Seguem os últimos preparativos para a abertura da unidade de urgência e emergência de Itaipava, que recebeu o nome de UPA de Itaipava Padre Quinha em homenagem ao religioso. A inauguração está marcada para sábado (18.01), às 9h30, quando as equipes já começam a atuar no atendimento à população. Cerca de 90 mil pessoas serão beneficiadas com este importante investimento na saúde do município.

A UPA Petrópolis será custeada pelo município e administração será feita pelo Serviço Social Autônomo Hospital Alcides Carneiro (SEHAC), conforme acontece com as demais UPAs. Uma Parceria Público Privada (PPP), possibilitou que o Grupo Petrópolis fizesse a doação de todo o equipamento e mobiliário necessário para a montagem da unidade, num montante de aproximadamente R$ 1 milhão e 800 mil.

A unidade funcionará 24 horas para atender os casos de urgência e emergência, adulto e infantil. O Serviço de Urgência e Emergência de Itaipava funcionará no Centro do distrito, na Estrada União e Indústria, 11.175.

Cada dia mais próximo da entrega das chaves do Vicenzo Rivetti, os últimos ajustes estão sendo feitos nas 300 unidades do condomínio 3. Os trabalhos de limpeza e acabamentos estão na reta final. Nos próximos dias, os apartamentos receberão a conclusão da instalação de quadros de luz.

O conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti é destinado para pessoas que ficaram desabrigadas por causa de chuvas no município e que se enquadram na faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, com renda familiar de até R$ 1,8 mil por mês. São 776 apartamentos em três condomínios – dois com 300 unidades e um com 176. Os apartamentos possuem 49 m² e contam com dois quartos, sala, cozinha/área de serviço e banheiro. Os condomínios ainda vão contar com áreas de lazer infantil e salão de festas.

O município é responsável pela infraestrutura de entorno, como o arruamento e construção da rede de esgoto; implantação equipamentos comunitários – creche e UBS; e ainda com o trabalho na área social de capacitação profissional dos futuros moradores e orientação para gestão dos condomínios.

O condomínio 3 passou nas últimas semanas por acabamentos como serviços como pintura, troca de vidros e limpeza dos blocos – este último trabalho assumido pelo município. Os mesmos serviços serão feitos nos apartamentos dos outros condomínios, que serão entregues ainda neste primeiro trimestre de 2020.

Todos os futuros moradores do condomínio 3 já poderão começar a verificar a questão das ligações de luz. Nesta sexta (17.01) e sábado, de 9h às 16h, na Casa dos Conselhos, a Enel receberá os responsáveis pelas 300 unidades – quem tiver débitos, poderá negociar o parcelamento para regularizar as dívidas. É necessário levar documento de identidade e CPF do titular da conta de luz.

A força tarefa da prefeitura em resposta às fortes chuvas continuou nesta quarta-feira (15.01). Na Rua Vassouras, no Quitandinha, as equipes trabalham na recuperação de uma rede de drenagem pluvial. O serviço está sendo realizado pelo município em parceria com a Águas do Imperador. Além disso, também foram realizados serviços de manutenção de calçamento e de aplicação de asfalto em ruas do Alto da Serra, Quitandinha, Centro, Castrioto, Itaipava, Nogueira e Mosela.

A prefeitura iniciou o serviço de manutenção de calçamento na região do Parque São Vicente. A aplicação de asfalto aconteceu nas ruas Napoleão Laureano, Albino Siqueira e Chile (Alto da Serra); Rio de Janeiro (Quitandinha); Santa Rita de Cassia (Castrioto); Rua Batista da Costa (Mosela); Estrada União e Industria (Itaipava) até a entrada de Nogueira.

Houve também a retirada de barreira nas ruas Glauce Rocha, no Independência, e Rio de Janeiro, no Quitandinha, e outra no Contorno (próximo da escola). Também foi feita a limpeza do túnel extravasor na Rua Antero Palma (Quarteirão Ingelheim).

São 540 ocorrências cadastradas na Defesa Civil entre os dias 2 e 14 de janeiro. O órgão trabalha para que o atendimento seja feito da melhor maneira no menor tempo possível. Até o momento, 19 imóveis estão interditados pela Defesa Civil, sendo oito na Rua Piauí, cinco na Rua Alagoas e mais um na Rua Rio de Janeiro, todos esses no Quitandinha.

Também estão interditadas casas na Rua Atílio Marotti, no Retiro, Rua dos Ferroviários, no Alto da Serra, Estrada da Saudade, Alto Independência e Mosela. Até o momento, 53 famílias foram atendidas no ponto de apoio do Quitandinha, na Rua Amazonas, que fica na Escola Municipal Stefan Zweig. E outras oito famílias em bairros como Mosela, Alto Independência e Estrada da Saudade. As famílias foram atendidas e cadastradas pela Secretaria de Assistência Social, que a partir da análise do perfil social individual irá verificar em que programa social cada uma delas deverá ser inserida.  

Os consumidores que estão com o nome negativado ou com alguma dívida terão a oportunidade de negociar seus débitos em condições muito especiais na 3ª edição do Feirão Limpa Nome. A chance de começar o ano com as contas em dia acontece entre os dias 27 e 31 de janeiro, na Casa dos Conselhos, na Avenida Koeler, ao lado do prédio da prefeitura. Para a terceira edição, os consumidores já podem contar com empresas como Casas Bahia, Ponto Frio e a administradora de cartões de crédito Servir Card.

O Feirão Limpa Nome é promovido pela prefeitura de Petrópolis, por meio do Procon Petrópolis, e se consolidou na cidade, por ajudar a população a ficar em dia com suas contas, com condições acessíveis e especiais, que podem chegar em até 90% de desconto. O sucesso das edições anteriores resultou em negociações de R$ 16,3 milhões de 2.760 pessoas. Mais empresas já foram convidadas para participar da ação e o Procon aguarda a confirmação, com expectativa de aumento de adesão para esta edição.

Também estão confirmadas nesta edição as empresas Oi, Vivo, Claro, Tim, Sky, Net e Tech Cable que prometem ofertas exclusivas para os consumidores negativados.  Para participar do Feirão é fácil, basta levar um documento de identidade com foto, CPF, comprovante de residência e os boletos das dívidas. As equipes do Procon irão acompanhar todos os processos de negociações e validados pelo órgão. Vale lembrar que os consumidores terão a oportunidade de negociar com mais de uma empresa em um único local.

O Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) abre, mais uma vez, a partir do dia 22 de janeiro, as inscrições para o Curso de Desenho e Pintura, que começa no próximo mês, na Sala Etiènne Demont do Centro de Cultura Raul de Leoni. As aulas, ministradas pelo animador cultural do IMCE e artista plástico Paulo Campinho, são gratuitas e qualquer pessoa pode participar. Na mesma data, também serão abertas as inscrições para artistas plásticos que queiram participar do projeto “Atelier Aberto”, no qual eles poderão usar a mesma sala para a criação de suas obras. 

As inscrições, tanto para o Curso de Desenho e Pintura, quanto para o Atelier Aberto, serão feitas pessoalmente, até o dia 24 de janeiro, das 10 às 18 horas, na gerência do Centro de Cultura Raul de Leoni, que fica na Praça Visconde de Mauá, 305, no Centro. As vagas, que são limitadas, serão ocupadas de acordo com a ordem de inscrição. Poderão participar apenas maiores de idade.

No Curso de Desenho e Pintura, serão formadas duas turmas, de seis alunos, de modo a possibilitar a orientação individualizada de cada um. “Dessa forma, cada aluno poderá desenvolver suas potencialidades, sendo acompanhados pelo orientador. Ao final do ano será montada uma mostra com os trabalhos selecionados e executados durante o curso numa das galerias do Cento de Cultura”, explica Paulo Campinho.

O curso é de orientação livre e não são necessários conhecimentos específicos anteriores. Serão abertas duas turmas com aulas sempre às terças e sextas-feiras, das 14 às 18 horas. O início está previsto para o dia 4 de fevereiro e se estenderá até o dia 27 de novembro. Cada aluno deverá levar seu material de trabalho o qual será indicado pelo orientador logo no primeiro contato, de acordo com a técnica escolhida por cada um.

Outro projeto do IMCE tem como objetivo fazer com que artistas plásticos de todas as tendências estéticas e formações usem a Sala Etiènne Demonte  para a criação de suas obras. O que se propõe é que a produção em ambiente coletivo produza a troca de informações e de vivências que serão revertidas para suas obras. O Atelier Aberto será às quartas-feiras, também das 14 às 18 horas, tendo início no dia 5 de fevereiro e se estendendo até o dia 25 de novembro deste ano. O número máximo de participantes também será de seis artistas.

Todo o material utilizado para a produção das obras será de responsabilidade dos artistas participantes.  A sala já dispõe de alguns painéis de madeira compensada para serem usados como anteparos das obras a serem produzidas, além de alguns cavaletes e chapas de madeira compensada  para a montagem de uma ou duas mesas a serem usadas como apoio para a confecção das obras.

Quem pretende usar um dos espaços do Centro de Cultura Raul de Leoni com projetos culturais precisa se apressar. As inscrições destinadas à ocupação das salas reservadas às artes visuais - Galeria Van Dijk, Espaço Alternativo e Obra do Mês -, além dos outros espaços, como Teatro Afonso Arinos, Sala Sylvia Orthof, Sala Guiomar Novaes e Sala Multiuso, terminam nesta sexta-feira (17.01). O Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) está com editais abertos para o período que vai de 02 de fevereiro de 2020 a 31 de julho de 2020.

Com a publicação dos editais, o objetivo é ressaltar a democratização, igualdade de oportunidade e acesso a um dos principais equipamentos culturais do município. Interessados podem inscrever até duas propostas, sendo uma individual e uma coletiva. Uma comissão organizadora, formada por funcionários do IMCE, será responsável pela seleção. Os editais estão disponíveis no link: http://www.petropolis.rj.gov.br/pmp/index.php/transparencia-servico/home-transparencia.html.

Os projetos selecionados terão o apoio do Instituto por meio de contrato de permissão de uso de espaço público. O edital tem a finalidade de receber atividades e atrações de qualidade, que já disponham de recursos, mas carecem de espaço e infraestrutura como as do Centro de Cultura Raul de Leoni. Podem ser inscritas exposições, shows, cursos, teatro, palestras, ou seja, atividades de diversos segmentos.

A inscrição de projetos é gratuita e deve ser realizada diretamente na gerência do Centro de Cultura Raul de Leoni, que fica na Praça Visconde de Mauá, 305, Centro, de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, até o dia 17 de janeiro de 2020. O edital também pode ser retirado no local.

O Centro Administrativo Frei Antonio Moser ficará fechado até a próxima segunda-feira (20.01.2020). A medida é preventiva. Nos próximos dias a prefeitura continuará atuando na recuperação do Espaço.

Nesta quarta-feira (15.01.2020) o Corpo de Bombeiros foi acionado, devido a uma suspeita de um novo foco de incêndio, o que foi descartado, sendo apenas um alarme falso pois não foi encontrado fogo, fumaça ou qualquer indicio de problema no espaço. Um laudo da Defesa Civil comprova que não há problemas estruturais no prédio.

Todo o prédio está passando por uma limpeza e a parte elétrica está passando por revisão - cabeamentos, quadros de distribuição, tomadas e iluminação, serão refeitos, primeiramente, na área afetada, e em seguida, no restante do prédio. Também será feita uma reforma geral nas duas salas da Superintendência de Atenção à Saúde. Comdep e SSOP estão atuando em conjunto na recuperação.

A Guarda Civil conduziu na tarde desta quarta-feira (15.01) um homem acusado de importunação sexual na Av. Koeler, no Centro. Ele estava em um ônibus com a calça aberta e o órgão sexual à mostra. O motorista do coletivo acionou os agentes que atuam no Palácio Sérgio Fadel, sede da prefeitura, que abordaram o acusado e o levaram para a 105ª DP, no Retiro. Uma mulher que estava no veículo prestou queixa na delegacia. Atos de importunação sexual podem ter pena de prisão de um a cinco anos.

A situação desta quarta é similar a outra ocorrida em outubro de 2018, quando um motorista de ônibus também parou o veículo para acionar os agentes de plantão na Av. Koeler após três mulheres acusarem um homem de estar “passado a mão” nelas.

A Guarda Civil tem mais 200 agentes e mantém um efetivo diário na rua de 30 homens em rondas de patrulhamento no Centro e arredores e mais 10 para atender a região dos distritos.

O programa Petrópolis da Paz está oferecendo o curso online de Introdução à Mediação – primeiro do estado do Rio de Janeiro, com duração de 24 horas. Os interessados podem se inscrever através do link: http://www.petropolis.rj.gov.br/petropolisdapaz/cursos/. O objetivo é divulgar e informar a população sobre o projeto de mediação de conflitos, baseado na Lei Federal nº 13.140, e após uma iniciativa do prefeito Bernardo Rossi, em 2017, por meio da Lei Municipal n° 7.532.

O conteúdo do curso é dividido em oito módulos, nos quais os usuários terão acesso aos meios e técnicas de resolução dos conflitos, mudanças na busca da inclusão e paz social. As aulas podem ser assistidas de forma livre, ou seja, o sistema online possibilita ao aluno que ele organize o melhor tempo para acompanhar as aulas. Ao final de cada módulo, o aluno fará um questionário como avaliação para concluir o curso com sucesso. Todos receberão um certificado de participação, que ficará disponível no próprio site.  A plataforma foi desenvolvida gratuitamente pela Pauta Online em parceria com o programa Petrópolis da Paz.

Aulas de criptomoeda são novidade

Uma boa notícia para quem está à procura de cursos gratuitos: o CERT está com inscrições abertas para aulas de Informática básica, nível avançado do pacote office e até a novidade de 2020: curso de criptomoeda. As inscrições podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. As aulas são direcionadas para pessoas a partir dos 12 anos. O CERT fica na Rua Bingen, nº 520.

Mais de 100 pessoas participaram dos cursos em 2019 e, nesse ano, a expectativa da Secretaria de Desenvolvimento é de que número aumente.

Para se inscrever é necessário apresentar documento de identidade e comprovante de residência.

Os cursos com inscrições abertas são: Informatica básica, montagem de microcomputadores, educação financeira, investimento e criptomoedas, word aplicado a escrita criativa e excel intermediário e avançado (aulas à noite). A novidade fica por das aulas de criptomoedas que será o tema do terceiro módulo do curso de educação financeira. “Falaremos das principais moedas virtuais, dentre elas Bitcoin e ethereum, que são as mais conhecidas, mineração de moedas virtuais, sua história e como adquirir e negociar essas moedas em exchances virtuais”, contou o professor Carlos Daniel Montes.

Vale salientar que criptomoeda é um meio de troca que se utiliza da tecnologia de blockchain e da criptografia para assegurar a validade das transações e a criação de novas unidades da moeda. As inscrições podem ser feitas por telefone - 2249 -5900 ou no próprio CERT, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Para se inscrever nos cursos os interessados devem levar carteira de identidade e CPF.

Quem mora nos bairros pode fazer a inscrição para os cursos nos CIDs – Centros de Inclusão Digital. São 21 equipamentos espalhados pelo município com aulas gratuitas para a comunidade. “A atualização dos conhecimentos para quem busca uma recolocação no mercado de trabalho é essencial, por isso os conteúdos das aulas são de fácil entendimento e também ficamos a disposição para auxiliar”, explica Leonardo Sindorf, responsável pelos CIDs.

Recuperação de computadores

O CERT também funciona como ponto de recolhimento de materiais eletrônicos: computadores, impressoras, máquinas fotográficas, teclados e mouses. Tudo o que é recebido no CERT passa por uma triagem e o que pode ser reaproveitado, retorna para a administração pública e é utilizado por secretarias municipais. Além disso, computadores também são consertados no CERT. Em 2019 mais de 200 serviços de manutenção foram executados. Os consertos realizados nesse ano geraram uma economia de, aproximadamente, R$ 85 mil, para a administração pública. Em todo ano, foram realizadas pelo CERT mais de 300 doações e empréstimos de aparelhos tecnológicos e 65 computadores foram cedidos para outras secretarias municipais.

Os computadores, impressoras e teclados consertados são direcionados para secretarias e também para os CIDs – Centros de Inclusão Digital – que oferecem aulas gratuitas de informática nas comunidades.

Projeto de lei permitiu o retorno das competições

Considerada pelos praticantes do voo livre como a melhor rota do Estado do Rio de Janeiro, Petrópolis vai sediar a Copa Rio e o Serra Open nos dias 8 e 9 de fevereiro. Os eventos serão realizados em umas das principais rampas do esporte e cartão postal do município, o Parque São Vicente. A montagem dos equipamentos começa às 10h e as decolagens dos atletas acontece entre 12h e 13h30. São 40 competidores inscritos, entre eles, o piloto equatoriano Raul Guerra e o campeão brasileiro Carlos Niemeyer.

No ano passado, um projeto de lei sancionado pela prefeitura, denominou área pública a pista do Parque São Vicente, permitindo que as competições retornem para o município. A administração do local será entre o Petrópolis Voo Clube (PVC) e a Associação de Parente de Petrópolis (APP), com a participação da Associação de Moradores do bairro. O objetivo é estimular o esporte, além de conservar o patrimônio histórico, cultural, esportivo e artístico do local.

Estão confirmados praticantes do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e outros estados. O evento conta também com uma programação variada, com um espaço gourmet e atividades para as crianças, com o apoio do Sesc.

"A cidade tem as melhores condições de decolagem e de voo do Estado. Decolamos em Petrópolis e pousamos na entrada da Serra, ali na Baixada Fluminense, onde temos ótimas pistas de pouso. Os atletas adoram esse percurso, já que podem aproveitar as belezas da nossa região, admiradas por todos”, explica Geraldo Magela, um dos organizadores da competição.

As distâncias das provas são determinadas pela condição meteorológica do dia, são de 50 até 100 km. O desafio dos pilotos é criar uma rota para as coordenadas determinadas por uma comissão - que é definida pelos participantes. O atleta que completar a prova em menos tempo é o vencedor.

O município conta com três rampas, que estão localizadas no Parque São Vicente, Morin e Siméria. Todas dão possibilidade de decolagem para todos os quadrantes de ventos. Segundo os organizadores do evento, acontecem cerca de mil decolagens nos meses quando as condições climáticas são mais favoráveis, entre setembro e fevereiro.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Janeiro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo