Apresentação dos trabalhos será no Sesc Quitandinha

Cinquenta e nove equipes de dez municípios participarão da etapa Estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica 2019 que será realizada no próximo domingo (22.09), no Sesc Quitandinha. Uma equipe da Faeterj Petrópolis, que tem apoio da prefeitura através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, também participará da competição.

No evento, organizado pela OBR Rio e Faeterj, Petrópolis concorre com o grupo “Sir Breguete” que é composto por Lucas Muniz, Bianca Guarizi e Christian Moreira.

Os alunos petropolitanos que participarão do evento estão no último ano do ensino médio técnico em Tecnologia da Informação do Centro Profissional em Tecnologia da Informação da Faetec Petrópolis. Eles ganharam a medalha de ouro na etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica e estão confiantes com a etapa estadual da olimpíada.

“Como Instituição pública de ensino, acreditamos que esse tipo de evento proporciona o aprendizado na prática, que é o que estimulamos no laboratório de robótica. Para Petrópolis, abrigar um evento como esse mostra a importância da cidade na área da inovação científica e tecnológica e consolida a cidade como grande polo de talentos”, afirma Lucimar Cunha, diretora da Faeterj Petrópolis.

A etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica 2019 vai ocorrer das 8h às 18h. O evento conta com a participação de estudantes de ensino fundamental, médio ou técnico de escolas públicas e privadas de todo o país e tem como objetivo divulgar a robótica, suas aplicações, possibilidades, produtos e tendências.

Já são 800 pessoas beneficiadas com cursos de capacitação nos CIDs

Com um mercado de trabalho com cada vez mais exigências para a seleção de candidatos, os cursos de especialização podem garantir uma atenção especial no currículo. Por isso, a prefeitura vem investindo na inauguração de Centros de Inclusão Digital nas comunidades. Nos CIDs, os moradores – crianças a partir dos 12 anos, jovens e até o público da terceira idade – podem participar gratuitamente de cursos na área de informática. Dezoito CIDs voltaram a funcionar desde 2017, mas, a boa notícia é que mais sete serão reativados até o fim do ano.

Já estão sendo atendidas nos CIDs, aproximadamente, 800 pessoas. Os próximos a serem reativados serão no Caxambu, Madame Machado, Floresta, Pedro do Rio, Secretário, Corrêas e Valparaíso. 

Nos CIDs são ofertadas vagas para cursos de informática básica, pacote office, internet e educação orçamentária. “São cursos dinâmicos e com linguagem acessível, justamente para que as pessoas se interessem e façam mais de um curso nos CIDs. A facilidade também está no fato das aulas ocorrerem nos bairros e as pessoas não precisam se deslocar até o Centro da cidade para participar das aulas”, contou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

As inscrições para as aulas podem ser feitas diretamente nos CIDs. Vale salientar que no Centro de Referência e Excelência Tecnológica – CERT – que funciona no Bingen, além das aulas oferecidas nos CIDs, os petropolitanos têm acesso a aulas de montagem de microcomputadores e escrita criativa.

“As inscrições podem ser feitas nos CIDs e no CERT, mas, qualquer dúvida os interessados devem entrar em contato com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico”, acrescenta Leonardo Sindorf, responsável pelos CIDs.

CIDs em funcionamento:

Associação de Moradores do bairro Oswaldo Cruz - Rua Nossa Senhora da Aparecida

Associação de Moradores do Manoel Torres - Rua Manoel Torres, nº 395, Manoel Torres

Associação de Moradores da Vila São José - Rua Paulino Afonso, nº44

Associação de Moradores do São Sebastião - R. Álvaro Machado, 109

CERT - Rua Bingen, n° 520

COMAC - R. Um, 88 - Morin

Casa da Cidadania (Centro) - Rua Visconde de Souza Franco, 474

Casa da Cidadania Desembargador Jorge Loretti (Itaipava) - Estrada da União e Indústria, nº 18060

Centro Educacional Terra Santa - Rua Monsenhor Bacelar, nº 590, Centro

Centro Cultural Pedro do Rio - Rua Capitão José Leal, s/n (Antiga Estação), Pedro do Rio

Escola Santo Antonio (Cuiabá) - Estr. Min. Salgado Filho, 4839

Igreja Metodista do Quitandinha - R. Gen. Rondon, 1377 - Quitandinha

Telecentro CEU da Posse - Estrada União e Indústria s/ nº. Posse

Terceira Igreja Batista de Petrópolis - Rua Quissamã, n° 1737 – 3ª Igreja Batista

Projeto Grão em Grão (Nogueira) - Avenida Leopoldina, nº 590 – Nogueira

Jardim Salvador - Rua Ary Nogueira, nº 86

Comdep - R. Gen. Rondon, 400 - Quitandinha

Escola Marcelo Alencar - Av. Amaral Peixoto, s/n - Quitandinha

CIDs que serão reativados em breve:

Igreja Metodista do Caxambu

Associação de Moradores de Madame Machado

Igreja Metodista do Floresta

EM Monsenhor João de Deus Rodrigues (Pedro do Rio)

Capela Nossa Senhora das Graças (Corrêas)

Paróquia Santa Trindade (Lopes de Castro - Valparaiso)

Em Secretário, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico já montou um CID no Instituto Caminhos da Roça. No local, seis máquinas ficarão à disposição para atender a comunidade. As inscrições começarão em breve.

 

Inscrições seguem até dia 30 de novembro

A Faetec está oferecendo 96 vagas para cursos técnicos em Petrópolis. São 30 vagas para o curso Técnico de Informática na unidade CPTI e 66 vagas no curso Superior de Tecnologia da Informação e da Comunicação. A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), subordinada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, está com inscrições abertas para 6.457 vagas em todo o Estado.

Em todo o estado, são oferecidas oportunidades para ingresso no primeiro semestre de 2018. Os interessados podem se inscrever pelo site da Fundação (www.faetec.rj.gov.br) até 30 de novembro. Também está disponível o edital que contém as informações do cronograma das datas e dos pré-requisitos, e preencher o formulário para concorrer a uma das vagas.

“Para aqueles que buscam qualificação e ingresso no mercado de trabalho, o ensino técnico é uma das melhores opções. Temos empresas na cidade em vários setores de atuação, principalmente no campo da tecnologia, por isso, a qualificação da mão de obra é importante e contribui para o crescimento econômico da cidade”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Para as vagas de Ensino Técnico, Superior e Especialização, haverá uma taxa no valor de R$ 52,50, pagável em qualquer agência bancária até a data do vencimento. O processo seletivo será por meio de prova.

“O nosso objetivo neste processo seletivo é aumentar as chances de empregabilidade dos jovens nos diversos níveis de escolaridade, quer o candidato escolha uma formação técnica, quer decida por uma graduação. Com uma formação de qualidade, os nossos alunos poderão buscar melhores cargos e salários no mercado”, garante o secretário Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca.

Setor tem 228 empresas na cidade e fatura R$ 750 milhões anuais

Petrópolis está prestes a ganhar uma legislação específica para o setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), um dos que mais cresce no mundo, com previsão, no país, de fechar o ano com R$ 236 milhões em investimentos e projeção de crescimento em mais 10% em 2018.  Profissionais do segmento da cidade que movimenta R$ 750 milhões anuais em negócios de 228 empresas, terão a chance de discutir a lei – em fase de minuta – à convite da prefeitura, em reunião nesta quinta (14.12) às 10h, no Sebrae. A nova legislação estabelece medidas de incentivo à inovação no ambiente produtivo, visando o desenvolvimento econômico e social de Petrópolis.

Para a elaboração da minuta foram levados em consideração a inovação como atividade que transforma conhecimento científico ou tecnológico em novo produto, serviço, processo, marca ou modelos de negócio e de logística, ou contribui para o aperfeiçoamento da qualidade ou produtividade de produto.

“O objetivo é o criar novo segmento econômico para gerar emprego e renda no município. O setor de inovação e tecnologia já está consolidado em Petrópolis mas queremos expandi-lo, atraindo novas empresas e já temos inclusive um projeto no Quitandinha para fazer um segundo local para abrigar essas empresas. Queremos dar uma reaquecida no setor que pode crescer ainda mais", explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

O documento foi pré-elaborado pela equipe da Secretaria de Desenvolvimento e será apresentado para os empresários que poderão sugerir modificações e a inclusão de informações.

“Estamos seguindo o modelo que foi feito com os empresários do setor das microcervejarias. Organizamos reuniões mensais e conseguimos elaborar um texto que foi votado na Câmara e já beneficia muitos empresários do setor. Queremos motivar os empresários para que eles invistam não só no potencial da cidade, mas também no uso da mão de obra universitária petropolitana. Temos uma cadeia produtiva no setor de sucesso e muitos estudantes gabaritados que podem fazer a diferença no crescimento das empresas. Além de apoiar as empresas já existentes no município, a Lei da Inovação vai motivar a chegada de novos investidores”, explica o subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Pessoa.

Entre as ideias em destaque na minuta estão a criação de uma incubadora de inovação, que ficaria encarregada pela organização e apoio logístico e técnico a micro e pequenas empresas. Ainda segundo a minuta, os programas de incentivo e apoio ao desenvolvimento de inovação deverão fixar as condições de acesso e o respectivo destaque orçamentário para garantir condições diferenciadas, favorecidas e simplificadas para produtores rurais, agricultores familiares, microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte.

Outra sugestão diz respeito aos instrumentos de estímulo à inovação o apoio institucional aos agentes de inovação; a simplificação dos processos de legalização de infraestruturas, de empresas e de instituições atuantes em inovação; a racionalização das exigências para concessão de licenças municipais; e a concessão de incentivos fiscais.

Há também a sugestão de criação de uma Comissão Permanente de Tecnologia e Inovação do Município (CPTI) que promoverá a discussão de políticas e estratégias municipais de incentivo à inovação e a articulação e parcerias entre entes públicos, empresas e demais agentes de inovação. Na minuta também serão tratados os incentivos fiscais disponibilizados para as empresas enquadradas no setor.

Profissionais que atuam no ramo podem participar do encontro fazendo a inscrição pelo telefone 2233-8137. A atividade é promovida pela prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com o Sebrae.

Evento contará com palestrantes sobre tema em escolas do município.
Abertura acontece no Centro de Cultura com palestra do Secret
ário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social, Gustavo Tutuca.

Petrópolis abre na segunda-feira (16.10) a Semana do Jovem Empreendedor no Centro de Cultura Raul de Leoni, com a palestra do Secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social, Gustavo Tutuca. Ele vai abordar o tema Empreendedorismo na Juventude Desafios e Oportunidades, a partir das 15h30, iniciando a série de palestras em escolas do Centro e distritos, voltado ao público de 15 a 29 anos. A ação da prefeitura visa despertar nos jovens um espírito empreendedor por meio de depoimento e experiência de profissionais que já atuam nesse nicho de mercado.

A programação do primeiro dia segue com a palestra “Empreender para Inovar”, de Ramon Farias, mestre em Inteligência Artificial, e continua com o empresário Alison Monteiro, que vai palestrar sobre o tema “Empreendedorismo Organizacional”. Fechando o dia, o gestor do Cebrac, Marcelo Moreira, em uma parceria com o Conselho de Juventude, fará o sorteio de bolsas parciais de estudo aos estudantes.

“Nossa intenção é mostrar que empreender não é apenas abrir o próprio negócio, é ser capaz de fazer as próprias escolhas e explorar novas possibilidades, descobrir novos mundos. Visamos também deixar claro que errar faz parte do empreendedorismo, e que perceber o erro é sinal de capacidade de melhorar”, destaca Wesley Barreto, coordenador de Juventude.

O projeto, que passará, ainda, por cinco escolas do município entre terça (17.10) e segunda-feira (23.10), é voltado à informação e à ação de empreender. A Semana do Jovem Empreendedor é uma iniciativa da Prefeitura de Petrópolis por meio da Coordenadoria da Juventude e em parceria com o Cebrac.

A  Prefeitura tem compromisso com os jovens, e o maior desafio é capacitá-los para garantir que o futuro de Petrópolis estará em boas mãos. A Semana do Jovem Empreendedor é apenas um dos passos para atingir esse objetivo.

Cronograma Semana do Jovem Empreendedor:

16.10 - Segunda-feira – 15h30

-    Abertura no Teatro Afonso Arinos, Centro de Cultura Raul de Leoni
-    Cerimônia de Abertura
-   
Palestra 1:“Empreendedorismo na Juventude Desafios e Oportunidades” - Gustavo Tutuca (Sec. De Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social do Estado)
-   
Palestra 2: “Empreender para Inovar” - Ramon Farias (Mestre em Inteligência Artificial)
-   
Palestra 3: “Empreendedorismo Organizacional” -Alison Monteiro (Empresário)
-   
Entrega das Bolsas Parciais de estudo do curso Cebrac aos alunos. (Marcelo Moreira, Gestor do Cebrac)

17.10 – Terça-feira – 20h30

Local: Liceu Municipal Cordolino Ambrósio

-    Palestra 1: Empreendedorismo no Séc. XXI: a vocação que se transforma em engajamento”. – Jaydes Fuly (Psicólogo)
-    Palestra 2: “Aprender e Empreender”Ramon Farias (Mestre em Inteligência Artificial)

18.10 - Quarta-Feira - 8h, 10h e 19h

Local: Colégio Estadual Rui Barbosa

- Palestra 1: Empreendedorismo no Séc. XXI: a vocação que se transforma em engajamento.  - Jaydes Fuly (Psicólogo)
- Palestra 2: Como ser um Empreendedor?”Anderson Pereira (Administrador de Empresas).

19.10 - Quinta-Feira – 10h

Local: Colégio Estadual Princesa Isabel

- Palestra 1: : Empreendedorismo no Séc. XXI: a vocação que se transforma em engajamento.  - Jaydes Fuly (Psicólogo)
- Palestra 2: Empreender: Por onde começar? Onde quero chegar? Fernanda Ortega (Especialista em Análise Comportamental)

20.10 - Sexta-Feira

Local: Colégio Pedro II

8h40 - Empreendedorismo no Séc. XXI: a vocação que se transforma em engajamento.  - Jaydes Fuly (Psicólogo)
10h -  Empreender: Por onde começar? Onde quero chegar? Fernanda Ortega (Especialista em Análise Comportamental)
14h40 -  Aprendendo a Empreender
Ramon Farias (Mestre em Inteligência Artificial)
16h - Lideran
ça Empreendedora Ewander de Macedo (Especialista em Coaching e Gestão de Pessoas)

23.10 – Segunda-feira – 11h

Local: Ciep Brizolão 472 Candido Portinari

- Palestra 1: : Empreendedorismo no Séc. XXI: a vocação que se transforma em engajamento.  - Jaydes Fuly (Psicólogo)
- Palestra 2: Motivacional - Marcelo Moreira (Empresário)

Atualmente 60% da mão de obra que se forma no curso de Tecnologia da Informação e Comunicação da Faeterj/Petrópolis é absorvida pelo Polo Tecnológico, localizado no Quintandinha. Pensando no crescimento das empresas instaladas no polo - atualmente 11 empresas funcionam no local - e em aumentar o número de vagas no setor tecnológico, os empresários do polo se reuniram nessa quinta-feira (18.01) com a prefeitura e com o deputado estadual Gustavo Tutuca para discutir a necessidade da abertura de novos cursos na Faeterj para atender a demanda do Polo Tecnológico. Segundo a coordenação do polo, 500 pessoas trabalham no local e a ideia é a de dobrar a mão de obra do local em um prazo de cinco anos.

“Queremos uma parceria com estado e representantes da prefeitura de forma a aumentar a oferta de cursos, em variedade e número de vagas”, explicou George Paiva, da Orange Business, uma das líderes mundiais no segmento, que mantém em Petrópolis um dos cinco Major Service Center (MSC), centros de atendimento ao cliente espalhados pelo mundo, para ampliar sua capacidade de atuação.

Segundo os representantes do Polo Tecnológico, uma das necessidades diz respeito ao alinhamento do curso ofertado na instituição, o de Tecnologia de Informação e Comunicação, de acordo com o que as empresas precisam. Uma das indicações do Polo Tecnológico foi a mudança da administração da Faeterj/Petrópolis para uma instituição estadual de ensino superior. A intenção seria a de dar uma maior autonomia administrativa, acadêmica e financeira para a atual diretoria da Faeterj/Petrópolis.

“Passei seis anos como Secretario de Ciência e Tecnologia e farei o necessário para ajudá-los. A adequação da Faeterj/Petrópolis é possível. Novos cursos e formas de ensino, com o apoio inclusive da prefeitura e das universidades estaduais no que diz respeito aos professores podem ser elaboradas”, afirmou Gustavo Tutuca.

A prefeitura dá um suporte técnico à Faerterj no que diz respeito à segurança e limpeza, mas quer ver a instituição recebendo cada vez mais alunos e é um desejo que essa mão de obra fique em Petrópolis, por isso, a prefeitura está a disposição para ajudar no que for necessário.

Atualmente, a Faeterj atende 400 alunos. “A ideia de promover modificações e a implantação de novos cursos para a área de tecnologia da Informação partiu dos próprios empresários do polo, justamente para suprir as necessidades deles. Vejo esse tipo de mudança de forma positiva”, contou Bruno Guingo, diretor da Faerterj/Petrópolis.

Para a implantação das mudanças, um plano de ação foi estabelecido. Ele  inclui a elaboração de um termo de cooperação entre a prefeitura e o Estado e a colocação de profissionais das próprias empresas do polo como instrutores de grades específicas nos cursos na área de TI.

“Esse foi um primeiro encontro. Continuaremos estudando a melhor forma para ajudar tanto a Faeterj/Petrópolis quanto os empresários do Polo. O crescimento do polo representa mais oportunidades de emprego na nossa cidade. O setor de TI está em crescimento e temos que incentivar a movimentação financeira acerca desse setor na cidade”, explicou o subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Pessoa.

O encontro também contou com a participação do coordenador do Polo Tecnológico Jonny Klemperer; do presidente do LNCC, Augusto Gadelha; Alexandre Macedo, da Info4; Gilson Rodrigues, vice-presidente da Faetec e Hugo da Costa e Gilda Beatriz, da Câmara Municipal.

Quarta, 11 Setembro 2019 - 18:59

Prefeito acompanha trabalho realizado no CERT

Centro de Excelência e Referência Tecnológica está com inscrições abertas para cursos gratuitos

Ponto de referência no recolhimento e manutenção de materiais eletrônicos, o CERT - Centro de Excelência e Referência Tecnológica – é um equipamento do poder público que vem conquistando cada vez mais alunos para os cursos gratuitos ofertados para a comunidade: informática básica, pacote office, escrita criativa e montagem de microcomputadores. Nesta quarta-feira (11.09) o prefeito fez questão de conferir o funcionamento do espaço e conversar com os alunos.

As aulas, com conteúdos teóricos e práticos, já contam com a participação de 89 pessoas e ainda há vagas: os interessados devem fazer a inscrição no próprio CERT.

O CERT fica na Rua Bingen, nº 520. Para se inscrever nos cursos os interessados devem levar os seguintes documentos: RG e CPF. “As aulas são dinâmicas e o local possui todo o material necessário para as aulas. Oportunidade única para quem precisa se atualizar ou sempre quis fazer um curso específico”, acrescenta Leonardo Sindorf, responsável pelos CIDs.

Ivanilde Braga da Silva é artesã e tem 59 anos. Começou o curso de informática em agosto e já celebra as conquistas. “É muito bom poder participar das aulas que são gratuitas. Eu não entendo muito informática mas sei que é preciso ter o conhecimento. Vale muito a pena participar das aulas. Estou adorando”, afirmou.

