O Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira, no Centro, foi, pela primeira vez, palco do Baile da Terceira Idade. O evento, realizado na tarde de sexta-feira (27/03), foi promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac) e faz parte das comemorações de aniversário da cidade. Cerca de 200 pessoas cantaram e dançaram ao som do conjunto musical Novo Tempo e Coral Sintonia e saborearam lanche balanceado especialmente preparado para a ocasião.

“Quando houve o fechamento da Farmácia Popular aqui no Centro, o prefeito logo nos pediu que realizássemos o baile para todos vocês. Aqui, vamos dançar e comemorar a vida”, destacou a secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Fernanda Ferreira na abertura do evento. Ela também anunciou que a atração será realizada todas as últimas sextas-feiras do mês. “Esperamos que todos nos ajudem a fazer com que este baile fique cada vez melhor”, completou.

A festa levou animação ao refeitório do Restaurante Popular, que se transformou em pista de dança. A aposentada Maria de Lourdes Rodrigues frequenta o local desde a sua abertura há seis anos e disse estar animada com a novidade. “Um baile aqui é ótimo. Dá para reencontrar os amigos e se divertir. Não quero perder um”, comemorou a aposentada. “Ia ao baile da Farmácia Popular antes de fechar, e, já que aqui vai ter todo mês, pretendo vir”, observou a também aposentada Maria Berta, que aprecia o forró e o bolero. “Viemos de Itaguaí para conhecer o trabalho com idosos aqui em Petrópolis e estamos muito animados com a festa”, disseram as assistentes sociais Marilena Soares dos Santos, 62 anos, e Vera Lúcia Tamberini, 70.

Para o lanche idealizado pela nutricionista do restaurante, Letícia Lima, sanduíche de pão de forma com queijo minas e ervas finas, suco de abacaxi e hortelã, além do cafezinho. “A ideia é variar o cardápio para as próximas edições, sempre com alimentos saudáveis”, conta Ana Paula Ibiapira, nutricionista da Setrac.

O Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira foi inaugurado em 2008, no segundo mandato do prefeito Rubens Bomtempo, e oferece 1.000 refeições diárias a R$ 1, além de café da manhã a R$ 0,50.

Uma parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), e os organizadores da XIV edição do Petrópolis Gourmet levou hoje (04/12) ingredientes especiais ao cardápio do almoço do Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira, no Centro. Os pratos que já faziam parte do menu oferecido para o dia, ganharam toques especiais do renomado chef Antonio Lo Presti. A novidade agradou o público que diariamente lota o espaço. Por dia, o Restaurante Popular serve 1.000 refeições.

“Ações como esta demonstram que, com poucos ingredientes, podemos proporcionar um toque gourmet a pratos simples. Quem esteve aqui gostou muito, tivemos muitos elogios”, disse a secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Fernanda Ferreira, que acompanhou o preparo das refeições, que ganharam o sabor de ervas finas, e recepcionou os presentes.

No cardápio, frango com casca de laranja e alecrim, salada de alface lisa com parmesão, tomates frescos com manjericão, melancia com toque de hortelã e uma adaptação de um clássico da culinária francesa: bife bourguignon. “Para a carne, usamos vinho e ervas finas no tempero, deixando marinar de ontem para hoje. Acrescentamos ingredientes diferentes a pratos que já integravam o cardápio feito pelos nutricionistas do restaurante, o que fez toda a diferença no aroma e no sabor”, explicou o chef Antônio Lo Presti do Di Farina, restaurante participante do XIV do Petrópolis Gourmet, que contou com o apoio de toda equipe de ajudantes e cozinheiros do Restaurante Popular.

Frequentadora do Restaurante Popular desde a inauguração, há seis anos, Amélia Guilhermina aprovou o cardápio. “Está tudo uma delícia, feito com muito amor. O frango está com aroma e um sabor bem diferente. Eu e meu marido sempre almoçamos aqui, é um lugar pelo qual tenho muito carinho. A comida é sempre muito bem feita, tudo muito limpo e organizado”, disse a aposentada de 83 anos.  Também assídua ao restaurante, a assistente social Laudice Botti contou sobre sua experiência. “Falei com a secretária Fernanda que não troco a comida daqui por outras. É fresca e muito saudável. Hoje estava com um toque ainda mais especial”, observou.

“Abraçamos a ideia da presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Thaís Ferreira, de levar o festival às feiras livres, praças e para o restaurante popular. Essa é uma ação inclusiva, que democratiza o evento. Uma experiência que tem dado muito certo”, contou Marília Mills, integrante do comitê organizador do festival.

Cozinheiro do estabelecimento há quatro anos, Luciano Xavier disse ter aprendido novas técnicas para preparar o cardápio, que consumiu 30 kg de feijão, 65 kg de arroz e 90 kg de frango, entre outros itens. “É sempre bom aprender algo diferente com ingredientes baratos e que podemos usar todo dia”, observou. O Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira foi inaugurado em 2008, no segundo mandato do prefeito Rubens Bomtempo, e oferece 1.000 refeições diárias a R$ 1, além de café da manhã a R$ 0,50.

O Restaurante Popular ganhará um cardápio diferenciado nesta quarta-feira (25.01(), integrado a XVI edição do Petrópolis Gourmet. Em parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, a organização do evento levará os chefs Rodrigo Trindade, Christian Cox e Antônio Lo Presti para elaborar um prato especial que será servido durante todo o expediente.

Por dia, o Restaurante Popular Regina Lourdes Vieira, no Centro, serve mil refeições a R$ 1,00, além de 500 cafés da manhã a R$ 0,50 e são produzidas ainda 350 quentinhas que são entregues fora da unidade. A participação do Restaurante Popular no evento gastronômico foi acertada nesta semana, e a secretária Denise Quintella explicou que a ação vem ao encontro das melhorias contínuas aos serviços e projetos oferecidos pelo setor.

 “Quando assumi a pasta, eu abracei as propostas do prefeito Bernardo Rossi de promover a valorização e melhorias na qualidade de vida dos petropolitanos. O evento vem com a proposta de atingir a todos os públicos, provando que podemos usar a criatividade e o bom gosto ao produzir nossos pratos do dia a dia”, afirma.

Baile da terceira Idade retornará ainda neste semestre

Em visita ao Restaurante Popular, Denise Quintella atendeu solicitação de muitos usuários: retornar com os bailes da terceira idade. A previsão é que nos próximos meses os encontros voltem a acontecer.

“Nós vamos buscar parcerias com a Fundação de Cultura para verificar se encontramos um músico voluntário para tocar no local, pois ainda não temos verba para contratação. Mas, o desejo é que os bailes voltem a acontecer o quanto antes. Se algum músico se habilitar a realizar esse trabalho conosco, basta que nos procure através do telefone (24) 2233-8122”, afirma Denise Quintella.

Espaço ganhou nova iluminação, ventilação e tornou-se mais aconchegante Prefeitura pretende implantar oferta de lanche da tarde a partir de abril

A prefeitura está investindo na qualidade não só das refeições oferecidas no Restaurante Popular, como também no atendimento. Uma semana após a revitalização do espaço que ganhou nova pintura, piso, iluminação e ventilação, o que também vem chamando atenção dos usuários é o tratamento humanizado prestado pelas equipes. A direção da unidade disponibilizou um funcionário que acompanha a pessoa que possui alguma deficiência ou dificuldade de locomoção, desde o elevador até a mesa – montando o prato de acordo com o gosto do cliente.

Com média de 1 mil refeições servidas diariamente a R$ 1,00 e 500 cafés da manhã a R$ 0,50, o prefeito Bernardo Rossi reafirmou que a gestão prioriza a qualidade do atendimento e reforça que a partir de abril também será servido o café da tarde a R$ 0,50.

Esse é o grande diferencial do Restaurante Popular. Todos os profissionais que atuam aqui, trabalham com amor e carinho para oferecer refeições saborosas e variadas para nossa população. Sempre são feitos elogios não só pela qualidade da comida, mas também pelo respeito com que tratam cada um dos frequentadores. Hoje o espaço é ainda mais convidativo e a prefeitura espera que mais pessoas possam frequentar o restaurante.

O vendedor Jorge José Guilherme, 57 anos, tem dificuldades para andar e utiliza o elevador para chegar até o segundo piso onde realiza diariamente as principais refeições do dia – o café da manhã e almoço, para ele a revitalização tornou o espaço não só mais bonito, mas confortável para os clientes.

“Eu venho sempre aqui e quando vi a obra fiquei impressionado, não é porque a comida é barata que o ambiente tem que ser descuidado. Eu escutei um boato no passado que o restaurante fecharia, mas ao contrário, só melhorou. Parabéns a todos os envolvidos”, comemora.

A auxiliar de serviços gerais, Sirlei de Barros Viana é responsável por realizar o acolhimento aos portadores de necessidades especiais e idosos.

“Eu amo trabalhar aqui e fico feliz em ajudar. É um serviço que eu presto com muito carinho e tenho todo o cuidado em fazê-lo pois nossos clientes são muito especiais, muitos a gente conhece por nome de tantas vezes que vem aqui”, explica.

A secretária de Assistência Social, Denise Quintella frisa que as melhorias foram proporcionadas pela Sombreiro Tropical – empresa responsável por servir as refeições aos frequentadores, sem ônus para a prefeitura e foi realizada em menos de três dias de trabalho para não interromper o funcionamento do restaurante.

“Isso mostra que assim como o governo, a empresa também está preocupada com a qualidade do atendimento da nossa população. Nossa secretaria acompanha a elaboração dos cardápios que oferecem opções variadas considerando as frutas, legumes e verduras que estejam na estação. Agora além de uma comida saborosa, nossos usuários terão um ambiente mais agradável para realizar as refeições que muitas vezes é compartilhada junto a um familiar ou amigos”, explica Denise Quintella.

O Restaurante Popular implantou novo sistema de qualidade em que a nutricionista do local avalia as refeições antes e durante o período em que o café da manhã e almoço são servidos.

“Nós temos essa preocupação com o controle de qualidade e a nossa nutricionista faz um trabalho rigoroso de avaliação, inclusive provando os pratos. Se estão com o tempero adequado, aquecidos ou com cozimento ideal. Nosso compromisso é sempre melhorarmos o nosso padrão de qualidade não só das comidas mas das equipes que trabalham aqui”, disse o administrador do restaurante Rogério Fragoso.

Para a aposentada Maria de Lourdes Nogueira da Silva, 70 anos, moradora do Morin, o Restaurante Popular é como se fosse uma segunda casa.

“Aqui está nota mil, vocês estão de parabéns. Eu venho aqui praticamente todos os dias, para mim é uma segunda casa onde encontro meus amigos e faço todas as minhas refeições”, afirma.

Diariamente, o Restaurante Popular serve 500 cafés da manhã com pão, café com leite e frutas ao custo de R$ 0,50. No almoço são servidos 1.000 pratos, todos eles definidos por uma nutricionista que garante a qualidade dos alimentos e do tempero.  O Restaurante Popular funciona de segunda a sexta-feira. Os 500 cafés da manhã são servidos de 8h às 9h30 e o almoço a partir das 10h30, até esgotarem as 1.000 refeições.

Mais de mil refeições foram servidas no evento

O cardápio desta sexta-feira (17.11) no Restaurante Popular ganhou um toque 'gourmet' com temperos especiais na refeição assinada pelo chef Christian Cox. A iniciativa faz parte da 17ª edição do ‘Petrópolis Gourmet’ cuja proposta foi de mostrar que mesmo as comidas mais simples podem ganhar novos sabores com pequenos toques. A ação foi aprovada pelos clientes do local e, também por funcionários do restaurante. Durante o evento, mais de 1000 refeições foram servidas.

 “Foi uma imensa alegria ver a quantidade de pessoas assistidas hoje e o público que vem almoçar aqui todos os dias. Essa assiduidade é o resultado de todos os nossos esforços para melhorar a cada dia a qualidade da refeição oferecida”, frisa Denise Quintella, secretária de Assistência Social.

Além do tradicional arroz e feijão, foi servida uma sobrecoxa a doré e uma couve frita acompanhada de carne seca e quibebe de abóbora. Já a salada de alface e tomate virou um mix de legumes ralados com tempero especial. Um suco natural foi harmonizado com a refeição, que teve, ainda, de sobremesa, duas opções de frutas. Tudo isso a R$ 1. De acordo com o chef Christian Cox, a proposta dessa ação foi oferecer ao público uma refeição saborosa com ingredientes que se tem em casa.

“Mostramos como poucos toques foram o suficiente para dar novos sabores e temperos ao que eles já estão acostumados a comer. Temperos com ervas, coisas simples podem deixar a comida ainda mais saborosa. A couve frita foi um sucesso e acredito que muitos irão repetir esse menu em suas casas. Não posso negar a minha alegria e emoção em participar deste evento, muitas pessoas saíram daqui muito satisfeitas com a comida”, afirma.

O sabor diferenciado foi reconhecido por muitos clientes, como a moradora do Alto da Serra, Laurinda Amado Gimenez de 83 anos.

‘“Eu brinco lá em casa que o meu fogão não faz fumaça. Eu almoço aqui todos os dias e não só em dias de festas ou eventos. A comida é excelente e a de hoje não poderíamos perder por ser especial”, disse.

O aposentado Pedro Volter, de 65 anos, sai do Quarteirão Brasileiro todos os dias para almoçar no Restaurante Popular.

“Quando eu posso venho de manhã para tomar o café, mas o almoço é sagrado, todos os dias eu estou aqui. Gosto muito da comida e este ano a variedade está muito grande, estão todos de parabéns”, avalia o aposentado.

Diariamente, o Restaurante Popular serve 500 cafés da manhã com pão, café com leite e frutas ao custo de R$ 0,50. No almoço são servidos 1.000 pratos, todos eles definidos por uma nutricionista que garante a qualidade dos alimentos e do tempero. As refeições são acompanhadas de salada, sobremesa e suco. O Restaurante Popular funciona de segunda a sexta-feira. Os cafés da manhã são servidos de 8 às 9h30 e o almoço a partir das 10h30, até esgotarem as 1.000 refeições. O endereço é Rua Dr. Porciúncula, s/n°, no Terminal Rodoviário do Centro.

O Restaurante Popular Reina de Lurdes Vieira, no Centro recebeu melhorias estruturais, além da qualidade e variedade do cardápio. São 1000 refeições servidas diariamente a R$ 1 e 500 cafés da manhã e 500 lanches da tarde a R$ 0,50. O entorno também acaba de receber bancos ao redor.

A cada dia, o local oferece um cardápio diferente, sempre contendo salada com legumes e verduras frescas da época, arroz, feijão, dois tipos de proteína, sobremesa e suco. Além das ações que acontecem durante o ano, que o restaurante recebe Chefs de cozinha que elaboraram refeições especiais.

A nutricionista do Restaurante Popular, Leticia Lima frisou que os alimentos utilizados no cardápio são escolhidos de acordo com a safra da época, assim qualificando e diversificando os alimentos oferecidos. “Escolhemos as verduras, frutas e legumes de acordo com a safra, para que o alimento tenha melhores nutrientes”, disse a nutricionista.

 “Aqui é maravilhoso, eu e meu marido almoçamos todos os dias. As refeições sempre são muito gostosas e cada dia um prato diferente. Frequento o restaurante desde que abriu e eu adoro”, contou a aposentada de 75 anos, Nazaré Nascimento.

 O espaço é referência para outras atividades oferecidas pelo município, como o baile da terceira idade.

A Comdep também instalou 12 bancos, sendo 10 com tamanho padrão e dois menores, nos arredores do local. Agora as pessoas que utilizam o serviço podem aguardar sentados à sua vez de entrar no restaurante.

Sábado, 20 Dezembro 2014 - 07:24

Restaurante Popular recebe Papai Noel

Os usuários do Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira receberam uma visita especial nesta semana: o Papai Noel. A atividade faz parte da programação do Natal Imperial, promovido pela Prefeitura. O bom velhinho foi recebido com muita animação por crianças e idosos, que abraçaram e festejaram sua presença.

O Restaurante Popular serve, diariamente, cerca de mil refeições e outros quinhentos cafés da manhã. “Os usuários fizeram uma grande festa! Foi muito especial”, comemorou a secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Fernanda Ferreira.

Para o fim de ano, o horário de funcionamento do Restaurante Popular será especial. A unidade também terá com cardápio diferenciado nos dias 24 e 31 de dezembro, véspera de Natal e Ano Novo, respectivamente. As nutricionistas responsáveis pela elaboração dos pratos prometem surpreender os usuários. Nos dias 26 de dezembro e 2 de janeiro, o restaurante ficará fechado. O espaço, com café da manhã, volta a funcionar normalmente no dia 4.

A Prefeitura vai garantir, no dia 23 de dezembro, um almoço especial aos freqüentadores do Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira. No espaço, onde são servidas mil refeições por dia, haverá um cardápio diferenciado para celebrar o Natal, com direito a bacalhoada (com opção de frango assado com molho de ervas) e batata corada. De sobremesa, um dos quitutes preferidos nesta época do ano: rabanada. O almoço natalino ainda contará com a presença do Papai Noel, que promete levar muita alegria ao público.  

Inaugurado em 2008, no segundo mandato do prefeito Rubens Bomtempo, o Restaurante Popular serve mil 1.000 refeições diárias a R$ 1, além de 500 cafés da manhã a R$ 0,50. “O Restaurante Popular beneficia diretamente a população mais carente da cidade, que passou a ter acesso a uma alimentação equilibrada, a preço acessível. O almoço de Natal será mais uma grande festa, cheia de alegria e paz”, frisou o prefeito Rubens Bomtempo.  

A secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Fernanda Ferreira, lembrou que o cardápio do restaurante é elaborado por nutricionista, que busca balancear as refeições. “Este ano trabalhamos com empenho para atender a população com qualidade. Nada melhor do que um cardápio diferenciado para fechar o ano com chave de ouro”, disse a secretária.

A nutricionista Letícia Lima, lembra que o almoço especial já é tradicional. “A equipe está preparando tudo com muito carinho. Espero que gostem”, afirmou a nutricionista.

A costureira Geraldina da Conceição afirmou adorar o restaurante. “A comida é bem preparada e a equipe nos recepciona muito bem”, disse ela, que já está ansiosa para o almoço de Natal. “Adoro bacalhoada”, brincou.

A dona de casa Tereza Menezes, de 70 anos,  frequenta o local desde sua inauguração e diz que tem orgulho de estar no espaço. “Tudo aqui é muito bom. Venho sempre, inclusive no dia 23 de dezembro, para comemorar o Natal”, finalizou.

O Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h. O café-da-manhã é servido de 8h as 9h30 e o almoço, das 10h45 às 14h30. O endereço é Rua Dr. Porciúncula, s/n°, no Terminal Rodoviário do Centro.

O almoço do Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira será especial nesta sexta-feira (23/12). Em comemoração ao Natal, o cardápio terá as opções de bacalhoada ou frango à dorê com batatas coradas. Para a sobremesa, um prato típico do Natal: rabanada. O Restaurante Popular está localizado no Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina. O almoço começa a ser servido a partir de 10h45.

Para a secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Fernanda Ferreira, o almoço especial é uma forma de presentear o público que frequenta o restaurante. “Trabalhamos para atender da melhor maneira a população. O almoço com opções especiais para o Natal é uma forma de abraçar essas pessoas. Será uma bela festa”, afirmou a secretária.

O Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira foi inaugurado no segundo mandato do prefeito Rubens Bomtempo, em 2008, e, desde então, serve mil refeições diárias a R$ 1, além de 500 cafés da manhã por apenas R$ 0,50. As refeições são equilibradas e planejadas por nutricionistas.  

Espaço passa a receber média de 2 mil pessoas por dia

“Vai ser meu presente de aniversário”, comemorou o servidor público João Paulo dos Anjos, ao saber que, na próxima quarta-feira (02.05), dia em que completa 66 anos, vai começar a ser oferecido o lanche da tarde no Restaurante Popular Regina de Lurdes Vieira, no Centro. O espaço, que já oferece 500 cafés da manhã e mil almoços, vai passar a servir 500 lanches da tarde, a R$ 0,50, entre 15h30 e 16h30.

“Venho ao restaurante todos os dias. A comida é muito boa e sou muito bem atendido. Fiquei muito feliz que este novo lanche vai começar a ser servido justamente no dia do meu aniversário. É um belo presente”, comemorou seu João Paulo, que é morador do Caxambu.

O Restaurante Popular foi revitalizado pela prefeitura no início do ano em parceria com a empresa Sombreiro Tropical, que é a responsável por servir as refeições aos frequentadores do espaço.

“Reformamos o espaço e trabalhamos para manter um cardápio variado e saudável, pensado pela nutricionista. Agora, vamos poder proporcionar mais esta opção, que é o lanche da tarde, e vai ser servido entre 15h30 e 16h30. Sabemos da importância que o nosso espaço tem para centenas de pessoas, que encontram, aqui, uma refeição a preço acessível”, destaca a secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

A nutricionista Leticia Lima explica que o cardápio do Restaurante é variado e equilibrado, visando oferecer refeições que agradem ao público, mas sempre tendo como foco uma alimentação saudável.

“Contamos com refeições que sigam os critérios para que sejam saborosos para quem procura o nosso espaço, mas sem deixar de ser saudáveis. O café da manhã é composto por café com leite, pão com manteiga e uma fruta. No almoço, sempre combinamos os tradicionais arroz e feijão com um acompanhamento (geralmente legumes) e duas opções de carnes, além da sobremesa, que pode ser fruta ou doce. O lanche da tarde seguirá o servido na parte da manhã”, explicou a nutricionista.

O aposentado Cosme José da Rica, de 71 anos, também comemora mais esta opção no dia a dia do restaurante. Para ele, o lanche da tarde vem a acrescentar no trabalho realizado pela equipe no atendimento aos clientes.

“Gosto de vir ao restaurante. É uma boa comida servida a um preço muito acessível. Com poucas moedas, vamos ter três refeições. Café da manhã, almoço e lanche à tarde,por apenas R$ 2 no total. Quem não conheceu ainda o restaurante, deve conhecer e confirmar que é tudo muito bom”, contou o morador do Valparaíso.

O Restaurante Popular Regina de Lurdes Vieira funciona de segunda a sexta-feira, no Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina, no Centro. Os 500 cafés da manhã são servidos das 8h às 9h30, a R$ 0,50, e o almoço a partir das 10h30, a R$ 1, até esgotarem as mil refeições.

Pagina 59 de 69

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Dezembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo