Sábado, 17 Dezembro 2016 - 07:16

Prefeitura pagará segunda parcela do 13° nesta segunda-feira

Antes do prazo legal, a Prefeitura quita nesta segunda-feira (19/12) o pagamento do 13º salário dos servidores municipais ativos e inativos, que receberão a segunda parcela do benefício. Para o prefeito Rubens Bomtempo, o pagamento será uma vitória para Petrópolis, especialmente em um momento de crise financeira no governo do estado do Rio.

“São recursos importantes para a cidade, não só para os servidores. Porque irá inclusive beneficiar a economia e o comércio local, com mais recursos circulando em um momento econômico muito ruim no país e no estado”, disse o prefeito. Receberão o pagamento os servidores da administração direta, do Inpas, da Fundação de Cultura e Turismo, da Comdep e da CPTrans.

Com esse pagamento, o município quita o 13º salário dos servidores, mesmo em um cenário de queda na arrecadação e de falta de repasses do Governo do Estado. Desde 2015, o Governo do Estado já deixou de repassar verbas importantes para Petrópolis, dando um calote de mais de R$ 25 milhões.

“Os salários dos servidores vêm sendo pagos em dia até hoje, diferentemente do que ocorre com o Governo do Estado, que vem parcelando salários dos servidores estaduais. Para honrarmos nossos compromissos com os servidores, tomamos uma série de medidas desde 2015, como o corte de salários do prefeito, dos secretários e dos cargos comissionados, redução do número de secretarias e diminuição das despesas com aluguéis de imóveis, entre outras ações”, disse o secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa.

Nesta sexta-feira (16/12), o procurador geral do município, Marcus São Thiago, e o secretário Paulo Roberto Patuléa comunicaram a 4ª Vara Cível de Petrópolis que a Prefeitura já dispõe de saldo suficiente para o pagamento da segunda parcela do abono. Por isso, o município solicitou o desbloqueio de verbas carimbadas que estão bloqueadas para esse pagamento.

“Para o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores foram utilizadas verbas carimbadas com a autorização da Justiça, por meio da 4ª Vara Cível de Petrópolis. Agora, estamos quitando a segunda parcela com recursos próprios, sem burocracia”, explicou o procurador geral do município, Marcus São Thiago. “Para a primeira parcela, mesmo com verbas disponíveis, o pagamento demorou alguns dias para ser liberado, por conta da burocracia bancária, já que havia todo um trâmite a ser seguido em função de serem verbas carimbadas. Já essa segunda parcela não precisará passar por isso, porque são recursos próprios, e não verbas carimbadas. Por conta disso, solicitamos à 4ª Vara Cível de Petrópolis o desbloqueio das contas”, concluiu o procurador.

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

turispetro

iluminacao

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

imc

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo