza e depois vamos lavar a rua com a pipa d’água”, disse o presidente da Comdep, Léo França.

O prefeito Rubens Bomtempo destacou a grande quantidade de lixo encontrado na rua de cima.

“Os deslizamentos têm relação direta com a colocação de lixo e entulho nas encostas, e aqui é prova disso. Tem que acabar com isso na nossa cidade. Vamos limpar tudo isso, colocar contêineres. Mas o povo tem que se conscientizar. Não tem outra saída. Temos que nos organizar, chamar associação de moradores, chamar os moradores para esse diálogo. A única saída que existe para nós melhorarmos a nossa cidade é essa. A cidade precisa parar de jogar lixo e entulho nas encostas”, disse Bomtempo.

Pagina 1 de 1751