Manutenção e recolhimento de materiais eletrônicos

O CERT também funciona como EcoCentro – local onde podem ser depositados lixos eletrônicos como máquinas fotográficas, computadores, impressoras, pilhas e baterias. Só em 2018, o CERT recolheu, aproximadamente duas toneladas de materiais eletrônicos. O setor recebe os equipamentos e, após uma verificação de funcionamento, o que não é reaproveitado é encaminhado para Comdep para correta destinação, e as peças em bom estado são reaproveitadas em computadores que são direcionados para departamentos da administração pública.

“Essa é uma medida que evita despesas e promove a conscientização. O que não pode ser reaproveitado é descartado corretamente, evitando danos ao meio ambiente. O EcoPonto estará sempre aberto para receber as doações”, destacou Marcelo Simões, diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Mais informações sobre o CERT podem ser adquiridas através do telefone (24) 2249-5900. Vale salientar que o espaço aceita alunos a partir dos 12 anos.

Mais duas localidades receberam do prefeito Rubens Bomtempo, nesta semana, Centros de Inclusão Digital (CID). Os CIDs do bairro Pedras Brancas, que homenageia Rubens de Castro Bomtempo – pai do prefeito e importante personalidade política da cidade - e o da comunidade Santíssima Trindade, no Valparaíso, foram inaugurados nesta quinta-feira (19/3). Os espaços, além de garantirem o acesso a cursos de capacitação, também servem de instrumento para que os moradores acessem serviços públicos. Outros dez CIDs da cidade serão abertos nas próximas semanas, como parte das comemorações pelos 172 anos de Petrópolis.

“Os CIDs são espaços para democratizar cada vez mais a informação e o acesso das pessoas ao computador. Nesses espaços, os moradores poderão contar com monitores para o adequado uso do equipamento, que vai beneficiar a comunidade como um todo na busca por serviços online e também os estudantes nas suas pesquisas e estudos”, disse o prefeito Rubens Bomtempo ao agradecer o permanente diálogo com os moradores do Pedras Brancas e a parceria com o Frei Antônio Moser, responsável pela Paróquia Santa Clara, que, no ato, foi representado pelo Frei Vitório Mazzuco.

Para o secretário de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho, a implantação dos centros facilita o acesso a serviços, como emissão da nota fiscal eletrônica e agendamento de perícias, entre outros. “O objetivo dos Centros de Inclusão Digital vai além da capacitação. É um espaço para atender as necessidades da comunidade, para aproximar as pessoas do poder público e dos serviços disponíveis por meio digital”, ressaltou. Com essas unidades, o município chega à marca de 52 CIDs implantados.

“É uma alegria muito grande para toda a comunidade. Vai ajudar tanto os adultos quanto as crianças”, disse o presidente da Associação de Moradores da Lopes de Castro, no Valparaíso, Expedito Vidal Pereira. A presidente da Associação de Moradores do Pedras Brancas, Mara Regina, agradeceu o emprenho do atual governo em colocar o espaço para funcionar com toda a estrutura necessária para o atendimento da comunidade.

A diretora da Escola Municipal Soroptimista, no Pedras Brancas, Roselene Christ Silveira, destacou a importância do novo equipamento para os estudantes: “Muitos não têm computador ou acesso à internet em casa. Esse espaço vai permitir que os alunos tenham um ambiente adequado fora das salas de aula para preparar seus trabalhos escolares e fazer  pesquisas”.

A Prefeitura está lançando mão da tecnologia para ter acesso mais rápido a informações sobre as condições de trânsito nas vias do município. Um acordo de cooperação assinado na última semana entre o governo municipal, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia, e a empresa americana Waze (subsidiária do Google), incluiu Petrópolis em uma iniciativa Global chamada Connect Cities Global Initiative. Com a parceria, agentes de governo passam a ter acesso a dados sobre velocidade de locomoção, engarrafamentos e acidentes, entre outros, registrados por outros usuários da plataforma.

Ao anunciar o acordo de cooperação, o prefeito Rubens Bomtempo lembrou que a parceria terá impacto direto na qualidade do serviço prestado ao cidadão. “Vamos aproveitar as informações que as pessoas já inserem nesta plataforma, usando seu dispositivo smartphone na rua, para facilitar e agilizar os atendimentos. Certamente vamos ter como resultado uma melhor qualidade nos serviços”, afirmou.

De acordo com o secretário de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho, tendo acesso às informações publicadas no Waze, as diferentes secretarias do governo passam a poder utilizá-los para a construção de um painel de informações sobre a mobilidade urbana, facilitando a orientação dos serviços. A ideia é que Companhia de Trânsito e Transportes, (CPTrans), a Defesa Civil, a Secretaria de Saúde (com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU), o Corpo de Bombeiros e demais órgãos usem os dados para identificar ocorrências e também encontrar os melhores caminhos para acessá-las.

“Este acordo de cooperação vai permitir que tenhamos acesso às informações publicadas pelos cidadãos no Waze por meio de seus dispositivos móveis, nos garantindo uma rica base de dados consolidada de todo o município em tempo real”, explicou Airton Coelho. “Com estas informações em um mapa dinâmico e específico o município poderá agir mais rapidamente. Facilita a atuação dos agentes da CPTrans, a orientação no despacho das ambulâncias do SAMU, e a orientação no deslocamento das viaturas da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. Quaisquer outros órgãos que necessitem de informações sobre as condições de trânsito do município serão igualmente beneficiados”, lembrou.

Sobre o Waze

O Waze é um aplicativo para dispositivos móveis para navegação e informações em tempo real sobre as condições de trânsito de uma região – município, estado ou país. O Waze coleta informações sobre incidentes, fechamento de vias, velocidade média de deslocamento, etc. através de seus usuários colaboradores em tempo real e publica estas informações em uma plataforma de informação.

As informações disponíveis pelo Waze são gratuitas e podem ser acessadas por qualquer cidadão e/ou por agências governamentais com o objetivo de se obter informações em tempo real sobre as condições de transito, incidentes, navegação ou qualquer outra informação relevante de um determinado território.

O acesso às informações é garantido através de um browser no Live Map, no endereço eletrônico http://www.waze.com, ou através do WAZE API – Waze Application Program Interfaces, uma interface para integração de sistemas de informação, onde sistemas municipais poderão acessar as informações Waze Data diretamente dos servidores do Waze, permitindo a integração dessas informações nos sistemas municipais de gerenciamento e controle de trânsito e quaisquer outros que se venha a ter.

A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia, entregou nesta quarta (29) à subcomandante do 26° Batalhão da Polícia Militar (26º BPM), Major Mayla do Valle, três computadores reciclados pelo governo municipal para serem utilizados nos serviços do batalhão, ajudando na segurança pública da cidade. Os equipamentos foram recuperados no Centro de Excelência e Referência Tecnológica (Cert), ligado à secretaria, onde equipes trabalham no reaproveitamento de peças e remontagem de computadores.

O Secretário de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho, destacou a importância da iniciativa. “A doação destes equipamentos reforça a união entre a Prefeitura e o Batalhão. É uma iniciativa que terá impacto direto no serviço prestado à população”, disse.

O vereador Reinaldo Meirelles, que acompanhou a entrega dos computadores e participou de todo o diálogo entre o governo municipal e a Polícia Militar, destacou que essa parceria contribui para que a Segurança Pública de Petrópolis possa melhorar ainda mais. “A doação destes três equipamentos representa apenas um passo desta parceria. O diálogo continua e há, ainda, outras possibilidades de cooperação no setor de informática”.

A subcomandante do 26° batalhão, Major Mayla do Valle, lembrou que essa parceria com a Prefeitura é importantíssima. “Esse aparato logístico, com os computadores que nos foram cedidos, será de grande valia para o batalhão. Poderemos trabalhar com mais afinco, aprimoramento e excelência”, finalizou. 

Pagina 9 de 13

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo