Quarta, 28 Agosto 2013 - 10:05

PAC Estrada da Saudade: início das obras

O prefeito Rubens Bomtempo realizou, na noite da última segunda-feira, (26/08) audiência pública no Monte Florido para debater com o PAC da Estrada da Saudade com os moradores da região. São mais de R$ 20 milhões em intervenções em infraestrutura, habitação e trânsito que garantirão melhorias na qualidade de vida da população. Bomtempo anunciou que, na semana que vem, já deverá haver movimentação no local para o início das obras, com a montagem dos barracões.

Entre as melhorias, estão viradouros para ônibus, novo sistema de drenagem, pavimentação em concreto nos trechos de mais difícil acesso, baias e sinalização, além da estabilização da encosta para a segurança da área, cobertura de quadras esportivas, melhorias de infraestrutura e construção de um Centro de Educação Infantil.

O Programa Minha Casa, Minha Vida chegará ao bairro na Rua da Chácara com a construção de 170 unidades habitacionais. A previsão é de que mais de três mil moradias também sejam beneficiadas com a regularização fundiária.

Outra novidade é que a mão de obra local terá preferência nas contratações das várias frentes de obras. O secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Jorge Maia, afirmou que, junto com a empresa responsável pelas melhorias e com a Secretaria de Habitação, fará um serviço de cadastramento dos trabalhadores da região.“Faremos um aproveitamento, dentro do maior limite possível, da mão de obra local”, disse Jorge Maia.

Quando o atual governo assumiu a prefeitura, em janeiro, o PAC Estrada da Saudade estava parado. O prefeito Rubens Bomtempo explicou na audiência que correu para que a proposta de obras tramitasse, conseguindo, junto à Caixa Econômica Federal, que a licitação ocorresse em maio. Presentes ao evento, os vereadores Luizinho Sorriso (PT) e Meirelles (PTB) parabenizaram o prefeito por colocar o projeto em prática.

Cerca de cem pessoas compareceram à audiência pública, dando sequência à política de governo de garantir a participação popular nas decisões sobre a cidade. Na ocasião, Bomtempo pôde dar esclarecimentos sobre as medidas que vêm sendo tomadas nas várias áreas da administração pública, além de ouvir as demandas da comunidade.