Sexta, 13 Novembro 2015 - 09:18

Prefeitura e Jica farão simulado de desastre natural em 2016

Uma comunidade de Petrópolis receberá em 2016 um mapeamento de risco específico e um grande simulado de desastre natural, promovidos pela Prefeitura e pela Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica). O objetivo é que a experiência nessa comunidade-piloto, a ser definida pelo prefeito Rubens Bomtempo, seja levada para todo o município, deixando Petrópolis cada vez mais preparada para as fortes chuvas do verão.

Essas ações foram anunciadas pelo chefe da equipe japonesa, Takao Yamakoshi, durante encontro com Bomtempo na tarde desta quinta-feira (12/11) na sede da Prefeitura. As medidas fazem parte da parceria entre Brasil e Japão para a redução de desastres naturais em Petrópolis, Nova Friburgo e Blumenau (SC). Com duração de quatro anos, a parceria foi iniciada no fim de 2013.

“Ficamos entusiasmados em ver que a parceria com a Jica vem avançando muito nos últimos dois anos. Em 2016, novos passos importantes serão dados, já que muito do que vem sendo debatido e estudado entre os técnicos da Prefeitura e da Jica será colocado em prática. O nosso próximo desafio será envolver a população nesse processo, para que haja uma participação popular efetiva, para juntos, Prefeitura, Jica e sociedade, reduzirmos os riscos de desastres em Petrópolis”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

O chefe da equipe japonesa, Takao Yamakoshi, destacou o empenho de Petrópolis para o sucesso da parceria. “Pedimos que o senhor continue apoiando de maneira tão positiva o projeto como tem feito”, disse Yamakoshi.

Manuais – Desde o início da parceria, com base nas reuniões técnicas entre os dois países, a Jica vem elaborando manuais para os três municípios sobre quatro eixos: mapeamento de risco; planejamento urbano; alertas antecipados; e obras de reabilitação e prevenção.

Em março, a primeira versão dos manuais estará concluída. A partir de então, com base nos manuais, a Jica e a Prefeitura realizarão o mapeamento de risco de uma comunidade escolhida por Bomtempo, utilizando a metodologia japonesa de mapeamento e a metodologia brasileira. Em seguida, serão elaborados projetos de planejamento urbano e de obras de reabilitação e prevenção para a comunidade escolhida. Também será elaborado um sistema de alerta antecipado para a região, utilizando a metodologia japonesa de previsão de desastres. O passo seguinte será o simulado de desastre natural na comunidade, para que possíveis falhas sejam identificadas e utilizadas para aperfeiçoar os manuais.

Grupo de trabalho – No encontro com a comitiva da Jica, o prefeito Rubens Bomtempo assinou decreto que cria um grupo de trabalho formado por servidores municipais voltado para a parceria, com a participação dos seis técnicos da Prefeitura que já foram ao Japão. A medida foi parabenizada por Yamakoshi, que afirmou que Bomtempo está “sempre um passo à frente”.

Também participaram da reunião: os secretários de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão; de Habitação, Jorge Maia “Bolão”; e de Obras e de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Econômica, Robson Cardinelli.

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo