Circuitos de Igrejas
e Capelas

Petrópolis possui mais de cem capelas e igrejas que contam, através de
sua arquitetura e ornamentos, parte da história da Cidade Imperial.
Destacamos algumas de diferentes estilos arquitetônicos, na sua
maioria dos séculos XVIII e XIX, que geralmente ficam abertas à
visitação e guardam verdadeiras obras de arte.

Seguem algumas indicações para aqueles que se interessam pela arquitetura religiosa ou procuram por espiritualidade e elevação.

CAPELA NOSSA SENHORA DO AMPARO

Missas: segunda e sexta, às 17h45 e domingo, às 8h
Visitação: somente no horário das missas
Av. Roberto Silveira, 150 – Centro Histórico
Veja no Mapa

A Congregação Nossa Senhora do Amparo foi fundada em 1871 pelo Padre João Francisco de Siqueira Andrade, com a finalidade de educar meninas órfãs e pobres de Petrópolis.

No prédio da Congregação está situada a Capela Nossa Senhora do Amparo, construída entre 1868 e 1883 e que possui um dos mais belos altares da cidade. Trazido da Alemanha, especialmente para a Capela, reproduz a fachada de uma catedral gótica com cinco torres onde estão imagens da Padroeira, de São José e de São João Evangelista. Restaurado em 1993, o altar encanta pelos detalhes do revestimento dourado, e as formas ogivais que destacam as características góticas e a beleza das imagens constantemente iluminadas.

CAPELA NOSSA SENHORA AUXILIADORA

Missas: domingos, às 8h
Visitação: mediante agendamento
Telefone: (24) 2235-9106
Rua Doutor Paulo Hervê, 1539 – Capela
Veja no Mapa

Inaugurada em 1901, foi o primeiro templo erguido em homenagem à Nossa Senhora Auxiliadora. Conhecida também como Capela do Bingen, nasceu da devoção, sobretudo dos descendentes dos colonos alemães. Localizada no alto do morro “São Franscisco”, propriedade do Convento dos Franciscanos, possuía decoração simples. Em 1919, foi instalado um altar lateral em estilo gótico, pertencente anteriormente à Igreja do Sagrado Coração de Jesus. Dois vitrais foram colocados ao lado da mesa de comunhão e cruzes representando as estações da Via Sacra foram colocadas no caminho que leva à Capela, sendo substituídas, mais tarde, por capelinhas que até hoje podem ser apreciadas pelos visitantes.

CAPELA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO – TERRA SANTA

Missas: sábados, às 18h; domingos, às 10h
Telefone: (24) 2246-1061
Visitação: Nos horários de abertura da secretaria: terça a sexta-feira, 8h às 11h. Ou na meia hora anterior ao horário das missas.
Rua Visconde de Itaboraí, 590 – Valparaíso
Veja no Mapa

A Capela de Nossa Senhora da Conceição – Terra Santa foi construída pelos Franciscanos da Custódia da Terra Santa e inaugurada em 1888. Em 1918, foi adquirida pela Associação Protetora dos Desvalidos de Petrópolis, servindo de abrigo para os atingidos pela epidemia de febre espanhola, atendendo também idosos e crianças necessitadas em geral. Mantida financeiramente pela sociedade, com atendimento diário feito pelas religiosas da Congregação de São José de Chambery, contava dentre os sócios fundadores com Wenceslau Braz, Rui Barbosa, Barão de Oliveira Castro, Princesa de Belford e outros. Hoje, no local, além da Capela, existe o Centro Educacional Terra Santa.

CAPELA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - TRONO DE FÁTIMA

Missas: procissão todo dia 13, com saída do Teatro Mariano, às 19h30 (quando a data cai entre segunda e sábado); às 17h30, se o dia 13 for num domingo
Visitação: Terça a domingo, 9h às 18h Segunda, 13h às 18h
Telefone: (24) 2242-0313
Rua Bispo Dom José, s/nº – Valparaíso (acesso para carros e vans pela Rua Monsenhor Bacelar, e para ônibus pela Rua Padre Moreira)
Veja no Mapa

Mantido pela Congregação Mariana, possui uma imponente imagem de Nossa Senhora de Fátima de 7 metros de altura, sob a qual se encontra uma Capela, no subsolo. O conjunto está envolto por sete colunas que representam os dons do Espírito Santo – Temor a Deus, Piedade, Ciência, Fortaleza, Conselho, Inteligência e Sabedoria.

CAPELA NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS – COLÉGIO SANTA ISABEL

Missas: segunda a sexta-feira, às 18h20; sábados, às 17h e domingos, às 9h30
Visitação: somente no horário das missas
Telefone: (24) 2235-9106
Rua do Imperador, 689 – Centro Histórico
Veja no Mapa

Sob a direção das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, a capela se localiza no interior do Colégio Santa Isabel, cujo nome é uma homenagem a uma das rainhas de Portugal. Teve como patrona, à época de sua fundação, a Princesa Isabel. Inaugurada em 1864, possui pinturas folheadas a ouro, imagens vindas da França e um altar em madeira, cuja pintura imita com perfeição o mármore. A iluminação do altar, misturada à luz natural vinda dos vitrais, reforça a beleza das imagens.

CAPELA NOSSA SENHORA DO SION

Missas: Segunda a sexta-feira, às 18h30 e domingos, às 11h30 (todo último domingo do mês, participação dos corais Laus Deo e Regina Coeli)
Visitação: segunda a sexta-feira, das 8h às 13h e das 17h às 21h
Telefone: (24) 2244-4000
Rua Benjamin Constant, 213 – Centro Histórico
Veja no Mapa

Localizada no prédio da Universidade Católica de Petrópolis - UCP, a Capela Nossa Senhora do Sion foi construída entre 1914 e 1922. Inspirada na Capela da Congregação de Nossa Senhora de Sion de Paris, França, foi projetada pelo engenheiro Heitor da Silva Costa, responsável pela construção do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. Em estilo renascentista, possui uma nave central e duas colaterais com um coro em semicírculo. As abóbadas e os grandes arcos constituem as partes mais interessantes da obra.

CAPELA DE SANTO ANTÔNIO – FAZENDA DA SAMAMBAIA

Missas: terças-feiras, às 17h30
Visitação à Fazenda da Samambaia: terça a domingo, 10h às 18h. Ingresso: R$10,00.
Visitação à Capela: Mediante agendamento.
Telefone: (24) 2246-2248 / 2242-3478
Estrada da Samambaia, 138 – Samambaia
Veja no Mapa

Construída há mais de um século antes da fundação de Petrópolis, a Fazenda da Samambaia chegou a hospedar o Imperador D. Pedro I, por volta de 1822, que após uma viagem pelo Caminho Novo da Estrada Real, em direção às Minas Gerais, se encantou pela região. A Capela dedicada a Santo Antônio possui altar em estilo barroco e fica na varanda da sede, totalmente preservada. Foi a primeira capela oficial da Cidade Imperial, tendo sido reconhecida pelo Vaticano, onde está catalogada. A fazenda é tombada pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

CATEDRAL SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA

Missas: segunda a sábado às 8h. Domingo, 9h30, 11h30 e 18h30
Visitação: diariamente, 8h às 18h
Telefone: (24) 2242-4300
Rua São Pedro de Alcântara, 60 – Centro Histórico
Veja no Mapa

Construção em estilo neogótico francês. No seu interior, destaca-se o Mausoléu onde estão os restos mortais da Família Imperial (dom Pedro II, dona Teresa Cristina, Princesa Isabel e Conde D’Eu) e também podem ser vistas esculturas de Jean Magrou, Bertozzi, vitrais e pinturas de Carlos Oswald. O altar gótico do Mausoléu contém relíquias de São Magno, Santa Aurélia e Santa Tecla, trazidas de Roma pelo Cardeal D. Sebastião Leme. As portas principais do templo pesam 2400 kg cada.

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO AMOR DIVINO

Missas: terça-feira e sexta-feira, às 18h; sábado, às 19h; domingo, às 7h, 10h e 18h30.
Visitação: mediante agendamento
Telefone: (24) 2221-2684 / (24) 98828-0214
Rua Vigário Corrêa, 195 - Corrêas
Veja no Mapa

A devoção à Nossa Senhora do Amor Divino é a mais antiga em Petrópolis, e era exercida desde 1751 em um oratório da Fazenda do Rio da Cidade, de Manuel Antônio Goulão. Em 1823, encontram-se referências à presença da imagem na Capela da Fazenda do Padre Corrêa, para onde acorriam inúmeros devotos. Entre estes estavam incluídos dom Pedro I e família que, ao hospedarem-se na fazenda, costumavam assistir aos serviços religiosos. Essa crescente devoção levou à construção de uma igreja maior em terreno próprio. A pedra fundamental da igreja foi lançada em 17 de agosto de 1930, sendo concluída em 1933.

IGREJA CONSAGRADA IMACULADA CONCEIÇÃO - MOSTEIRO DA VIRGEM

Missas: segunda-feira a sábado, às 7h e domingos, às 10h30
Visitação: diariamente, das 7h às 18h
Telefone: (24) 2242-2394 / 2231-6393
Av. Ipiranga, 555 - Centro Histórico
Veja no Mapa

Desde 1937, abrigando uma comunidade contemplativa de Beneditinas, a igreja foi inaugurada em 1989. Projetada pelo arquiteto e artista sacro Cláudio Pastro, em estilo moderno, tem como destaques: o painel representando Jesus Cristo Glorioso; uma rara imagem da Virgem Maria grávida; a “Menorah”, candelabro de bronze com sete braços - típico das Sinagogas, representando a plenitude; o coro monástico e uma capela que abriga o Santíssimo Sacramento. O canto gregoriano das missas e os famosos bricelets, deliciosos biscoitos suíços, fabricados pelas monjas, atraem dezenas de fiéis. Diariamente acontecem missas e orações abertas ao público. É necessário apenas solicitar a entrada pela portaria que permanece fechada.

IGREJA DE SANT’ANA E S. JOAQUIM

Missas: sábado, às 18h30; domingo, às 7h, 11h e 18h; quinta-feira, às 20h; última terça-feira de cada mês, às 19h30.
Visitação: mediante agendamento
Telefone: (24) 2242 5846
Praça Monsenhor Achiles Melo, 1 – Cascatinha

A construção da Igreja de Sant’Ana e S. Joaquim surgiu da necessidade demonstrada pelo operariado da Companhia Petropolitana, em sua maioria imigrantes italianos e católicos, de terem um local para a prática de sua devoção. Tomada a decisão, operários, diretores, gerentes e o povo em geral arrecadaram fundos para a realização de uma festa que durou três dias, onde foi apresentada uma maquete de como seria a igreja. O Barão e a Baronesa de Matos Vieira, em conjunto com pessoas proeminentes da época, se decidiram pela construção do templo no topo do pequeno morro, onde hoje se encontra.

IGREJA EVANGÉLICA DE CONFISSÃO LUTERANA

Missas: sábado, às 18h30; domingo, às 7h, 11h e 18h; quinta-feira, às 20h; última terça-feira de cada mês, às 19h30.
Visitação: mediante agendamento ou no horário do culto – domingo, às 9h
Telefone: (24) 2242-1703
Av. Ipiranga, 346 – Centro Histórico
Veja no Mapa

Um dos mais antigos templos religiosos da cidade. A pedra fundamental foi lançada em 1862, tendo como idealizador o Pastor George Gottlob Ströele. O templo, iniciado em 1863, era apenas uma casa, com a escultura de um cálice e pães na parede externa. Em 1903, revogada a lei que impedia templos não católicos de terem características de “igreja”, a torre foi construída e foram colocados os elementos decorativos neogóticos: arcos ogivais e gárgulas. Na torre se encontram o relógio mecânico e os sinos de bronze originais.

IGREJA DE SANTA CATARINA

Missas: sábados, às 19h
Visitação: mediante agendamento
Telefone: (24) 2242-2871
Rua Montecaseros, 288 – Centro Histórico
Veja no Mapa

A Igreja de Santa Catarina, construída em estilo gótico, em 1921, está localizada ao lado do colégio de mesmo nome. Nas paredes laterais, 14 imagens representam a Via Sacra. A mesa de comunhão, em mármore branco e adornos em bronze dourado, traz em suas extremidades os símbolos da âncora e do peixe, representando respectivamente a salvação e os cristãos. Nos portões do altar, duas imagens de cervos representam o “beber na fonte de Deus”. No altar, um crucifixo em mármore preto, doação dos alunos do colégio. Em 1997, em comemoração pelo seu centenário, a igreja foi presenteada com uma imagem de Santa Catarina de Alexandria, esculpida em madeira pelo artista petropolitano Nando.

IGREJA MATRIZ SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Visitação: diariamente, 7h às 19h. Apresentação do Coral dos Canarinhos de Petrópolis ou convidado na missa das 10h, aos domingos
Telefone: (24) 2242-6915
Rua Montecaseros, 346 – Centro Histórico
Veja no Mapa

A construção, iniciada em 1872 e inaugurada em 1874, nasceu da vontade dos colonos alemães católicos de possuir um templo próprio para sua devoção e reunião. Foi concretizada pelo padre Teodoro Esch, que fundou na época uma escola para filhos de alemães católicos e uma sociedade de canto para adultos, a Liedertafel. Em 1896, com a chegada dos Franciscanos, foi construído o convento, uma escola para meninos carentes e uma tipografia, que deu origem à Editora Vozes, cujas atividades permanecem até os dias atuais. Em 2009, foi inaugurada ao lado uma moderna capela dedicada a Santo Antônio de Sant’Ana Galvão, o primeiro santo brasileiro.

IGREJA NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

Visitação: diariamente, 6h30 às 17h; quinta-feira, 6h30 às 16h.
Telefone: (24) 2242-1073
Praça da Inconfidência s/n – Centro Histórico
Veja no Mapa

A primeira Capela de Nossa Senhora do Rosário foi inaugurada em 3 de maio de 1883, construída em parte com doações coletadas por ex-escravos. Em 1953, devido aos efeitos do tempo na antiga capela, Monsenhor Gentil encomendou a construção de uma nova igreja, e de modo a não interromper as atividades religiosas, a primitiva capela foi mantida enquanto a nova igreja foi construída ao redor. Durante a construção, em 1956, surgiu uma nascente de água, que foi nomeada Fonte da Virgem, localizada atualmente dentro da Escola Monsenhor Gentil, ao lado da igreja. Foi inaugurada em 1958. Os sinos vieram da Catedral São Pedro de Alcântara.

TEMPLOS
MONUMENTOS