Terça, 20 Outubro 2015 - 10:29

Prefeitura e Águas do Imperador abastecem comunidades afetadas pela falta de água

Para suprir a falta de água em comunidades em locais elevados, por determinação do prefeito Rubens Bomtempo, a Águas do Imperador está realizando uma verdadeira operação de abastecimento com caminhões pipa. Apenas no período compreendido entre a última sexta-feira e sábado, (16 e 17/10), 640 mil litros de água foram injetados na rede de distribuição da parte alta da Alcobacinha, com atendimento de 70% das residências da localidade.

“Com o agravamento da estiagem, é necessário criar mecanismos para suprir a necessidade das famílias, especialmente as que moram em locais altos. Mas é importante que todos se comprometam com a economia de água no dia a dia, evitando assim o agravamento da situação”, defendeu o prefeito Rubens Bomtempo.

O fornecimento de água na Alcobacinha conta com uma pipa fixa, com capacidade para armazenar 30 mil litros de água, instalada em um local de fácil acesso a caminhões pipa menores.  Estes fornecem a água que é bombeada durante todo o dia para a rede da comunidade. “A parte mais alta ainda é atendida por caminhões pipa menores, mas a logística atual já diminuiu muito o fluxo de caminhões pelas ruas da comunidade, reduzindo o impacto no trânsito local”, esclareceu o presidente da Comdep, Anderson Cruzick (Kaxuxa), que fiscalizou o trabalho realizado durante o final de semana.

Outras comunidades como a Taquara, Amazonas, Estrada da Saudade e Boa Vista, que também sofrem com a falta de água, estão sendo atendidas por 12 pipas móveis. “Nós estamos conseguindo aumentar a velocidade e a cobertura do fornecimento de água para as comunidades mais atingidas. E vamos continuar usando os caminhões pipa enquanto a estiagem persistir”, informou o Coordenador de Manutenção do Primeiro Distrito, da concessionária Águas do Imperador, Leandro Costa.

Os resultados já estão sendo comemorados pelos moradores. Segundo a comerciante Sueli Fonseca, moradora da Alcobacinha há 27 anos, essa é a primeira vez que a comunidade sofre falta de água devido à estiagem. “Quando eu vim morar aqui, não tinha rede de abastecimento, então não tinha água. Mas falta de água por falta de chuva, é a primeira vez. Agora o abastecimento melhorou as condições de fazer as coisas em casa, como cozinhar, lavar roupa. E vamos torcer para chover um pouquinho!”

Prefeitura reativa antigo poço para ampliar fornecimento de água

Além do abastecimento realizado com uso de pipas móveis, a reativação de um poço artesiano desativado, na Rua Hívio Naliato, em Cascatinha, vai garantir um afluxo de mais 30 metros cúbicos de água por hora na rede que atende à localidade, incluindo os moradores da Rua Bernardo Proença e adjacências. Segundo o presidente da Comdep, Anderson Cruzick (Kaxuxa), a reativação se deve à necessidade de acrescentar volume de água durante a estiagem. Ainda contamos com outros poços como esse, que podemos colocar em funcionamento, caso haja necessidade.

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo